INÉDITO:
REPRISES:

Paris processa site de hospedagem por anunciar locações não autorizadas


A prefeitura de Paris, capital da França, entrou com um processo contra o site Airbnb, que é uma plataforma digital que disponibiliza hospedagem para viajantes do mundo todo. O motivo é a quantidade de anúncios de locações ilegais na cidade. As autoridades afirmam que mais de mil anúncios da empresa violam uma legislação local, que limita o aluguel de imóveis a até 120 dias por ano. As multas a serem cobradas são em torno de € 1,25 milhões. A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou em entrevista a um jornal francês que o objetivo da cobrança é “acabar com locações não autorizadas que estragam alguns bairros parisienses”. Além disso, ela considera o Airbnb um dos grandes responsáveis pela diminuição no número de moradores da capital francesa. De acordo com o INSEE, órgão francês semelhante ao IBGE aqui no Brasil, em cinco anos Paris perdeu mais de 40 mil moradores.

Você está em: Em Pauta

Compartilhe:


Comente