INÉDITO:
  • SEG22:00
REPRISES:
  • DOM10:00
  • SEG04:30
  • TER02:30
  • TER13:00
  • QUI00:30
  • SAB04:00
  • SAB19:00

Jesus foi criado? – 03.07.2012


“Jesus foi criado?”
“O povo hebreu foi escravo no Egito por 400 ou 430 anos?”
“O texto de Lucas 16:9 está incentivando o enriquecimento ilícito?”
“Porque os Adventistas dão tanta ênfase a Ellen White? Isso não é idolatria?”
“Porque o piso do cenário é branco e preto? Isso não é um símbolo maçom?”
“Por que Deus permitiu que os hebreus tivessem escravos?”
“O Sábado ainda deve ser guardado? Isso não valia apenas para o povo do Antigo Testamento?”
“Por que Jesus, ao realizar alguns milagres pedia que não contassem o que Ele havia realizado?
“Onde, no Novo Testamento está escrito que não podemos comer carne de porco?”

Você está em: A Verdade sobre os Adventistas, Dúvidas, Ellen G. White, Vídeos

Compartilhe:


Comente



  • ROBERTO CHAGAS em 17 de julho de 2012 8:31

    Como sempre todos os tópicos, são de excelente qualidade.aliás todos os livros da Biblia, são lindos, nos proporciona Sabedoria , para conseguirmos viver. (A Palavra de Deus nunca volta vazia, ela sempre produz o resultado para qual ela foi enviada).Que Deus abençoe a todos.



  • miria karnaks carrico em 21 de julho de 2012 18:26

    Gostaria de parabeniza-los pelo tema de hoje, sobre magia negra.E mesmo de muita inspiração divina.Sua habilidade e sabedoria que vem do nosso Criador lhe inspiram sabiamente.Que Deus os mantenha sob suas asas e os guarde sempre.Nós sabemos que o leão anda ao nosso redor para nos devorar.Se possível até seus proprios escolhidos.



  • Carlla em 23 de julho de 2012 20:01

    adorei na minha igreja fizemos um quadro quase igual a este programa



  • claudemir dos santos em 26 de julho de 2012 9:07

    A fé adquirida com o tempo,conquistada com muito suor e lagrimas,estudadas e analisadas nas diversas crenças religiosas,nos faz refletir e questionar a maneira que Deus nos trata e nos conduz,o tempo nos faz mais sensíveis aos problemas e sofrimentos dos outros,portanto nos faz raciocinar que nós fazemos parte de um todo e que Deus tem toda a sua atenção voltada para nós,sendo assim nós dependemos dele o tempo todo,mas Deus quer nos ver como uma grande familia,amando uns aos outros,mas para se chegar a esse proposito ,Deus nos permitiu que aparacem-mos ajudando uns aos outros, sendo servo ou obreiro de Deus na sua obra,para que assim nós desenvolvêssemos a sensibilidade de nos amarmos uns aos outros,e nós humanos temos a nossa fase de infância e amadurecimento espiritual,e no primórdio da humanidade ou infancia,nós não estava-mos preparados para toda a verdade,e fomos alimentados com leite,como o apostolo Paulo nos falou,pois ainda não estávamos preparados para um alimento sólido, mas Deus não podia mentir para nós sobre a verdade,e optou a trazer a sua mensagem atravez de nós mesmo,portando ainda sendo infantis falariamos a nossa linguagem simples e influenciada pela materia,mas que mais tarde quando estivéssemos um pouco mais maduros espiritualmente, Deus nos revelaria a verdade com mais clareza,portanto o erro da letra é da nossa propria autoria,e o espirito da palavra são os proprios exemplos de Jesus. Portanto Jesus é nosso irmão mais velho em aprendizado e sabedoria,e que sabendo da nossa fraqueza,nos defende com amor e tolerancia. Muita paz em nosso senhor Jesus Cristo.



  • José Acacio Fogaça em 1 de agosto de 2012 0:10

    Quando os judeus incrédulos estavam debatendo com o Senhor Jesus, em João 8, ele revelou sua deidade eterna. Perguntaram-lhe, pois os judeus: ainda não tens cinqüenta anos e viste Abraão? Respondeu-lhes Jesus: em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU. Então, pegaram em pedras para atirarem nele. Conforme a gramática correta, o Senhor deve ter dito: antes que Abraão viesse a existência, eu era. O Senhor naturalmente, não estava preocupado com a gramática, mas com a revelação da sua deidade eterna, como o grande EU SOU, que se revelou a Moises em êxodo 3. Disse Moises a Deus: Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disse: o Deus de vossos pais me enviou a vós outros; e eles me perguntarem: qual é o seu nome? Que direi? Disse Deus a Moises: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros. Em João 8, Jesus estava declarando que ele é o próprio Deus, o eterno EU SOU. Esta é a razão por que os judeus pegaram em pedras para apedrejá-lo. Eles pensaram que sua declaração era uma blasfêmia. Ele também disse: se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados, e quando levantardes o filho do homem, então, sabereis que EU SOU.



  • Jose Acacio em 2 de agosto de 2012 22:03

    Em João 10:30 Jesus disse: “Eu e o Pai somos um”. A Bíblia chama o Deus invisível de Pai. O Filho, então, é o que manifesta e expressa o Pai. O Pai é o que está oculto e o Filho é o que é expresso. O Filho é o que pode ser visto e tocado. Por trás, você tem o Pai. Na frente está o Filho. Os dois, na verdade, são um. Eles são dois lados da mesma realidade. Quando falamos de dois, referimo-nos ao fato de um estar oculto, enquanto o outro é revelado. Quando falamos de um, dizemos que o que está revelado é simplesmente a manifestação do que está oculto. Portanto, quando Jesus disse eu e o pai somos um. Jesus estava dizendo, na verdade, que ele e o Deus invisível são uma única entidade. Ele é Deus e Deus é ele. Deus é o pai invisível e ele é o filho manifesto. Ele e o pai são um. O pai no filho é a vida eterna dada a nós. Isto é maravilhoso demais.



  • Francisco andrade em 7 de agosto de 2012 22:38

    prof.Leandro, parabéns pelas respostas bem claras. só queria que me esclarecesse em relação ao sábado no n.testamento. vc disse que não teria um texto esplícito falando claramento do sábado. será que lucas 23:56 escrito em torno de 42 anos apos a morte de Jesus no qual fala claramente que o sábado é um mandamento? um grande abraço!



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de dezembro de 2012 9:24

      Estimado amigo e irmão em Cristo Francisco!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por sua participação.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Esse texto muito bem lembrado por você é uma ótima referência em favor da observância e validade do sábado, além de Mateus 24:20 que nos mostra que setenta anos após a ressurreição de Cristo os cristãos ainda permaneceriam guardando o sábado, os textos que nos mostram que a Igreja Primitiva permaneceria guardando o sábado (Mateus 12:1;Marcos 1:21; 3:1; Lucas 4:16,17,31; 6:6; Atos 13:42,43; 16:12,13; 17:1,2; 18:1-4,11).
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Marocs em 9 de agosto de 2012 13:57

    Noprincípio era o Verbo, …e o Verbo era Deus.
    … E o Verbo se fez carne e habitou entre nós,…
    João 1:1, 2 e 14.
    Cristo Deixou o seu trono para morrer por mim e por ti. Ele o nosso Deus se fez homem.
    Tito 2:13 diz: …aguardo a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus.



  • jessica em 10 de agosto de 2012 20:17

    e quanto ao que ensinam os tj sobre algumas partes de textos biblicos nao serem certos com o original prof leandro?? por exemplo joao 1 nao ser traduzido corretamente??



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de dezembro de 2012 14:39

      Estimada amiga Jéssica!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por sua participação.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      O texto de João 1:1 está mal traduzido na Bíblia da Sociedade Torre de Vigia, na qual coloca Cristo como uma criatura e não como Criador (Colossenses 1:15-17; 2:9; Filipenses 2:5-8; 1 João 5:20).
      Os Testemunhas de Jeová por mais sinceros que sejam, infelizmente ensinam a errada doutrina de que Cristo não é Deus, algo que é totalmente esclarecido pela Bíblia.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • JOSE PEREIRA DE MORAES JR em 10 de agosto de 2012 22:58

    DOIS DISTINTOS (PAI E FILHO) – SENTADOS NO “TRONO DE DOIS LUGARES” –
    “Vi um trono, e assentados nele estavam o Pai e o Filho. Contemplei o semblante de Jesus e admirei Sua adorável pessoa. Não pude contemplar a pessoa do Pai, pois uma nuvem de gloriosa luz O cobria. Perguntei a Jesus se Seu Pai tinha A MESMA APARÊNCIA que Ele. JESUS DISSE QUE SIM, mas eu não poderia contemplá-Lo, pois disse: “Se uma vez contemplares a glória de Sua pessoa, deixarás de existir.” Perante o trono vi o povo do advento – a igreja e o mundo. Vi dois grupos, um curvado perante o trono, profundamente interessado, enquanto outro permanecia indiferente e descuidado. Os que estavam dobrados perante o trono ofereciam suas orações e olhavam para Jesus; então Jesus olhava para Seu Pai, e parecia estar pleiteando com Ele. Uma luz ia do Pai para o Filho e do Filho para o grupo em oração. Vi então uma luz excessivamente brilhante que vinha do Pai para o Filho e do Filho ela se irradiava sobre o povo perante o trono. Mas poucos recebiam esta grande luz. Muitos saíam de sob ela e imediatamente resistiam-na; outros eram descuidados e não estimavam a luz, e esta se afastava deles. Alguns apreciavam-na, e iam e se curvavam com o pequeno grupo em oração. Todo este grupo recebia a luz e se regozijava com ela, e seu semblante brilhava com glória.” Primeiros Escritos, pág. 54-55
    -NÃO TEM UM 3º LUGAR PARA O TAL DE “DEUS ESPÍRITO SANTO”?

    Urso10000@gmail.com



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de dezembro de 2012 14:14

      Estimado amigo José!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por sua participação.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Um dos argumentos mais comuns contra a doutrina da Trindade é a alegação de que o livro do Apocalipse não apresenta qualquer alusão a um “trono” do Espírito Santo. Para entendermos esta questão, é importante considerarmos primeiro o significado do “trono” de Deus nas Escrituras. Quase todos os textos bíblicos falam desse “trono” no singular. Por exemplo, o profeta Isaías teve o privilégio de ver “o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono” (Isaías 6:1; ver também Salmo 9:7; Apocalipse 4:2; 22:1, 3; etc.). Mas alguns textos mencionam a existência de “tronos” nas cortes celestiais, especialmente quando outros seres celestiais participam de uma sessão de julgamento. Por exemplo, o profeta Daniel diz que continuou olhando “até que foram postos uns tronos” no céu (Dan. 7:9). Também o apóstolo João afirma ter visto em visão “tronos” sobre os quais se assentavam “aqueles aos quais foi dada autoridade de julgar” (Apocalipse 20:4).
      As visões e descrições de Deus assentado em Seu trono revelam, primariamente, a Sua soberania e majestade sobre o Universo. Por exemplo, no Salmo 45:6 é dito: “O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre, cetro de equidade é o cetro do teu reino”. Mas, em muitos casos, Deus Se assenta em Seu trono para julgar as nações. Um exemplo disso é encontrado no Salmo 9:7 e 8: “Mas o Senhor permanece no seu trono eternamente, trono que erigiu para julgar. Ele mesmo julga o mundo com justiça; administra os povos com retidão”. Outra cena judicial, já mencionada, aparece em Daniel 7:9 e 10, onde é dito que “foram postos uns tronos, e o Ancião de dias se assentou”, e que “assentou-se o tribunal, e se abriram os livros”. Independentemente da ocasião e das circunstâncias envolvidas, a expressão “trono”, quando usada em relação a Deus, possui geralmente uma conotação mais funcional do que essencial.
      É interessante observarmos que Cristo exerce ao mesmo tempo os ofícios sacerdotal e real em Seu trono. Já em Zacarias 6:13, encontramos a seguinte profecia messiânica: “Ele mesmo edificará o templo do Senhor e será revestido de glória; assentar-se-á no seu trono, e dominará, e será sacerdote no seu trono; e reinará perfeita união entre ambos os ofícios”. Como rei, Cristo exerce também a função de juiz. Em João 5:22 é dito: “E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento”. Portanto, é plenamente evidente que Cristo deva compartilhar com o Pai o trono do Universo.
      O Espírito Santo, por Sua vez, exerce funções diferentes nos planos divinos. Entre elas estão as de representar a Deus no Universo (Salmo 139:7-12), convencer os seres humanos “do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:8), glorificar a Cristo (João 16:14), derramar “o amor de Deus” no coração dos crentes (Romanos 5:5), edificar internamente a igreja (1 Coríntios 12) e capacitá-la para o testemunho (Atos 1:8). Mesmo depois da final erradicação do pecado, o Espírito Santo continuará exercendo a função de Mantenedor do Universo (cf. Gênesis 1:2). Não é de surpreender, por conseguinte, que Ele não seja mencionado como soberano ou juiz sobre o trono do Universo.
      Alguns indivíduos não se constrangem em usam a expressão “trono de Deus e do Cordeiro” (Apocalipse 22:1 e 3) para alegar que, como o Espírito Santo não aparece nesse trono, Ele não pode ser considerado uma Pessoa divina. Mas esse tipo de argumento envolve pelo menos dois problemas fundamentais: Primeiro, ele desconhece a conotação funcional da expressão “trono”, que descreve mais o status e o ofício de Deus do que a Sua natureza essencial. Em segundo lugar, esse argumento está baseado em uma espécie de raciocínio generalizante, sugerindo que alguém só existe se mencionado em todas as alusões aos demais componentes de seu grupo de pares. Neste caso, se o nome do Espírito Santo não aparece sempre que o Pai e o Filho são mencionados juntos, então o Espírito Santo não pode ser considerado parte da Divindade.
      Na Bíblia, encontramos vários textos que mencionam ao mesmo tempo o Pai, o Filho e o Espírito Santo (ver Isaías 48:16; Mateus 28:19; Lucas 3:21 e 22; 1 Coríntios 12:4-6; 2 Coríntios 13:13; Efésios 4:4-6; Tito 3:4-7; etc.). Embora o Espírito Santo não seja mencionado explicitamente em Apocalipse 22:1 e 3 com o Pai e o Filho sobre o trono do Universo, esse fato jamais deveria ser usado para invalidar os demais textos bíblicos que mencionam o Espírito Santo como exercendo funções distintas do Pai e do Filho.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



      • Alaide de Oliveira em 22 de dezembro de 2012 9:23

        Bom dia caro colega da Mira da Verdade.

        Admiro o trabalho de vcs, a guarda do Sabado etc…
        Estou esperando a resposta da pergunta: Jesus Cristo foi criado? Com todo respeito, vc não respondeu. Sei que Jesus é Deus, é nosso salvador, nosso redentor e MEDIADOR. (aquele que medeia ou intervem) Se Ele não foi criado, como podemos chamá-lo de Filho de Deus? Para dizermos que Jesus não foi criado temos que rasgar e jogar fora os textos a seguir: Col. 1:15,18: Heb. 1:6: Jo.3:16-18; 1Jo.4:9 . Se é FILHO, é óbvio que TEM UM PAI. Portanto Cristo FOI CRIADO por seu Pai Iavé, Jeová, Adonai, como o queiram chamar. Que Iavé ilumine suas mentes neste sentido.



        • Maiara Costa - Equipe em 26 de março de 2013 17:00

          Olá Alaide!
          Grande satistação manter com você.
          Que a graça e a paz de Cristo esteja sempre em seu coração.
          Filho de Deus: a palavra filho do grego Huios significa primariamente a relação de descendência ao pai. Filho de Deus neste título, a palavra Filho é usada acerca de: 1° Às vezes, a relação e 2° às vezes, a expressão do caráter. Assim, por exemplo, quando os discípulos se dirigiam a Ele como o Filho de Deus (Mt 14:33;16:16; Jo 1:49), quando o centurião romano assim se referiu a Ele (Mt 27:54), eles provavelmente queriam dizer que Ele era uma manifestação de Deus em forma humana (Jo 5:25; Jo 5:18). Devemos entender que subsiste uma relação eterna entre o Filho e o Pai na Deidade. Quer dizer, o Filho de Deus, em Sua relação eterna com o Pai, é denominado “Filho”, não porque Ele em certo tempo começou a derivar Seu ser do Pai (Em tal caso, Ele não poderia ser coeterno com o Pai), mas porque Ele é e sempre foi a expressão do que é o Pai (Jo 14:9). As palavras em Hebreus 1:3: O qual [Jesus], sendo o resplendor da sua glória [de Deus], e a expressa imagem da sua pessoa [Deus], são definições do que significa Filho de Deus. Portanto a deidade absoluta, e não a deidade em sentido secundário ou derivado, é o quer se quer dizer com o título. As palavras Pai e Filho, nunca são usadas para sugerir que o Pai existia antes do Filho. Ao se dirigir ao Pai em Sua oração em João 17, Jesus disse: “ Tu me hás amado antes da criação do mundo” (Jo 17:24). Desta maneira, no infinito passado o Pai e o Filho existiam nessa relação de amor, como também de absoluta deidade.
          Que Deus te abençoe grandiosamente.
          Um forte abraço.
          Conte conosco para o que precisar.
          Equipe do Na Mira.



  • Marcos Ariel em 7 de setembro de 2012 14:07

    Joh 1:3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez.
    Col 1:17 Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.

    Jesus criou o próprio TEMPO, não havendo portanto um QUANDO Jesus foi criado… A pergunta (Jesus foi criado?) não tem consistência ou coerência bíblica…

    Não havendo um QUANDO Jesus foi criado, conclui-se que Ele é de eternidade em eternidade…

    Amém e amém.



  • kleuson em 9 de setembro de 2012 11:11

    se Jesus foii criado,como compreender o versos de joao 1.1-3??? tudo foi feito por Jesus e pra Jesus!!
    amigo deixe o espirito santo falar ao seu coraçao toda a verdade,pare de seguir essa meia verdade,pois Jesus disse que o espirito vai nos guiar em toda verdade!!!



  • thaysa em 21 de setembro de 2012 20:39

    Olá…estava aqui assistindo os videos…parabenizo o canal…

    mas nao posso deixar passar que me incomodei com o topico sobre o tempo dos israelitas no egito. A primeira passagem cita “os israelitas viveram 430 anos no egito”, e a segunda passagem fala “os israelitas foram escravos por 400 anos no egito”.

    Caro Leandro Quadros, admiro-o muito como estudioso da Palavra. Entendo que o ser humano pode cometer erros, mesmo que a finalidade seja em favor de Deus, Mas nao acredito que as passagens estejam equivocadas, pelo contrario. Nao enxergo erro algum.

    Segundo meus conhecimentos (sou adv de berco) José virou “chefe” do egito, abaixo apenas do faraó. Naquela época, houve uma seca mto grande na terra, e os israelitas foram convidados a viver no egito, pois o faraó era bom e admirava josé e tal. Enfim, acredito que por 30 anos os hebreus viveram la numa boa. Mas dps, com a morte desse bom faraó, e a ascensao de um novo faraó, ocorreu a escravizaçao…etc.

    Eu nao acho legal aceitar que haja erros na Palavra de Deus. Eu só consigo enxergar perfeiçao na Biblia. Em todas as histórias. Sou uma jovem, e ainda tenho muitas duvidas sobre muitos assuntos. Mas de uma coisa eu nao tenho dúvida: nao existe erro na Palavra, nem equivocos. Talvez possa só existir o da traduçao de certas palavras ou expressoes, mas isso é outra coisa.



  • Maielza bispo reis em 22 de setembro de 2012 18:39

    onde que fica a impressão digital na biblia???



    • deboramichele em 10 de outubro de 2012 18:33

      Olá Maielza,
      Por favor, envie-nos sua pergunta através do e-mail namiradaverdade@novotempo.com.
      Teremos o prazer em lhe responder.
      Que Deus lhe abençoe!



  • leila da rosa freitas em 25 de setembro de 2012 16:20

    queridos tito e professor leandro sendo ellen white uma profetiza ela se casou teve familia? E ainda nas igrejas evangélicas os pastores que tem visões fazem revelações podem entao estarem sendo usados por DEUS de fato?



    • deboramichele em 4 de outubro de 2012 23:39

      Olá Leila,
      Que bom tê-la conosco aqui no Blog!
      Em relação a Ellen White, sim ela se casou. Em uma viagem a Orrington, Maine, em 1845, Ellen conheceu a Tiago White, um jovem adventista pregador com 23 anos de idade. Ele havia ouvido falar dela como uma dedicada e ativa cristã entre os adventistas. Como suas atividades os faziam se encontrarem ocasionalmente, desenvolveu-se simpatia mútua que levou ao casamento, em Portland, Maine.
      Quanto ao dom profético (visões), Deus promete o dom e nos dá os critérios (os instrumentos) para que possamos avaliar o dom. Paulo desafia a igreja a provar a obra do Espírito (I Tessalonicenses 5:19-21). As Escrituras nos oferecem quatro critérios principais:

      1) À Lei e ao Testemunho (Isaías 8:19 e 20) – Essa é a norma básica para avaliar o profeta. Se ele não magnificar as Escrituras, levar o povo (a igreja) a corrigir seus caminhos, não reprovar os pecados, não instruir pelas Escrituras não é verdadeiro.

      2) Cumprimento de Profecia (Jereremias 28:9; 18:7-10) – Geralmente a obra do profeta se divide entre porções que ensinam e porções que predizem. As predições devem ser conferidas em seu cumprimento. Verdade é que devemos tomar em conta o fenômeno da profecia condicional (ver o livro de Jonas como prova de profecia condicional).

      3) Vida e obras (Mateus 7:15-20) – Jesus nos apresenta esse critério em tom de advertência contra os falsos profetas. Precisamos examinar as pretensões de piedade do profeta e reconhecê-lo pelos seus frutos. Isto significa seu caráter e seus ensinos. Se a vida não está de acordo com os seus ensinos e com os ensinos das Escrituras Ele deve ser rejeitado.

      4) Exaltação de Cristo (I João 4:1-3) – Um profeta moderno necessitará exaltar a Cristo como o Filho de Deus e como Senhor e Salvador totalmente capaz. Se o enfoque for outro que não Jesus deverá ser rejeitado.

      Concluindo, diríamos que Deus promete prosperidade para aqueles que creem em Seus profetas (II Crônicas 20:20). Qualquer pessoa que recebe alguma mensagem tem que analisar sua vida e sua mensagem de acordo com todos os requisitos bíblicos listados acima.

      Que Deus lhe abençoe!



  • Alberto Ribeiro Andre em 17 de outubro de 2012 14:52

    eu trabalho como tecnico numa empresa de telecomunicao que tem com nome zap essa tem como emiter progamas sabendo que ha programas assim como noticias jogos e outros programa benefico de televicao assim como aglobo o meu trabalho é instalação ou seja montagem de antenas parabolicas. A minha pergunta é assim:
    eu faço as instalções ou montagem de antenas será que estou a contribuir no mal ou sará que é pecado. e deste trabalho que eu sustento a minha familia porfavor orem por mim se estou errado. pra que possa orar a Deus afim de me dar outro serviço.



    • deboramichele em 17 de outubro de 2012 18:37

      Olá Alberto,
      Será um prazer lhe ajudar em sua dúvida.
      Por favor, envie-nos sua pergunta para o e-mail namiradaverdade@novotempo.com.
      Que Deus lhe abençoe!
      Um abraço,



  • juliana em 28 de janeiro de 2013 15:53

    olá,sou adventista , já fui evangélica, logo que eu me converti a igreja adventista o programa na mira da verdade ajudou-me em muitas questões que eu não entendia.
    Agradeço a DEUS por ter me mostrado a verdade ,ter me feito entender ,e ter a igreja adventista como minha família, sinto o maior respeito pela igreja, amo muito meus irmãos em cristo e fico muito contente em falar que sou adventista. DEUS já me deu muitas bençãos e a maior de todas foi o conhecimento da palavra de DEUS .obrigada. abraços



    • Maiara Costa - Equipe em 29 de janeiro de 2013 9:05

      Estimada amiga e irmã em Cristo Juliana!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Ficamos muito felizes em saber que o programa tenha a ajudado de alguma forma a chegar ao conhecimento da Palavra de Deus.
      Que a cada dia você possa continuar crescendo no conhecimento dessa verdade.
      Que Deus continue te abençoando grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • aparecida segantine em 31 de janeiro de 2013 14:50

    gosto muito de pograma na mira da verdede …deus abençoe senpre deicho aqui o meu abraço…. sou da igreija presbiteriana do centenario em sao mateus espirito santo



    • Maiara Costa - Equipe em 1 de fevereiro de 2013 9:21

      Olá estimada amiga e irmã em Cristo Aparecida!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Agradecemos muito o seu carinho e confiança nesse ministério.
      Desejamos à você que a cada dia possa continuar crescendo na graça e conhecimento de nosso Salvador Jesus (2 Pedro 3:18).
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Ivanda Snejana Garcia Mandela em 18 de março de 2013 19:38

    Olá eu sou a Ivanda também sou Adventista e sou de Angola!
    Eu tenho algumas inquietações:
    1º Deus e jesus são a mesma pessoa?
    2º Será que são apenas estes que serão arrebatados e levados para os céus? E nós ficaremos cá na terra?
    3º O que João-1:1 quer dizer?
    4ª O que Apocalipse-22:11 quer dizer?

    Que Deus vos abençoe abundantemente!!!!!!
    Abraço!!!



    • Maiara Costa - Equipe em 25 de novembro de 2013 9:24

      Olá Ivanda!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Muito obrigado por seu contato com a Escola Bíblica.
      A seguir farei breves considerações em relação aos seus questionamentos.

      1) Deus e Jesus são a mesma pessoa?

      Há alguns textos bíblicos que poderão mostrar à você que não, vamos à eles.

      “Assim que Jesus foi batizado, saiu da água. Naquele momento o céu se abriu, e ele viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. Então uma voz dos céus disse: “Este é o meu Filho amado, de quem me agrado”. Mateus 3:16

      “Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo“ Mateus 28:19

      “E Eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre”. João 14:16

      Aqui podemos perceber que Pai, Cristo e o Espírito Santo são apresentados pelo escritor bíblico como seres pessoais distintos.

      Mas em relação direta a Cristo ao Pai serem seres distintos, isso podemos comprovar com a leitura do texto de Mateus 25:36-44, temos a oração de Cristo no Getsêmani, ali o texto bíblico apresenta a oração que Ele dirigiu ao Pai, se o Pai e Cristo fossem a mesma pessoa, Cristo estaria orando por Ele para Ele mesmo?

      Portanto, Pai e Cristo são seres pessoais distintos.

      2) Será que são apenas estes que serão arrebatados e levados para os céus? E nós ficaremos cá na terra?

      Vamos analisar a questão do arrebatamento à luz da Bíblia:

      “Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre”. 1 Tessalonicenses 4:16,17

      Aqui encontramos a única referência bíblica que apresenta a palavra arrebatamento e perceba que no texto bíblico o apóstolo Paulo deixa esclarecida a questão de que ninguém será deixado para trás, pois todos (mortos ressuscitados e vivos transformados) serão arrebatamos conjuntamente para o encontro com Cristo nos ares. Isso se dará na volta de Cristo à Terra (João 5:28,29; Apocalipse 1:7).

      3) O que João 1:1 quer dizer?

      Esse texto bíblico apresenta a Divindade de Cristo, pois Ele é a Palavra ativa desde o princípio, isso é o quer dizer o termo verbo: logos no grego.

      4) O que Apocalipse-22:11 quer dizer?

      Esse texto bíblico estimada amiga nos mostra qual será a condição espiritual das pessoas antes da volta de Jesus, pois muitos terão escolhido permanecer em seus pecados (injusto fazendo injustiça e imundo sendo imundo), porém outros, terão escolhido viver a vida em conformidade com a vontade de Deus (justo na prática da justiça e santo a santificar-se), esse texto mostra que aqui já não haverá mais possibilidade de salvação, visto que Cristo já haverá terminado a sua obra sumo sacerdotal e intercessora.

      Que possamos querida amiga estar diariamente mantendo comunhão com Deus por meio da oração e do estudo de Sua Palavra para que possamos estar prontos para muito em breve encontrar com o nosso Senhor nos ares.

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Carlos Beck em 5 de julho de 2013 18:20

    dissidentes dizem que o Espírito Santo não é mencionado junto com o Pai e o Filho no trono . Gostaria de ter uma resposta para enviar por e-mail. Desde já, obrigado.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de julho de 2013 12:21

      Olá Carlos!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      O Apocalise pode não apresentar o Espírito Santo num trono, mas o apresenta diante do trono junto com Cristo para a minsitração do evangelho e salvação das pessoas (Apocalipse 1:4,5; 5:6).
      O Espírito Santo não é mencionado assentado sob um trono pelo simples fato de ter abdicado a isso da mesma forma que Cristo abdicou do trono para se tornar um ser humano (Filipenses 2:6 e 7; João 1:1-3,14).
      A função do Espírito Santo no plano da salvação não é aparecer em tronos, mas sim nos conduzir a cada dia a Jesus Cristo e transformar a nossa vida (João 16:8; Tito 3:3-5; 1 João 1:9; Atos 1:8). A função do Espírito Santo não é se exaltar.
      Gostaria de recomendar a você a leitura de dois livros: A Trindade e Seu Amigo O Espírito Santo da editora CPB.
      Contato: 0800-979-06-06 ou cpb.com.br
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • assisNasciimento em 9 de julho de 2013 19:48

    Ora, sabemos que Cristo é Deus, como um Deus pode morrer na Cruz ? Por favor tire essa dúvida!



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de julho de 2013 16:58

      Olá estimado amigo Assis!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Filosoficamente Deus não pode morrer, contudo mesmo Cristo sendo Deus (Romanos 9:5; 1 João 5:20; Colossenses 2:9), escolheu se esvaziar de Sua Divindade e ser tornar um Ser humano (João 1:1-3,14; Filipenses 2:5-8; Hebreus 2:14).
      “Eu sou a ressurreição e a vida.” João 11:25. Aquele que disse: “Dou a Minha vida para tornar a tomá-la” (João 10:17), ressurgiu do túmulo para a vida que estava nEle mesmo. A humanidade morreu; a divindade não morreu. Em Sua divindade, possuía Cristo o poder de romper os laços da morte. Declara Ele que tem vida nEle mesmo, para dar vida a quem quer.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • jshuanna Angelica em 15 de outubro de 2013 17:32

    MUITO BOM GOSTEI POR DEMAIS!. aQUI EM SALVADOR/BA, O CANAL 39 DA TV NOVO TEMPO COMEÇOU HÁ POUCO TEMPO. mAS hÁ UMA DÚVIDA QUE NÃO QUER CALAR : “PORQUE NOÉ amaldiçou o seu filho CÃO, foi porque ele praticou ato sodomita? ou qual o motivo??? Jshuanna/ BA



    • Maiara Costa - Equipe em 17 de outubro de 2013 10:38

      Olá Angelica!
      Muito obrigado por seu contato com o programa Na Mira da Verdade.
      Em Gênesis 9:20-23 quando diz que Cam viu a nudez de seu pai, a Bíblia não diz que ele teve intenções sexuais com o pai ou tenha praticado sexo, mas sim que ele expôs a situação vergonhosa de seu pai para os seus irmãos, pois Noé por estar embriagado estava nu em sua tenda, completamente exposto a vergonha. Cam agiu de forma desrespeitosa e desonrosa para com o seu pai. Ao invés de se compadecer da condição vergonhosa dele, sentiu regozijo em propagá-la.
      E o texto de Gênesis 9:24,25 foi mais uma profecia em relação a Cam a uma maldição, pois Deus por meio de Noé estava mostrando à ele o que poderia acontecer.

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Rogério Batista em 11 de dezembro de 2013 19:10

    Quero saber se o Anti Cristo irá governar o mundo inteiro ou apenas as nações da europa?



    • Maiara Costa - Equipe em 12 de dezembro de 2013 10:35

      Olá Rogério!
      Muito obrigado por seu contato com o Programa Na Mira da Verdade.
      Primeiramente amigo nós precisamos saber quem é o anti Cristo.

      Deus diz que o ser humano (ou humanidade) está vivendo no tempo final, na última era, na última dispensação, no último período da história da Terra. Quem ou que é o Anticristo?

      1 João 2:18 “Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se têm levantado; por onde conhecemos que é a última hora.”

      A palavra original em grego para “anticristo” pode ter dois significados. Pode significar “contra Cristo”, no sentido de uma pessoa ou um certo poder estar em oposição ao trabalho de Cristo. Ou a palavra poder significar “em vez de Cristo”, no sentido de uma pessoa ou um certo poder ‘tomar o lugar de Cristo’ , ou é uma ‘imitaçao de Cristo’.

      Deus diz que além da vinda de um Anticristo especial, havia muitos outros anticristos em existência durante a era da Igreja primitiva.

      1 João 2:19 e 26 “Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco”, “estas coisas vos escrevo a respeito daqueles que vos querem enganar.”

      De acordo com a Palavra de Deus, anticristos eram falsos Cristãos que se haviam separado do grupo dos verdadeiros crentes. Eram mentirosos que afirmavam que Jesus não era o Messias.

      1 João 2:22 “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho.”

      2 João 1:7 lemos: “Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador é o anticristo.”

      Os anticristos não são ateus. Não são pagãos que estão lutando contra Jesus. São indivíduos que estão pregando um evangelho, mas que não é o verdadeiro. É um ‘evangelho diferente’.

      2 Coríntios 11:4, 13-15 “Porque, se alguém vem e vos prega outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, de boa mente o suportais! Pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.”

      Jesus preveniu a Igreja sobre o trabalho enganador destes falsos profetas.

      Mateus 7:15, 21-23 “Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.”

      Mais além Jesus advertiu que durante o período anterior à Sua Segunda Vinda, a última era da Igreja, os anticristos tentariam de fato fazer o papel de Cristo, pretendendo ser o Messias regressado.

      Mateus 24:4-5, 24-26 “Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que de antemão vo-lo tenho dito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.”

      Antes do dia da Segunda Vinda de Jesus, haverá uma manifestação do grandioso e final Anticristo, o anticristo que ainda “está para vir”.

      2 Tessalonicenses 2:3-4 “Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição, aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus.”

      Que acontecerá a este Anticristo, e como o reconheceremos?

      2 Tessalonicenses 2:8-10 “E então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; a esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.”

      O poder do anti Cristo será mundial e não apenas local.

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Gustavo de Oliveira Medeiros em 10 de fevereiro de 2014 14:58

    oi,tudo bem?tem certeza?É como diz a música, deus cuidará de ti, seja quem for q esteja lendo esta mensagem, saiba q Deus tocou em meu coração e eu a escrevi, um grande abraço p/ vc e toda sua familia, quando vc chagar em casa, dê um abraço em sua familia, mesmo estando chateado(a) com ela, quebre todads as sua barreiras, Jesua te ama…por favor, mande a resposta pelo meu e-mail…meu nome é gustavo, jesus te ama, pare de viver essa vida e renasça em cristo!