Clique aqui e Saiba mais
Assista no ar:
Lugar De Paz
TV TV
INÉDITO:
  • TER21:00
REPRISES:
  • DOM04:00
  • SEG01:00
  • SEG10:30
  • QUI09:30
  • QUI15:30
  • SAB17:00

Ellen White ensinou que o excesso sexual é motivo de doenças?


Com a facilidade de acesso às informações na atualidade, inclusive as crianças sabem que até mesmo as coisas boas, quando usadas (ou praticadas) em excesso, fazem mal à saúde. Alguns dos críticos de Ellen White, no desejo (doentio?) de desmerecer os escritos dela, ignoram tal fato tão evidente e chegam ao ponto de menosprezar o que ela escreveu sobre o “excesso sexual”, alegando que ela era “uma doida” que “não sabia sobre o que estava escrevendo”.

A citação na qual eles “apoiam” conclusões tão infelizes é esta: “O excesso sexual destruirá, com efeito, o amor para com os cultos devocionais, tirará do cérebro a substância necessária para nutrir o organismo, vindo positivamente a debilitar a vitalidade.” (O Lar Adventista, p. 124).

Os críticos deveriam ser imparciais e também acusar de “herege” o Dr. David Horrobin, M.D. e Ph.D. pela Universidade de Oxford por ter declarado (aqui ele fala sobre a masturbação):

“A quantidade de zinco no sêmen é tanta que é possível uma ejaculação eliminar todo o zinco que pode ser absorvido pelos intestinos em um dia. Isto tem diversas conseqüências. A menos que a quantidade perdida seja substituída com uma dieta reforçada, as repetidas ejaculações podem levar a uma deficiência real de zinco e vários problemas podem ocorrer, inclusive a impotência”. (David F. Horrobin, M.D., Ph.D., Zinc [St. Albans, Vt.: Vitabooks, Inc., 1981], p. 8. Ver também Carl C. Pfeiffer, Ph. D., M.D., Zinc and Other Micro-Nutrients [New Canaan, Conn.: Keats Publishing, Inc., 1978], p. 45.)

Por que não vemos os críticos falando contra esse médico? Por que só os vemos “lembrando” Ellen White? É para se pensar…

O sexo é um presente de Deus para os casais casados, mas, se for praticado em excesso, sem que os cônjuges dediquem tempo para crescer em outras áreas da vida, é óbvio que fará mal. Não precisa ser médico para saber isso. Se tudo em nossa vida girar em torno do sexo, nossa saúde física, mental e espiritual será prejudicada.

E não poderia ser diferente, pois, possuímos uma natureza integral, onde todos os aspectos do SER precisam se desenvolver harmonicamente. E num casamento ambos precisam se dedicar ao sexo, às amizades, comunhão com Deus (em primeiro lugar), trabalho, esporte, lazer, filhos, etc. Se o tempo todo foi dedicado a “investir” apenas em um aspecto da vida, com certeza o organismo responderá negativamente. E a relação tende a enfraquecer.

Porém, você sabia amigo(a) leitor(a) que a ênfase de Ellen White na citação do livro O Lar Adventista não é no número de relações sexuais praticadas por um casal e sim no que eles fazem entre quatro paredes? Veja todo o contexto da citação e tire suas próprias conclusões (estou até cansado de tanto usar a palavra “contexto”, mas, o que fazer se os críticos são maldosos e/ou ignorantes ao ponto de descontextualizarem o que ela escreveu?). Transcreverei o que ela escreveu nas páginas 124, 125 do livro O Lar Adventista e grifarei algumas palavras e frases:

“Homens e mulheres, um dia aprendereis o que seja a concupiscência e os frutos de a satisfazer. Pode-se encontrar no casamento paixão de tão baixa qualidade, como fora dele.

“Qual o resultado de dar livre curso às paixões inferiores? … O leito conjugal, onde anjos de Deus devem estar presentes, é profanado por práticas perversas. E porque domina deprimente animalismo, os corpos são corrompidos; práticas abomináveis levam a enfermidades abomináveis. O que Deus deu como uma bênção tem-se feito uma maldição.

“O excesso sexual destruirá com efeito o amor para com os cultos devocionais, tirará do cérebro a substância necessária para nutrir o organismo, vindo positivamente a debilitar a vitalidade. Mulher alguma deve ajudar o marido nesta obra de autodestruição. Ela não o fará caso esteja esclarecida, e tenha por ele verdadeiro amor.

Quanto mais condescendência houver com as paixões animais, tanto mais fortes se tornarão elas, e mais violentos serão seus reclamos quanto à satisfação. Que os homens e mulheres tementes a Deus despertem para o seu dever. Muitos professos cristãos sofrem de paralisia de nervos e cérebro, devido a sua intemperança neste sentido.”

Percebeu caro internauta? Quando ela diz que “o excesso sexual destruirá, com efeito, o amor para com os cultos…” e provocará “autodestruição” e corromperá “o corpo”, ela se refere às “paixões inferiores”, “práticas perversas”, “animalismo” e “paixões animais”. Ela trata das práticas sexuais animalescas que degradam a natureza humana e que clamam cada vez mais por satisfação (o que leva à perda de energia cerebral e moral, diminuindo o Sistema Imunológico, trazendo assim doenças).

Não posso lhe dizer quais são todas as práticas “animalescas” as quais ela se refere, porém, é possível garantir que ela se refere a comportamentos sexuais pervertidos como a pornografia, que trazem infelicidade à esposa e doença ao marido, em especial (pois é ele quem mais clama por satisfação dos desejos “animalescos”).

O crítico que se identificou neste blog como “Jan”, e que me enviou uma série de “erros de Ellen White” (falta-me refutar apenas três!) deveria colocar a mão na consciência e ter mais temor a Deus.

Ninguém é obrigado a acreditar que Ellen White foi profetisa. Porém, respeitar o que ela escreveu sem descontextualizar suas declarações mais “polêmicas”, é o mínimo que um cidadão de bem deve fazer para que seja um fiel promotor do cristianismo e um bom exemplo a toda sociedade secular.


Você está em : Apologia, Ellen G. White
Compartilhe:

Comente



  • Paulo Cesar da Fonseca em 28 de junho de 2011 1:31

    Quanto mais o ser humano der vazões para suas imaginações pecaminosas em relações ao sexo, mais baixo ele chega, por exemplo, conheço casal cuja mulher fica em pânico caçando o marido por ai, com medo de ele à trair, no entanto ele a trai, fiz somente uma pergunta a ela, voces assistem filmes pronográficos, e ela me disse, ha é bom para apimentar, então eu disse pra ela que um dos principais problemas deles e principalmente dela era isso. Veja bem existem homens e mulheres que praticam relações sexuais em excesso e com várias parceiras, porque o normal se torna enfadonho, e partem para aventuras somente para satisfazer o apetite do pecado ex: ( sexo anal, sadomasoquismo, troca de casais, homosexualismo, bisexualismo, feitiche com outras mulheres, e homens. etc..) No entanto não recrimino quando o casal quer preparar algo especial para a esposa e vice versa. Se tornar atraente e bonita para o esposo não é pecado. No entanto uma boa comunhão com Deus irá ditar quais são os parametros para serem felizes em todas as áreas inclusive o relacionamento sexual.



  • Ruth Alencar em 28 de junho de 2011 10:59

    Parabéns mais uma vez prof. Leandro.

    Resposta objetiva e clara.

    Que o Senhor possa continuar a cada dia lhe abençoando em sua missão de apresentar a verdade. Aliás, essa é a arma correta contra o engano e a mentira. Quando a verdade chega a mentira perde forças. E com ela os mentirosos!

    um grande abraço



  • Marx Diego em 28 de junho de 2011 17:20

    É interessante prof. Leandro, que eles se preocupam em criticar sobre uma coisa tão obvia. Acabam esquecendo os verdadeiros sentidos de ser um cristão, esperar Jesus, amar ao próximo, amar a Deus. Eles odeiam os adventistas e não a nossa religião, caso estivessemos no caminho errado eles estariam com uma boa parcela de culpa por se preocuparem em nos criticar ao invés de nos mostrar a “VERDADE”.
    Parabéns pelo programa professor e Tito, Deus tem iluminado muito vocês e vai continuar a fazer isso, pois vocês estão comprometidos com a verdade e não com as criticas.



  • Jan em 28 de junho de 2011 17:41

    Leandro….
    Não fique “CANSADO” em ter que usar o contexto para tentar explicar o que Ellen White escreveu.
    Todas as suas respostas estão sempre embasadas em “contextos”, ou seja, você está sempre tentando reescrever o que ela escreveu. Acho muito difícil, hoje, depois de tantos anos simplificar tanto os absurdos escritos por ela.
    É brincar com nossa inteligência.
    Somente aceitam as suas “contextualizações” aqueles que não pensam sozinhos. Me desculpem.Se vc. usar de sinceridade verá que ela pode até ter pensado em absurdos sexuais, afinal de contas, excessos sempre aconteceram ao longo da história humana, porém, ela deixa muito claro que para ela, o casal fazer sexo mais de uma vez ao mês já seria excesso, pelo menos era a idéia daquela época. Ela coloca como PECADO esse excesso entre os casais casados. Aí pergunto: Ter mais de uma relação sexual ao mês seria excesso? Ou será que ela escreveu sobre esse assunto porque ela não gostava de sexo?………..
    Leandro, esse é o problema: ela escreveu demais, e sobre assuntos que ela não precisava e não tinha conhecimento para escrever. E se vc quiser contextualizar o assunto, imagina se colocar no lugar de um homem que ama sua esposa, que gosta de fazer sexo, uma, duas vezes na semana, com “equilibrio”, aí a esposa que não gosta de sexo,(estou sendo muito simplório para tocar neste assunto) apanha esses escritos e os fazem de desculpas para não se relacionar com seu esposo? O que seria excesso? O homem ter sexo com sua esposa ou a mulher não ter relações sexuais com seu homem? Talvez baseadas nos escritos de Ellen White, muitas esposas de pastores e mebros da IASD, achando que estavam seguindo uma orientação divina, pararam de se relacionar com seus esposos, e aí vc sabe o que tem acontecido…………
    Tive uma prima, esposa de pastor que teve três filhos. Seu esposo, um pastor, só teve algumas relações sexuais com ela, porque na visão dele, sexo era apenas para procriação e , sem excesso…..sabe o fim da história……antes de completar 40 anos morreu de câncer, infeliz, porque no fim de sua vida se sentia mal amada e desprezada por seu esposo, um pastor……essa é apenas uma triste história, de tantas que existem……culpa de Ellen White….sem falar na quantidade de pessoas que morreram de malária e outras doenças por seguirem os conselhos whiteanos de não procurar um médico ao estarem doentes……
    Você não precisava ter tentado explicar o inexplicável!
    Abraço



    • leandroquadros em 29 de junho de 2011 12:19

      Caro Jan,

      Perceba que o problema não está em Ellen White e sim naqueles que a leem de forma errada. Vou dar um exemplo: Conheço um pastor adventista no estado de SC, estudioso dos escritos dela, que, com seus quase 80 anos, faz sexo com a esposa dele até hoje! Nesse caso, as dicas da Sra. White foram lidas por ele da forma correta e ele teve – e tem – um casamento muito feliz.

      Não creio ser o correto o amigo julgar o todo pelo específico. Não podemos negar que há aqueles fanáticos que usam errado os escritos de Ellen White, assim como há os fanáticos que usam errado a Bíblia. Do mesmo modo que o problema não está na Palavra de Deus, não está nos escritos da profetisa e sim nas pessoas que deles fazem uso.

      Você deve estar de brincadeira ao me dizer que Ellen White “era contra o ir a médicos.” Ela escreveu tanto sobre a obra médico-missionária que eu só posso concluir que você está brincando ou não leu sobre o assunto. Para ela, os médicos são instrumentos de Deus para curar tanto o corpo quanto a alma.

      Veja o que ela diz, por exemplo, no livro “Conselhos Sobre Educação”, p. 122:

      “Enfermeiras missionárias devem receber em nossas escolas lições de médicos competentes, aprendendo, como parte de seu preparo, a maneira de combater as doenças e mostrar o valor dos remédios naturais. Esta obra é grandemente necessária.”

      Dou-lhe um conselho Jan, com todo respeito a sua pessoa: tema mais a Deus e não fique tentando diminuir o dom profético dado a Ellen White com “base” em distorções textuais e falta de conhecimento do TODO. Ele lhe pedirá contas de tal comportamento. A cada artigo que posto aqui fica escancarada a sua interpretação equivocada dos escritos dela.

      Não questiono a sua sinceridade, de forma alguma. Questiono sim a maneira como estuda o assunto.

      No último artigo sobre essa série preparei uma lista de links e livros que refutam todas as acusações contra Ellen White. Você terá acesso a eles (se já não teve) e não terá mais desculpas diante de Deus para continuar com tal procedimento. Pense nisso e ore a respeito.

      Deus o ilumine.



  • Jardel Moura em 28 de junho de 2011 22:56

    A citação científica usada em 1978 e 1981 está mais que ultrapassada. A argumentação que “A quantidade de zinco no sêmen é tanta que é possível uma ejaculação eliminar todo o zinco que pode ser absorvido pelos intestinos em um dia, não têm respaldo bioquímico algum. Fosse assim, nós homens estaríamos constantemente ( pelo menos os casados ) tomando suplementos a base de zinco. O corpo usa o ZINCO como cofator, porém, ele é reutilizado diversas vezes, e mesmo que há uma falta de zinco no corpo, digamos por essa via de eliminação no semêm, o corpo adquire o elemento, em alimentos todo santo dia. Posso dizer que consumimos zinco além do excesso e o corpo excretando sempre, uma vez que o organismo exige uma quantidade mínima de zinco. E se houvesse de fato eliminação excessiva de zinco pelo semêm, então o organismo não estaria encarado o sexo como um ato de prazer, bem estar, e sim de suicídio. Outros elementos como o Fe, Mg, entre outros são absorvidos em pequenas quantidades no organismo, e assim mesmo estamos continuamente obtendo esses minerais na alimentação em excesso. Então por mais que o homem elimine zinco no semêm vai ter reserva de sobra. Agora é claro, que se um homem faz por exemplo, no mínimo 80 relações sexuais em uma semana ou números exagerados, concordo que pode haver complicações por falta deste elemento. Poderia por favor citar uma fonte científica mais atual sobre o assunto? Porque ( não querendo ironizar ) quem pratica sexo no mínimo 3 vezes na semana esta correndo sérios riscos segundo esta citação.

    E tenho uma dúvida quando ela fala que “.. tirará do cérebro a substância necessária para nutrir o organismo…” que substância é essa que vem do cérebro que nutri o organismo? Ela se refere de neurotransmissores?



    • leandroquadros em 29 de junho de 2011 12:04

      Olá, Jardel,

      A citação é importante e não contradiz o que sabemos sobre o assunto. Perceba que o Dr. Horrobin disse que, se não houver alimentação balanceada, com fontes de zinco, problemas de saúde surgem. Ele coloca os prejuízos ao organismo sob a condição de não existir uma alimentação adequada que contenha zinco.

      Quanto a sua dúvida referente à substância cerebral, Ellen White fala muito dos prejuízos de se interromperem as “correntes elétricas” cerebrais. Porém, conversarei com um médico para sabermos a que ela realmente se refere especificamente.

      Um abraço e fique com Deus.



  • Gênes Soares de Montes Claros MG em 29 de junho de 2011 1:51

    Realmente Prof. Leandro, por isso que a “moderação” é um ponto crucialmente importante ne algo permitido por Deus.

    Os críticos muita das vezes acusam sem mesmo terem provas cientificas para tal acusação.

    Pois ne um debate sobre a masturbação, apresentei ao Luciano do MCA, a colocação cientifica do Dr.David Horrobin sobre o mineral Zinco, a falta do mesmo que ocasiona certos tipos de males a saúde.

    Ele me disse que ele só colocou uma opinião médica sobre o assunto.

    Pedi o mesmo que me apresentasse um artigo médico que refutasse a exposição do Dr.David Horrobin sobre o mineral zinco, depois de muitas tentativas frustradas, o mesmo não me mostrou ainda tal artigo médico que refute de forma objetiva a exposição do Dr David Horrobin sobre o mineral zinco.

    Pois como pode alguém afirmar que o que o Dr.David Horrobin fala é apenas uma opinião médica, sendo que o mesmo não consegue provar com artigos médico – científico o contrário.

    O que fica feio para os críticos é afirmar algo sem ter as devidas provas.

    Em Cristo.

    Gênes Soares.



    • leandroquadros em 29 de junho de 2011 11:58

      Olá, Gênes,

      Infelizmente, o Luciano do MCA não tem tato para debater com as pessoas. A forma como ele me tratou demonstra que o ódio dele ao adventismo não se dá por convicção doutrinária e sim por causa de um coração indisposto a aceitar aqueles que pensam diferente dele.

      Muito bom você mostrar-lhe que precisa deixar de acreditar em lendas e ir direto à fonte.

      Mantenha-me informado sobre os debates com ele. Deus o ilumine para que ele aceite suas palavras.

      Um abraço.



  • Luciano em 30 de junho de 2011 11:52

    Esses criticos da escritora Ellen White só precisam ler em cada livro e praticar o que estar escrito antes dos capitulos “Devem ler o livro com oração fervorosa para que possam ser iluminados pelo ESPIRITO SANTO”.



  • Américo em 6 de julho de 2011 8:50

    Eu acho quando queremos discutir de um assunto é necessário ter um certo conhecimento do mesmo e não abrir a boca por simplismente porque a temos. A prendemos desde garoto que tudo por excesso faz mal então não a necessidade de se descutir mt sobre esse assunto. Eu aconselho aos criticos da escritora adventista e profetiza a terem calma e ter controlo quando querem descutir, criticar. Mesmo não abrindo as escrituras sagradas conseguimos notar o erro de se ter relações sexuais exageradas. Se dizeres o que o doutor disse esta ultrapassado, e eu digo-te deves é ter muito respeito por escritos divinos. Deus te ama



  • amaro dutra de oliveira em 9 de julho de 2011 0:41

    Todas as coisas ficam mais claras na mente das pessoas que buscam a Deus.



  • gilmar carlos da silva em 14 de julho de 2011 21:45

    Boa noite! resido na cidade do RJ,sou de uma igreja pentencostal ,e glorifico a DEUS pelo programa na Mira da verdade,pois tem colaborado muito com meu crescimento espiritual:



  • wagner em 17 de julho de 2011 15:24

    A paz de CRISTO a todos.

    A uns dias atrás enviei uma mensagem sobre Hellen Withe que foi respondida pelo pastor valdecir jr.
    Queria deixar bem claro que não vim aqui para vãs discussões ou criticar como foi dito pelo pastor Valdecir jr. mas porque tinha uma duvida sobre a exaltação que havia sobre h. white na adventista , o que me surpreendeu muito pela sua resposta, até um pouco agressiva .
    Em nenhum momento eu critiquei os escritos de Hellen.
    E também fiquei admirado pelo fato de ele dizer que se alguém ouvir falar de h. white e não aceitar seus escritos não alcançara salvação.
    Espero que ele não esteja falando em nome de todos adventistas , pois admiro muito essa denominação , mas que seja um pensamento particular dele , pois entendo que pensando assim ele estaria agindo como os muçulmanos em relação a maomé ou até mesmo como os católicos em relação a maria .
    E aqui encerro essa questão , pois creio que esse assunto não
    produz crescimento .
    Gostaria de deixar um versículo para o pastor Valdecir Jr.
    João 6 ; 37 , Todo o que o PAI me dá virá a mim ; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.
    Que a paz de CRISTO esteja com todos.



    • Vinicius Goetz em 6 de agosto de 2012 15:41

      Wagner, se isso aconteceu, eu em defesa de todos os adventistas peço desculpas por este pronunciamento. Mas acredito que foi um mal entendido, sabemos que nos escritos de EGW constam referências Bíblicas constantemente em tudo que ela diz. Será que ele quis dizer há você que nos escritos de Ellen fala a respeito de salvação por meio de Cristo, que está escrito na luz maior (bíblia) ? De qualquer forma eu agradeço por sua sinceridade, estamos sempre buscando melhorar cada vez mais nosso relacionamento com os interessados em que visitam este site, fique há vontade em voltar a este e que Deus abençõe a você.
      att. Vinícius. vinigoetz@gmail.com



  • IVÂNIA em 10 de janeiro de 2012 12:02

    … TENHO CERTEZA QUE AS PALAVRAS DE HELLEN, FORAM USADAS PELO NOSSO CRIADOR. QUANDO DEUS FALA, “QUE UM HOMEM E UMA MULHER SE TORNA UM…” CREIO QUE SE REFERE, A UMA VIDA CONGULGAL, PERFEITA. SEXO PRATICADO SÓ COM AMOR E SEM EXAGEROS, TODO EXAGERO VICIO, E TODO VÍCIO É PECADO. … NOSSO CORPO É MORADA DO CRIADOR”. SEXO TEM QUE SER SAGRADO E NÃO COMERCIO. SEXO SEM UNIÃO INSTÁVEL, É PROSTITUIÇÃO. PARA JESUS; CASAR VIRGEM, ERA SER SÁBIA, ERA PREVILAGIADA, PRA ELAS, ERAM GARANTIDO UM FUTURO FELIZ. CONFERE, A VIDA DE ESTER, NA BÍBLIA. HOJE OS JOVENS, INERCIOS, ZOMBAM , CONSIDERAM CARETAS, QUANDO UM JOVEM OU UMA JOVEM, DECIDEM CASAREM VIRGENS.
    ORO, PELOS JOVENS, IINSENSATOS. QUE DEUS OS GANHE, ANTES DE SUA CHEGADA.



  • Mëingatt em 8 de fevereiro de 2012 15:40

    Sim, Concordo com Ellen G. White. Entendo, e percebo que à certo modo a sensualidade é algo completamente normal. porém o que tem deturpado a imagem sagrada do sexo (Homem/mulher) são ideias de degeneração e depravações total que(via de regra), o Luxurioso e Fornicário tem uma visão equívoca sobre a mulher, pois possui uma idolatria compulsiva ao sexo e ao feminino. Fato que, percebemos que são incapazes de sentir o sexo e o feminino como algo natural, como um pólo oposto no qual precisa ser complementado. há outra forma para o sexo, longe de depravação e fornicação: A transmutação sexual. A dissolvição dos egos ( defeitos) e agregados psíquicos. é óbvio que a vida degenerada leva à perdição e à impotência (no caso dos homens). quer uma prova? vejam homens e mulheres, que viviam em tais praticas intensas. nota-se que ao chegar a velhice nada os acompanham exceto o sofrimento, fruto e consequncia dos atos(pecados). Considero, ao meu ver, que O sexo deve ser algo altamente espiritualizado, pois, sendo elemento tambem importante no casamento (tríade: Amor, sexo e comunhão) e para a manutenção da saúde do corpo, mental. Abraços, Leandro Quadros.



  • daniela em 4 de setembro de 2012 11:54

    MALDITO HOMEM QUE CONFIA NO HOMEM



  • daniela em 4 de setembro de 2012 11:58

    ELLEN FOI USADA POR DEUS … TEMOS QUE TER A FÉ E CRER



  • eduardo henrique em 5 de outubro de 2012 14:11

    prof. leandro
    olá!
    estou sendo bombardiado em meio a sociedade por defender o dom profético de EGW
    por favor me mande esse estudo que o senhor preparou sobre os escritos dela



    • deboramichele em 8 de outubro de 2012 14:57

      Olá Eduardo,
      Por favor, envie-nos sua solicitação por e-mail no endereço namiradaverdade@novotempo.com.
      Teremos o prazer em lhe ajudar.
      Que Deus o abençoe!



  • GEFERSON em 23 de novembro de 2012 21:33

    nao entendi……. e certo ou errado a mastubaçao?



    • Maiara Costa - Equipe em 26 de novembro de 2012 13:24

      Estimado amigo Gerferson!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      A masturbação é um dos hábitos mais arraigados na vida dos seres humanos. Isso porque esse vício, além de não fazer parte do plano de Deus em relação ao sexo, é algo escravizador, traz culpa e desanima todo aquele que quer seguir o padrão estabelecido por Deus para sua vida. Como disse o conselheiro e psicólogo cristão Jay E. Adams:
      “A masturbação pode adquirir um controle tão tenaz sobre eles (adolescentes, jovens, etc) que as suas energias são desperdiçadas, desviando seus pensamentos dos seus estudos, levando-os a pensar no sexo por onde quer que vão, e com qualquer pessoa que vejam…” . Isso nos mostra quão importante é que a vitória sobre a masturbação venha o mais rápido possível, pois quanto mais praticada, mais enraizada fica na vida da pessoa.
      Para entendermos o porquê da masturbação ser algo errado, primeiramente é necessário que saibamos qual é a base bíblica para o sexo:
      “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne”. Gênesis 2:24.
      O sexo é um presente criado por Deus para a humanidade. O objetivo do Senhor ao criá-lo é prover ao casal a oportunidade de partilharem juntos momentos prazerosos em companhia e intimidade; foi criado para a alegria e felicidade do casal (não o foi apenas para a procriação). Ao terminar a criação do homem e, certamente, sua sexualidade, Deus disse que “era muito bom” (ver Gênesis 1:31).
      Sendo que Deus fez o sexo para que fosse desfrutado entre o casal, a dois, e que o mesmo deve ser o meio legítimo de satisfação de nossos desejos sexuais, podemos acertadamente concluir que se masturbar não é recomendável, pois não faz parte do plano de Deus para o sexo (feito a dois a fim de que ambos tornem-se “uma só carne” = companheirismo mútuo e prazer ao cônjuge).
      Mesmo não havendo referências diretas nas Escrituras quando à masturbação, há “princípios bíblicos que se aplicam ao tema” :
      O Princípio de I Coríntios 6:12: Não devermos ser dominados.
      “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. 1 Coríntios 6:12 – grifo meu.
      Aqui Paulo ensina que até mesmo “aquelas coisas que são corretas, não devem ter a permissão de dominar um crente a ponto de tornarem-se senhores do mesmo, e ele tornar-se o seu escravo” . Se o que é correto não deve nos dominar, muito menos o devem as coisas que não são boas.
      O Princípio de Mateus 5:27-28: Não devemos adulterar.
      “Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela”. Mateus 5:27-28.
      “O adolescente, apanhado na espiral da masturbação, eventualmente não pode evitar ser também envolvido nesse outro pecado” (adultério), pois quando se masturba, certamente pensará em outra pessoa, inclusive alguém que é casada (o).

      O Princípio de I Coríntios 7:9: O desejo sexual deve ser aliviado através do sexo, com o cônjuge.
      “Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado”. 1 Coríntios 7:9.
      “Paulo não ensina que a masturbação é uma medida apropriada de alívio para o desejo sexual (o abrasar-se). Ele não diz por exemplo: ‘É melhor o hábito da masturbação do que abrasar-se’. Bem pelo contrário, ele alista o autocontrole como a única alternativa para o casamento…a masturbação não apaga o incêndio, mas joga mais combustível no mesmo” .
      Esse texto claramente estabelece que para aliviar os desejos sexuais há 2 alternativas:
      1. Autodomínio; 2. Casamento.

      O Princípio de I Coríntios 7:3-4: “A capacidade sexual do indivíduo não existe para si mesmo” .
      “O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher”. 1 Coríntios 7:3-4.
      “Deus proveu a sexualidade do indivíduo para benefício do seu cônjuge legítimo. No sexo, como em tudo o mais, sempre será verdadeiro que mais bem-aventurada coisa é dar do que receber. O sexo ego-centralizado, por conseguinte, constitui um uso ilegítimo da sexualidade”.
      As Escrituras orientam que o sexo não deve ser desfrutado “solitariamente” mas sim com alguém (o cônjuge); assim, vê-se que a masturbação é uma perversão do ato sexual, pois o indivíduo está buscando seu próprio prazer apenas; não está dando prazer à outra pessoa, (sua esposa ou marido). A capacidade sexual foi dada para que déssemos prazer a outrem.
      Analisando tais princípios bíblicos, podemos concluir que realmente a masturbação não é aprovada por Deus, pois não condiz com Suas orientações em relação ao ato sexual; é algo egoísta, que estimula ao adultério (Mateus 5:27-28) e que tende a estragar nossa saúde física e mental (devido ao sentimento de culpa). Tal é pecado (conquanto não seja dos mais ofensivos. Entretanto, mesmo os pecados menos ofensivos são perigosos…), pois ao prejudicarmos qualquer área de nossa vida (física, mental ou espiritual) estamos destruindo o “templo do Espírito Santo”. (I Coríntios 3:16-17; 6:19-20).
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Halef Narciso em 1 de fevereiro de 2013 12:47

    Excelente texto, prof. Leandro!
    Ellen White tendo sido uma profetisa usada por Deus pôde através dos seus escritos refletir a Luz Divina em conselhos ao Povo do Senhor.
    Ocorre no atual contexto que o excesso sexual é justificado e requerido pelos desconhecedores da Verdade por agradar aos seus desejos carnais.
    Sendo que o Povo de Deus chamado é para a Santificação e em suma, para o tempo integral dedicado à Ele conforme toda a área e conforme todo o agir de cada uma destas, vemos que o que a saudosa irmã White escrevera merece nossa aprovação tida após a Divina, que já manifesta desde já seu agrado.



  • luis em 14 de fevereiro de 2013 12:13

    Prof Leandro, quando a biblia comenta: E serão transformados em um abrir e fechar de olhos,é uma transformaçao literal ou nesse momento os justos(vivos) passam pela experiencia da morte?



    • Maiara Costa - Equipe em 14 de fevereiro de 2013 16:19

      Olá estimado amigo Luis!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Quando o texto de 1 Coríntios 15:51,52 o contexto ali não é de morte, mas de ressurreição, ou seja, a transformação é literal e geral, tantos para os que permaneceram vivos como para os que são ressuscitados.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • luis em 15 de fevereiro de 2013 11:00

    obrigado pela ótima resposta.Nao sou enfermeiro nem médico, trabalho em um hospital, tenho um companheiro de trabalho que fica aos sabados pela manha,pois sabe que sou cristao e guardo o sabado.quando ele ficou doente eu tive que vir para repor os medicamentos para os pacientes que fazem hemodialise e tive tempo para fazer o culto,orar e ler a biblia. A biblia diz que temos que ter bom senso e acredito que precisamos ter equilibrio.
    Quando o leandro quadros veio para a casa aberta em maceio eu fiz a mesma colocaçao e falei pra Deus que se a minha pergunta fosse lida seria uma resposta de Deus e foi a primeira pergunta que foi colocada na mira da verdade.Ele falou que as pessoas nao pede para ficar doentes e que eu uma vez ou outra por uma necessidade em prol do mesmotudo bem mas me alertou que nao poderia ficar muito tempo sem me congregar, eu entendi, só que em outubro meu amigo vai ficar d férias e são quatro sabados (manhã) que possivelmente ficarei sem ir a igreja. Bom se o meu coração ja ficava apertado de no dia do Senhor não estar em sua casa de oração ja estou orando pra que Deus me dê sabedoria pra tomar a decisao certa, e gostaria de suas orações, sei que isso so depende de mim! mas gostaria de mais conselhos, nao quero de forma alguma achar que estou fazendo o bem, mas transgredindo o mandamento de Deus.(Talvez dentrodo meu coração ja exista a resposta)espero que me entenda.Deus abençoe grandemente o programa NA MIRA DA VERDADE ao professor Leandro e a toda a equipe desse programa!!!pode mandar pro meu email mais comentáios se desejarem.obrigado.



  • luis em 19 de março de 2013 16:52

    obrigado pela ótima resposta.Nao sou enfermeiro nem médico, trabalho em um hospital, tenho um companheiro de trabalho que fica aos sabados pela manha,pois sabe que sou cristao e guardo o sabado.quando ele ficou doente eu tive que vir para repor os medicamentos para os pacientes que fazem hemodialise e tive tempo para fazer o culto,orar e ler a biblia. A biblia diz que temos que ter bom senso e acredito que precisamos ter equilibrio.
    Quando o leandro quadros veio para a casa aberta em maceio eu fiz a mesma colocaçao e falei pra Deus que se a minha pergunta fosse lida seria uma resposta de Deus e foi a primeira pergunta que foi colocada na mira da verdade.Ele falou que as pessoas nao pede para ficar doentes e que eu uma vez ou outra por uma necessidade em prol do mesmotudo bem mas me alertou que nao poderia ficar muito tempo sem me congregar, eu entendi, só que em outubro meu amigo vai ficar d férias e são quatro sabados (manhã) que possivelmente ficarei sem ir a igreja. Bom se o meu coração ja ficava apertado de no dia do Senhor não estar em sua casa de oração ja estou orando pra que Deus me dê sabedoria pra tomar a decisao certa, e gostaria de suas orações, sei que isso so depende de mim! mas gostaria de mais conselhos, nao quero de forma alguma achar que estou fazendo o bem, mas transgredindo o mandamento de Deus.(Talvez dentrodo meu coração ja exista a resposta)espero que me entenda.Deus abençoe grandemente o programa NA MIRA DA VERDADE ao professor Leandro e a toda a equipe desse programa!!!pode mandar pro meu email mais comentáios se desejarem.obrigado.



  • Ricardo Rodrigues em 9 de abril de 2013 11:27

    Professor você é um homem de Deus muito sabio e sabe interpretar textos que eu nunca conseguiria parabens



  • Leandro em 9 de maio de 2013 1:43

    Paz esteja convosco!
    Mas o que me chamou um trecho dizendo que ninguém é obrigado de acredita em Ellen White foi profetiza, mas ainda é obrigado de acredita Isaías foi profeta! Isso não faz diferença entre profetas, porque todos são homens e filhos de Eterno Pai. O dom profético é um presente divino dado a humanidade, cada um homem é escolhido por Deus único o Pai para transmitir as mensagens de advertencia ou de consolo à humanidade, mas nada a ver se for as diferenças entre livros uns maiores e outros menores. Jamais considerei qualquer um livro profético, Isaías, Jeremias, Daniel e entre outros, como igualdade a Pentateuco de Moisés, a Lei de Moisés porque é Revelação divina ao povo de Israel até rabi de vocês qual é chamado Jesus utilizou a Lei, e todos livros (tanto Isaias, tanto Jeremias, tanto Ellen White, tanto Joseph Smith…) sejam submissos (ou inferiores) a Lei de Moisés.
    Se você como adventista fica dizendo que não é obrigado de acreditar Ellen White como profetiza, então porque colocou uma das crenças fundamentais da IASD? Ainda coloca Ellen White como dom de profecia na certidão do batismo!
    O Dom profético não foi encerrado por algum profeta da comunidade religiosa, ainda continuará até o mundo vindouro e pacífico.
    E claro, que seja cuidado sobre os falsos profetas, graças a Moisés deu a apologia da orientação profética ao povo Israel (Deuteronômio 18:15-22).
    Até eu tenho livros da autoria Ellen White, respeito a fé dela e de vocês também.



    • Maiara Costa - Equipe em 9 de setembro de 2013 17:22

      Olá Leandro!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Qual a base oficial que você tem para afirmar que a crença em Ellen White é um de nossos votos para o batismo?
      A crença do dom profético como dom espiritual concedido pelo Espírito Santo, sim.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Marcelo Bastos em 1 de junho de 2013 1:55

    caro Professor Leandro Quadros,
    Sou da Igreja Batista do Calvário, tenho frequentado alguns culto da IASD, inclusive participei da Santa Ceia e o lava pés, no entanto, tenho dúvidas sobre a questão do sábado, apesar de saber que é um mandamento e tenho dúvidas em relação aos escritos da Sra. Ellen White. Algumas coisas que me intrigaram, em viagem a trabalho visitei a IASD do Ipiranga em Campos dos Goytacazes e percebi que um mesmo Pastor toma conta de 7 igrejas, deixando-as sob a responsabilidade dos anciãos, não quero criar polêmica, mais esse critério seria para diminuir custos em relação a manutenção dos pastores? Uma outra coisa que me deixa entristecido é a receptividade que temos por parte dos irmãos, em 3 visitas a IASD em Itaboraí, somente uma irmã se mostrou preocupada em nos aproximar da congregação inclusive nos oferecendo um estudo. Por favor não tome esses questionamentos como algo pessoal, pois tenho muito carinho e respeito pela maneira espiritual como conduzem o evangelismo através da Rede Novo tempo. Tenho aprendido muito com Na Mira da Verdade, Está Escrito, Sem Tabus, Nova Semente, entre outros programas, coisas como a condenação eterna, como muitos irmão eu também achava que o inferno era eterno e não conseguia enxergar um Deus que ama, e permiti o sofrimento eterno, agora o que tem me deixado triste é a questão da predestinação, alguns textos apontam para isso e por eu estar passando por momentos de dificuldade, confesso que muita das vezes acho que estou predestinado para a morte eterna, os textos em questão são Rm 8:29 e 30 / Rm 9:21 e 22.

    Peço à sua ajuda na compreensão desses textos.

    Que a Paz de Cristo seja convosco.

    Um grande abraço!!!

    Marcelo Bastos



    • Maiara Costa - Equipe em 10 de fevereiro de 2014 10:21

      Olá Marcelo!
      Bom dia.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Quais são as suas dúvidas pertinentes ao sábado e ao ministério profético de Ellen White?

      1) QUE TIPO DE ADMINISTRAÇÃO TEM A IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA?

      A Igreja Adventista do Sétimo Dia é uma Igreja Congregacional, Episcopal ou Representativa?
      Para compreendermos de que forma a igreja é administrada precisamos entender o que significam esses três tipos de administração.
      A administração congregacionalista é uma administração no qual é feita de maneira local, sendo que o pastor da Igreja cuida e administra a própria igreja.
      A administração episcopal os membros da igreja não participam da eleição de sua liderança.
      A administração representativa é feita de maneira democrática, no qual os membros participam e elegem a sua liderança.
      A forma de governo da Igreja Adventista do Sétimo Dia é representativa (democrática).
      Esse modelo reconhece que a autoridade da igreja repousa nos seus membros e é expressa por meio de representantes devidamente eleitos em cada nível da organização, com a responsabilidade executiva delegada a entidades e oficiais representantes para dirigir a igreja no nível respectivo. Essa forma de governo reconhece também que a ordenação ao ministério é mundialmente aceita pela Igreja.
      “Cada membro da igreja tem participação na escolha dos oficiais da igreja.
      O presente sistema organizacional da Igreja é resultado da crescente compreensão teológica em relação à sua missão, ao aumento de membros e à sua expansão geográfica.
      O corpo de membros em cada um desses níveis convoca reuniões de negócios formais, conhecidas como assembléia. (A assembléia de uma igreja local é geralmente chamada de reunião administrativa.) Na estrutura da Igreja Adventista do Sétimo Dia, nenhuma entidade determina seu próprio status nem suas funções como se não tivesse obrigações para com a família da Igreja além de seus próprios limites. (Manual da Igreja,Tatuí-SP, Casa Publicadora Brasileira, p.p 28,29).
      A igreja tem um pastor para várias igrejas porque não há ainda a mesma quantidade de pastores para todas as igrejas.

      Em relação a predestinação quero recomendar à você que acesse: http://goo.gl/K9aRYF

      Que deus te abençoe grandiosamente.
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira



  • Jackeline em 20 de julho de 2013 15:33

    Jan, eu me pergunto o porquê de vc querer “desmascarar” Ellen White. O que vc ganha com isso? Vc apenas não gosta dela? Então por que não deixa de lado e vai viver sua vida? Não, vc quer ter razão num ambiente q ninguém concorda com vc. Provavelmente vc gosta de sofrer, ou sofre da síndrome “do contra” e se sente feliz assim, não é?
    Mas sabe q Deus usa vc pra fazer essas perguntas, mesmo vc não querendo. Quando o querido professor Leandro para te responder, e quase se cansa, ele se lembra q existem outras pessoas q precisam ouvir essa mensagem. Talvez elas nem sabiam q Ellen White escreveu sobre isso, e então, após a explicação inspirada pelo Espírito Santo, as pessoas confirmam novamente a benção da profecia em nossa vida, e o aprendizado se amplia.
    Acredite, vc, mesmo sem querer, está confirmando tudo o que julga estar debatendo.



  • ngimbo camana em 19 de outubro de 2013 13:00

    meu querido irmão,este assunto é verdadeiramente sadiá viu,falando na masturbação é a minha vida que éu levo,mesmo ja casado,mais cada veis que eu a fasso sempre recolho as concequências,meu amigo ouve um tempo que eu vivi de todo tipo de carnes,naverdade ja estou notando o sexo difetuoso,isto por dizobedecer os reclamos de Deus,particularmente aquele consselho encontrado nos livros profeticos,e outras fontes inspirados divinamente por Deus, falando da apena inspirada a irmã Hellen g with,estes livros qui tenhem me dado muita vitalídade e preparação fisica e espirítual,eporisso quem sente o valor desta materia é aquele qui bebe desta fonte rica,a te aqui devido desta verdade ao ser pronuciada dentro da minha igreja,sou espulsso dentro da igreja.Mais mesmo assim estou no cantinho com aminha verdade,e porisso meu irmão aquele que faz guerra com os escrito da pena inspirada,ele faz com Deus.



  • Robson Brandão em 16 de setembro de 2014 1:43

    Quererei conversar um dia com você no céu Leandro Quadros.
    Admiro muito sua capacidade e talento.
    todo o seu trabalho é muito edificante para mim, para meu desenvolvimento espiritual.
    Sou membro da IASD Central de Curitiba.
    Um grande abraço para toda a equipe do programa “Na Mira da Verdade”
    Que Deus continue e abençoar-te.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de setembro de 2014 9:44

      Olá Robson!
      Satisfação manter contato com você.
      Muito obrigado por seu carinho e incentivo.
      Lembre-se de nós em suas orações.

      Que Deus o abençoe ricamente.
      Um forte abraço.