INÉDITO:
  • SEG22:00
REPRISES:
  • DOM10:00
  • SEG04:30
  • TER02:30
  • TER13:00
  • QUI00:30
  • SAB04:00
  • SAB19:00

O ministério de Ellen White: a “operação do erro de Satanás”


Não aprecio textos longos para a internet até mesmo por que, do ponto de vista da comunicação on-line, eles não são os ideais. Porém, há casos em que uma resposta mais longa se torna necessária, especialmente quando a verdade dos fatos está em jogo (Jd 1:3, 4), comprometendo assim a espiritualidade das pessoas, que estão sendo influenciadas terrivelmente pela mentira (Ap 22:15).

Recebi uma mensagem do internauta Maurício Moraes, onde ele apresenta os comentários do “Ministério Cristão Apologético” (MCA) a respeito do “ministério profético/místico” de Ellen White. Em seu post, o escritor do MCA, que se chama Luciano, propõe, através de várias “considerações”, que o bonito e prolífico ministério de Ellen é a “operação do erro de Satanás”, mencionada em 2 Tessalonicenses 2:9-11.

A ignorância é a mãe das “desvirtudes” (peço licença para uso do neologismo) e, nas poucas vezes que acessei o site de tal “ministério apologético”, percebi que ela (a ignorância) é “idolatrada” também por tal oponente. Só Deus sabe se ele presta esse falso “culto” motivado pelo ódio, e/ou ignorância quanto a existência de fontes primárias, e das respostas adventistas já publicadas a questionamentos que ele toma emprestado de outros críticos. Não posso julgar (Mt 7:1, 2).

Não vou me ater à “exegese” (interpretação) proposta pelo autor em torno de 2 Tessalonicenses 2:9-11, pois, ela é tão descabida que não há um comentarista sério (e nem os tão sérios assim…) que aceite um absurdo interpretativo daquele calibre. Vou me deter nas distorções históricas e doutrinárias para que você, leitor, avalie por si mesmo o grau de conhecimento histórico dos inimigos de Ellen White e conclua se eles são realmente dignos de algum crédito.

BOLA FORA – PARTE 1

Se a precisão histórica de tal apologista fosse tão aguçada quanto seu zelo contra o adventismo, ele teria tido contato com literatura produzida oficialmente pela Igreja Adventista, para que a pesquisa dele fosse digna de confiança. Veja a seguir as ousadas “considerações” do MCA e os tremendos “bolas-fora” da parte do referido escritor:

Ao considerar que “Ellen White se desviou de uma igreja cristã! (Hb 6.1-5; 1 Jo 2.19)”, ele deveria ter informado seus leitores que ela saiu do metodismo por ter abraçado algumas verdades adicionais, porém, jamais abandonou a fé cristã. Além disso, a compreensão adventista sobre a justificação pela fé é mais parecida com a apresentada por Wesley – e isso, obviamente, teve influência de Ellen White que, mesmo sendo co-fundadora do adventismo, nunca abandonou, por exemplo, a doutrina da Salvação pela graça que havia aprendido em sua antiga denominação.

Na nova igreja, através do estudo da Bíblia e inspiração de Deus, ela aperfeiçoou os próprios conceitos. Aperfeiçoar a própria teologia pode fazer parte da experiência de vida de qualquer pessoa que tenha a mente aberta e disposta a mudar seus conceitos. Nada há de errado nisso, desde que a Bíblia influencie tais mudanças.

Bastaria uma leitura do livro Caminho a Cristo e um breve estudo sobre o “Desenvolvimento das Doutrinas Adventistas” para evitar tamanha distorção. Com a leitura desse livro e de um estudo sobre desenvolvimento das doutrinas adventistas, o autor teria percebido que Ellen White jamais abandonou a doutrina metodista da salvação pela fé e importância de uma vida santificada em Cristo (1Co 1:2; Rm 6:22; Rm 6:22).

Ao considerar que “Ellen White não se importou com advertência de Jesus em Mt 24.36! (Lc 21.8) o referido apologista deveria ter informado que Ellen White nunca marcou datas para a volta de Jesus. Foi o batista Guilherme Miller quem marcou um período para a volta de Cristo (1843) e, posteriormente, o evangélico Samuel Snow (22 de outubro de 1844), quem se aventuraram nessa área.

Ellen White fez parte do grupo que creu nas pregações de Miller e que ficou decepcionado por Cristo não ter voltado no momento estipulado. Todavia, por causa de tal amarga experiência e depois que foi chamada por Deus para ser profetisa, foi contra qualquer tentativa de se marcar datas para a volta de Cristo. Apenas uma leitura do livro Mensagens Escolhidas, vol. 1 teria ajudado o oponente a evitar tamanho deslize. Na página 188 ela escreveu: “Progredíssemos nós em conhecimento espiritual, e veríamos a verdade se desenvolvendo e expandindo em sentidos com que mal temos sonhado, porém ela jamais se desenvolverá em quaisquer direções que nos levem a imaginar que podemos saber os tempos e as estações que o Pai estabeleceu por Seu próprio poder. Tenho sido repetidamente advertida com referência a marcar tempo. Nunca mais haverá para o povo de Deus uma mensagem baseada em tempo. Não devemos saber o tempo definido nem para o derramamento do Espírito Santo nem para a vinda de Cristo.”

Ao considerar que Ellen White era falsa por que “[…] conviveu e comungou com arianos que blasfemaram contra a doutrina da Trindade… (Jd 4)”, ele desconsiderou que o adventismo era composto por pessoas de várias confissões religiosas e que, portanto, é natural que, no processo formativo, houvesse entre o movimento pessoas que não partilhavam de todas as doutrinas.

Se o oponente tivesse feito uma leitura do livro Em Busca de Identidade, do historiador adventista George Knight, teria compreendido melhor o processo formativo da doutrina da Trindade no adventismo. Além disso, se ele realmente estivesse preocupado em informar o seu publico, não teria sido tão seletivo a ponto de não informar que Ellen White era trinitariana e acreditava na Divindade de Cristo. E não poderia ser diferente, pois, ela veio do metodismo.

Uma leitura do livro Evangelismo, págs. 613-617 também teria ajudado, bem como a citação da Sra. White em O Desejado de Todas as Nações, p. 530, onde ela afirma que “em Cristo há vida original, não emprestada, não derivada”.

Não merece maiores comentários o absurdo preconceito que ele manifestou, ao insinuar que não podemos conviver com pessoas que pensam diferente de nós. Com base nisso, alguém poderia pensar (e com razão) se o Ministério Cristão Apologético (MCA) não estaria tendo um comportamento nada cristão ao fazer “acepção de pessoas” (Rm 2:11).

Ao considerar que “Ellen White disse absurdos que hoje são omitidos de seus livros.”, o MCA poderia ter informado os leitores quais são esses absurdos, para que sua afirmação não ficasse tão vaga, e para que isso pudesse ser verificado por cada leitor.

Ao considerar que “Ellen White plagiou muitos de seus livros […]”, fica evidente que o autor não conhece (ou desconsiderou) que a própria profetisa reconheceu que fez uso de outras fontes para expressar melhor os conceitos que Deus revelou para ela em visão – assim como o fizeram, por exemplo, os profetas bíblicos (canônicos) Lucas (Lc 1:1-4) e Judas (1:9; 14, 15). Bastaria a leitura da introdução do livro O Grande Conflito para comprovar que ela nunca afirmou que tudo o que ela usou em seus livros eram de sua autoria:

“Os grandes acontecimentos que assinalaram o progresso da Reforma nas épocas passadas, constituem assunto da História […] Esta história apresentei-a de maneira breve […] Em alguns casos em que algum historiador agrupou os fatos de tal modo a proporcionar […] uma visão compreensiva do assunto, resumiu convenientemente os pormenores, ou suas palavras foram citadas textualmente; nalguns outros casos, porém, não se nomeou o autor, visto como as transcrições não são feitas com o propósito de citar aquele escritor como autoridade, mas porque sua declaração provê uma apresentação do assunto, pronta e positiva.”

Muito estranho um plagiador reconhecer que fez uso de fontes fidedignas e até mesmo recomendar em outras ocasiões que as pessoas lessem tais fontes!

Além disso, o MCA não informou aos internautas que o Patrimônio Literário Ellen G. White, órgão oficial da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, há 32 anos anos elaborou uma resposta às acusações de plágio vindas de Walter Rea. Tal documento está disponível no site do Centro de Pesquisas EGW no Brasil e você poderá acessá-lo clicando aqui

BOLA FORA – PARTE 2

Ao considerar que “Ellen White foi umas das pessoas que mais chamaram O Dia do Senhor de marca da Besta demoníaca… (Ap 1.10) o oponente demonstrou mais uma vez desconhecimento da real posição do adventismo – agora, a respeito do domingo e a marca da besta. Apenas uma leitura do livro O Grande Conflito, páginas 443 e 459, seria suficiente para mostrar que Ellen White crê que o domingo será a marca da besta e não que é. A autora até mesmo diz que muitos observadores sinceros do domingo serão salvos por que viveram de acordo com a luz que receberam. Confira-se tais declarações na íntegra clicando aqui.

Ao considerar que “Ellen White aceitou ser considerada uma mensageira inspirada para o tempo do fim! (Jr 23.16)”, o autor demonstrou total desconhecimento da opinião particular de Ellen White sobre a missão dela. Apesar de ela ter aceitado o dom profético, jamais usou isso como motivo de orgulho pessoal e muito menos afirmou que ela era a profetisa para o tempo do fim.

Se o apologista do MCA tivesse lido Mensagens Escolhidas, vol. I, págs. 31-35 saberia que ela não fazia questão de “alardear” sobre seus dons espirituais, como o fazem os atuais falsos ensinadores. Além disso, se o oponente conhecesse o comentário dela a respeito de Atos 2:17, 18, por exemplo, teria informado seus leitores de que Ellen White acreditava na abrangência do dom profético, não sendo, portanto, a única a recebê-lo (Pode ser que no tempo do fim, tenha sido a última com as qualificações dela. Não o sabemos. Só o tempo dirá).

Ao considerar que “Ellen White canonizou uma doutrina que ensina que o Senhor Jesus entrou no Santíssimo apenas em 1844. (Hb 9.24,25)”, o referido ministério apologético teria evitado mais uma distorção se tivesse consultado a tese doutoral de Alberto Timm, intitulada O Santuário e as Três Mensagens Angélicas: Fatores Integrativos no Desenvolvimento das Doutrinas Adventistas, disponível em português pela Imprensa Universitária Adventista (Unaspress).

A referida obra mostra que a doutrina do santuário passou por quatro períodos na história adventista, que começa a partir de 1844 e vai até os nossos dias. Esse reducionismo histórico-doutrinal por parte do MCA não levou em conta todo o processo formativo da referida doutrina pelo desconhecimento de uma importante obra sobre o assunto, como a de Alberto Timm.

Pioneiros adventistas como J.N. Andrews, Tiago White e Urias Smith, por exemplo, elaboraram a teologia da referida doutrina apenas com base no estudo da Bíblia, pois, o uso abundante das Escrituras era uma característica marcante do adventismo naquele período.

Desse modo, em hipótese alguma foi necessária uma “canonização” por parte de Ellen White para que a teologia do Santuário se tornasse parte do adventismo. Se ela tivesse estabelecido tal doutrina, a igreja não teria, décadas após a morte dela, produzido literatura abalizada, como a série de sete volumes produzida pelo Bibical Research Institute, para analisar de maneira mais exegética as implicações da doutrina do santuário para toda teologia adventista.

É importante destacar que as visões da profetisa apenas confirmaram as descobertas que os pioneiros haviam feito na Bíblia. Se o responsável pelo MCA tivesse consultado a obra Mensageira do Senhor, de Herbert E. Douglass, p. 171, teria evitado mais um deslize histórico, ao ser informado de que no período de formação doutrinária, os adventistas passavam dias e noites inteiras estudando a Bíblia e não os escritos de Ellen White, para estabelecer suas crenças fundamentais.

Apenas quando os pioneiros se encontravam diante de um impasse, cada um com uma opinião diferente sobre um assunto, Ellen White recebia uma visão para confirmar se a opinião do irmão A, B ou C estava correta. Nunca doutrinas “dela” estiveram em discussão, pois, todo conhecimento doutrinário era fruto do estudo das Escrituras.

Outro detalhe: apesar de nós adventistas crermos que Jesus começou outra fase de Sua obra sumo sacerdotal no santuário celestial (Hb 8:1, 2; 4:14-16) em 1844 (temos como base o cálculo da profecia das 70 semanas de Daniel 9 e 8:14), não cremos que Ele ficou “trancafiado” no lugar santo até esse período, como alega o oponente. Desse modo, seria importante que o MCA apresentasse alguma fonte adventista que afirme ter Cristo ficado “preso” no lugar santo do santuário, sem acesso algum ao lugar santíssimo, até 1844.

Ao considerar que “Ellen White ensina que satanás levará por fim a punição dos pecados dos salvos. (Is 53.5)”, o MCA não informou seus leitores de que crença de que o bode Azazel é um símbolo do Diabo, que será punido e responsabilizado pelos pecados que levou os outros a cometerem, é uma crença compartilhada por eruditos cristãos não adventistas.

Bastaria uma consulta ao livro Questões Sobre Doutrina, p. 284-287 para verificar uma lista com dezenas de estudiosos não adventistas, entre eles J. Russel H Howden (anglicano), Samuel M. Zwemer (presbiteriano), E. W. Hengstenberg (luterano), J.B. Rotherham (de uma igreja chamada Discípulos de Cristo), Guilherme Jenks (congregacionalista), William Milligan, James Hastings e William Smith (presbiterianos), John M’ Clintock e James Strong (metodistas), etc.

Por que o MCA não considera tais eruditos como “hereges”, sendo que pensam de modo parecido (não igual) com Ellen White? Estaria o seu preconceito contra o adventismo ofuscando a sua objetividade?

Ao considerar que “Ellen White chamou as falsas profecias dos adventistas de acontecimentos Bíblicos.”, o Ministério Cristão Apologético (MCA) continuou demonstrando total desconhecimento da história adventista e seu uso precário de fontes primárias. Bastaria uma leitura do livro História do Adventismo, de C. Merwyn Maxwell para ele perceber que os adventistas nunca fizeram “profecias”, como ele afirma. Faltou por parte do MCA uma explicação melhor do que seriam tais “profecias” feitas pelos adventistas e quais delas foram chamadas por Ellen White de “acontecimentos bíblicos”. Será que ele confundiu conclusões doutrinárias com predições proféticas? É difícil de imaginar que alguém que se propõe a defender ardorosamente a fé cristã possa ser ignorante quanto ao assunto e não saiba diferenciar opiniões teológicas de profecias. Não creio que isso tenha ocorrido, mas, há possibilidade.

BOLA FORA – PARTE 3

E os bolas-fora do MCA não terminaram.

Ao considerar que “Ellen White ensinou que a porta da salvação ficou fechada de 1844 até 1851” o MCA prestou mais um desserviço aos leitores de seu site. Se ele tivesse se informado da existência de uma carta de Ellen White escrita em 1874 a J. N. Loughborough, teria visto que ela mesma se defende desse tipo de falsa acusação propagada pelos críticos desinformados. O fato de Ellen White ter esclarecido a questão há 138 anos prova que esse e outros críticos da Sra. White estão bem “atrasados” e desatualizados.

Na referida carta ela escreveu: “[…] Nunca tive, porém, uma visão de que pecadores não mais se converteriam. E sinto-me livre para declarar que ninguém nunca me ouviu dizer ou leu de minha pena declarações que os justifiquem [os críticos] nas acusações que têm feito contra mim nesse ponto […] Jamais declarei ou escrevi que o mundo estava condenado ou reprovado. Nunca, sob nenhuma circunstância, empreguei tal linguagem para com alguém, por mais pecador que fosse […]”.

Bastaria uma leitura do Sumário a respeito do assunto, no livro Mensageira do Senhor, p. 509, para constatar que Ellen White empregou o termo “porta fechada” como uma expressão para descrever o que aconteceu no Céu em 22 de outubro de 1844: Cristo fechou a porta do lugar santo do santuário celestial em 1844 e abriu a porta do lugar santíssimo para iniciar Seu ministério Sumo Sacerdotal.

Ao considerar que “Ellen White considerou ALGUMAS RAÇAS de pessoas, que são imagem de Deus, sendo resultado de cruzamentos de animais com pessoas”, o autor só evidenciou seu doentio preconceito contra a profetisa adventista, ao acusa-la de racismo.

Apenas uma leitura do já citado Mensageira do Senhor, págs. 214-216, seria suficiente para descobrir que em 1891, 1895 e 1896, através de artigos publicados na “Review and Herald”, ela estimulou os esforços educacionais e evangelísticos em favor dos negros e deu origem a uma obra na qual seu próprio filho, Tiago Edson, tomou parte ativa.

Para o trabalho ser possível, Edson produziu um livro que seria usado para (1) levantar fundos (2) ensinar analfabetos a ler e (3) ensinar as verdades bíblicas em linguagem simples. Ele fazia uso de um barco (conhecido como Morning Star) para evangelizar os descendentes dos escravos em lugares que viviam em lugares menos favorecidos.

Além de enviar missionários para que trabalhassem entre as comunidades negras, a Sra. White exaltou o valor de todas as raças diante de Deus:

O nome do negro está escrito no livro da vida, junto do nome do branco. Todos são um em Cristo. O nascimento, a posição, nacionalidade ou cor não podem elevar nem degradar os homens. O caráter é que faz o homem. Se um pele-vermelha, um chinês ou africano rende o coração a Deus em obediência e fé, Jesus não o ama menos por causa de sua cor. Chama-lhe Seu irmão muito amado” (“The Southern Work”, pág. 8. Escrito em 20 de março de 1891.

Ela afirmou que os que “menosprezam um irmão por causa de sua cor estão menosprezando a Cristo” (Citado em “Mensageira do Senhor”, p. 214).

Tais fatos provam que Ellen nunca foi racista. Sua dedicação e também a de seu filho no auxílio dos negros menos favorecidos são uma prova irrefutável de que ela tinha um forte senso de missão e obedecia a Romanos 2:11, não fazendo acepção de pessoas.

O MCA também está insinuando com tal acusação que Ellen White “ensinou” ser possível a “amalgamação” (mistura) de homens e animais para o surgimento de “novas espécies”. O leitor que quiser fazer um estudo sério sobre o uso que ela faz do termo “amalgamação” em se livro Spiritual Gifts, vol. 3, pág. 64, poderá acessar uma análise fidedigna clicando aqui.

O centrowhite.org.br pertence a um órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, de modo que o internauta poderá ter informações em fontes de primeira mão, ao invés de apoiar-se em fontes de “segunda mão”, como o faz o referido ministério apologético.

BOLA FORA – PARTE 4

Quando pensei que o Ministério “Cristão” Apologético (MCA) tinha chegado ao seu limite no número de distorções históricas e doutrinárias, me enganei. No restante de seu infeliz artigo, Luciano continuou desconsiderando – por ignorância ou má fé, Deus o sabe – as fontes primárias e as respostas adventistas aos questionamentos que ele pegou emprestado de outros críticos mais desinformados ainda.

Antes de considerar que “Ellen White ensinou que a salvação na ‘angústia final’ ou grande tribulação, será pela guarda do sábado”, ele deveria ter feito uma leitura do capítulo “Nossa Única Salvaguarda”, do livro O Grande Conflito, para saber que a proteção do crente no desfecho final do Grande Conflito não está apenas na observância dos mandamentos de Deus (são importantes, como demonstração de fidelidade e sinal de identificação, como lemos em Apocalipse 12:17 e 14:12), mas, em aceitar o conjunto das Escrituras.

Lamentavelmente o MCA empregou um reducionismo teológico insustentável em sua “leitura” de Ellen White, como pode ser comprovado pelas citações a seguir do capítulo supracitado:

“O povo de Deus é encaminhado às Santas Escrituras como salvaguarda contra a influência dos falsos ensinadores e poder ilusório dos espíritos das trevas” (pág. 593)

“Pessoa alguma, a não ser os que fortaleceram o espírito com as verdades das Escrituras, poderá resistir no último grande conflito” (Ibidem)

Mais lamentável ainda é que ministérios apologéticos como o MCA, CACP (Centro Apologético Cristão de Pesquisas) e ICP (Instituto Cristão de Pesquisas) continuem levando aos seus leitores informações tão distorcidas sobre os adventistas. Informações que contribuem para que o reino do “pai da mentira” (Jo 8:44) dure por mais tempo nesse mundo tenebroso.

Antes de considerar que “Ellen White estava suscetível ao espiritismo, visto que tinha ‘alucinações’ (visões e sonhos) intermináveis”, o autor poderia ter lido sobre a experiência que Ellen White teve com um hipnotizador, onde ela mostrou não ser susceptível a poderes espíritas, e sim ao poder do Espírito Santo. Caso o responsável pelo MCA tivesse lido o livro Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, págs. 719 e 720 para comprovar que as tentativas de um médico mesmerista (nome que, na época, era relacionado à hipnose) em nada afetaram a profetisa, não teria feito mais uma afirmação insustentável.

Além disso, a leitura de uma breve biografia da autora adventista, disponível aqui, seria o bastante para comprovar que as visões e sonhos de Ellen White não foram “intermináveis”, como alega o MCA. Na verdade foi um total de aproximadamente 2000 sonhos e visões.

 

CONCLUSÕES INFELIZES

Depois de todas as suas “considerações”, frutos de seu preconceito e total desinformação, o autor do lançou a pergunta: “Poderia o ministério de Ellen White ser uma ‘operação do erro’ de Satanás?” Em seguida, apresentou as seguintes conclusões:

Considerando o que a Bíblia diz “A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira […]” 2 Tessalonicenses 2:9-11

… Poderíamos propor que esse ministério profético/místico que surgiu em torno dessa senhora iludida, pode ser sim, uma operação do erro que Deus enviaria para as pessoas que não aceitam Sua Palavra, Sua Verdade. A operação que Satanás teria liberdade de fazer de caráter religioso.

Acredito que meus amigos adventistas não se sentirão ofendidos com essa possibilidade, na verdade probabilidade. Pois é por amor, que temos postado isso. Aos irmãos ‘adventistas’, salvos por Cristo, que estão libertos desse ‘espírito’, mas ainda estão na IASD. Que sejam corajosos em ajudar outros a se libertarem de Ellen White. (Disponível em: http://mcapologetico.blogspot.com/2011/10/poderia-o-ministerio-de-ellen-white-ser.html Acessado em: 23/01/2012).

Não fica difícil percebermos que, se a abordagem dele ao longo de seu post foi infeliz, as conclusões que ele apresentou não podem ser diferentes.

 

CONCLUSÕES ÓBVIAS

Considerando que…  O Ministério Cristão Apologético (MCA) demonstrou ser bem desinformado em relação à história do adventismo e à compreensão adventista sobre o dom profético dado a Ellen White (entre outros assuntos), conclui-se que o responsável por esse ministério deveria ter sido mais responsável na utilização fontes primárias e literatura adventista oficial. Assim, não teria prestando tamanho desserviço ao seu público que, por causa da sua pesquisa precária, não teve acesso às informações fidedignas e realmente comprovadas.

Além disso, após esses esclarecimentos, o leitor pode facilmente ser tentado a questionar a precisão de todos os demais artigos do MCA, que atacam outras religiões. Não estariam os outros movimentos considerados “sectários” também tendo sua história e doutrinas distorcidas abertamente como fruto da ignorância e pouco e/ou mau uso de fontes primárias?

Para finalizar, aplico à atitude do oponente as palavras de Alberto Timm, em sua réplica ao livro “Seitas Proféticas”, de outro crítico desinformado, Tácito da Gama Leite Filho:

“Esperar que um apologista não-adventista concordasse com a compreensão das doutrinas bíblicas dessa Igreja seria, obviamente, exigir demais de tal pessoa. Mas quando fatos históricos são distorcidos, a realidade é diferente. No mundo das modernas comunicações e das fascinantes pesquisas científicas, é inaceitável que um historiador contemporâneo [ou que se propõe a ser um] ainda se permita desconhecer fontes primárias existentes, comprometendo assim não apenas sua reputação e da editora que publicou a obra [nesse caso, do site do MCA que publicou tais distorções], mas também a da Universidade em que obteve sua formação acadêmica, e a da denominação religiosa a que pertence.” (Alberto R. Timm, “A Bem da Verdade”. Revista O Ministério Adventista, julho-agosto 1997, pág. 27).

Oro para que o responsável pelo referido ministério apologético pense nisso com espírito de oração, e permita o Espírito falar-lhe à consciência para que não continue a propagar distorções em relação ao adventismo e, consequentemente, persista na transgressão conscienciosa do 9º mandamento da Lei de Deus, que ordena: “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” (Ex 20:10).

 

 

Acesse: www.leandroquadros.com.br


Você está em : Apologia, Debates, Ellen G. White
Compartilhe:


Comente



  • Walans de Souza em 9 de março de 2012 12:42

    Fantástico!!! Plenamente fantástico.
    O que tenho compreendido é que se distorcem os escritos de Ellen White que são livros acessíveis, explicativos, o que dirá da palavra de Deus que tem uma complexidade maior para se compreender qual é a mensagem de Deus?.

    Voltou com tudo hein Professor!!!!

    Um grande abraço…



    • Roni em 21 de janeiro de 2014 18:05

      Professor Leandro, boa tarde! Gosto muito de ouví-lo e percebo sua sinceridade quanto ao que crê. Sugiro, porém, que deixe o Espírito Santo responder algumas questões, não a instituição. Assisto, sempre que posso, a Novo Tempo, contudo, vejo em alguns Pastores Adventistas, como de outras religiões, que chegaram ao ponto de defenderem mais a instituição do que a verdade bíblica, tornando seus argumentos fracos e sem base.
      Continuo lhe admirando, mas tenta deixar o orgulho um pouco de lado e repense (segundo o que está na Escrituras) sobre alguns assuntos. Todos precisamos. Que o Espírito Santo lhe ilumine, e a todos nós. Amém!



      • TiagoMK em 22 de junho de 2014 13:32

        Caro amigo Roni, peço licença para comentar aqui sua resposta, mas antes porém quero deixar bem claro que não sou defensor exclusivo do professor Leandro, até porque eu nao concordo com alguns pontos de vista defendidos por ele. No entanto, de uma forma imparcial, creio que devemos avaliar a resposta aqui proposta e verificar quais são os possíveis equívocos antes de assumirmos uma posição de crítica. Creio eu que o texto aqui formulado realmente tem influência espiritual e parabenizo ao seu escrito, deixando a você suas próprias palavras quando se refere à repensar sua resposta à luz do conhecimento da palavra sagrada e sobre a instituição. Eu creio que devemos sim defender a igreja, pois é a chamada “casa de oração para todos os povos”, por isso deve ser tratada de forma adequada. Portanto, a defesa de uma idéia ou a sua crítica deve partir de argumentos sólidos e extraídos das escrituras e não de opinião particular, com todo respeito e amor a sua digníssima pessoa. A paz em nosso Redentor.



        • Maiara Costa - Equipe em 23 de junho de 2014 12:35

          Obrigado Tiago por compartilhar aqui a sua educada resposta.
          Um abraço.



  • Adriel Lima em 9 de março de 2012 13:00

    Fantástico Leandro! A cada dia fico mais impressionado com a forma como Deus te usa para proclamar a verdade. Tenho estudado a bíblia com um amigo da Batista Nacional, e ele tem compreendido todas as verdades bíblicas ensinadas até agora. Porém ele confessa ter dificuldade em reconhecer que Ellen White foi uma mulher usada por Deus, por conta das muitas acusações descabidas feitas contra ela, que encontramos na internet. Tenho usado os seus artigos pra ajudar ele a se livrar desse preconceito bobo, e abraçar a verdade. Apesar de a biblia NÃO dizer “Creia em Ellen White e será salvo tu e tua casa”. Diz Creia no Senhor Jesus. É importante analisarmos que NÃO havendo profecia o povo se corrompe, e que a leitura dos conselhos dela contribuem e muito para a vida espiritual do Cristão. Percebi que após começar a ler os livros dela, senti ainda mais vontade de estudar a bíblia. O meu relacionamento com Deus melhorou, e consegui compreender os ensinamentos biblicos com mais facilidade.
    Ainda que ela não fosse uma profetiza, os acusadores dela teriam que reconhece-la pelo menos como uma excelente escritora super dotada de conhecimento e “louca” pelo estudo da bíblia. Pois é essa a impressão que tenho quando leio seus livros.



    • leandroquadros em 9 de março de 2012 13:11

      Obrigado por repartir essa história, amigo Adriel. Fique com Deus e, feliz sábado!



      • antonio em 26 de maio de 2012 13:33

        bom dia profersor leandro quadros, que Deus continue te usando, dessa maneira esse conhecimento da palavra de Deus através do seu progama, e o do tito, essa figura simpática eu tenho aprendido muito! que Deus abençoe.



    • Ed Vieira em 4 de junho de 2017 22:44

      Adriel Lima , e isso ai’. Os descrentes das palavras de Ellen White em sua maioria caem na armadilha desses acusadores sem ler nada do que ela escreveu. Se suas admoestacoes e conselhos fossem maus, entao o ouvir a um pastor em qualquer igreja explicando a Biblia tambem seria. O que Ellen White sempre fez foi em suas palavras dirigir e incentivar as massas a estudar a Biblia com mais dedicacao.



  • Wallace em 9 de março de 2012 13:09

    Querido professor!
    Achei fantástica sua elucidação.
    É uma pena mesmo que as pessoas que se colocam nesta situação de ataque contra nossas doutrinas, o façam desta forma apresentada.
    Já vi muito material na internet contra nós, e na sua maioria caem neste mesmo erro.
    Vi os videos da década de 70 dos apologistas tentando brigar contra o autor da Meditação Matinal deste ano(2012).
    Eles não tinham argumentos biblicos, mas sim queriam atacar diretamente à Ellen White e a nossas crenças em seu dom profético.
    Percebi que qdo não se tem mais argumentos bíblicos, as pessoas partem para ataques pessoais.
    Oro constantemente para Deus ajudá-lo neste trabalho tão dificil que é rebater as criticas.
    É uma pena que a maioria delas sejam infundadas e fruto de uma grande ignorancia histórica e eclesiástica adventista e cristã.

    Grd abç!



  • Sueli em 9 de março de 2012 13:09

    Sabemos que muitas pessoas estão neste mundo sendo usadas pelo inimigo. Seguem as trevas e acham que estão na luz. Não entregam seu caminho a Cristo e ainda ousam falar mal das outras denominações, das pessoas, enfim. Oro para que elas recebam os frutos do Espírito em suas vidas e pratiquem o amor a Deus e amor ao próximo. Sem isso, continuarão sendo enganadas e andarão pela carne e todos os males que os desejos carnais nos instiga a fazer, serão praticados por tais pessoas. Que Deus tenha misericórdia.



  • Elisa em 9 de março de 2012 13:15

    Amo este programa porque a cada dia, as pessoas tem + conhecimento da verdadeira palavra de Deus, e de como deseja que vivamos.



  • Joe Esposito em 9 de março de 2012 13:45

    Prof. Leandro Quadros,

    Depois de um texto tão bem elaborado e bem contextualizado sobre a Sra. Ellen White, tenho cada vez mais certeza de ter tomado a decisão correta em me tornar oficialmente um membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, fato ocorrido através do programa Na Mira da Verdade. Sou um admirador do ministério profético da Sra. Ellen White e tenho aprendido tremendamente a ver a Bíblia de uma forma muito mais clara usando a acervo deixado pela Sra. White, principalmente porque eu conheci de perto doutrinas heréticas e vi e ainda vejo tantas pessoas boas e sinceras se inveredando por esses caminhos, pois sou ex-católico, ex-neopentecostal, ex-espírita, ex-metodista, ex-mórmon e ex-assembleiano, e digo que depois de 40 anos da busca da verdade de Jo 8:32, eu a encontrei através do programa Na Mira da Verdade, e por saber que o Espírito Santo conduz vc e o Tito a propagar o evangelho, como a melhor dupla missionária que eu já tomei conhecimento, vcs estão colocando em prática o que Cristo comissionou quanto a ir em dupla pregar o evangelho da melhor forma que poderia ser feito, usando a TV e a Internet como ferramentas poderosas de evangelização. Espero sinceramente que esse cidadão que proferiu tantos “bolas-foras” comece a pensar 2 vezes antes de proferir calúnias sem embasamento e contexto histórico.

    Que Deus abençõe o seu Ministério e continue a nos ajudar a estar sempre Na Mira da Verdade, tendo sempre a Bíblia como única regra de fé e prática, e que mais e mais pessoas possam se despir de preconceitos dogmáticos e aprederem como eu e minha família temos aprendido com a Sra. Ellen White.

    Cordialmente,
    Joe Esposito



    • leandroquadros em 9 de março de 2012 15:24

      Que depoimento e testemunho FANTÁSTICO, amigo Joe! Sua história é o maior argumento a favor das verdades bíblicas que Ellen White pregou.

      Um abraço meu irmão!



    • Ed Vieira em 4 de junho de 2017 22:51

      Joel Esposito, Que maravilha meu irmao o saber que passate por todos esses caminhos e chegaste finalmente a o destino onde encontraste a verdade da Biblia. E isso emsmo meu irmao. Moro nos EEUU e a vida todo fui adventista mas sem saber porque. Dai comecei a dar atencao as outras religioes so para saber se o adventismo sabia mesmo da Biblia de forma mais correta. Cada vez que examinava as outras igrejas voltava sabendo mais que o que eu tinha tido era a verdade de Deus para esse tempo e nao as outras teorias la de fora.



  • Régerson em 9 de março de 2012 14:43

    Sei que muitos já usaram esta palavra para descrever a resposta que o professor Leandro Quadros deu ao MCA. Não consigo achar outro sinônimo semelhante que faça jus ao feito, ou seja, simplesmente ‘FANTÁSTICO’ professor! Parabéns mais uma vez!



    • leandroquadros em 9 de março de 2012 15:21

      Obrigado, amigo Régerson!



  • Junior Oliveira em 9 de março de 2012 15:21

    Realmente fantástico Prof. Leandro, Deus o abençoe querido irmão…Amém!!



  • Reinaldo de Castro em 9 de março de 2012 15:35

    Amados irmãos, o ministério do MCA é uma Seita Satânica, e está escrito que para entrar no Reino dos Céus todos seriam perseguidos. Escrever o que eles escreveram (e continuam a escrever) só nos leva a crer que eles não são de DEUS, e se não é de DEUS é de SATANÁS. Oremos pela libertação deles, AMEM.



  • Luiz José Marquart em 9 de março de 2012 16:12

    Obrigado Leandro, muito esclarecedor e com a citação de todas as fontes, o que muito nos ajuda a estudar. Forte abraço.



  • wolney alves de mesqui em 9 de março de 2012 17:07

    Hoje mais do que em qualquer outro tempo vemos as pessoas falarem o que pensam sem pesar as consequencias de suas palavras que estarão a influenciar outros para o bem ou para o mal.



  • alex santos em 9 de março de 2012 17:13

    sou da igreja nova vida,e fico imprensionado com as pessoas que não possuem conhecimento ,e mesmo assim gostam de criticar as outras denominações evangélicas.seria interessante que todos nós,os cristãos nos unissemos para pregar a palavra de DEUS e ajudar pessoas a se salvareme.sua resposta foi incontestável,e com uma série de evidências literais par aqueles que não são maria vai com as outras.um abraço professor leandro,e a paz de cristo



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:25

      Querido irmão Alex:

      Grato por seu comentário amigo. Entregue meu abraço aos irmãos da igreja Nova Vida.

      Um abraço e que a paz do Senhor Jesus seja com você também!



  • Fernando Souza em 9 de março de 2012 17:40

    Querido servos do SR,Leandro e Tito,depois que comecei a assitir o na mira da verdade pela internet e ler livros como,o desejado de todas as nações ,grande conflito,caminho a Cristo..Meu entendimento biblico melhorou de forma “astronomica”,quando me deparo com amigos de outras denominações e começamos a trocar idéias,eles no inicio tentam gritar contra a iasd ,mas depois só ficam escutando…contra a verdade não há argumento!!!Se eu fosse esse rapaz do mca,ficaria deveras ENVERGONHADO pela sua contundente resposta.Resposta essa que deve ter tido Inspiração do E.Santo é claro.
    Que as 3 pessoas da Trindade continuem a abençoar vcs nesse programa maravilhoso que enche as pessoas de esperança ao assisti-los.
    Grande abraço,
    Fernando Souza.



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:24

      Amigo Fernando: os benefícios que a leitura dos escritos de EGW têm trazido a sua vida espiritual são o maior argumento contra os ataques dos críticos. Obrigado por escrever! Um abraço e que Deus o guarde.



  • Aislan em 9 de março de 2012 18:39

    Prof. Leandro Quadros, uma coisa é certa, Deus realmente dirige as coisas. Exatamente hoje às 14:00 horas, estive buscando considerações sobre a distorção que muitos sites oferecem de Ellen White e visualizei as considerações errôneas citadas por MCA. Estava tentando elaborar alguns quesitos e nesta tarde quando abri o NA MIRA, não acreditei, na verdade acreditei. Excelente Professor, já salvei em Favoritos. Acompanho e oro constantemente pelo Na Mira da Verdade. Um Forte abraço.



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:23

      Gostei de saber desse testemunho Aislan, pois, mostra que Deus dirige a vida de seus filhos em todos os sentidos, até mesmo na busca por materiais que reforcem a fé contra os críticos. Deus lhe abençoe e um forte abraço!



  • Jefferson Queiroz em 9 de março de 2012 21:59

    Caro Prof. Leandro Quadro, cada fico mais impressionado com sua capacidade de lidar com os assuntos mais importantes da bíblia. Sei que Deus guia sua vida e te dá a inteligência necessária, e isso é um dom divino! Parabéns.



  • Jefferson Queiroz em 9 de março de 2012 22:04

    Caro Prof. Leandro, estou impressionado com essa espetacular resposta! Que Deus continue a te abençoar com a inteligência necessária para defender nossa fé utilizando os argumentos verdadeiros – a bíblia sagrada. Parabéns!



  • alexandre em 9 de março de 2012 22:20

    “ele teria tido contato com literatura produzida oficialmente pela Igreja Adventista, para que a pesquisa dele fosse digna de confiança”.

    Se você quer saber se a IASD é uma seita, ou se quer saber da história do adventismo, pergunte aos adventistas,para que sua pesquisa seja digna de confiança!

    Assim também, SE QUER SABER SE OS POLÍTICOS DO CONGRESSO NACIONAL DESVIAM VERBAS PÚBLICAS, vá perguntar a eles, ora!

    Hilário!



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:19

      Não achei sua comparação “muito sábia” Alexandre, mas, apesar disso, publicarei no blog para que recebe bons conselhos das pessoas.

      Deixe Deus o transformar Alexandre, pois, há tempo Ele tem lhe mostrado verdades que não está disposto a aceitar. Leia Mateus 7:21-23 e leve o texto a sério. Deus o abençoará.

      Paz!



      • Ed Vieira em 4 de junho de 2017 22:57

        Pastor Leandro Quadros, o Alexandre em realidade foi em favor de sua explicacao e contra o individuo criticando a Ellen White. Vove nao notou isso?



  • Elias em 9 de março de 2012 23:28

    Muito bom Prof. ainda adiciono que essas pessoas sao realmente comprovadamente movidas por uma cegueira preconceituosa impressionates. basta olhar os videos postados do “Na mira da Verdade” bem, agora temos um Na mira da “”””Verdade”””” (com enfase),são pessoas que não querem aceitar e ponto final, não por falta de argumentos, ou textos biblicos,mas simplesmente Não querem ver…bem, realmente 2 Tessalonicenses 2:9-11, cabe como uma luva para essas pessoas.



  • Diego Soares em 10 de março de 2012 1:11

    Ótima explicação … confesso que como Adventista nunca dei tanta importância a Ellen White, mas percebo agora como a vida dela e seus testemunhos escritos são exemplos importantíssimos para nós que estudamos a Bíblia e queremos interpretar da maneira correta as verdades bíblicas.

    Fico muito feliz ao ver você Irmão leandro e todo o ministério se importando em esclarecer essas mentiras apologéticas sobre nós Adventistas! Obrigado pela atenção a seus telespectadores(twitter,Tv Novo Tempo, sites e Etc) e que Deus continue a Abençoar voce e sua equipe.



  • Anderson em 10 de março de 2012 13:42

    almagamaçao: esse comentario que nossa querida irma Ellen white faz ñ esta fora de lugar .quem esta fora de lugar sao os que deturpa o comentario ou a explicaçao que ela queria ensinar .. vou começar pelos animais ..hoje em dia os cruzes de raças de certos animais sao estudada em laboratorio e posso afirmar se eles ensinase o resultado dessa mestura genetica o (almagamaçao) ficariamos horrorizados .. exemplo de almagamaçao
    que existe na actualidade : DÓBERMAN um cachorro criado em laboratorio on seus ancestros sao o pequenino pincher.. Doberman um cachorro que tem a cacha do cranio pequena e quando seu cerebro cresce se aplasta com a pequena cacha cranial e faz que cometa locuras ..ñ quero especificar ! as locuras que pode chegar cometer. e poderia mencionar otros a lista é larga… a almagamaçao que comenta a irma Ellen white .. era no sentido como esta escrito em genesis cap6 versic 1- 7 quando se misturarao os filhos dos homems com as filhas de DEUS os descendentes dessa junçao diz o versiculo 5 que a maldade dos homems… .que homems? os filhos da junçao dos filhos de Deus entre os FILHOS DO HOMEMS…. e que seus designos e pensamentos erao de continou ao mal.. temos que darnos conta de uma coisa, que quando Caim FUGIO DE CASA , porque havia matado a Abel . Ele foi morar ao otro extremo de onde morava seu pai Adao e ali ele edificou cidades e teve filhos e sua descendencia passou a se considerar filhos dos homems.. mas Adao teve um filho que POS O NOME DE SET e sua descendencia passou a ser chamados filhos de Deus o encontro dessas dos “FAMILIAS”. ocorreo quando os filhos dos homems começou a multiplicarse… e ao emparentar-se novamente!!… os filhos dos homems trouxe para dentro de suas casas a falsa adoraçao que ja vinha de CAIM e fez que os filhos de DEUS (Set)se corrompera e seus filhos por consequencia ..isso me faz lembra de sodoma e gomorra.. e no versinho 7 do capitulo 6 de genesis DEUS diz que destruiria desde o homem , besta e até o reptil e as aves dos ceus ….ora que culpa teria as besta os reptil e as aves do céu nessa historia se erao animais alheio a maldade do homem .. justamente por o que eu disse a principio do meu comentario animais que hoje em dia sao criados em laboratorios . as vezes o convivio com esses experimentos faz com que paguemos caro.. os anti diluvianos ñ erao diferentes eles cruzarao raças de animais que se tornarao impossivel de conviver. e se tornarao impossivel ser senhoreado pelo ser humano ..antes do diluvio havia mais especies que ñ temos agora e a almagamaçao desses animais trouxe muita dor de cabeça a o ser humano daquela época .. a funçao do homem era senhorear sobre os animais genesis cap1 versiculo 28 e ele fez tudo ao contrario é isso que queria dizer ELLEN WHITE .. nota:(SET ) FILHOs DE DEUS eles tinhao a adoraçao pura depois que houve a junçao deles com os filhos de CAIM os filhos dos homems foi quando tudo desandou … nota que antes disso passou muita geraçao e DEUS ñ tinha se arrependido de nada só começa o lio o problema quando houve a junçao dos FILHOS de DEUS(Set) com sos filhos dos homems(Caim) !! podemos dizer o que Ellen white queria transmitir era isso..



  • Ruth Alencar em 10 de março de 2012 13:44

    Prof. Leandro, muito obrigada por compartilhar sua resposta a essas acusações. Penso que esse sr. Luciano é o mesmo que tem frequentado nosso blog e postado comentários, a meu ver, cheio de ódio contra o adventismo. Ele nega, mas é simplesmente impossível não perceber tais sentimentos.

    Resta-nos orar por ele com o mesmo sentimento do Senhor quando disse: “Pai, perdoa pois não sabem o que fazem”.

    Gostaria de compartilhar com vc e seus leitores este livro que traduzi do pastor George Knight:

    http://pt.scribd.com/doc/66084171/Como-Ler-Ellen-White

    Ruth Alencar
    http://nossasletrasealgomais.blogspot.com/



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:16

      Eu é quem agradeço por você traduzir tal livro de George Knight, Ruth! Obrigado mesmo!

      Já poderei seu comentário com os respectivos links para que as pessoas possam conhecer o material e seu trabalho.

      Um abraço e fique com Deus!



  • Gelson Braz em 10 de março de 2012 14:18

    Em análise sobre essa matéria, tenho somente uma conclusão à respeito das acusações.
    A Rede de TV Novo Tempo tá fazendo sucesso no país todo, inclusive o “Na Mira da Verdade” também o “Arena do Futuro”.
    As pessoas estão conhecendo a verdade e as igrejas que se dizem cristãs estão esvaziando e assim cada dia, cada vez mais os ataques vão aumentando, não contra os preceitos ensinados pela IASD, pois não têm embasamento para tal e vão contra Ellen G White para desmerecer a Igreja.

    O meu conselho ao Sr. Luciano é:

    1º CONSELHO – Pelos fatos apresentados, o senhor deveria no mínimo ter mais cuidado em publicar as matérias em seu site, pois errou feio. [sem lhe desmerecer]

    2º CONSELHO – antes de publicar qualquer coisa vai as fontes primárias e se algum irmão de sua mesma fé saiu da sua igreja para a fé Adventista, verifique porque isso aconteceu, e, tenho até uma idéia para você: estude a bíblia com um Adventista e depois tire suas conclusões.

    3º CONSELHO – Atos 5:38 Agora vos digo: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque este conselho ou esta obra, caso seja dos homens, se desfará; 5:39 mas, se é de Deus, não podereis derrotá-los; para que não sejais, porventura, achados até combatendo contra Deus.

    RESUMO: gostaria só que você Sr. Luciano atentasse para o verso acima descrito e com um pouco mais de cautela e mais estudo, e talvez até com mais um pouco de compreensão antes de falar ou publicar, e talvez até perdendo seu tempo em calúnias e difamações contra pessoas, e que SE continuar nesse caminho em que você se encontra pode achar-se lutando contra as vontades de Deus.
    Deixe de publicar essas inverdades, gastando tempo nessas coisas em vez de você está estudando a bíblia, pois assim fazendo o Espírito Santo poderia lhe mostrar as verdades contidas na “Palavra”.

    Não seja orgulho.

    Quero que fique bem claro que não quis lhe ofender, quis sim, lhe abrir os olhos, pois mesmo não lhe conhecendo pessoalmente, você dever ser uma pessoa que tem boas intenções.

    E ao Leandro, continue forte em ensinar, pois o Brasil e o mundo precisam de homens valorosos e corajosos para ensinar a verdade.

    Abraço.



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:08

      Que sábios conselhos, Gérson. E, dados com palavras tão respeitosas, dignas de um cristão.

      Continue sendo uma luz a brilhar na vida das pessoas. Abração!



  • Cauê Silva Martinelli em 10 de março de 2012 18:06

    Muito bom o texto, apesar de grande, mas o que importa é o conteúdo e isso tem de muito, parabéns pelo conhecimento adquirido e transpassado para nós leitores, e parabéns ao programa, só fiquei triste que na estréia eu mandei uma pergunta e não leram ela,rsrs.. DEUS abençoe a todos!! feliz Sabat!!!



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:02

      Cauê! Fale-me qual é sua pergunta e irei pedir ao Tito para procurá-la, rsrs. Abção!



  • Marcio A Piatti em 10 de março de 2012 19:33

    Quanta SABEDORIA ao vivo e a cores Professor ( me refiro aos programas também) …..e principalmente esbanjando classe, fontes e bibliografias, postura e ética, preocupado unicamente em esclarecer de forma imparcial nas colocações das respostas de forma clara e principlamente concisa (exatamente ao contrário do MCA)…com muita inteligência que somente comprova o trabalho sério desse ministério no que tange a responsabilidade de restaurar as verdades bíblicas e revelar o Amor de Deus a todos nós …indistitamente !!!



    • leandroquadros em 10 de março de 2012 20:01

      Honroso ler palavras amigas e de incentivo como as suas, Marcio. Nossa equipe ficará muito feliz em saber. Um abraço!



  • Lucio em 10 de março de 2012 21:23

    Leandro Quadros e seus demais apreciadores, convido-lhes (leia INTIMO-LHE, sr. Quadros) a comparecer ao mca e verificar a resposta a este seu artigo. Convido-lhes também a olharem a série sugerida no link, e a lidar com cada um dos argumentos.
    Ainda peço-lhes que não ‘ataquem em bando’. Vamos manter a ordem de um bom debate. Tanto eu quanto o Luciano estamos sem internet. Então, a sugestão que dou (se é que querem saber a verdade) é que escolham dois ou três dos melhores argumentadores (incluindo, é claro, o Leandro Quadros) e lá discutamos a questão.
    Grato.



    • leandroquadros em 11 de março de 2012 19:13

      Caro Lúcio,

      Sua intimação é aceita. Mas, deixe-me arrumar um tempo, pois, tenho muitas pessoas para atender. Na medida do possível, quero prover respostas a vocês para que conheçam a veracidade dos fatos.

      Fique com Deus.



  • nilso henrique em 10 de março de 2012 23:14

    Obrigado prof leandro Quadros por defender a verdade, da nossa crença adventista, de forma clara e humilde, verdadeiro carater cristão… continuem assim, que Deus os abençõem sempre dando-lhe sabedoria , para sempre mostrar aos ‘que teimam em nos acusar de tais inverdades como a do sr Luciano do MCA.’ um abraço e feliz semana



  • Quelen em 11 de março de 2012 1:52

    Olá prof Leandro, já estava com saudades do programa, e fico feliz que tenha retornado. Sabe que outro dia eu estava fazendo uma busca internet, e fiquei estarrecida com tanta mentira que falam de nós adventistas.Existem pessoas que tem um ódio terrível contra nós que foge da razão, só pra vc ter uma idéia, eu assisti um vídeo em que uma pessoa colocou fogo no livro o grande conflito,acompanhado de uma música ridícula,e outros vídeos que debochavam de nossas crenças e principalmente de EGW, estas pessoas ficaram tão cegas pelo ódio que chega ser diabólico, principalmente estas pessoas que postam estes vídeos, deveriam ler o que diz em 1joão3:10,14 e 15.Uma coisa é certa, seja quem for esta pessoa, ela não tem nada de cristianismo, só tem religião, e religião sem cristianismo não vale NADA!!! Só nos resta orar como Jesus:”Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem. Abraços.



    • leandroquadros em 11 de março de 2012 19:10

      Realmente, Quelen: o ódio que certos apologistas têm do adventismo chega a ser diabólico.

      Vamos fazer nossa parte em orar por eles e prover-lhes respostas, com a esperança de que os sinceros se arrependam.

      Fique com Deus!



  • JOAQUIM JOSÉ TINOCO DE OLIVEIRA em 11 de março de 2012 11:26

    Prezado Irmão Leandro Quadros,

    Inicialmente quero dizer q não sou ADVENTISTA, e nada conheço de ELLEM WITE, por priorizar absolutamente o conteúdo sagrado para estudo e aprendizado, descartando de forma categórica, ensinos oriundos de quaisquer outras fontes, mesmo que afirmem serem procedentes da Santa Palavra.

    De posse da essência do Conteúdo sagrado, procuro no entanto fazer um cotejo com os ensinos que circulam no meio cristão, visando detectar a origem de tantos desvios que surgiram ao longo da história, e danificaram as verdades sagradas.

    Aprecio, o seu trabalho e sou um assíduo telespectador do programa NA MIRA DA VERDADE.

    Em suas explicações, tenho colecionado importantes divergências com o conteúdo sagrado, muitas demonstram apenas a reprodução do entendimento da esmagadora maioria dos cristãos, algumas delas foram questionadas nos sites indicados, porém jamais respondidas.

    Orientações que enaltecem a doutrina do pecado original, e os escritos de Agostinho, para mim tão tem o menor cabimento, e agridem de forma violenta todo o TRAÇADO DIVINO.

    QUANTO AO TEMA EM DESTAQUE, estou acompanhando atentamente a postagem do MCA, bem como suas respostas, onde um esclarecimento seu MOTIVOU O PRESENTE COMENTÁRIO, A SABER:

    O MCA através do sr. Luciano, registra que a sra. ELLEM WITE, ensina que Satanás levará por fim a punição dos pecados dos salvos e se reporta ao texto sagrado de Isaias 53.5.

    Esperei ansiosamente que irmão desmentisse tal informação, mas não o fêz.

    Pior ainda, esse irmão além de não descaracterizar tal informação, ainda acrescenta outro erro gravissimo, ao “afirmar” que o bode AZAZEL É UM SIMBOLO DO DIABO, crença defendida por muitos teólogos não adventistas.

    ORA meu amado irmão, ISAIAS 53.5 NOS FALA DO TERRIVEL SOFRIMENTO DO NOSSO SENHOR POR CONTA DE NOSSOS PECADOS e o bode azazel nos mostra uma pálida figura desse sofrimento, caracterizando em CRISTO A DESGRAÇA DOS NOSSOS PECADOS E O DESTINO DOS MESMOS.

    SE FOR POSSÍVEL, GOSTARIA QUE O IRMÃO FALASSE MAIS SOBRE ESSE TEMA, DEFININDO DE FORMA CLARA SUA POSIÇÃO.

    Grato pela atenção.

    um forte abraço



    • leandroquadros em 11 de março de 2012 19:45

      Estimado irmão Joaquim,

      Dá gosto de escrever a telespectadores educados como você. Obrigado por suas palavras respeitosas e carinho para com o programa.

      A questão do “bode Azazel” em Lev. 16 é mal apresentada pelos apologistas não adventistas. Eles alegam que, por crermos que tal bode (emissário) representa a Satanás, estaríamos assim fazendo dele um “co-salvador”, participante na expiação dos pecados. Porém, isso está longe de ser verdade. Cremos, assim como outros comentaristas não adventistas (entre eles William Milligan, James Hastings e William Smith [presbiterianos], John M’ Clintock e James Strong [metodistas]) que o bode “Azazel” representa o Diabo. Porém, a parte dele não é na expiação de pecados no sentido de justificação do crente e sim no sentido de ser RESPONSABILIZADO pelos pecados que levou outros a cometerem.

      A função do bode Azazel em nossa opinião é judicial (ele sofre a condenação e é responsabilizado pelo pecado) e não soteriológica (salvífica). Não temos dúvidas de que apenas Jesus carrega nossos pecados para nos dar perdão (Is 53; At 4:12). Todavia, o Diabo precisa ser punido pelo que fez e, assim, vemos um importante paralelo entre Lev. 16 e Apoc. 20 pelo fato de Satanás, assim como Azazel, ficará no “deserto” (terra desabitada) durante o milênio para pagar por aquilo que levou outros a fazerem (pecar contra Deus).

      Em meu livro “Na Mira da Verdade” (http://www.leandroquadros.com.br) apresento um estudo mais exegético sobre o assunto.

      Se permanecer alguma dúvida em relação ao assunto, por favor, não deixe de escrever. Um abraço e tenha uma feliz semana.



      • JOAQUIM JOSÉ TINOCO DE OLIVEIRA em 12 de março de 2012 11:31

        Amado irmão Leandro Quadros,

        Como já disse, admiro seu trabalho e respeito as opiniões contrárias, mas nesse caso, não posso concordar com suas explicações.

        Por outro lado, não me parece oportuno, travar um debate doutrinário neste espaço, embora conclua que, pela maturidade desse irmão, poderiamos falar horas e horas, cada um expondo suas opiniões, sem permitir qualquer constrangimento.

        Trato do tema em questão, de forma bem ampla em meus livros, e acabo de publicar um capítulo próprio em meu blog.em 3 partes sob o título: MORTE E RESSURREIÇÃO ESPIRITUAL DE JESUS CRISTO. Caso o irmão queira conhecer maiores detalhes acesse:

        http://www.vivendonoeden.blogspot.com/2012/03/morte-e-ressurreicao-espiritual-de.html

        http://www.vivendonoeden.blogspot.com/2012/03/morte-e-ressurreicao-espiritual-de_12.html

        http://www.vivendonoeden.blogspot.com/2012/03/morte-e-ressurreicao-espiritual-de_9621.html

        Que o Senhor abençoe ricamente o seu trabalho.

        um forte abraço



        • leandroquadros em 12 de março de 2012 14:18

          Querido irmão Joaquim,

          Imaginei que o irmão iria discordar de meu ponto de vista a respeito do bode Azazel. Porém, espero que meu principal objetivo no momento tenha alcançado seu propósito: esclarecer-lhe que nossa interpretação não coloca a Satanás como “co-salvador”, mas, responsável pelos pecados que levou outros a cometerem.

          Creio que, mesmo compartilhando de opiniões diferentes quando à interpretação de Lev. 16, nós cristãos cremos que o único ser que pode nos purificar dos pecados é Cristo (At 4:12) e não o Diabo, que é o pai da mentira (Jo 8:4) e o pecado personificado.

          Quero fazer uma análise do tema, como abordado nos seus livros. Será um prazer.

          Um abraço meu irmão e que Deus o abençoe.



    • FAUSTONROCHA em 12 de junho de 2012 10:18

      IRMAO JOAQUIM E IRMAO JOSE ACAICO, VOCES ESTAO SE ESQUECENDO DE QUE O BODE NAO É USADO PARA REPRESENTAR A CRISTO, POIS ELE MESMO DIZ EM MATEUS QUE QUANDO ELE VOLTAR ELE VAI SEPARAR OS BODES DAS OVELHAS, FAZENDO REFERENCIA AO BODE AQUELE QUE NAO SE SALVARA E A OVELHA AQUELES QUE SERAO SALVOS. A BIBLIA TEM QUE SER ENTENDIDA, ESTUDANDO UM POUCO AQUI E UM POUCO ALI, NAO SE ACHA TODA VERDADE E SIGNIFICAÇAO NE UMA SO PASSAGEM BÍBLICA.



  • Brígida Oliveira em 11 de março de 2012 12:45

    Caro professor,
    Excelente resposta às acusações. A presença de apologistas em nosso blog é grande. O que me deixa triste é saber que os comentários não são feitos com referência nos textos que publicamos, mas sim, comentários fora do contexto. Compartilho o que disse a amiga Ruth Alencar sobre o Sr. Luciano “…a meu ver, cheio de ódio contra o adventismo. Ele nega, mas é simplesmente impossível não perceber tais sentimentos…” A maioria dos comentários são regados a discriminação sem sentido, falta de conhecimento sobre os Adventistas e acusações infundadas.
    Contudo, deixamos de lado as coisas menores e continuamos com nosso objetivo maior, obedecer ao “Ide”.
    Feliz semana!



  • Flavio pinheiro de freitas em 11 de março de 2012 14:37

    só faltava essa mesmo santa ignorâcia



  • Wagner Gomes em 11 de março de 2012 18:22

    Meu querido irmão Leandro Quadros,

    O seu trabalho tem sido grandioso, abençoado e muito respeitado por verdadeiros e sinceros Cristãos. O na mira da verdade tem alcançado muitos corações desejosos em conhecer a verdade, não precisamos ir muito longe para ver os frutos que têm produzido. Há uma diferença abissal entre a doutrina que é pregada e defendida nesse blog, em relação aos outros. O diabo está cada vez mais desesperado, porque Deus tem capacitado e usado instrumentos como vocês para pregação das verdades eternas. No meu parecer o rapaz responsável pelo comentado post, que também é seguidor do blog calvinista que nós já conhecemos, tem verdadeira obcessão e perseguição pela IASD.
    De qualquer forma, como Cristãos, nosso dever é “… orar por quem nos persegue” Mt 5:44

    Um abraço e fique com Deus.

    Obs, quem assistiu ao belíssimo programa em comemoração aos 50 anos dos Arautos do Rei ainda pode dizer que não temos o Espírito Santo como guia? rsrs



    • leandroquadros em 11 de março de 2012 19:05

      Ore pelo trabalho do “Na Mira da Verdade” meu irmão e, para que o Espírito Santo sempre nos torne fortes diante dos adversários.

      Um abraço!



  • alexandre em 11 de março de 2012 20:05

    “Obs, quem assistiu ao belíssimo programa em comemoração aos 50 anos dos Arautos do Rei ainda pode dizer que não temos o Espírito Santo como guia? rsrs”

    Vejam só como esse rapaz, que se chama Wagner, demonstra tolice!

    Pra ele, um belíssimo programa serve como prova da presença do
    Espírito Santo!

    Pobre rapaz. Pior é que este rapaz é um bom exemplo de como agem os adventistas!

    A maioria deles são assim, por isso Leandro Quadros aqui é doutor!



    • leandroquadros em 12 de março de 2012 10:16

      Esse Alexandre… Como sempre, com suas “pérolas”, rsrsrs.

      Algumas delas não dá pra moderar… Fazer o quê…



    • Junior Oliveira em 12 de março de 2012 10:48

      ” Pior é que este rapaz é um bom exemplo de como agem os adventistas!
      A maioria deles são assim”

      Assim como Alexandre? Felizes? De bem com Deus? Isso te irrita né? ver outras pessoas felizes, tendo tanto rancor e ódio nesse coração, imagino como isso te irrita, busque a Deus amigo, ele te dará paz como você nunca sentiu.



    • Wagner Gomes em 12 de março de 2012 16:26

      Esse Alexandre… rs só Jesus na vida dele. Vou te passar um link com uma música do Arautos, chama-se Busquem a Jesus, vai te ajudar muito. Leia também Gal 5:22-26

      http://www.youtube.com/watch?v=8qjp7rPrw48

      Um abraço e não endureça o coração ao Espírito Santo.



  • jose acacio em 11 de março de 2012 23:46

    Fasso minhas as palavras do irmão joaquim. Tambem tenho duvidas, sobre o bode azazél, e tambem, o porque que JESUS, só adentrou no lugar Santissimo, la no céu, só em 1844. Tambem adimiro as escritas da sra. ELLEM WITE,defendo e adoto os concelhos desta sabia sra.Digo que eu acho que ela mesmo não tem culpa da irmandade, ter ela como uma profetiza. Até porque eu não vejo nem uma nova profecia alem das que ja estão registradas nas escrituras Sagradas, apezar de eu ter pouco conhecimento dos livros que ela editou. Gostaria, DE RECEBER POR email as profecias que ela fez..Desde ja agradeço. Na minha opinião! Contra a verdade não existe algumento, este irmaõ Luciano, não consegue desmoralizar o Santo sabado, fica enventando e articulando algum meio de por o domingo papal, no lugar do quarto mandament., No dezespeiro, pos a pascoa como sendo o motivo principal da guarda do domingo. Que DEUS tenha misericordia, da famosa MCA, parabens profêssor Lendro, e irmão Tito, naõ dezista de nos ensinar, e vê se para um pouco de viajar, vcs fas muita falta, na novotempo, um grande abraço!!!…



  • Jhennifer em 12 de março de 2012 0:20

    Parabéns Leandro Quadros por desmascarar esses farsantes ignorantes e sem conhecimento



  • Joel cardoso em 12 de março de 2012 9:55

    O que acontece é que ao contrario de muitos jovens macacos adestrados, adventistas,que não veêm além do que os seus” mestres” ensinam,existem verdades nebulosas,e muitas, sobre essa seita.Só para citar uma,em” o grande conflito” EGW cita uma fábula criada por ela, como sendo verdadeira,que Deus deu várias oportunidade para o diabo se arrepender,que se ELE sentia injustiçado,que tinha ciumes de Jesus, e outras besteiras.Todas estas coisas não estão na bíblia,e se não estão é especulação,e não se fazem doutrinas em cima de especulações. DUVIDO MUITO QUE ESTA MSG FAI CONSTAR MUITO TEMPO NOS COMENTÁRIOS.



    • leandroquadros em 12 de março de 2012 10:12

      Joel:

      O que EGW escreveu no Grande Conflito é “besteira” para quem não lê o todo dos escritos dela, e não percebe a exaltação da Palavra de Deus existente neles. Seria bom você prestar atenção a toda a mensagem do livro, pois, através dele, MUITOS tiveram uma compreensão mais ampla dos bastidores do conflito entre o bem e o mal. Deixe de lado seu preconceito, estude o material com oração, e Deus falará a você.



    • Junior Oliveira em 12 de março de 2012 10:42

      Não existem verdades nebulosas Joel para quem procura de coração sincero e ora ao Espírito Santo pedindo compreensão, sou jovem adventista e te garanto que não sou “macaco adestrado” e tenho certeza que os outros jovens adventistas também não o são. Se existe uma coisa que aprendemos desde pequeno na IASD é estudar a bíblia, achei seu comentário um pouco “preconceituoso” e estarei orando por você querido irmão…



    • Joelma Palmeira em 15 de março de 2012 17:09

      Boa tarde a todos. O comentário feito pelo Joel Cardoso denota que tem uma visão distorcida da Doutrina da nossa Igreja que por sinal é totalmente cristocêntrica, o que denota de que o macaco adestrado é ele (desculpe o excesso de sinceridade e dureza nas palavras, mas é porque estou farta de ser, como adventista, injuriada,difamada e caluniada por pessoas que se dizem ser cristãs). Eu fui batista há sete anos (com santo orgulho afirmo) e lá servia a Deus com grande zelo com a luz que eu tinha. Passei todo esse tempo crendo que o adventismo era uma seita herética devido às informações equivocadas que lá obtive acerca dos adventistas. Ao estudar imparcialmente com um jovem adventista sobre o que eles realmente ensinavam e criam fazendo várias perguntas e questionamentos a ele fiquei impressionada e maravilhada. Vi quão bíblica, maravilhosa e acima de tudo cristã é a mensagem dessa igreja e quão ignorantes e cegos são aqueles que teimam em picha-la de seita.Mudei radicalmente de ideia e hoje sou uma adventista convicta. Existe adestramento de pessoas é nas igrejas evangélicas, cujos ministros enchem a cabeça dos membros contra os adventistas para que aqueles nos vejam como filhos do diabo. E digo isso por experiência própria. Deus vai exigir contas daqueles que, não tendo o que ensinar para os seus membros, vivem para difamar e caluniar os adventistas.



      • leandroquadros em 15 de março de 2012 18:54

        Fantástico seu comentário, Joelma! Ele prova, através de sua experiência, que o “adestrado” é Joel Cardoso, que não consegue ver além daquilo que lhe é passado de maneira distorcida.

        Parabéns por permitir que o Espírito lhe ensinasse mais coisas!

        Um abraço.



        • Márcio Alves em 26 de março de 2012 23:53

          Esta é uma resposta ao comentário de Joel Cardoso postado no dia 12 de março de 2012 às 9:55
          O Sr fala que por a Sra White ter dito que Deus ter todas as chances para Satanás para se arrepender é especulação ou besteira. Realmente não está escrito isso na Bíblia, porem o Senhor nos deixou a sua palavra para que conhecêssemos o seu caráter e a partir daí buscar amá-lo. Quando Pedro pergunta a Jesus quantas vezes teria que perdoar alguém, o Senhor responde que por 490 vezes, ou seja, o caráter de Deus é sempre buscar a reconciliação com os que caem e erram, mesmo para o originador do pecado. É inconcebível achar que Deus lavou as mãos e deixou Lucífer cair e não tentar fazer nada, pois se Ele nos dá todas as chances para que arrependamos porque ele não daria para outra criatura Dele. Não dá, pois o caráter de Deus é imutável.
          Um abraço amigo Joel e que o Espírito Santo continue nos iluminando na busca do Senhor.
          Amados Professor Leandro e Tito, continuem com o ministério pois é instrumento nas mãos do Senhor.



  • Luciano em 12 de março de 2012 10:26

    Caso queiram, pois nem sei se esse comentário será liberado, começo a dar minha resposta aqui:

    http://mcapologetico.blogspot.com/2012/03/ao-leandro-quadros-e-aos-seus-leitores.html

    Os amigos adventistas, que estão interessados em pesar as informações, podem cometar lá discodar, etc…

    E Leandro, agradeço os vostos de saúde e paz que rendeu a mim e a minha família. Sentimentos recíprocos.

    E agora que a linha de comunicação se abriu, espero que esteja pronto para lidar com SEUS leitores quando esses tomarem conhecimento de alguns assuntos.

    Deus nos fortaleça.



    • leandroquadros em 12 de março de 2012 14:11

      Luciano,

      Sua resposta aos meus comentários está disponibilizada. Será bom o leitor pesar as evidências e também manter contato com outros materiais seus que, no seu devido tempo, também serão analisados. Meu objetivo não é causar transtornos até mesmo aos oponentes, mas, há tantas besteiras sendo escritas que o expor a pessoa ao ridículo diante de seus leitores acaba sendo a única saída.

      Estarei disposto a lidar com meus e os SEUS leitores – desde que eles não me escrevam, claro, palavras maldosas como o fez Jean Patrik há pouco. Aqui discutimos ideias e não pessoas.

      Deus o abençoe e guarde.



  • Marta de JAVÉ em 12 de março de 2012 11:59

    É interessante ver como as pessoas resistem em aceitar as revelações do Espírito, curioso é que diante de um falso profeta elas se entregam e acreditam nas besteiras “reveladas” sabe lá por quem, as pessoas resistem a Palavra de Deus.
    Já li alguns artigos sobre a referida profetiza e pelo que pude compreender Ellen não reinventou, nada tudo que ela escreveu foi muito sustentado, pautado mesmo na Bíblia, as pessoas optam pelos olhos da carne, triste é que se dizem cristãos. Vou aqui fazer uma apropriação da fala de vocês – essas pessoas deveriam ter a coragem de perguntar, pois Deus tem coragem de responder. Os que se dizem cristãos deveriam meditar em Mt 23:37a “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te são enviados!”(…) Deus sempre, mas sempre tira as nossas Dúvidas. Eu particularmente oro ao Pai para não me deixar ser enganada e leio sua Palavra todos os dias. E assisto o Na Mira e tantos quanto posso. Louvo a Deus por estar fora do alcance desses descrentes, pessimistas que não retém as coisas de Deus. Que Deus tenha misericórdia de todos nós.



  • Francleudio em 12 de março de 2012 16:27

    Sabe, durante quase toda a minha vida eu não gostava nem se quer de ouvir falar de Cristo, ou de qualquer assunto sobre religião. Eu não sabia se eu era um ateu, ou só um revoltado com Deus por não entender muitas coisas que acontecia na minha vida e na vida de pessoas do mundo inteiro. Eu pensava assim: (Se Deus existe por que permite tantas coisas horríveis nos acontecerem).
    Foi só depois que lí o livro O GRANDE CONFLITO de ELLEN WHITE, que despertou em mim a vontade de ler a BÌBLIA. Hoje consigo entender o plano de Deus para me salvar. E muito em breve voltarei a ter uma íntima comunhão como o meu Criador e Salvador JESUS CRISTO.



    • leandroquadros em 15 de março de 2012 19:56

      Contra esse seu testemunho não há argumentos, Francleudio! Quero escrever um artigo sobre o mesmo! Daria-me uma entrevista?

      Caso sim, escreva para este e-mail: leandro.quadros@novotempo.org.br

      Um grande abraço!



  • Edson Canté em 12 de março de 2012 22:53

    Olá Profº Leandro!

    É incrível que o nome adventista provoca arrepios à pessoas como do MCA, que só distorcem aquilo que nitidamente é verdadeiro. Se eles pudessem pelos estudar um pouquinho da vida de Ellen White poderiam ter a opinião do apresentador Jô Soares que em certo programa seu elogiou a escritora em muitos aspectos daquilo que ela escreveu e sem falar que Jô Soares é crítico e estuda muito antes de dar uma opinião. Então a todos que criticam os adventistas vamos estudar história. E eu quero aproveitar profº Leandro para que você mande um abraço a todos da Missão Oeste do Pará no seu programa. O Tito pôde presenciar o projeto audacioso desse campo em colocar a tv Novo Tempo em canal aberto. Hoje mesmo quando estava para postar, amigos meus que ainda não são adventistas estavam elogiando o Programa Na Mira da Verdade. Profº se continuar assim teremos muitos batismos por aqui através da Novo Tempo. Ore por nós e por esse projeto de anunciar a esperança para muita gente. Abçs.



  • davys_79@hotmail.com em 12 de março de 2012 23:58

    e uma grande explicaçao pois muitas pessoas acham o adventismo uma seita,e pura falta de conhecimento acreitodito na biblia e acredito que o espirito santo usou ellen white como usa muitos para levar o conhecimento a toda criatura,mas temos que ter cuidado que dentro da igreja adventista ha pessoas que acreditam demais e acabam quase que idolatrando ellen white iso e muito perigoso, seus relatos sao incriveis e nos mostra de uma forma bem explicada que deus quer que saibamos para confortar nossos coraçoes pois nao adianta se apofundar em obras e esquecer a maior de todas que e a palavra de deus que e tudo que precisamos hoje por iso eu concluo que ela foi apenas uma escritora nao uma profetisa acho que a palavra profeta e muito forte pra ser concedida a ellen white,nao quero menos prezar ideias de outros pois sou adventista tambem e acho e que devemos acordar mais e levar jesus a todos sejamos igual a um carro velho onde para ”prega” e isso que deus quer e nao ficar se retratando a pessos que so querem debate vamos orar por eles amem



  • Anderson em 13 de março de 2012 16:35

    Joel cardozo : até um macaco argumentaria melhor que vc ..o que vc esta fazendo é atacar e ñ argumentar .. a ignorancia é atrevida..



  • Anderson em 13 de março de 2012 17:24

    se ELLEN WHITE era racista entao o APOSTOLO PEDRO APOIAVA A ESCRAVIDAO!! 1 pedro capit cap 2 :18,19 mas como ja sabemos que pedro ñ apoiava a escravidao ..si ñ ..era um conselho que ele dava para o escravo ñ ter problemas maiores naquela época .. porque é tao dificil ver!!!??. que os conselhos da nossa irma ELLEN WHITE VAI DIRIGIDO NA MESMA direçao da que do nosso querido APOSTOLO PEDRO …



  • Lucidalva Pimentel em 13 de março de 2012 17:41

    Olá Pr. Leandro, quero parabeniza-lo pelo artigo, é muito interessante, a clareza como você responde as criticas vemos que não vem de ti e sim do Espirito Santo que te ilumina para falar tão sábias palavras. Que o Senhor Deus continue abençoando e lhe dando sabedoria para que as verdades venham sempre a tona.
    Estava com muita saudade do programa, e dei Glórias a Deus pelo retorno.
    Um forte abraço!



  • claudemir dos santos em 13 de março de 2012 19:29

    Ellen White teve uma missão importantíssima para a evolução espiritual da doutrina adventista,pois ela colaborou para que os adventistas fossem sem duvida nenhuma o ponto mais alto de evolução espiritual entre todas as denominações evangélicas,pois os adventistas tem uma maior sensibilidade de comprenção e respeito aos irmãos de outras denominações religiosas. Quanto mais eu recebo informações sobre Ellen White mais eu a admiro. Muita paz em Jesus.



  • Luciano em 14 de março de 2012 11:54

    Leandro Quadros, está aqui o link da segunda parte da minha resposta.

    http://mcapologetico.blogspot.com/2012/03/ao-leandro-quadros-e-aos-seu-leitores.html

    Espero que SEUS leitores leiam, pois de nada adianta ficarem aqui te elogiando e dizendo que eu sou isso ou aquilo, que o MCA é satânico, etc…

    Obrigado, se liberar o comentário.

    Deus nos fortaleça na verdade.



    • leandroquadros em 15 de março de 2012 19:58

      Caro Luciano:

      Em breve darei respostas a todas as suas observações.

      Possuo dois alvos para este ano (entre muitos outros): refutar a todos os artigos de Natanael Rinaldi (refutei até o momento uns 2 ou três) e lhe ajudar e ver que, o que escreve sobre o adventismo, é infundado e apenas tirará a credibilidade de seu ministério, caso não faça as devidas correções.

      Deus o ilumine e guarde.



  • Vera Lucia Viroli em 15 de março de 2012 2:48

    Abençoado Prof. Leandro Quadros,

    Deus seja louvado pela sabedoria e conhecimento da Palavra que ELE lhe deu.
    Tenho formação batista e durante anos ouvi críticas severas à doutrina Adventista até que conheci a rede novo tempo e atraves de sua programação fui tendo os meus olhos iluminados pela VERDADE , até que TUDO o que aprendi no passado com referencia a esta santa doutrina….caiu por terra, graças a Deus por isso. O programa NA MIRA DA VERDADE tem sido um verdadeiro “seminário” para mim.
    Que Deus continue lhe abençoando juntamente com sua familia cada vez mais….e mais…..e mais



    • leandroquadros em 15 de março de 2012 18:58

      Muito obrigado por suas palavras carinhosas e por repartir seu testemunho pessoal. Graças a Deus tenho recebido histórias como a sua e de Joelma, que mostram a importância de ter o coração aberto ao conhecimento da Palavra de Deus. Conhecimento esse que é progressivo (Jo 16:12).

      Deus abençoe ricamente também a você e sua querida família. Felicidades!



  • Gelson Braz em 17 de março de 2012 16:20

    Prof. Leandro Quadros,

    Tenho um testemunho para lhe contar, não meu, mas de um irmão da cidade de Formosa-Goiás.

    Bom, tudo começou quando um Pr. da Assembléia de Deus (se não me engano do ministério “Missões”) foi designado, dentre outros, para fazer uma pesquisa sobre “Profetas Falsos” dos nossos tempos, então lhe foi dado para pesquisar sobre Ellen White. Então o Pr. começou a pesquisar sobre Ellen White e cada dia mais começou a aprofundar em alguns dos seus livros e em vez de encontrar uma profetiza falsa encontrou uma profetiza verdadeira e tenho certeza com a ajuda da Novo Tempo tomou decisão de estudar a Bíblia com os Adventistas.
    Não sei bem toda a história do Pr. da Assembléia mas sei que no dia 11/03/2012 ele foi batizado pelo Pr. Luis Gonçalves aqui em Formosa/GO. (há o Pr. Luis batizou também um espírita) esse dia foi uma benção (o ruim é que não foi filmado, só fotografado) para saber mais da real história do Pr. da Assembléia procure o Pr. luis e ele ti contarár em detalhes a conversão do mesmo.
    PARA FICAR BEM CLARO, O PR. DA ASSEMBLÉIA DE DEUS DESCOBRIU QUE ELLEN WHITE E PROFETIZA VERDADEIRA E SAIU DA SUA ANTIGA FÉ PARA A FÉ ADVENTISTA.



    • leandroquadros em 19 de março de 2012 8:59

      Esse é um fortíssimo testemunho, Gelson. Obrigado por reparti-lo conosco!

      Realmente, quem mantém um contato sério com os escritos de Ellen White, não pode crer que ela foi “falsa” profetisa, como afirmam os desinformados e/ou tendenciosos.

      Fique na paz.



  • judith de souza moura em 19 de março de 2012 23:24

    Tudo o que for dito para mostrar os enganos que o diabo está usando pra enganar os filhos de Deus, é valido de ser mostrado, até mesmo por meio da internete, que hoje é um dos veículos mais rápidos de comunicação mundial, apesar de não ser acessivel ainda em muitos lares.
    Muito bem Leandro e Tito, Deus abençoou voceis com o programa “NA MIRA DA VERDADE”.
    Seu programa é tão esclarecedor, que eu comprei oito livros Na Mira da Verdade para doar a pessoas interessadas e curiosas em descobrir as verdades da biblia, aqui em Porto Velho.



  • Carlos Pinheiro em 21 de março de 2012 1:58

    já fiz parte da Igreja Adventista e sei como cuida de pregar a verdade por este motivo sei que este entendimento deve ser claro para todo o povo de Deus para que não caiam no ENGANO ou tenham dúvidas a respeito da fé adventista em Jesus. A igreja faz pregação do Nome Santo de Jesus e não de Ellen White, diferentemente de outras doutrinas que subliminarmente engrandecem seus fundadores ou pregadores (por serem capazes de convencer muitos a seguir sua fé). POBRES seguidores deste doutrina que leram estes absurdos e neste momento se sentem mais seguros em frequentar este “ministério”.



  • Josemar Miranda de souza em 21 de março de 2012 12:13

    O testemunho de Jesus é o espirito de profecia,, quem estiver na mira dessa verdade não será enganado, tal como houve nos tempos de Jesus, inimigos da verdade, embora ele dissesse “eu sou verdade” foi acusado de blasfemo, não é de se admirar que na atualidade haja também os inimigos da verdade e dos testemunhos revelados para a guia e correção da igreja;, entendo que os esclarecimentos contidos nos escritos de E.G.White é o espirito de Profecia e testemunho para a igreja no tempo atual.. Os argumentos que foram apresentados são muito bem explanados;, devemos ter um espirito conciliador isento de ânimos exaltados de modos que não tragamos vitupério ao nome Cristo, e nem prejuízos para fé, mas que encontremos a verdade tal qual ela é…..pois considero as verdades ensinadas pela igreja adventista como sendo o testemunho de Jesus, tomo as palavra de Salomão em Eclesiastes 12 verso 11:As palavras dos sábios são como aguilhões, e pregos bem fixados…..”: pois as doutrinas da igreja e toda a obra da Sra. White s ão um testemunho claro de que esses pregos e aguilhoes de verdades foram fixados pelo dom do Espirito Santo.



  • Anderson em 23 de março de 2012 13:14

    Eu acho que nosso amigo luciano ignora como é a crença da igreja católica referente a trindade …o que a irma ELLEN WHITE combate é a manera que a igreja católica cre na trindade que é toltamente diferente da manera que cremos os protestantes em geral … quando a igreja católica refere- se a trindade é toltamente diferente da que explica o mundo protestante em geral ..eu acho que o nosso amigo luciano esta cometendo um erro em pensar que os catolicos quando falao da trindade se esta referindo como pensamos o mundo protestante ..aumque eles falem de 3 pessoas. eles pensao diferente (os católicos) …convido ao nosso iAMIGO LUCIANO que estude como creem os catolicos quando se refere a trindade e vai se dar conta do que quer falar a irma ELLEN WHITE,..eles creem que aum que exista 3 um é inferior ao outro ou seja escalafoes na trindade ..mais o menos assim um é + o outro é 1/2 e o outo é – que 1/2 ou seja DEUS PAI É O QUE É SUPERIOR DEUS JESUS INFERIOR A DEUS PAI E DEUS ESPIRITO SANTO INFERIOR A DEUS JESUS .e isso nós sabemos que ñ é assim os 3 sao iguais e COETERNOS ..O QUE DIFERE É QUE ELES TEM FUNCOES DISTINTA DENTRO DA TRINDADE. Ñ QUE UM É MELLHOR QUE O OUTRO ..e é um dos pontos e posso siguir mais por agora deixo por aqui !!! obrigado



  • JOÉDSON LIMA DOS SANTOS em 24 de março de 2012 17:46

    – mensagem censurada –



    • anacarolina em 26 de março de 2012 16:39

      Olá Joédson,
      Gostaríamos muito de ter moderado seu comentário. Porém, como usou de palavras agressivas e não apropriadas para um cidadão que visa construir, ao invés de destruir a consciência moral e religiosa das pessoas (leia Colossenses 4:9), infelizmente suas palavras tiveram de ser descartadas.
      Queremos promover discussões saudáveis da Bíblia, em que ideias e não pessoas sejam discutidas. Por isso, contamos com sua compreensão e respeito a nossa metodologia.
      Teremos o prazer de, em outra oportunidade, moderar futuros comentários seus, caso estejam de acordo com nossa política de relacionamento cristão.
      Obrigada.



      • Wallace em 28 de março de 2012 15:44

        Oi Ana Carolina e equipe do Na Mira da Verdade, tudo bem?
        Tenho uma sugestão… criem uma área no blog que contenha as regras de comentários.
        Assim vcs não precisam perder tanto tempo respondendo quem infringir estas regrinhas.
        O trabalho de vcs pode se concentrar em comentários dignos de resposta e não em apenas aquelas que visam fazer ataques.
        Grd abç pra vcs.

        Obs.: Fiquei feliz de saber q agora o Leandro possui vc para auxiliá-lo no blog. Vou orar a Deus para ajudá-la neste ministério.



        • anacarolina em 28 de março de 2012 16:26

          Olá Wallace!
          Obrigado por sua sugestão e por suas orações. Na realidade, não temos regras, apenas prezamos, como cristão, não por postar aqui palavras ofensivas, por respeito a nosso público.
          Conte conosco sempre que precisar! Que Deus te abençoe.



  • Luciano em 29 de março de 2012 11:32

    Olá Leandro. Acho que se esqueceu de liberar meu comentário contendo o link da terceira parte da resposta.

    http://mcapologetico.blogspot.com.br/2012/03/ao-leandro-quadros-e-aos-seus-leitores_22.html

    Mais uma vez, obrigado SE liberar o comentário.



    • leandroquadros em 1 de abril de 2012 15:22

      Luciano: liberei o link e respondi aos seus comentários. Deus o ilumine!



  • 0smar Ferreira em 31 de março de 2012 17:54

    Querido Leandro e demais, observem com que vocês estão lidado e quem está por traz. “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo”. Apoc. 12:17
    Observe quem está por traz do MCA. Que tipo de pessoa que se diz cristã odeia as pessoas só porque pensam diferentes? Respondo sem medo de errar: quando se dizem cristãs e professam conhecedores da Bíblia, certamente são diabólicas. Observe: “Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas.” (I João 2: 9). “Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele (1 João 3:15).
    “Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus. Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: ‘Patife!’ será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de ‘tolo’ será condenado ao fogo do inferno. Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta” (Mat. 5:20 a 23)
    Quero lembrar que todas as pessoas são irmãos por serem filhos de Adão (Gen. 3:20), e que por intermédio de Jesus somos filhos de Deus e irmãos em Cristo (João 1:12). Veja o que o Sr. Luciano postou no (http://cincosolas.blogspot.com.br/2010/01/leandro-quadros-pessoa-as-atitudes-e-as.html): “Eu quero deixar bem claro que eu odeio SIM o adventismo, TENHO NOJO DESSE MOVIMENTO. E anseio o dia em Deus enviar esses e seus promotores no inferno.” Sejamos honestos, quem é quem tem a posse desta mente? Deus ou Satanás?
    Osmar Ferreira-nadanospodemoscontraverdade@bol.com.br



    • leandroquadros em 1 de abril de 2012 15:16

      Realmente, Osmar: O Ministério Cristão Apologético nada tem de cristão… Que o Espírito os leve ao arrependimento.

      Bom que você voltou a participar do blog. Um abraço!



  • Anderson em 1 de abril de 2012 13:13

    1ºminha pergunta é todos os que criticao ELLEN WHITE JA LERAO todos os livros dela !!?o só vai vasculhando un tramo de algo escrito e deturpa tudo o que ela escreve para criticarla . os que criticao vai com espirito de aprender o destruir !? DEUS ñ prceisa de gladiadores que defendao sua obra ..quando se busca uma verdade se busca a fundo ñ superficialmente .. leia todos os livros dela!! digo todos!!ñ argumente uma critica basada em tres frases leia todo pesquise.. porque ela mesmo fala em seus escritos que os que vao se salvar ñ sao exclusivamente da IASD .. veja só uma profeta falsa!! que fala que os que vao se salvar ñ sao exclusivamente da IGREJA IASD(o mas normal seria dizer que os da IASD seriao os que vao se salvar)(quanta falsidade ñ é)!!? .. pesquisem melhor A ELLEN white .. Em NENHUM momento ela favoresse sua feligresia..pesquise melhor essa suposta falsidade dela !!todos seus conselhos vao dirigido em ajudar ñ prejudicar..se ELLEN WHITE era racista entao o APOSTOLO PEDRO APOIAVA A ESCRAVIDAO!! 1 pedro capit cap 2 :18,19 mas como ja sabemos que pedro ñ apoiava a escravidao ..si ñ ..era um conselho que ele dava para o escravo ñ ter problemas maiores naquela época .. porque é tao dificil ver!!!??. que os conselhos da nossa irma ELLEN WHITE VAI DIRIGIDO NA MESMA direçao da que do nosso querido APOSTOLO PEDRO … quando ELLEN WHITE FALA DA TRINDADE era recriminando a manera erronea que cre a igreja catolica ..pesquise como creem os catolicos e entendera o que quiz dizer ELLEN white .E DESCUBRIRAS QUEM SAO OS ARRIOS REALMENTE..ainda que a igreja catolica falem de 3 (trindade) sua manera de crer difere muita da que ensina a biblia..era isso que ELLEN white recriminava. e ela chegou a comparar a trindade com a guarda do domingo. por que a igreja catolica modifico a verdadera esencia da trindade .igual que o domingo implantado por constantino no ano 331 dc no lugar do sabado !! da criaçao juntamente com a trindade . DEUS (COM ESCALAFOES).. QUE DEUS PAI é + que DEUS JESUS e que DEUS jesus É 1/2 QUE DEUS PAI e QUE DEUS ESPIRITU SANTO é -1/2 que DEUS JESUS . OS QUE CREEM ASSIM SAO os catolicos ,testemunha de jeova , e os rosas cruzes que incluso diz que jesus pode ser qualquer un de nós que jesus foi uma criatura ..é essa trindade que ELLEN white comparo com o domingo porque esta totalmente mudada .como o sabado para o domingo por Constantino..nós como conhecedores da biblia ñ podemos aceitar tamanha mudança do real sentido que a biblia ensina .. isso era o que ELLEN WHITE queria dizer..



  • Anderson em 2 de abril de 2012 6:25

    O que eu acho engraçado é que o luciano utilize o argumento que o livro que sita o professor Leandro Quadros para que os telepectadores possao ler,e, para terem conhecimento sobre o tema de uma maneira mas ampla. que seja! para encher o bolso dele ( do professor Leandro Quadros) de dinheiro.. a final que verdade buscas LUCIANO .. vc só sabe zombar e utiliza argumentos de que se vende livro par hencher o bolso de dinheiro .. esse é o espirito de querer saber a verdade !!? que a ELLEN WHITE tem que fazer para vcs crerem que Ela é uma profeta de DEUS dar cambalhotas subir desde o pao de açucar e voar , fazer agua tramsforma -se em vinho ,fazer pedras torna-se em pao , etc..os livros da CPB (casa publicadora brasileira) sao vendidos ñ para hencher o bolso de ninguem .se a CPB cobra é porque tem que pagar agua ,luz,imposto do governo,materia prima ,etc.e posso afirmar todo dinheiro recebido dos livros vendidos pela CPB é para sustento da obra de DEUS aqui na terra !! se vc tem a formula de fabricar livros para milhoes de pessoas por ZERO REAL .. entra em contacto com as imprentas de todo mundo que estarao ansiosos para poder por em practica essa formula .



  • EDUARDO em 2 de abril de 2012 23:05

    (Colossenses 2:14) – Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
    E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.
    Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,

    (Gálatas 4:9) – Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir?
    – Guardais dias, e meses, e tempos, e anos.
    – Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco.

    (Romanos 14:4) – Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio SENHOR ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.
    Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.
    Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o SENHOR não come, e dá graças a Deus.

    PODE ALGUEM ANULAR A VERDADE?



  • Joao Paulo Cangussu em 7 de abril de 2012 0:51

    rsrsrs. Como é que fala mesmo? O Eduardo……que arco de barril!

    Eu me imagino conversando com o apóstolo Paulo no céu e ele me perguntando:
    _Foi assim que ele entendeu aquela passagem?
    E eu digo:
    _Pois é, bem que Leandro Quadros explicou, mas você sabe o que o orgulho causa nas pessoas, né?
    E ele me dirá:
    _Sei. Ainda bem que eu caí do cavalo a tempo.

    Que Deus nos abençoe.



  • Adriel Lima em 9 de abril de 2012 11:28

    Eduardo, farei das palavras de Pedro minhas palavras:

    2 Pedro 3:16 – Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.

    O que mais vemos hoje são igrejas antinomistas distorcendo as coisas que paulo escreveu, e tirando do seu contexto original para tentar invalidar os mandamentos morais de Deus.

    Você começa citando (Colossenses 2:14) – Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
    E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

    Esse texto não fala que Jesus abolio os 10 mandamentos pelos seguinte motivos:
    1º A palavra Lei-nomos que sempre é usada para se referir a lei moral de Deus no original grego nem se quer aparece nesse texto.
    2º A palavra cheirographon que em portugues foi traduzida como “Escrito de divida” não significa e nunca significou mandamentos. Essa palavra era usada para designar um documento usado nos tribunais onde eram anotadas as acusações e penalidades dos réus. E era como era chamada a nota de divida assinada pelo devedor, se compromentendo a pagar o débio ao credor (nota promissória por exemplo).

    A biblia fala que o pecado é a transgressão da Lei moral de Deus [Dez mandamentos]. (1 João 3:4) e que o pagamento do pecado é a morte (romanos 6:23).

    Então nós tinhamos uma dívida a ser paga, pelo fato da humanidade ter caído em pecado. E teriamos que pagar essa divida com a nossa vida. Ai Cristo veio e pagou a nossa divida. E a nota promissória perdeu a validade.

    Esse Escrito de divida de que Paulo fala, é um uma linguagem simbolica referente as Leis cerimoniais de ordenanças, que ensinavam que toda vez que o homem pecasse ele tinha que matar um cordeirinho sem defeitos.

    Dessa forma, quando o homem pecava ele se lembrava da sua divida e que o pagamento dessa divida era a morte.

    Por isso quando Jesus morreu os sacrifícios deixaram de ter validade.

    O problema dos anti-nomistas é não compreender que as leis cerimoniais escritas por Moises em um livro e postas ao lado da arca eram leis transitórias, cujo o unico proposito era ensinar pro povo de forma simbolica que um dia Jesus viria morrer por nós.
    Ao contrário da Lei moral de Deus (10 mandamentos) que são principios eternos, que refletem o caráter de Deus, escritos por Ele proprio com seus próprios dedos em duas tábuas de Pedra e postas dentro da propria arca da Aliança.

    A biblia mostra que existiam pelo menos 4 tipos bem distintos de Leis:
    Lei morail, leis cerimoniais de ordenanças, leis civis, e leis de saúde.
    A Lei-nomos (decálogo, lei moral) foi a unica escrita e anunciada pelo próprio Deus solenemente sem necessidade de nenhum acrescimo como Deuteronomio 5:22 afirma.

    Essas palavras falou o senhor a toda a vossa assembléia no monte, do meio do fogo, da nuvem e da escuridão, com grande voz; e NADA ACRESCENTOU. E escreveu-as em duas tábuas de pedra, que ele me deu.

    Posta dentro da arca da aliança que inclusive existe no céu para servir de testemunho contra os anti-nomistas.

    Apocalipse 11:19 – Abriu-se o santuário de Deus que está no céu, e no seu santuário foi vista a ARCA DA ALIANÇA; e houve relâmpagos, vozes e trovões, e terremoto e grande saraivada.

    Sobre os demais textos comentarei posteriormente, quanto estiver com um pouco de tempo sobrando.



  • Claudia em 16 de abril de 2012 11:11

    Bom dia a todos!!
    Prof Leandro, que maravilha o seu programa. Eu o conheci da pouco tempo aqui na Italia e assistindo aos programas gravados, ja tirei muitas duvidas.Obrigada pela sua maravilhosa explanaçao iluminda pelo o Espirito Santo de Deus. Fico muito feliz em poder fazer parte da igreja remascente do Senhor. Nao precisa ser muito inteligente para e entender e aceitar as nossas doutrinas, os mandamentos e a biblia de genesis a apocalipse, ate porque quem faz a obra é o Espirito Santo de Deus e nao os homens.Agradeço a Deus por ter ouvido a sua voz e aceitado a sua verdade. Uma coisa é certa: No’s adventistas quando conhecemos a verdade e depois mediante as tribulaçoes da vidas saimos da presença do Senhor, pq achamos que somos capazes de caminharmos sozinhos, no’s nunca mais teremos paz espiritual, por que o Espirito Santo de Deus fala aos nossos ouvidos 24 hs por dia em todos as situaçoes erradas que nos deparamos e assim nos convida a voltar. Para aqueles que nao obedecem ao Seu chamado, existem somente duas saidas: 1) A pessoa se depara com perturbaçoes mentais, levando a insegurança e a terem atitudes desequilibradas, duvidas, buscas infinitas pela felicidade que se torna quase uma utopica. Mudanças de comportamento diarios, sofrimentos em dobro, depreçao, solidao e um imenso vazio no coraçao que pode nos levar a loucura total. 2) Retornar aos braços do nosso Salvador, pedindo perdao por ter se afastado da verdade e clamar ao Senhor pela nossa transformaçao, reconhecendo a nossa impotencia, nossa fragilidade e a nossa incapacidade de caminharmos sozinhos e assim nos tornarmos totalmente DEPENDENTES DE JESUS.
    A minha opçao foi a segunda. Gloria a Deus. Mas ate reconhecer isso eu cheguei no fundo do poço. Perdi minha identidade em relaçao a tantas duvidas que tinha de mim mesma. Fiquei altamente agressiva e rejeitei toda possiblidade de ajuda. Me afastei das pessoas e passei a conviver comigo mesma e com os meus fantasmas do passado. Cheguei ao ponto de pedir a igreja para fazer um trabalho de libertaçao porque achava que estava possuida. Bichos caminhavam na minha cabeça e cheguei a ouvir e ver alguem estrando no meu quarto que falava comigo. Dormia sem parar e nao comia. Chorava como uma desequilibrada e falava comigo mesma como se existesse 2 pessoas no dialogo. Tudo isso foi causado por problemas financeiros, solidao, desilusao , desconfiança e falta de credibilidade em mim mesma. O inimigo dizia que eu nao era capaz de fazer nada e assim tudo dava errado. Quando vi que nao tinha mais jeito que estava devendo aluguel aqui na Italia e sem trabalho, segui o meu dom de escrever e comecei a escrever poesias intimas p ganhar dinheiro rapido. Para os olhos dos homens as poesias eram maravilhosas e o livro seria vendido facilmente. Uma editora entrou em contato comigo e ai eu fiquei nervosa e ansiosa pq pensava so no dinheiro para pagar as minhas dividas. Pensei ate em esconder a minha identidade p nao ser descoberta. Entao o Espirito Santo de Deus falava assim: Tem certeza que vc quer publicar essas poesias? Tem certeza que a sua familia nao vai descobrir que é vc? Vc nao acha que isso é obra do inimigo que esta’ lhe iludindo que vai ganhar dinheiro, mas na realidade vai te expor em uma situaçao ainda pior junto da sua familia e causar ainda mais desperezo e indiferença? Pensa bem. E assim era todos os dias. Um dia estava no pc escrevendo e assim eu ouvia: O que vc esta esperando para voltar para os meus braços? qual é o seu medo? Olha para a sua vida e veja ate aonde vc chegou? o que vc conquistou ate agora? Olha a tua vida de ontem e olhe a de hj? Mudou algo ou piorou? Voce nao é mais uma adolescente, pelo contrario.O que voce tem a perder?Tem por acaso vergonha de assumir que voce é uma adventista, uma crente? Tem medo de achar que vc vai ficar feia e que ninguem mais vai te querer? Se vc estiver na estrada certa, Deus lhe ajudara’ a encontrar uma pessoa fiel que te aceite como vc é.Confie no Senhor.
    E assim a minha cabeça pegava fogo, ate que um dia eu clamei o Senhor e disse: Senhor eu estou no fundo do poço, se o Senhor me tirar do poço e me ajudar a ver a luz que eu nao vejo, me fazendo ver a saida para os meus problemas, me dando a serenidade e a paz eu prometo testemunhar a minha Historia em qualquer lugar e serei um testemunho vivo da sua misericordia em minha vida e cantarei as minhas musicas escritas em forma de agradecimento e reconhecimento da minha dependencia de Ti e assim uma parte do lucro ajudarei a expandir a sua obra na Italia.
    Comecei a escrever letras para louvar ao Senhor e hj tenho 17 letras que eu tenho certeza que Deus um dia me capacitara’ para gravar-las. Em agosto de 2011 fui rebatizada na igreja adventista de Verona e a minha vida mudou consideralvemente.Hoje a minha vida esta no seu lugar, Jesus caminha ao meu lado e quer tambem te ajudar ( essa frase faz parte da minha letra). Agradeço a Deus pela vitoria e para aqueles que ainda tem duvidas, eu aconselho de clamar ao Espirito Santo de Deus e assim sair da babilonia, pq a sua salvaçao é hoje pq amanha no’s nao sabemos se iremos amanhecer. Que Deus lhes de forças e coragem para decidir a escolher a estrada estreita e correr para os braços de Jesus antes que seja tarde de mais. Um abraço.



    • Ana Carolina em 16 de abril de 2012 15:55

      Querida Cláudia,
      Muito obrigado por repartir conosco seu lindo testemunho! Que bom que você confiou na voz do Senhor e hoje louva Seu nome! Com certeza, muitas pessoas serão fortalecidas ao lerem seu depoimento aqui no blog.
      Deus lhe recompense grandemente. Fique com Deus!



  • Johnny Walker em 19 de abril de 2012 22:03

    Eu tenho nojo desse caras mentiros, não vejo a hora de Jesus mostrar as tábuas dos mandamentos para que todos possam ver essas mentiras.



  • Raphael Batista em 22 de abril de 2012 23:12

    Meu Amigo Johnny Walker. Você tem Nojo das pessoas
    Eu também tinha porque eu achava que somente as pessoas que guardavam o Sábado e que seriam Salvas.
    Mas descobri que o Amor é o SELO de DEUS. Quem pratica o amor será salvo.
    Romanos 13:10 O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.



    • Claudia em 24 de abril de 2012 18:44

      Sr. Raphael, desculpe desaponta-lo mas o Selo de Deus é a obediencia aos seus mandamentos. E o quarto mandamentpo foi comrrompido com o passar dos anos. Quem ama obedece. Deus nos ama incondicionalmente, e Ele nos pede apenas que sejamos obedientes e que seguimos a ELe e nao aos homens. Se por acaso o Sr. tem dificuldades de aceitar essa verdade, ore para que o Espirito de Deus lhe mostre a verdade. Atos 5:29…Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
      Mateus 5:17-19…Demais lhes dei também os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles; a fim de que soubessem que eu sou o Senhor que os santifica.
      Ezequiel 20:12…Que Deus lhe abençoe



    • André costa de santana em 23 de agosto de 2013 0:18

      É possível a algum ser humano cumpri toda a lei entregue a Moisés? Falo todas! Não sábados?



      • Maiara Costa - Equipe em 11 de setembro de 2013 17:01

        Olá André!
        Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
        “Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne. Porei o meu Espírito em vocês e os levarei a agirem segundo os meus decretos e a obedecerem fielmente às minhas leis”. Ezequiel 36:26,27
        A obediência é o resultado de um coração transformado de acordo com o profeta Ezequiel.
        Que Deus te abençoe grandiosamente.
        Um forte abraço.
        Equipe do Na Mira.



  • Sr. Adventista em 26 de abril de 2012 3:49

    “Enganarão o povo, e porão de mistura com o erro os Testemunhos da irmã White, servindo-se de seu nome para dar influência à sua obra. Escolhem dos Testemunhos certos trechos que acham que podem ser torcidos de modo a apoiar sua atitude e os põem numa moldura de falsidade, para que o seu erro tenha peso e seja aceito pelo povo. Dão falsa interpretação e aplicam mal o que Deus deu à igreja para advertir, aconselhar, reprovar, confortar e animar os que constituirão o povo remanescente de Deus.” (A Igreja Remanescente, Página 39)

    O desespero dos que atacam a Igreja Adventista do sétimo dia, vem apenas confirmar aquilo que já havia sido dito e dar-nos a certeza de que fazemos parte do povo remanescente de Deus. Como resultado temos uma fé ainda mais fortalecida, assim tais atitudes contra nós, apenas nos incentiva a pregar ainda mais o evangelho e buscar ainda mais conhecimento.



  • jaqueline em 28 de abril de 2012 19:45

    natividade rj 28/04/2012, Imãos sou membra da igreja adiventista a quase um ano ,peço que vcs orem por mim e minha familia , pois seguir o caminho certo e muito dificil , fico triste quando alguns da minha familia mesmo dizem que a igreja adiventista e uma ceita , sei que não sei que prega a verdade de DEUS, asisto o programa na mira da verdade asim descubro td a verdade q eu ainda não sabia q DEUS , abençoe este programa e seus apresentadores abraços a PAZ DE JESUS!!!



    • Ana Carolina em 30 de abril de 2012 17:18

      Olá Jaqueline,
      Obrigado por seu comentário e por compartilhar conosco suas angustias, só assim podemos nos ajudar! O caminho do cristão não é mesmo fácil e isso já nos foi advertido há muito tempo ” no mundo tereis aflições” mas Jesus nos instrui a estarmos sempre ao Seu lado e em comunhão com o Pai, que caminharemos e não nos fatigaremos. Ele nos dará forças para seguirmos adiante!
      Estamos orando por você! Que Deus te dê forças e sabedoria!!
      Abraços da família Na Mira da Verdade!



  • linaldo costa sousa em 29 de abril de 2012 0:46

    Assim diz o Senhor,o meu povo perece por falta de conhecimento……



  • Gilberto em 29 de abril de 2012 4:09

    Prof. Leandro.
    Mais do que lhe dar uma palavra de estímulo pelo seu trabalho, estou aqui por volta de 2:30 da madrugada do dia 29.04.2012 para dizer: O irmão tudo pode “naquele que lhe fortalece”.
    Sou um homem que nasceu no seio da igreja adventista, bisneto de adventista. Entretanto, passei minha juventude como um “alisa banco” – aquele que ia para igreja só porque mamãe queria – Logicamente um membro desse “quilate” não resistiu aos apelos do mundo. Para justificar minha saída da igreja, encontrei argumentos que me pareciam muito sólidos na época: “olha só quem está pregando lá na frente! eu sei que ele é safado!!! ” “Pastores são um bando de sanguessugas!”. enfim, deixei de olhar para o alto e só olhava para os lados. Talvez algumas de minhas constatações em relação a alguns membros estivessem corretas,mas, a igreja é um “hospital” cheia de “doentes” (pecadores). Procurava apenas justificar a minha fraqueza. Saí da igreja, foram longos anos afastado, experimentei muitas coisas ruins, muitos ambientes inadequados, mas, Jesus nunca me abandonou; nos lugares mais improváveis para um cristão sincero, alguém me questionava: “Ei, você tem um jeito de crente!” isso me incomodava, me deixava atônito. Sei que o texto não pode ficar muito longo; fica cansativo. MAS PRECISO TESTEMUNHAR !!! Enfim, me afastei tanto de Jesus que tentei o suícidio 05 vezes, sim, 05 VEZES!! (ALGUEM PODE DIZER: AH! ELE NÂO TENTOU DIREITO). Em todas as tentatívas alguma coisa estranha aconteceu, mas vou contar só duas: Em todas as tentativas tomava cuidados para a “loucura” dar certo: Pulei de um prédio ( com certeza a altura era mortal) batí em um fio na queda; caí de pé! hoje tenho lesão nas pernas e na coluna como resultado. Em outra vez, escolhí um horário que minha casa estaria vazia, subí em uma cadeira, amarrei um lençol na grade de proteção da janela do quarto, coloquei o lençol no pecoço e chutei a cadeira. Minha esposa estava no trabalho; ela disse que sentiu uma agonia, voltou para casa, subiu as escadas, me chamou, eu não respondí; ela viu a porta do quarto trancada, ela arrombou a porta de madeira maciça (uma mulher franzina de 1,57m) e conseguiu me tirar (estava dependurado, segundo ela com os olhos virando). Ainda teve corte dos pulsos e outra tentativa por ingestão de vários comprimidos.
    Irmão Leandro, eu estou aqui. O liame que une todas essas ocorrências era a sensação de estar só, de não ter para quem apelar, alcoolismo, depressão, frustração,me sentia no fundo do poço. Mas tinha algúem, uma senhora magrinha, quem tem os joelhos com marcas escuras de tanto orar, que nunca deixou de “puxar as vestes de Jesus” e implorar: Senhor salva meu filho, ele te pertence. Estou de volta pastor, para os braços de Jesus! E não quero, não posso mais ser um “alisa banco”. Não está sendo fácil, sou casado com uma grande mulher, uma católica fervorosa, mas que me diz assim: “estou feliz por você estar buscando a Jesus; mas, se você estivesse na igreja adventista quando nos encontramos, talvez não seriamos casados hoje. ESTOU NAS MÃOS DE JESUS, QUERO QUE ELE COMPLETE O QUE EXISTE DE INCOMPLETO NA MINHA VIDA. QUERO ME REBATIZAR, URGENTEMENTE! SINTO QUE TEM DE SER LOGO. RESUMÍ MINHA HISTÓRIA, AINDA ASSIM FICOU EXTENSO (ME PERDOEM) MAS, QUE ELA SIRVA PARA OUTROS IRMÃOS. SE ENTREGUEM A JESUS, SE ALIMENTEM COM “UMA GOLUDÍCE SANTA” DA SUA PALAVRA. ASSIM VOCÊS FICARÃO FORTES PARA DISCERNIR O ERRO, O ENGANO. OREM POR MIM!!!!!



    • Ana Carolina em 30 de abril de 2012 16:53

      Olá Gilberto!
      Obrigado por compartilhar conosco sua linda história! Tenho certeza que muitos serão fortalecidos ao lerem seu testemunho aquí no blog. Já enviei para o professor Leandro! São histórias como a sua que nos motivam a seguirmos adiante esse trabalho!
      Que Deus continue abençoando sua vida!
      Abraços



      • Claudia em 1 de maio de 2012 5:07

        Bom dia!!! Ana Carolina, desculpe mas pq que os meus comentarios ainda nao foram aprovados, ja que os outros comentarios que foram feitos depois de mim, ja foram aceitos? Tem varios topicos que eu respondi e ate agora nao foram aprovados. Entendo as dificuldades na aprovaçao, até pq sao milhares. De qualquer maneira como podemos participar nas discussoes se as vezes as nossas opinoes nao sao aprovadas?Antecipadamente agradeço. Um abraço.



        • Ana Carolina em 2 de maio de 2012 17:16

          Olá Claudia!
          Obrigado por escrever novamente. Peço desculpas pois estive internada e isso me rendeu duas semanas fora do trabalho. Já estou de volta a todo vapor tentando colocar em dia os comentários do blog, mas ainda estamos com mais de 100 posts pendentes. Peço a compreenção e as orações dos nossos amigos internautas, com ajuda de Deus, logo logo tudo se normalizará.
          Abraços



  • Jefferson Lopes em 14 de maio de 2012 23:31

    Olá Proffesorº Leandro!

    ‘É incrível que o nome adventista provoca arrepios à pessoas como do MCA, que só distorcem aquilo que nitidamente é verdadeiro. Se eles pudessem pelos estudar um pouquinho da vida de Ellen White poderiam ter a opinião do apresentador Jô Soares que em certo programa seu elogiou a escritora em muitos aspectos daquilo que ela escreveu e sem falar que Jô Soares é crítico e estuda muito antes de dar uma opinião. Então a todos que criticam os adventistas vamos estudar história. E eu quero aproveitar profº Leandro para que você mande um abraço a todos da Missão Oeste do Pará no seu programa’. O Tito pôde presenciar o projeto audacioso desse campo em colocar a tv Novo Tempo em canal aberto. Hoje mesmo quando estava para postar, amigos meus que ainda não são adventistas estavam elogiando o Programa Na Mira da Verdade. Profº se continuar assim teremos muitos batismos por aqui através da Novo Tempo. Ore por nós e por esse projeto de anunciar a esperança para muita gente. Abçs…



  • Cristão livre em 25 de maio de 2012 9:45

    Resposta:

    Sobre a coerência da tradução de Filipenses 2:6:

    Para os trinitarianos a tradução mais coerente é a RA, porém para os Unitaristas a RC e NTLH são melhores.



  • Raphael Batista em 4 de junho de 2012 1:00

    Amiga Claudia e demais amigos, respondem minhas perguntas, com base Bíblica por Favor?



    • Marcell Carbonare em 4 de junho de 2012 20:03

      Caro amigo Raphael, os adventistas não ensinam e nunca ensinaram a “salvação pelo Sábado”…a salvação só é possível mediante a graça de Deus, mas qualquer cristão que tenha a Bíblia como regra de fé sabe que não são todas as pessoas que aceitarão essa graça. A aceitação da graça consiste em arrependimento e em uma mudança de vida. Muito se fala em amor ao próximo pra cá e pra lá, que o cumprimento da lei é o amor, etc….mas esse argumento é obviamente para dar margem ao indivíduo para viver do jeito que quer, pq a “lei se resume no amor”. Jesus resumiu toda a Lei em 2 mandamentos: Amar a Deus ACIMA DE TODAS AS COISAS, e em seguida, amar ao próximo. O mandamento de amar ao próximo não era algo novo que Jesus criou. Jesus apenas repetiu um mandamento que está no Antigo Testamento, o de amar ao próximo como a si mesmo. Curioso que mesmo esse mandamento sendo dado no tempo do AT ele não implicava na exclusão do Sábado como obrigatório para o povo de Deus. Cristo é Deus, Ele jamais poderia se contradizer. Se Jesus fosse contra o Sábado ele estaria diretamente contra um mandamento de Deus, portanto seria pecador e jamais poderia ser nosso salvador. Quando Jesus diz que devemos “amar a Deus acima de todas as coisas” é óbvio que a guarda do Sábado faz parte dessa demonstração de amor a Deus, afinal, o Sábado faz parte da Lei dos 10 Mandamentos, que é uma lei de caráter MORAL para todas as pessoas.Uma pena que o cristianismo em geral faça questão de atribuir obrigatoriedade à observância dos 10 mandamentos, mas quanto ao Sábado, q se encontra no centro da Lei, a maioria silencia e finge que não existe tal mandamento.
      Sabemos que a salvação só é possível pela GRAÇA, mas que os VERDADEIROS seguidores de Cristo, que constituem o povo de Deus e q serão salvos, são os que guardam os mandamentos de Deus (todos) e a fé de Jesus. Fica claro que os que rejeitarem deliberadamente a Lei de Deus estarão rejeitando a Deus, pq preferiram viver em pecado, e, queiramos ou não, a rejeição ao Sábado consiste em pecado tanto quanto matar, roubar, adulterar, blasfemar, etc Porque para o mundo evangélico esses mandamentos são tão essenciais, mas o Sábado não é?! A Fé sem obras é MORTA, como consta no capítulo 2 da epístola de Tiago. Obras são o fruto da fé e da aceitação da graça em nossa vida, e a observância do Sábado é uma consequencia natural disso…
      Vale lembrar que o Sábado não é mais importante do que todo o resto da Lei….ele é uma parte integrante, e é essencial, pois quem tropeça em um só ponto tropeça em todos. A ênfase adventista no Sábado se dá pelo fato de ele ser o ÚNICO mandamento REJEITADO pelos homens, quando isso jamais poderia acontecer vindo de pessoas que se dizem crentes em Deus.

      Ezequiel 20:12 – Também lhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eu sou o Senhor que os santifica.”

      Ezequiel 20:20 – Santificai os meus sábados, pois servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o Senhor, vosso Deus.

      Isaías 58:13-14 – Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, então, te deleitarás no Senhor. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de Jacó, teu pai, porque a boca do Senhor o disse.

      Grande Abraço



  • gilmar augusto em 8 de junho de 2012 0:29

    (conteúdo impróprio)



    • Ana Carolina em 8 de junho de 2012 9:28

      Olá Gilmar,
      Gostaríamos muito de ter moderado seu comentário. Mas, como usou de palavras agressivas e não apropriadas para um cristão (leia Colossenses 4:9), em respeito a nossos internautas, suas palavras tiveram de ser descartadas.
      Queremos promover discussões saudáveis da Bíblia, em que idéias e não pessoas sejam discutidas. Por isso, contamos com sua compreensão e respeito a nossa metodologia.
      Independente da denominação religiosa a qual pertença, você é uma pessoa muito amada por Deus e, especial para nós. Caso não venhamos a concordar em assuntos teológicos, queremos Que Deus te abençoe, e obrigado por acessar nosso blog.



  • Renan em 6 de julho de 2012 23:56

    Este texto foi mais profundo que buraco de petroleo!!!!



  • Daniel em 14 de julho de 2012 18:52

    Fantastico!! Broder!



  • Obadias de Azevedo em 6 de agosto de 2012 14:20

    E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. Apoc. 12:17

    Desde que me conheço por gente, os ADV são perseguidos pelos próprios supostos “povo de Deus” os evangélicos em geral. Nunca vi na minha vida inteira algum evangélico sendo amavel ou Cristão de verdade quando o assunto é (Adventistas do 7 Dia, sábado e Ellen White) nunca vi.

    Tudo o que vejo é acusação, crítica sem nexo, heresias, distorções dos textos Bíblicos e os de Ellen White.

    Não tem coragem de ir até uma igreja ADV, e ficam só de longe levantando falso testemunho.

    Tenho um amigo que que era Assembleiano e atacava os ADV o tempo todo, veja como deus age. Ele foi para os EUA e chegando lá, não tinha nenhuma igreja evangélica e nem mesmo Assembléia, a única que tinha era a ADV ele ficou de cara, pois queria ir para igreja mas teve que encarar os ADV. Ao frequentar os cultos ficava criticando tudo que ouvia até que o pastor decidiu ir falar com ele. Hoje ele é um sincero ADV e não tem dúvida de nada e diz que era tolo em falar mau e perseguir justamente o povo que leva a bandeira de Jesus. Ele se sentiu como Saulo que teve que cair do cavalo para aprender.

    Com todo o respeito aos irmãos evangélicos, pois sei que tem muitos sinceros, mas o meu pai tem um frase que diz assim; “é dominical e comedor de carne de porco… estou fora” nem perco tempo com este povo, pois tirando os sinceros, o resto é tudo incrédulo. Só sabem criticar os ADV.

    Irmãos Jesus está voltando, Ele já está separando e selando os seus, vamos ler mais a palavra de Deus, parem de criticar os ADV, parem de dizer que eles estão errados, sendo que são os únicos dentre tantas denominações que tentam fazer a vontade de Deus, mesmo escorregando aqui e ali, mas tentam. A profecia de Apocalipse 12:17 é clara, satanás está irado justamente com o povo que guarda os Mandamentos de Deus e a fé em Jesus, pensem nisto!

    Professor Leandro Quadros,
    Parabéns por este blog continue assim, um Cristão de verdade, humilde, sicero e respondendo sempre com amor.
    Um grande abraço.



    • Ana Carolina em 7 de agosto de 2012 16:22

      Olá Obadias,
      Obrigado por compartilhar conosco essa história. Deus nunca desampara quem O busca de coração. Se alguém quer saber a que caminho seguir, peça a Deus que o mostre, e certamente encontrará! Que Deus continue abençoando sua vida. Abraços



  • Obadias de Azevedo em 8 de agosto de 2012 9:53

    Gostaria de compartilhar com todos estes dois links do irmão Alex Carvalho de Cavalcanti.

    Nestes links, ele comenta o seu testemunho entitulado:

    “Como me tornei um satanista? Como passei por 8 igrejas evangélicas e porque eu sou Adventista do Sétimo Dia?”

    Pessoal talvez alguns já conheçam este testemunho, mas para aqueles que ainda não conhecem… leiam eu já li mais de 20 vezes e já mostrei para muita gente que ficou abismada com o testemunho deste irmão Adventista.

    Por favor, leiam!

    Um grande abraço a todos, Prof. Lenadro quadros e Tito, também um grande abraço e fiquem com Deus.

    http://www.advir.com.br/testemunhos/Testemunho_Alex.htm
    http://www.advir.com.br/testemunhos/Perguntas_exsatanista.htm



  • Obadias de Azevedo em 8 de agosto de 2012 9:57

    Ah,

    Ana Carolina, obrigado por postar o comentário que fiz no dia 06/08 às 14:20

    Que Deus a abençoe muito.

    Um abraço.

    Obadias de Azevedo



  • Andrei Alves em 11 de agosto de 2012 0:12

    Professor, eu tenho uma dúvida muito importante para minha crença em relação a Ellen G. White. Por favor, conceda-me graça e me responda pela misericórdia de Deus.

    O que ela quis dizer no livro ”Primeiros Escritos” Página 276 quando diz o seguinte:

    ”Vi que o senhor de escravos terá de responder pela salvação de seus escravos a quem ele tem conservado em ignorância; e os pecados dos escravos serão visitados sobre o senhor. Deus não pode levar para o Céu o escravo que tem sido conservado em ignorância e degradação, nada sabendo de Deus ou da Bíblia, nada temendo senão o açoite do seu senhor, e conservando-se em posição mais baixa que a dos animais. Mas Deus faz por ele o melhor que um Deus compassivo pode fazer. Permite-lhe ser como se nunca tivesse existido, ao passo que o senhor tem de enfrentar as sete últimas pragas e então passar pela segunda ressurreição e sofrer a segunda e mais terrível morte. Estará então satisfeita a justiça de Deus. ”

    Algumas pessoas não vão passar pela segunda ressurreição?



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de dezembro de 2012 14:13

      Estimado amigo e irmão em Cristo Andrei!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por sua participação.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Como explicar a citação de Ellen White sobre a salvação dos escravos? Esta não representa um ato injusto de Deus, diante da declaração bíblica de que Ele não leva em conta o tempo da ignorância?

      Deus é misericórdia, mas também justiça. A Bíblia diz que só através da aceitação de Jesus pode haver salvação. Deverá ir para o Céu quem o almeja, quem quer ir pra lá. Nesta citação, Ellen White refere-se aos escravos que ficaram tão subjugados à opressão e tão vedados de qualquer informação do mundo e da vida, que não tiveram nem mesmo a oportunidade de raciocinar e de escolher entre o que fosse certo e o que fosse errado, não chegando nem mesmo a ter noção do que viesse a ser Deus, o bem, o Céu, ou coisa semelhante.
      Permitir que esta pessoa nunca mais ressuscite não é um castigo, porque ela nunca mais verá nem sofrerá nada. Aliás, é um ato de misericórdia. Por duas razões: Primeiramente, porque a salvação é individual. Então, individualmente falando, entre Deus e ela, não houve injustiça, porque, pra ela, em sua consciência, Deus nunca lhe prometeu nada. Ele não vai estar lhe vedando nada que a fez ter expectativa. “Quando vocês eram escravos do pecado, estavam livres da justiça (Romanos 6:20)”.
      E segundo, porque, como é possível levar ao Céu alguém que não sonhou estar lá? E se esta pessoa, quando chegar lá, e começar a raciocinar, não aceitar estar lá? Não aceitar o que existe lá? Não aceitar a Jesus?
      O escravo, nesse caso, ignorou, por toda a sua vida, a existência disso tudo. Conforme as palavras da Bíblia, Deus não levará em conta o tempo da ignorância, que foi do tamanho da própria existência da pessoa, não levando em conta então, a própria vida da pessoa. É diferente não levar em conta uma existência que teve um tempo de ignorância e outro de consciência, concorda?
      Justiça é levar ao Céu os que almejaram por ele, por Deus, ou pelo bem. Portanto, para essa citação, não se pode generalizar todo tipo de escravo.
      E também, veja abaixo, que a citação completa dá um tom de misericórdia ao trato deste ato de juízo divino, e o diferencia de outros grupos que tiveram a oportunidade de pelo menos raciocinar entre o bem e o mal, como por exemplo, os índios.
      No caso dos escravos, Ellen G. White escreveu o seguinte no livro Primeiros Escritos, pp. 276:

      “Vi que o senhor dos escravos terá de responder pelas almas de seus escravos a quem ele tem conservado em ignorância; e os pecados dos escravos serão visitados sobre o senhor. Deus não pode levar para o Céu o escravo que tem sido conservado em ignorância e degradação, nada sabendo de Deus ou da Bíblia, nada temendo senão o açoite do seu senhor, e conservando-se em posição mais baixa que a dos animais. Mas Deus faz por ele o melhor que um Deus compassivo pode fazer. Permite-lhe ser como se nunca tivesse existido, ao passo que o senhor tem de enfrentar as sete últimas pragas e então passar pela segunda ressurreição e sofrer a segunda e mais terrível morte. Estará então satisfeita a justiça de Deus.”

      Com relação aos índios, no livro Parábolas de Jesus, pp. 385, a mesma autora escreve algo que parece bastante elucidativo:

      “O Espírito Santo implantou a graça de Cristo no coração do selvagem, despertando nele a simpatia contrária à sua natureza e à sua educação.”

      E que relevância tudo isso tem pra nós hoje? Precisamos nos preocupar com a nossa salvação. Quanto a nós hoje, é diferente. Pois entre nós não há livre nem escravo, mas somos considerados, por Deus e pelas oportunidades que ele nos dá, todos iguais. “Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito ( 1Coríntios 12:13)”. “Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento (2 Pedro 3:9)”. “Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna (Hebreus 4:16)”.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Diego Carvalho de Souza em 14 de setembro de 2012 22:59

    ESSE POVO ESTÁ LIBERTO EM NOME DE JESUS !



  • Fabio em 19 de setembro de 2012 14:38

    …Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.
    O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.
    Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.
    Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.
    Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.
    Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si.
    Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor.
    Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos…
    Romanos 14:2-9

    Professor, sou Cristao, da Igreja Apostolica Recontruir,Evangelico, gosto de mais do seu programa tiro muitas duvidas com voce e o Tito, mas nessa passagem, vi que nos temos mesmo é que ser unidos ao inves de tentar julgar uns aos outros ne?Pelo o que percebi o senhor é Adventista ne? Mas so vejo que o Reino de Deus tem mais a ganhar com nos unidos do que descultindo,… o que fale mesmo é levar a Palavra de Deus…
    Que a paz do Senhor Jesus estaja convosco.



  • Felipe Cayres Lima em 3 de outubro de 2012 0:52

    Olá, Leandro Quadros e Tito Rocha, estou no UNASP fazendo o 2° semestre de Teologia, e estou estudando Historia do Adventismo II que é especialmente sobre Ellen White com o Dr. Jean Zukowski. Tem sido interessante conciliar muitas dos argumentos que tem posto na mira da verdade, aprecio muito a apologética e esta refutação ao MCA (li as absurdas colocações a respeito de EGW e também sobre o programa e o prof. Leandro) ficou excelente, nós sabemos que o Espirito Santo o impeliu a isso através da iluminação. Lendo o livro Mensageira do Senhor, nós mostra que se esses críticos de Ellen White vivessem em sua época e tivessem o contato com ela, assim como o cético Bates teve quando então através de uma visão sobre os planetas ficou certo de estar com uma mensageira de Deus, eles mudariam tão rapidamente essas palavras injuriosas, se tivessem a mente receptiva ao E.S, perceberiam que Ellen White perseverou e ajudou muito em prol das pessoas conhecerem a Palavra de Deus, uma pessoa especialmente altruísta, uma mãe zelosa e amorosa, uma mulher virtuosa para seu esposo, uma irmã de igreja muito especial para todos outros irmãos. Provou ser aquilo que diziam dela (positivamente). Se preocupava com as pessoas, temos relato dela ajudando um moço com seu dinheiro, pagando uma passagem de trem para esse moço… Enfim, o ministério de Ellen White foi muito alem do que os críticos imaginam. Se eles lessem o Caminho a Cristo, Desejado de Todas as Nações entre outros, teriam uma noção do profundo respeito e amor por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Encerro por aqui, mas gostaria de dizer que orem por todos esses que criticam o adventismo e as doutrinas bíblicas, invalidando por conseguinte a própria Bíblia, da qual querem ser os Inquisidores dela. Abraços a todos e que a nossa vida seja pautada aos princípios bíblicos.



  • ALDO em 17 de novembro de 2012 0:27

    Em meio a tantas e tantas mentiras e críticas a Ellen White na internet, vejo que o na mira da verdade tem sido um meio [um dos poucos] de defesa do adventismo. Que Deus abençoe ao pastor Leandro Quadros e que ele continue a mostrar para os não-adventistas e para os próprios adventistas os enganos que satanás lança sobre a mensagem da verdade.

    Eu falo com autoridade de testemunho. Minha vida mudou depois que eu achei um livro da Ellen White. eu estava desesperado(pensei até em tirar a minha própria vida) eu achei o “caminho a cristo”



    • Maiara Costa - Equipe em 19 de novembro de 2012 9:43

      Estimado amigo e irmão em Cristo Aldo!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a paz de nosso Senhor Jesus esteja hoje e sempre em seu coração.
      Que Deus seja louvado pelo seu testemunho querido irmão, pois a maior evidência da veracidade dos escritos de Ellen White são as vidas que tem encontrado Jesus e tem sido transformadas.
      Pois esse é o objetivo do Espírito Santo ao ter concedido a ela o dom profético, conduzir as pessoas de volta à Palavra de Deus para terem um encontro íntimo e verdadeiro com o Senhor Jesus.
      Louvado seja Deus que esse propósito se cumpriu em sua vida. Que você possa sempre ser uma luz na vida das pessoas e alcançá-las pelo seu testemunho.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • rogerio em 27 de novembro de 2012 21:47

    porque sera q a igreja adventista esta recebendo ataques d todos os lados? so pode ser porq o diabo esta irado com os q guardam os mandamentos d deus e mantem o testemunho de jesus.parabens irmao leandro pelo programa.



  • Felipe em 5 de dezembro de 2012 10:47

    Olá,

    Meu nome é Felipe tenho 18 anos e sou Adventista de berço. Gosto muito do programa na mira da verdade, principalmente pela forma como o Espirito Santo guia o Pr. Leandro Quadros e toda a equipe e direção do programa.

    Peço desculpas por estar postando minha dúvida nos comentários, mas assim creio que muitos poderão me ajudar, ou talvez outros irmãos que tenham a mesma dúvida.

    Bem, gostaria de esclarecer uma enorme dúvida que tem me deixado muito intrigado a respeito de Ellen White,
    especialmente sobre o movimento de 1844.

    No livro Primeiros Escritos paginas 229-249 Ellen White diz repetidas vezes
    que Deus estava guiando Guilherme Miller sobre uma suposta “verdade” de que Jesus voltaria em 1844.
    Assim afirma que aqueles que estavam contra essa ideia também estavam de certa forma desagradando a Deus.
    Isso devido ao fato de não estarem felizes ou anciosos por saber que Jesus voltaria, e segundo ela assim etariam revelando
    o seu verdadeiro caráter que mais tarde passou a condenar e “zombar” daqueles que acreditam que Jesus voltaria.
    Para ela, os que não acreditavam tinham no coração um certo medo pela volta de Jesus, por não estarem preparados.

    Entendo que o desapontamento serviu como um incentivo ao estudo e nálise da Bíblia em busca das verdades proféticas,
    que mais tarde resultou no entendimento correto das 2300 tardes e manhãs de Daniel, que se trata do período em que começou
    a expiação por parte de Cristo no Santuário Celestial.

    Mas o que eu não etendo é: como é possível alguém que fica contra uma falsa teoria sobre a volta de Jesus em 1884,
    ser considerado errado aos olhos de Deus?
    Se para ser um profeta de verdade os seus escritos devem ir de encontro com a Bíblia, como pode esse ensino de Ellen White
    ir contra o que Jesus disse em Marcos 13:32?
    E ainda mais tarde, Ellen White escreve no livro Mensagens Escolhidas, Liv. 1 nas páginas 188 e 189 sobre o erro da
    especulação de predefinir datas.

    Como ela pode ter se contradito, pois se nós mesmos Adventistas afirmamos que os escritos de um profeta devem
    ir de encontro com a Bíblia e devem ser coerentes, como pode haver essas discordâncias?
    Por mais que Ellen White afirme que era intuito de Deus que ouvesse tal desapontamento, como é possivel
    acusar aqueles que defendiam a verdade Bíblica? Pois de certa forma elas não estavam errados.

    Seria o mesmo que alguém hoje viesse dizendo que Jesus voltaria amanhã por exemplo, e eu não acreditaria
    de certa forma, mas não por não quero que Jesus volte, mas sim porque a Bíblia diz que ninguém sabe o dia
    nem a hora, mas, também não descartaria a hipótese pois justamente como eu disse ninguém sabe o dia nem a hora.
    Sendo assim eu estaria errado por não acreditar plenamente nessa afirmação?

    Adianto que não li por completo os livros Primeiros escritos bem como Mensagens Escolhidas, Liv. 1,
    sendo assim, pode ser que eu não esteja etendendo o contexto ou outra coisa, mas peço a vocês que me ajudem,
    pois o que eu realmente quero é entender isso, tenho perdido muitas noites de sono por causa dessa dúvida.

    Agradeço desde já, e que Deus esteja com todos nós.



    • J.Washington em 9 de abril de 2013 11:42

      Felipe, muito obrigado por sua participação. Respondendo sua pergunta, Ellen White, assim como os demais Adventistas, nunca marcou datas para a volta de Cristo. Quem o fez foram os mileritas (seguidores de Guilherme Miller); eles pertenciam a várias denominações religiosas da época: Batista, Metodista, Congregacional, Luterana, Presbiteriana.

      A Igreja Adventista do 7o Dia surgiu como movimento organizado em 1863; antes disso, algumas facções do milerismo marcaram muitas datas para a volta de Cristo. Dizem os acusadores que fomos nós quem o fizemos, mas isto é uma grande injustiça! Nunca tivemos a mais íntima relação com esses movimentos (mesmo que tenham se identificado como ‘adventistas’; o faziam não por ser de nossa denominação, mas por crerem no ‘advento de Cristo’). O texto a seguir, escrito por Ellen, é o verdadeiro posicionamento Adventista em relação à marcação de datas:

      Progredíssemos nós em conhecimento espiritual, e veríamos a verdade se desenvolvendo e expandindo em sentidos com que mal temos sonhado, porém ela jamais se desenvolverá em quaisquer direções que nos levem a imaginar que podemos saber os tempos e as estações que o Pai estabeleceu por Seu próprio poder. Tenho sido repetidamente advertida com referência a marcar tempo. Nunca mais haverá para o povo de Deus uma mensagem baseada em tempo. Não devemos saber o tempo definido nem para o derramamento do Espírito Santo nem para a vinda de Cristo (Mensagens Escolhidas I, p. 188 – grifo do autor).

      Seja feliz!
      Equipe Na Mira da Verdade



  • cloves em 7 de dezembro de 2012 1:11

    gostaria que vc me explicasse como acreditar em escritores que defedem as teorias da ADS,depois dessa detalhada investigação sobre Ellen.G.W, com tantas referencias de escritores da epoca e até cartas que “supostamente”podem provar que no decorrer da história lideris da ADS tem manipulado e escondido trechos dos primeiros escritos de Ellen.g.w e até capitulos inteiros de profecias que não aconteceram e que provam a crença de propria Ellen em cruzamentos de animais com homens geraria uma nova especie de humanos chamados por Ellen de amalgama ( Mistura de pessoas ou coisas heterogêneas)?por favor me explique,não é uma acusaçao minha, só quero uma explicação e entender os dois lados da história,se é que existe outro lado da historia.aguarda resposta por email,Obrigado



    • Maiara Costa - Equipe em 21 de março de 2013 17:04

      Olá Cloves!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Pedimos lincença à você para retiramos o link mencionado na pergunta por não ser uma fonte de pesquisa confiável.
      Devido a uma informação insuficiente, alguns se preocupam com o que Ellen G. White escreveu a respeito de uma “amálgama” de homens e animais. Amálgama que produzira descendentes.
      As perguntas e os problemas que surgem concentram-se em torno de dois fatores: A impossibilidade de que haja uma união fértil entre o ser humano e os animais, não importa a que espécie pertençam e os resultados dessa mistura na forma de subespécies que possuam características humanas e animais.
      Em primeiro lugar, diremos que o que ela escreveu a respeito foi publicado na obra Spiritual Gifts (Edição de 1864), e tornou a ser publicado em Spirit of Prophecy (Edição de 1870).
      A tradução mais literal desses trechos é a seguinte:
      “Se houve um pecado maior do que outro que requereu a destruição da raça humana pelo dilúvio, este foi o baixo crime da amálgama do homem e animal, a qual desfigurou a imagem de Deus e causou confusão em toda parte. Deus Se propôs destruir por dilúvio essa poderosa raça de longa vida que corrompera seus caminhos diante dEle”. Spiritual Gifts, vol. 3, pág.64. “Todas as espécies de animais que Deus criara foram preservadas na arca. As espécies confusas que Deus não criou, que eram resultado da amálgama, foram destruídas pelo dilúvio. Desde o dilúvio, tem havido amálgama de homem e animal, conforme se pode notar nas quase infindas variedades de espécies de animais, e em certas raças de homens”. Idem, pág. 75

      Uma Análise Cuidadosa das Passagens

      Antes de chegar a alguma conclusão, é imprescindível analisar com todo o cuidado o que realmente dizem os citados escritos. À primeira vista e sem um demorado exame, parece tratar-se de uma união de homens com animais, que motivara a aparição de novas espécies confusas (ou híbridas). Alguns chegaram a esta conclusão prematuramente, e isso provocou seu desconcerto e perplexidade.
      O Pastor Francis D. Nichol, em seu livro Ellen G. White and her Critics(1), dedica um capítulo a este assunto, no qual focaliza principalmente a palavra “amálgama” (amalgamation, em inglês).
      Começa por informar-nos que nenhum dicionário em inglês, nem mesmo os mais completos, como o Oxford English Dictionary, apresenta como uma acepção da palavra amalgamation a união entre homem e animal, com resultados frutíferos. Acrescenta que a palavra amalgation, através de muitos anos, foi usada para descrever a fusão de raças humanas.
      É muito importante observar que, em meados do século XlX (quer dizer, pela época quando foram escritas as passagens que causam perplexidade) essa palavra-chave se empregava nos Estados Unidos para indicar a união matrimonial de indivíduos de raça branca com outros de raça negra. (2)
      É, pois, muito difícil aceitar que a senhora White houvesse dado a essa palavra um sentido diferente do que tinha em seus dias, precisamente no país em que ela nasceu e onde principalmente exerceu suas atividades. Aí teríamos o primeiro indício bem claro de que se fala de uniões matrimoniais efetuadas homens e mulheres de raças ou linhagens diferentes.
      Existiam tais raças nos dias imediatamente anteriores ao dilúvio? A Bíblia menciona “os filhos de Deus” que se uniram com “as filhas dos homens” (Gênesis 6:2). A pena inspirada pelo Espírito de Profecia nos explica que os descendentes de Sete constituíram a linhagem que preservou o respeito pela vontade divina e que manteve “em sua pureza o culto a Deus”. (Patriarcas e Profetas, pág. 77). Pelo contrário, as gerações que procederam de Caim apartaram-se mais e mais da submissão ao Eterno e à Sua vontade. Com o correr do tempo “a distinção entre as duas classes tornou-se mais assinalada” (Idem, pág. 76). Para melhor informação, leia-se o começo do capítulo de Patriarcas e Profetas, intitulado “Sete e Enoque”.
      A união de ambas as famílias produziu “os piores resultados”, informa-nos a pena inspirada. Sendo assim, considerando que a senhora White se ocupa claramente dessas suas estirpes no início do capítulo do Volume III de Spiritual Gifts, em que discorre sobre este assunto “amálgama”, e visto que ela dá tanta ênfase à desgraça que se produziu devido ao entrelaçamento matrimonial dos descendentes de Sete com os de Caim, não podemos deixar de inclinar-nos a aceitar um fato que se vai perfilando com clareza: A autora fala de amalgamation para referir-se à união inconveniente de homens e mulheres que nunca se deveriam haver ligado.
      Há, todavia, outro fato que nos ajudará a completar o quadro que estamos delineando. Trata-se da reiterada asseveração feita pela senhora White de que os efeitos do pecado se fizeram sentir de um modo mais pronunciado na linguagem de Caim, do que nos descendentes de Sete.
      Disse a respeito dos que se apartaram mais e mais da obediência a Deus, que eles “sentiram os efeitos da maldição dum modo mais forte, especialmente em estatura e nobreza de formas” (Spiritual Gifts, vol. LII, pág. 60).
      Pela declaração anterior, vê-se claramente que se refletiam no físico dos pecadores as consequências de seus pecados.
      Quanto aos tristes resultados da “amálgama” dos servidores de Deus com os que se apartaram dEle, lemos: “À medida que os filhos de Deus se misturaram com os filhos dos homens, corromperam-se pelas uniões matrimoniais, perderam seu caráter santo e peculiar, devido à influência de suas esposas, e uniram-se com os filhos de Caim em sua idolatria”. (Idem, pág. 60-61)
      Em seguida, a pena inspirada apresenta uma descrição de seus costumes idólatras, particularmente do emprego do ouro e da prata para fins pecaminosos. Declara ela: “Corromperam-se com aquelas coisas que Deus colocara na Terra para benefício do homem” (Idem, pág. 63). Após fazer uma descrição dessa idolatria, ela se refere à poligamia e apresenta a declaração: “Quanto mais os homens multiplicavam mulheres para si, mais aumentava sua impiedade e desventura”. (Idem, pág. 63)
      A respeito da prática da poligamia e suas funestas consequências, pode-se ler com muito proveito as páginas 77 e 78 de Patriarcas e Profetas (2a. edição).
      Lemos em referência aos resultados que esse costume teve na eliminação da “imagem de Deus” no homem: “A poligamia foi praticada em época primitiva. Foi um dos pecados que acarretaram a ira de Deus sobre o mundo antediluviano. Todavia, depois do dilúvio, tornou-se novamente muito espalhada. Era o esforço calculado de Satanás perverter a instituição do matrimônio, a fim de enfraquecer as obrigações próprias à mesma, e diminuir a sua santidade; pois de nenhuma maneira poderia ele com maior certeza desfigurar a imagem de Deus no homem, e abrir as portas à miséria e ao vício”. (Patriarcas e Profetas, 2a. edição – pág. 349)
      Se bem que seja certo que a poligamia é uma coisa, e a união matrimonial de duas linhagens que não deveriam unir-se é outra, é significativo comprovar que uma das consequências da poligamia é “desfigurar a imagem de Deus no homem”. Não é, pois, estranho que a outra prática produzisse efeitos similares.

      Uma Pequena Diferença de Palavras

      Voltando ao trecho inicial – aquele que apresenta as dificuldades que são objeto de nosso estudo – deparamos com uma pequena palavra que constitui uma chave para compreender o que a senhora White quis dizer quando se referiu à “amálgama”.
      Fala de “amálgama de homem e animal”. Isto pode ser entendido de duas maneiras: de homem com animal ou de homem com homem e de animal com animal. No segundo caso, não é necessário repetir a preposição de. Pode-se dizer muito bem “de homem e animal”.
      Aceitamos a segunda interpretação não porque necessariamente assim o requeira o idioma, tal como lemos hoje em sua tradução portuguesa, mas por duas razões:
      A primeira é porque, como já o expusemos, a palavra “amálgama” (amalgamation) empregava-se, nos dias em que se escreveu a passagem, precisamente para indicar a união inconveniente de raças humanas entre si.
      A segunda é porque se a autora se referisse a uma união frutífera de homens com animais, inevitavelmente teria de haver-se estendido quanto a ela. Deveriam existir páginas, ou pelo menos algumas, que descrevessem essa união antinatural, horrenda e tristemente pecaminosa. Por isso, a ordem de Deus aos filhos de Israel foi terminante: “Todo aquele que se deitar com animal, certamente morrerá” (Êxodo 22:19). (“Todo aquele que coabitar com”, diz a versão revista em castelhano). (Ver também Levítico 20:15 e 16, Deuteronômio 27:21) Por certo não se trata de ilícitas uniões frutíferas (pois isso é biologicamente impossível), mas simplesmente do ato de coabitar.
      Concluímos que a “amálgama” mencionada deve envolver as uniões matrimoniais inconvenientes dos descendentes de Sete com os descendentes de Caim, bem como uniões (das quais não temos mais indicações) de animais que não deviam haver dado lugar a espécies (ou se quiser, empregar o vocábulo “famílias”) intermediárias.

      “Desde o Dilúvio”

      Em nosso trecho inicial citamos as palavras da senhora White: “Desde o dilúvio, tem havido amálgama de homem e animal, conforme se pode notar nas quase infindas variedades de espécies de animais, e em certas raças de homens” (Spiritual Gifts, pág. 75). Reconhecemos que não temos muita informação a respeito, correspondente aos dias pós-diluvianos. Não há passagens bíblicas que relatam as uniões matrimoniais efetuadas entre duas linhagens, uma de filhos fiéis a Deus e outra de rebeldes. Tampouco há citações da pena inspirada pelo Espírito de Profecia, nas quais se nos fale de um tal fenômeno.
      Temos, sim, a linhagem de patriarcas, a partir de Noé até Abraão, que foram os fiéis depositários da verdade divina, embora se registrem também seus equívocos e pecados. Temos também o relato das desobediências e manifestas rebeldias dos que não tomaram essa linhagem. Nos dias da terminação do Êxodo, há uns novecentos anos do dilúvio, a terminante ordem de Deus para Seu povo, quanto a possíveis uniões com nações pagãs, foi proclamada assim: “Nem te aparentarás com elas; não darás tuas filhas a seus filhos, e não tomarás suas filhas para teus filhos”. Deuteronômio 7:3.
      Permanece, pois, em pé o princípio geral do desagrado de Deus para com as alianças matrimoniais com os povos entregues ao paganismo. Por conseguinte, deve ter sido essa uma das causas básicas para a degeneração moral e física dos descendentes dessas uniões proibidas por Deus, “conforme se pode notar… em certas raças de homens”.
      Não temos informações sobre se as “hibridações” provocadas entre animais também foram objeto de uma expressa proibição divina.

      Em Conclusão

      Reconhecemos que a passagem parece difícil à primeira vista. Compreendemos que algumas pessoas podem confundir-se ao lê-la, concluindo que houve uniões de homens com animais, que deram lugar a seres intermediários.
      Todavia, o estudo cuidadoso de Spiritual Gifts nos leva a uma conclusão muito diferente. A união dos “filhos de Deus” com as “filhas dos homens” redundou numa verdadeira desgraça para o gênero humano, não só na moral, mas também nas consequências físicas, doloroso resultado do pecado.
      Também é imprescindível tomar em conta o uso que se dava à palavra “amálgama” (amalgamation) nos dias em que a passagem foi escrita.
      Um cuidadoso exame do emprego técnico da preposição “DE” (de homem com homem, e de animal com animal), nos permitirá chegar à conclusão final de que não se trata de uniões frutíferas entre homens e animais.
      Insistimos em que a senhora White daria mais explicações se houvesse afirmado que houve descendentes intermediários de homens e animais.
      Algumas grandes verdades para nossos dias, que foram tão explícita e claramente apresentadas pela pena inspirada pelo Espírito de Profecia (ressurgimento do papado, união das igrejas cristãs, o apogeu do espiritismo, papel dos Estados Unidos em relação à intolerância religiosa; leis dominicais, por exemplo), deviam assegurar-nos, devido a seu fiel cumprimento, a plena certeza de que os escritos da senhora White não foram produzidos por vontade humana. Em suas declarações houve sabedoria sobre-humana.
      Que estes categóricos e inconfundíveis argumentos nos deem a serenidade suficiente para estudar com tranquilidade algumas passagens menores que possam produzir certas dúvidas ou perplexidades em nós.

      (1) Obra publicada pela Review and Herald, em 1951. Consta de 34 capítulos e 17 apêndices.

      (2) O Pastor Nichol cita três obras fundamentais: The Century Dictionary, New Standard Dictionary e A Dictionary of American English. No primeiro desses livros se faz notar que a palavra AMALGAMATION, no sentido de união de raças humanas entre si, perdeu esse significado em inglês com a aparição do termo HYBRIDIZATION (hibridação). O segundo dicionário salienta que AMALGAMATION usa-se especificamente no Sul dos Estados Unidos, quando se fala da união matrimonial entre pessoas brancas e negras. O terceiro dicionário declara que o verbo TO AMALGAMATE (amalgamar) emprega-se nos Estados Unidos para indicar a união de raças brancas e negras, e também amalgamation para indicar a fusão das raças branca e negra, por meio do matrimônio.

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • ROSÂNGELA ALCÂNTARA em 13 de dezembro de 2012 11:26

    PARABÉNS PROFESSOR ,POR DEUS TE DAR ESSE DOM DE AJUDAR AS PESSOAS NO CONHECIMENTO DA PALAVRA DE DEUS E TIRAR DÚVIDAS SOBRE A SERVA DO SENHOR……



  • José Moreno em 25 de janeiro de 2013 15:22

    É incrível ver o quanto as pessoas atacam EGW e os adventistas.
    Com isso eu lembro daquele ditado que diz: só atirasse pedra em arvores quem dão frutos. Acho que é isso que acontece aqui.
    Chamam White de “louca ou empesteada de demônios”, será que uma pessoa assim levaria tantas pessoas a cristo? Será que assim sendo, todos nós que lemos seus livros estamos dando “audiência” a satanás? Ou pior, será que satanás agora “cria” livros que nos levam a cristo? Então, sendo assim, satanás mudou de lado? Só posso pensar assim…

    Bem, estamos diante de um quadro bem claro a nossa frente. Satanás está irado e tenta sem exito tirar as pessoas sinceras da verdade. Digo isso, porque jamais uma pessoa sincera de coração, dará valor a tais acusações sem logica. Pessoas sinceras pesquisam sem ajuda de terceiros sobre o assunto, veem se tudo está em conformidade com a palavra de Deus.

    Oro para que tais pessoas possam abrir seu coração para o Espirito Santo lhes mostrar o que está certo ou não, e não seus próprios conceitos. Abraço a todos.



  • Pradesh Minra Sherazady em 16 de março de 2013 2:02

    Em relação ao quarto mandamento da Lei de Deus:
    Começa assim “Lembra-te do dia de Sábado…”, quer dizer lembrar-se de algo que já havia sido instituído desde a fundação do mundo!
    Também lembra-se de que somente Deus é o Criador, Mantenedor, Salvador e Restaurador de todas as coisas!
    Que sem Ele não somos nada e nem ninguém, pois dependemos dEle até mesmo para respirarmos, nos movermos, etc,,,!
    Portanto essa é a verdadeira e real importancia desse mandamento divino, pois os que não o guardam, tendem a se esquecerem de Deus como o Criador, Mantenedor, Salvador e Restaurador…!
    Tendem a se esquecerem da Criação e do Criador e, porisso mesmo tambérm da Salvação pelo único Salvador Jesus o Criador!
    Quanto a EGW:
    No livro “História da Redenção”, ela quando fala da Volta de Jesus depois do milênio no Céu, junto com os remidos e a Cidade Santa da Nova Jerusalém, para o juízo final dos ímpios, ela diz que: “As armas que estiverem escondidas no seio da terra” ajudarão a tornar o fogo do juízo final ainda mais forte contra os ímpios!
    Muito bem, como é que ela poderia saber dessas armas escondidas no seio da terra, se naquela época dela em 1800 e tanto, ainda os EUA “não tinham as tais armas escondidas no seio da terra”, como já sabemos que eles tem atualmente???
    Como ela poderia falar de coisas que somente aconteceriam num futuro ainda distante para ela, depois que ela já estivesse morta???
    Se tudo isso não tivesse sido mostrado a ela por Deus, em sonhos e visões???
    Então… apologéticos…
    Expliquem tudo isso aqui para todos nós se forem capazes. OK?!
    God bless you all!



  • marcio luciano em 22 de março de 2013 20:51

    Bastaria uma leitura do Sumário a respeito do assunto, no livro Mensageira do Senhor, p. 509, para constatar que Ellen White empregou o termo “porta fechada” como uma expressão para descrever o que aconteceu no Céu em 22 de outubro de 1844: Cristo fechou a porta do lugar santo do santuário celestial em 1844 e abriu a porta do lugar santíssimo para iniciar Seu ministério Sumo Sacerdotal.

    querido Leandro Quadros, a paz de Cristo Jesus, queria que você explicasse a luz da bíblia esse conceito de Hellen, que Jesus entrou no lugar santíssimo em 1844 ?.

    pois em o autor de Hebreus, no cap 9 versos 11 e 12, diz Jesus é o nosso Sumo sacerdote, e que pelo seu próprio sangue, entrou no SANTO DOS SANTOS, ou lugar santissimo, uma vez por todas , tendo obtido eterna redenção.

    veja que este texto não se trata de visão e nem de profecia, mas algo que já tinha acontecido, o autor diz que Jesus ENTROU e não entrara, está carta foi escrita por volta dos anos 70 d.c, segundo alguns estudiosos, bem antes de 1844, agora como que Jesus entra no santissimo só em 1844 ? explique.



    • Maiara Costa - Equipe em 28 de março de 2013 16:24

      Olá estimado amigo e irmão em Cristo Marcio Luciano!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      “Como se poderia conciliar a passagem de Hebreus 9, que afirma que Jesus ofereceu um sacrifício para sempre, com a doutrina do juízo investigativo iniciado em 1844?”

      Vejamos o que diz o verso 12: “não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção.” Realmente, o sacrifício de Jesus foi perfeito e suficiente para pagar por nossos pecados de uma vez por todas sem precisar que Ele morra uma segunda vez (Hb 9:24-28). Mesmo assim, a expiação de Cristo na cruz é parte do processo de salvação estabelecido por Deus, que envolve também o ministério Sumo Sacerdotal de Jesus no Santuário Celestial (o livro de Hebreus trata especificamente desta função de Jesus: 2:7, 3:1, 4:14-15, 5:5, 10, 6:20, 8:1, 3) além de sua função de Intercessor e Juiz (Jo 5:22).
      Conquanto o sacrifício de Jesus seja eficaz, isto não significa que não seja necessária a realização de um juízo investigativo a fim de vindicar o caráter dos santos antes de Sua volta. Se estudarmos Daniel 7, que trata deste juízo precedente à volta de Cristo (para que Ele possa “dar a cada um segundo as suas obras” – Mateus 16:27 – é necessário que todos os casos tenham sido decididos), perceberemos que o julgamento faz parte das boas novas, pois “os santos recebem repetidamente a promessa de libertação em sintonia com o julgamento” . Sendo assim, este juízo na verdade será uma bênção para o povo de Deus, além de servir para que o universo comprove que os filhos de Deus que aceitaram o sacrifício de Jesus continuam firmes na fé.
      Se alguém abandonou a Jesus, Seu sangue não poderá expiar seus pecados e assim terá o nome tirado do livro da vida (I Co 15:1-2; 2 Pe 2:20-22; 1 Co 9:27; 10:12, Ap 3:5; Êx 32:32-33 – se o nome pode ser riscado do livro da vida, isto indica que alguns abandonarão a fé, Deus terá de avaliar isto). Deste modo, vemos que o juízo investigativo é fundamental para que todo o universo esteja a par do modo de Deus julgar os santos, porque “… a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiro vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?” (1 Pe 4:17).
      Este tema do juízo investigativo quando bem compreendido enche-nos de esperança e estimula-nos a permanecermos ao lado do Senhor. Se quiseres aprofundar-se mais no assunto, poderemos continuar estudando juntos, inclusive, posso recomendar-lhe a leitura de alguns livros. Há um detalhe neste verso 12 de Hebreus 9 que não devemos passar por alto: o fato de em nossas Bíblias estar escrito que Jesus adentrou “diretamente no santíssimo a fim de começar Sua obra” não significa que Jesus precise ficar trancafiado dentro de um compartimento do Santuário Celestial (como, por exemplo, no Lugar Santo).
      É bíblico que Ele, antes de começar sua obra no Lugar Santíssimo, iniciou a primeira parte de Seu trabalho no Céu (de intercessão) no Lugar Santo (hoje ele acumula a função de Intercessor e Sumo Sacerdote desde 1844, quando entrou no Lugar Santíssimo para cumprir a outra parte de Sua tarefa, a de Sumo Sacerdote e Juiz, prefigurada pelo Dia da Expiação, na época do santuário terrestre, “figura e sombra do verdadeiro” – Êx 25:8; Hb 9:24). Então, por que Hebreus 9:12 afirma que por ocasião de Sua ascensão Jesus não começou a obra primeiramente no Lugar Santo? Na verdade, Hebreus 9:12 não está corretamente traduzido. Ao invés de constar “santos dos santos” deveria estar “santuário”. Isto porque a palavra grega para “santos dos santos” é hágia hagíon e não aparece neste texto de Hebreus, mas sim ta hágia, cuja melhor tradução é “santuário”. A versão Almeida Revista e Corrigida acertadamente traduziu o texto da seguinte forma: “nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.”.
      Jesus quer dizer perante todos os anjos e seres de outros mundos durante o juízo investigativo que és digno da salvação e de continuar tendo seu nome no livro da vida porque continuastes firme ao Seu lado! Nunca desistas do Senhor, pois a recompensa virá quando Jesus voltar para buscá-lo:

      “Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória. E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.” (Mt 24:30-31).

      “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também.” (Jo 14:1-3).

      “Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará” (Hb 10:37).

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Diego Bispo em 25 de março de 2013 16:22

    Sinto-me muito chateado ao ver as acusações que fazem contra os adventistas. Infelizmente, eles usam mais ofensas pessoais do que argumentos bíblicos.
    Mas fazer o que, lamento muito, mas grande é a ira de Satanás contra “os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus.” (Ap 12:17)



  • Erick Leal em 31 de março de 2013 16:53

    Duvida: Se Ellen White mesma diz em Mensagens Escolhidas, vol. 1, página 188: “Progredíssemos nós em conhecimento espiritual, e veríamos a verdade se desenvolvendo e expandindo em sentidos com que mal temos sonhado, porém ela jamais se desenvolverá em quaisquer direções que nos levem a imaginar que podemos saber os tempos e as estações que o Pai estabeleceu por Seu próprio poder. Tenho sido repetidamente advertida com referência a marcar tempo. Nunca mais haverá para o povo de Deus uma mensagem baseada em tempo. Não devemos saber o tempo definido nem para o derramamento do Espírito Santo nem para a vinda de Cristo.” ,como pode dizer a doutrina adventista que Jesus começou outra fase de Sua obra sumo sacerdotal no santuário celestial em 1844? Ta certo que foi a respeito da professia de daniel, mas então nao é contraditório essas contas com o que Ellen White disse?



    • Maiara Costa - Equipe em 1 de abril de 2013 16:12

      Olá estimado Erick!
      Muito obrigado por sua participação.
      Não há contradição alguma, pois essa profecia de Daniel 8:14 está inserida dentro do período profético dos 2300 anos, portanto não se enquadra nessa recomendação de Ellen White.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Leonardo Arcanjo em 7 de maio de 2013 16:58

    Se Ellen White fala a verdade, porque então existe uma separação entre os adventista do sétimo dia e adventista da promessa? Como saber quem fala a verdade? Desde já agradeço!Abraços!



    • Maiara Costa - Equipe em 17 de setembro de 2013 14:43

      Olá Leonardo!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Os Adventistas da Promessa amigo são considerados como movimento de dissidência e possuem doutrinas distintas da Igreja Adventista do Setimo Dia como a crença no dom de línguas como evidência do batismo com Espírito Santo, a ressurreição de Cristo numa quarta-feira e não no primeiro dia da semana como ensina a Bíblia, a inerrância absoluta da Bíblia, ou seja, não contem nem mesmo erros ortográficos, dentre outras coisas.
      A verdade está com a Palavra de Deus e ela nos mostra a verdade.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • André costa de santana em 22 de agosto de 2013 23:50

    Se crer-nos que a todo o momento surgem pessoas que recebem mensagens de DEUS e as usa para testificar ser divina, então temos de crer que o criador dos mórmons, seguidores de Maomé, dentre outros que existem e ainda surgirão, para onde irão as ovelhas de Cristo? Dessa forma surgem Espiritas, Budistas… Todos convictos . pois, se o próprio ‘deus’ surge com mensagens diferentes a cada um, penso com isso que até o iri cristo também é ‘verdadeiro’ e assim para onde iremos nós sempre acreditando em todos esses escolhidos que ainda surgem? A bíblia fala de que se algum Anjo a nós vier dizendo-se como enviado de DEUS, seja anátema. Tenho desconfiança de todos, pois , se para mim aparecesse Jesus revelando “fatos” que a ninguém foi revelado, amaldiçoaria, assim como diz a Bíblia. O melhor é crer que o Espirito Santo nos ensina, certo que existem fatos que são de difícil compreensão, mas nunca abandonemos o amor de Cristo que já se revelou e deixou escrito através de suas testemunhas oculares e de testemunhos dos que foram. Minha opinião!



  • andre costa de santana em 17 de setembro de 2013 17:56

    Se crer-nos que a todo o momento surgem pessoas que recebem mensagens de DEUS e as usa para testificar ser divina, então temos de crer que o criador dos mórmons, seguidores de Maomé, dentre outros que existem e ainda surgirão, para onde irão as ovelhas de Cristo? Dessa forma surgem Espiritas, Budistas… Todos convictos . pois, se o próprio ‘deus’ surge com mensagens diferentes a cada um, penso com isso que até o iri cristo também é ‘verdadeiro’ e assim para onde iremos nós sempre acreditando em todos esses escolhidos que ainda surgem? A bíblia fala de que se algum Anjo a nós vier dizendo-se como enviado de DEUS, seja anátema. Tenho desconfiança de todos, pois , se para mim aparecesse Jesus revelando “fatos” que a ninguém foi revelado, amaldiçoaria, assim como diz a Bíblia. O melhor é crer que o Espirito Santo nos ensina, certo que existem fatos que são de difícil compreensão, mas nunca abandonemos o amor de Cristo que já se revelou e deixou escrito através de suas testemunhas oculares e de testemunhos dos que foram. Minha opinião!



    • Maiara Costa - Equipe em 18 de setembro de 2013 13:53

      Olá André!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja esteja sempre em seu coração.
      A Bíblia também ensina que todo o pretenso profeta deve ser provado pela Palavra.
      01. Quais as características de um profeta verdadeiro?
      a. 1 João 4:1,2- O verdadeiro profeta ensina que Jesus era de fato um ser humano
      Esse teste exige mais que um simples reconhecimento de que Jesus Cristo viveu sobre a Terra. O verdadeiro profeta deve confessar o ensinamento bíblico da encarnação, Divindade e pré existência, nascimento virginal, verdadeira humanidade, vida sem pecado, sacrifício expiatório, ressurreição, ascensão, ministério intercessório e segundo advento.
      b. Mateus 7:15-23- O verdadeiro profeta produz bons frutos
      Esse conselho é crucial ao se avaliar a reivindicação do profeta. Em primeiro lugar vem a vida do profeta. A vida do profeta deve ser caracterizada pelo fruto do Espírito (Gálatas 5:22,23), não pelas obras da carne (Gálatas 5:19-23). Em segundo lugar, esse princípio diz respeito à influência do profeta sobre os outros. Quais os resultados observáveis na vida daqueles que aceitam as mensagens? Porventura as mensagens do profeta habilitam o povo de Deus para missão e o unem em sua fé (Efésios 4:12-16)?
      c. Deuteronômio 18:21,22- As predições do verdadeiro profeta se cumprem
      Embora as profecias possam representar uma parcela relativamente pequena da mensagem profética, a sua exatidão deve ser demonstrada.
      d. Jeremias 28:1-9; 28:15-17; Isaías 8:20- A mensagem do verdadeiro profeta se harmoniza com todas as mensagens que Deus enviou anteriormente através dos outros profetas.
      Esses textos implicam que a mensagem do qualquer profeta deve estar de acordo com a lei e o testemunho de Deus, manifestados ao longo de toda a Bíblia. Um profeta posterior jamais deverá contradizer um profeta anterior. O Espírito Santo jamais contradiz o Seu próprio testemunho anteriormente concedido, pois em Deus não pode existir variação ou sombra de mudança (Tiago 1:17).
      e. Daniel 10:7-10- Algumas vezes as visões eram acompanhadas por certas alterações no corpo do profeta.
      Enfraquecimento geral
      Fortalecimento (Daniel 10:18,19)
      Ausência de respiração (Daniel 10:17)
      Êxtase, com os olhos bem abertos (Números 24:3,4,15 e 16)
      No êxtase, o profeta não vê nem ouve o que se passa ao seu redor, mas permanece de olhos bem abertos e atento somente ao que Deus está lhe mostrando. É semelhante ao que ocorre conosco quando temos um sonho, pois permanecemos em nosso quarto, mas não temos a consciência do que se passa ao nosso redor. Essas manifestações físicas aconteciam algumas vezes, quando o profeta estava em visão, para que as pessoas presentes pudessem crer que havia um poder sobrenatural atuando sobre o profeta e, assim, tivessem fé.
      Toda a pessoa que reivindica possuir o dom de profecia, deve ser submetida a tais testes. Se enfrentar positivamente todos eles, podemos ter a confiança de que efetivamente o Espírito Santo concedeu a ela o dom de profecia.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • leandro vasconcelos de almeida em 29 de outubro de 2013 13:48

    não conheço o ministerio de ellen g white pois nunca li os livros dela….não sei se ela foi usada por deus….agora os adventistas eles pregam tudo fundamentado na biblia



    • Maiara Costa - Equipe em 26 de novembro de 2013 10:54

      Olá Leandro!
      Muito obrigado por seu contato com o Programa Na Mira da Verdade e por seu carinho e confiança nesse ministério.

      Agradeço também a credibilidade que tem em nós adventistas.
      Conte conosco para o que precisar.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



      • flavio oliveira em 12 de janeiro de 2014 18:43

        Eu gostaria de saber se para ser um adventista, é preciso crer que Ellen white foi profeta? porque eu creio em parte, na questão dos alimentos por ex, ela foi usada, mas tem algumas coisas que não esta alinhado com a bíblia, e a bíblia mande que eu julgue a profecia, tem uma visão dela no livro Conselhos para Igreja, vou citar só a frase que interessa não gosto de mensagens longas: logo ouvimos a voz de Deus, semelhante a de muitas aguas, a qual nos anunciou o DIA E HORA da vinda de Jesus. a bíblia diz que Jesus vem como ladrão, o próprio Jesus disse isso, Paulo também fala e Pedro, ladrão não avisa o dia. e tem outros coisas também que vai contra os ensinamento bíblicos.
        tenha uma ótima semana



        • Maiara Costa - Equipe em 14 de janeiro de 2014 14:47

          Oi Flavio!
          Bom poder manter contato com você novamente.
          Para ser um adventista é necessário crer no Espírito de Profecia que é a mensagem que o profeta recebe de Cristo (Apocalipse 19:10). E para isso é preciso compreender o que é o dom de profecia em toda a Bíblia. Se não tivermos esse entendimento não conseguimos compreender esse dom na atualidade.
          Se você me permitir quero enviar ao seu e-mail um estudo completo sobre esse assunto para que com calma você possa analisar todos os pormenores.
          Em relação à essa visão de Ellen White, estarei encaminhando à você a resposta para essa questão em dois links: http://goo.gl/aVypOn e http://centrowhite.org.br/perguntas/perguntas-sobre-ellen-g-white/ellen-white-afirmou-que-havia-escutado-o-dia-e-a-hora-da-segunda-vinda-de-cristo/
          Também quero recomendar à você duas literaturas que o ajudarão a compreender melhor o ministério profético de Ellen White e os seus escritos, são elas: Mensageira do Senhor e 101 perguntas sobre Ellen White e os seus escritos, ambos da editora CPB.
          Contato: 0800-979-06-06 ou http://www.cpb.com.br
          Infelizmente há muita gente mal intencionada que escreve coisas sobre Ellen White sem ter se quer o mínimo de conhecimento, sendo assim, recomendo que vá às fontes primárias pesquisar.

          Despeço-me com um texto escrito por Ellen White em relação aos seus escritos: “Os escritos da Sra. White indicam constantemente a Bíblia como a grande fonte de toda a verdade espiritual. São abundantes em citações escriturísticas, às quais ela não dá interpretação fantasiosa. Seus escritos não são, pelos adventistas do sétimo dia, considerados um acréscimo à Bíblia, nem seu estudo deve ocupar o lugar do estudo da Bíblia. Ela própria escreveu: A Palavra de Deus é suficiente para iluminar o espírito mais obscurecido, e pode ser entendida por aqueles que a desejam compreender. Não obstante, alguns dos que professam fazer da Palavra de Deus o seu estudo, procedem de maneira que é contrária aos seus mais claros ensinos. Portanto, para que homens e mulheres fiquem sem desculpa, Deus lhes dá testemunhos claros e diretos, fazendo-os voltar à Palavra que negligenciaram seguir.” “Os testemunhos não são para diminuir a Palavra de Deus, mas para exaltá-la e atrair para ela os espíritos, para que a bela simplicidade da verdade impressione a todos.” Vida e Ensinos, p.p 248,249.

          Que Deus te abençoe grandiosamente.
          Um forte abraço.



  • Roni em 21 de janeiro de 2014 17:58

    É uma pena que tanto o MCA, que não conhece muito de bíblia,e por vezes deixou bem claro, quanto o querido amigo Leandro, tenham tantas dificuldades de observar o óbvio: cada um puxa para o que lhe foi ensinado.
    Assim como é óbvio que os leitores concordarão com o que defende suas idéias. A maioria nem lê o que o “oponente” escreveu. Apenas as respostas do “igual”. Porém, creio que o Senhor nosso Deus, conhece o coração de cada um e sua busca real. Creio na boa índole dos Adventistas e na seriedade com que pregam a Palavra. Duvido desses “movimentos” apologéticos, da prosperidade, da cura, e dos secretários do Espírito Santo que agendam o dia em que Ele vai curar, libertar, usar, dar dons, etc. Mas, caro Leandro, tente pelo menos uma vez, não ser levado a defender o que pensa, mas entender o que realmente a bíblia relata. Quatro pontos me afastam do adventismo. Mas isso já lhe foi questionado, não respondestes, e fica para depois. De novo….



  • fflffavio oliveira em 24 de janeiro de 2014 20:21

    Esse programa de vocês é bom, só não entendo por que alguns comentários são retirados. Jesus disse: venho como ladrão, Ellen white teve uma visão que Deus vai marcar o dia e a hora, difícil né? é por isso que meus comentários foram retirados? e agora? o Tito diz que as respostas são dadas de acordo com a Bíblia, não foi o que vi na fonte que mim mandaram pesquisar, mas valeu! tirei minha duvida. e é claro que vou ficar com aquilo que esta na bíblia, sinto muito por que esse é o ponto que esta mim afastando do adventismo.
    tenha todos um feliz sábado!



    • Maiara Costa - Equipe em 29 de janeiro de 2014 14:32

      Olá Flavio!
      Esse comentário já foi respondido.
      Eu mesmo lhe enviei uma resposta.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.



      • flavio oliveira em 30 de janeiro de 2014 20:11

        obrigado, acho que já tirei minha duvida, só queria saber a opinião de vocês e é a mesma que alguns pregadores adventistas tem. pra vocês Jesus errou ao dizer que vem como ladrão e os escritos de Ellen white estão certos, é isso mesmo?
        muito obrigado pela atenção
        tenha todos um excelente fim de semana.



        • Maiara Costa - Equipe em 31 de janeiro de 2014 9:14

          Olá Flavio!
          Bom dia.
          De acordo com Apocalipse 12:17 e 19:10, o dom de profecia ou espírito de profecia é o testemunho que Cristo dá de si mesmo ao profeta.

          Será que a profetiza realmente falhou?

          Respondo a sua pergunta com outra pergunta: Será que o apóstolo Paulo falhou?
          Veja o que ele escreveu em 1 Tessalonicenses 4:15: “Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.” Essa carta foi escrita por volta do ano 54d.C, se diminuirmos 54 de 2012, teremos como resultado 1958 anos.
          Existe alguém daquela época vivo até hoje?

          Tanto os escritos de Ellen White como a Bíblia devem ser entendidos dentro de seu contexto para não se formarem pretextos. A esperança de ambos estava na volta de Jesus. Mas eles também compreendiam que a vinda de Cristo não se daria antes da vinda do filho da perdição, do homem da iniqüidade (2 Ts 2:1-6). Isso se deu no período profético dos 1260 dias (em profecia anos, Nm 14:34; Ez 4:7). Estude as profecias de Apocalipse 12:1-6 e Mateus 24:15; Daniel 9:25-27.

          Vejamos algumas regras para o estudo tanto dos livros da irmã White como da própria Bíblia:
          1. Considere o contexto;
          2. Deixe que os próprios escritos inspirados se expliquem.
          3. Não tire conclusões de uma afirmação isolada.
          4. Trabalhe em íntima ligação com irmãos e irmãs de experiência.
          5. Defina termos em harmonia com a compreensão que o autor tem de seu sentido.
          6. Convide o Espírito Santo para ser seu Guia.

          Seguindo esse pressuposto quero recomendar à você algumas coisas:

          a) Para esclarecer a sua dúvida em relação ao texto em que ela faz menção sobre o dia e a hora da volta de Jesus, acesse: http://www.centrowhite.org.br e lá obterá uma explicação dentro do contexto em que ela escreveu.
          b) Recomendo que para compreender melhor o ministério profético dela adquira duas literaturas: 101 perguntas sobre Ellen White e seus escritos e A Mensageira do Senhor, ambos da CPB.
          Contato: 0800-979-06-06 ou http://www.cpb.com.br

          Que Deus te abençoe grandiosamente.
          Um abraço.



  • TEREZA RIBEIRO em 4 de fevereiro de 2014 10:59

    MUITO BOM PARABÉNS



  • PANTALEÃO GONÇALVES NETO em 4 de fevereiro de 2014 11:23

    AMADOS SE A IRMÃ Ellen White CUMPRIU O SEU PAPEL COMO CRISTÃ, AMEM POR TUDO ISSO, MAS QUEM DEVE ESTA EM PRIMEIRO PLANO E JESUS CRISTO, O POVO DE DEUS FICA COM ESTES SÁBIOS QUE CONHECE DEMAIS, FALA DE UM FALA DE OUTRO, SE A OUTRAS DENOMINAÇÕES QUE NÃO CONCORDA COM A IRMÃ Ellen White DEIXEM ELES QUE DEUS E QUEM VAI TRATAR COM COM ELES, DE UMA COISA VOCÊS PODE TER CERTEZA, QUE SÃO CONHECEDORES DO EVANGELHO. FALO ISSO PORQUE CERTAS POLEMICAS ACABA IRANDO O POVO DE DEUS, PORQUE ESTA OCORRENDO MUITAS DISCÓRDIAS ENTRE AS IGREJAS, SOU MEMBRO DO MINISTÉRIO VOZ DA VERDADE COM MUITO ORGULHO E APRECIO MUITO O ESTUDO DOS ADVENTISTAS, MAS FICAR COM ESTAS DISCUÇÕES SOBRE A IRMÃ Ellen White, VOU PARAR DE ACOMPANHAR SEUS PROGRAMAS, JESUS VEM BUSCAR UMA IGREJA INCLUSIVE A Ellen White NÃO RÓTULOS. SOU APENAS UM MEMBRO DE BANCO, MAS VOU FALAR COM TODA CONVICÇÃO PARA QUALQUER SÁBIO: PREGA SALVAÇÃO E NÃO PREGADORES DO EVANGELHO, POIS ESTES TEM QUE SER RECONHECIDOS E NÃO PREGADOS. AMO TODOS OS IRMÃOS EM CRISTO NÃO IMPORTA A PLACA DE IGREJA E ASSIM QUE MEU PASTOR NOS ENSINA.



  • Nilton Rodrigues em 4 de fevereiro de 2014 17:07

    Muito bom. Não é de admirar que o dragão continua irado contra a mulher de apc.12, e os que guardam os mandamentos de Deus e teem a fé de Jesus, e sua arma sempre foi a mentira, portanto quem é de Deus dá ouvidos a palavra de Deus e não as mentiras de satanás.



    • flavio oliveira em 8 de fevereiro de 2014 22:11

      Exatamente Nilton, quem de Deus tem a fé em JESUS, Mateus 24:43,44.e guarda os seus Mandamentos.



  • Sidney Meireles em 4 de fevereiro de 2014 17:08

    Glória a Deus!!!!!
    Que abordagem tremenda!!!!
    Deus seja louvado pela vida de servos e servas fiéis que tem defendido as verdades bíblicas como tem feito o NA MIRA DA VERDADE!!!

    Deus os abençoe!



  • LUIZ CLAUDIO em 4 de fevereiro de 2014 20:27

    Sou da igreja Batista, e comecei a ler os livros de ELLEN G WHITE , por presente, de um dos seus livros ”O GRANDE CONFLITO” desde então são mais de quarenta exemplares que tenho em minha estante, tenho aprendido muito e seus escritos realmente são inspirados por DEUS, faz nossa mente voltar para a regra de fé e pratica do cristão a biblia, e desafio , os críticos a lerem antes de falar , realmente são de mais , para gloria de DEUS



    • Maiara Costa - Equipe em 6 de fevereiro de 2014 14:42

      Olá estimado amigo e irmão em Cristo Luiz Claudio!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Muito obrigado por compartilhar aqui a sua experiência com os escritos de Ellen White e o que isso tem causada em sua vida.
      Louvado seja Deus que o propósito para o qual o dom profético foi dado a ela tem se cumprido em sua vida espiritual.
      Para a glória de Deus que você possa continuar crescendo na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (2 Pe 3:18).
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • LUCIANO em 4 de fevereiro de 2014 21:29

    MESMO COM TODOS ESTES ARGUMENTOS PRÓ ELLEN AINDA PREFIRO A BÍBLIA PURA E SIMPLES.



  • Isa Jessica em 5 de fevereiro de 2014 6:45

    Muito bom os livros de Ellen White, estou me deliciando com o Primeiros escritos todos os dias leio um pouco no por do sol e pra mim estar sendo um alimento espiritual, fico imaginando as viações que ela teve do céu e me da uma vontade enorme de estar lá. Em vez de as pessoas aproveitarem que estão vivos e que a porta da graça ainda estar aberta para deixar o espirito santo fazer a obra e aproveitar os livros que Ellen White nós deixou, mas não ficam perdendo tempo com criticas e procurando erros e falhas a onde não existem, é muito triste ver que existem pessoas que se prestem a esse papel tão diabólico.



  • Danilo Meira em 5 de fevereiro de 2014 14:44

    É, realmente uma pessoa digna dó quem cometeu tamanho disparate rsrsrs



  • efeito espiritual em 5 de fevereiro de 2014 18:48

    Dentro do processo do Espiritu santo é uma aplicação pessoal de transformação pela fé do cristão para interceder nos momentos críticos deixando de lado sua persecusão, porém haverá continuamente uma libertação da geração da pessoa com aqueles que tem o dom de curar(milagres onde se efetua nas pessoas), dará a revelar a todos a possibilidade de ejercer sua fé, seja qual seja sua denominação.
    Todos os que aplicaram com o sem de sua profetiza, seria ótimo para uma renovação pelo ESPIRITU DE DEUS, uma certeza de ser cristão, FAÇAM MILAGRES ATRAVÉS DE SUA FÉ, E ACHO QUE TERÃO APROVAÇÃO DA MAIORIA QUE ESTÃO NA TERRA E TAMBÉM NO CEÚ, AMÉN



  • Edineia em 8 de fevereiro de 2014 16:18

    Mais um vez vcs se propõem a mostrar as verdades distorcidas nesses sites,,Porem ainda tenho algumas duvidas, nao quanto ao ministério profético de Ellen White, mesmo porque aceitei a fé adventista ha quinze anos sem se quer ouvir falar dela,porque a fé a doutrina adventista tem sua base na biblia sagrada e nos dez mandamentosque pra mim é o que importa. Mas numas dessas pequisa que fiz pra conhecer mais sobre o assunto vi muitas acusaçoes de citaçoes de simbolos maçõnicos nos livros de Ellen Withe , como exemplo: “o olho que tudo vê” e sobre escultura maçônicos ao qual chama de ‘obelicos” na sepulturas de Ellen Withe de seu esposo e até mesmo de algumas igrejas evangélicas inclusive adventistas. Quero deixar bem claro que noa estou afirmando que isso exista, apenas tive esta informação e gostaria de saber a verdade do fatos se existem mesmo e se existem o que significam . Acredito que vcs tbm ja ouviram falar e espero que possam me ajudar a esclarecer tais duvidas. Grata! Abaixo segue o link no qual encontrei tais informações:
    http://buscandoverdade.weebly.com/o-obelisco.html



    • Maiara Costa - Equipe em 10 de fevereiro de 2014 16:40

      Olá estimada amiga Edineia!
      Satisfação poder manter contato com você.
      Quero recomendar à você que acesse: http://goo.gl/bmaQBc, para obter uma compreensão correta desse assunto.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Max W. Ourique em 11 de fevereiro de 2014 0:16

    O “fazer acepção de pessoas” não está em nossa mente e nem em nossas palavras, mas naquilo que vivemos. O que vi nesta página inteira não foi envangelho, mas religião.

    Me admiro muito que um comentário seja considerado “fantástico” pelo relato de alguém que buscou a verdade no homem e descartando ministérios culminou exaltando a igreja adventista.



    • Maiara Costa - Equipe em 11 de fevereiro de 2014 9:32

      Olá Max!
      Obrigado por seu contato com o programa Na Mira da Verdade.
      Essa é sua opinião e nós a respeitamos.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Vilmar Rodrigues Deporte em 17 de janeiro de 2015 0:33

    Como sempre, esclarecedor, embasado, técnico sem ser chato e nem presunçoso, Parabéns pelo ministério, tenho certeza que DEUS em sua infinita bondade vai levar este e outros esclarecimentos aqueles que realmente buscam a Verdade. Abraço!



  • francisco em 25 de fevereiro de 2015 12:01

    vc acha a pal. de DEUS é de def. compreençao tem razao pois a palavra de DEUS so é compreendida pelo o povo que realmente é de DEUS pois a palavra esta sim oculta aos olhos de que quer aprender de: DEUS COM ESTUDOS COMPLEMENTARES. veja 2co 2.14-15 todos querem entra no ceu mas com estudos nao com santificaçao se for assim JESUS veio morrer de grça



  • Sérgio Gomes em 16 de junho de 2015 14:49

    Parabéns Prof. Leandro Quadros! Apesar de congregar em outra denominação (Batista Tradicional), admiro o seu trabalho e, principalmente,a sua explanação à luz das Sagradas Escrituras! Deus Te abençoe!



  • Ed Vieira em 4 de junho de 2017 22:39

    Roni, Quando Leandro Quadros responde as perguntas a ele enviadas imediatamente ele usa a Biblia para responde-las. De onde voce tirou que ele mostra “um orgulho” na forma de sua resposta? Nao vejo nada assim.