doe agora TV TV
INÉDITO:
  • SEG21:00
REPRISES:
  • DOM04:00
  • TER07:30
  • QUI09:00
  • SAB17:00

Na Mira da Verdade – 22/06/15


Na nova terra lembraremos dos nossos queridos e de tudo que vivemos aqui?

O que a bíblia tem a dizer sobre arianismo e calvinismo?

É pecado ser padrinho de um batismo de aspersão?

O texto de Deuteronômio 14:24-26 libera o uso de bebidas alcoólicas?

Quem são os dois ungidos citados em Zacarias 4:14?

Qual o real significado do rebatismo?

Existe algum respaldo bíblico sobre a prática da oração pela água?

Você está em: Bíblia, Vídeos

Compartilhe:


Comente



  • Laurimário Boaventura em 29 de maio de 2017 16:28

    Tito porfavor pergunte ao professor L.Quadro , como nas escrituras podem háver 63 contradições ?

    Eu fui baptizado na IASD em 26-12-2015 minha fé foi abalada quando me sugeriram um site onde contem contradições porfavor restaurem a minha confiança nas escrituras me ajudando a entender essas aparentes contradições :



    • Manassés em 31 de maio de 2017 16:19

      Olá,

      Na Bíblia não existe contradições teológicas, existem sim aparentes contradições – todas perfeitamente esclarecidas.
      Um exemplo:

      Aparentes Contradições nos Evangelhos

      Existem algumas passagens nos evangelhos que são aparentes contradições ou omissões, como por exemplo o relato da inscrição na cruz, a cura dos cegos de Jerico, etc. Contudo, isto de nada invalida a credibilidade da Bíblia, pois cada apóstolo conta a história da vida de Jesus, sob o seu ponto de vista, inspirado naturalmente pelo Espírito Santo, o qual usa o homem como Seu instrumento, mas respeita a sua cultura, sua escolaridade e sua forma de ver e de sentir as pessoas e os eventos.

      Temos um bom exemplo em Mateus 8:28, onde o autor menciona dois endemoninhados, mas Marcos e Lucas mencionam apenas um. Com certeza eram dois endemoninhados, mas um devia ser mais agressivo do que o outro; enquanto um deles veio ao encontro de Jesus o outro ficou mais na retaguarda e evidentemente foi o que mais chamou atenção de Marcos e Lucas.

      No caso dos anjos que apareceram durante a ressurreição de Jesus, não há discrepância nem contradição. O que ocorre é que apenas o anjo Gabriel (chefe dos demais anjos) é mencionado por Mateus e Marcos, porque foi o anjo que mais lhes chamaram a atenção e porque estavam também dando mais ênfase em outro aspecto daquele evento. O fato de que eles não mencionaram o outro anjo, não que dizer que esse não estava presente, apenas que Mateus e Marcos não acharam tão importante contar os anjos como relatar um acontecimento de maior importância para a humanidade, que é a ressurreição de Cristo.

      Esperamos ter esclarecido suas perguntas, mas caso surja mais dúvidas sinta-se livre para nos procurar. Que Deus continue iluminando sua busca pela verdade e que seu interesse seja motivado pelo amor de Jesus.

      Irmão, não perca a fé. A Palavra continua transformando vidas. Estude a Bíblia com quem pode lhe apresentar a Cristo e a fé em Deus.