Prefeitura de cachoeira explica falta de licitação para gerenciamento da UPA

Carlos Aguiar,  bancário aposentado e presidente do Partido Verde em Cachoeira do Sul afirma que a Prefeitura do município ignorou proposta de outra empresa para gerir a UPA por R$ 490 mil e contratou o Hospital de Caridade e Beneficência, por R$ 600 mil, sem a abertura de licitação.

Já o Jurídico da Prefeitura argumenta que legislação municipal autorizou a contratação do HCB. Leonel Slomp cita ainda a instabilidade do Hospital Sílvio Scopel. Diretor do Departamento Jurídico comentou também sobre o valor do contrato com o hospital de Cachoeira do Sul: “Temos que ter a responsabilidade não só com o menor preço, mas sim de procurar um atendimento de qualidade para a população”.

 


Comente