INÉDITO:
  • SEG22:00
REPRISES:
  • DOM10:00
  • SEG04:30
  • TER02:30
  • TER13:00
  • QUI00:30
  • SAB04:00
  • SAB19:00

Desafio: Você Na Mira


A cada semana, o professor Leandro Quadros e o Tito respondem várias perguntas bíblicas que chegam ao programa Na Mira da Verdade. Mas, agora é a vez deles perguntarem e você ficar na mira.

A partir de agora, os apresentadores farão uma pergunta bíblica no final de cada programa e você deverá responder pelo Twitter. A resposta poderá aparecer no programa da semana seguinte. Você aceita o desafio?

Para participar, siga o Twitter @namiradaverdade e no final da sua resposta use a hashtag #namiradaverdade.


Você está em : Novidades
Compartilhe:


Comente



  • Franklin Marreiros em 22 de junho de 2011 15:45

    Jesus o principal personagem do novo testamento disse em Mateus 5:17 Não vim mudar nada e sim cumprir. Somente Ele teria alguma autoridade para mudar algo e não fez…
    Abraço Franklin Marreiros IASD Arpoador Butantã SP.



  • ana flávia abreu dias fonseca em 22 de junho de 2011 16:45

    Não,pois de acordo com Mat 5:17 e 18 Jesus afirma que não veio revogar a lei que veio para cumpri-la.E no verso 18 podemos concluir que nada ou ninguém pode mudar,ou acrescentar a mínima letra a Lei de Deus. Um grande abraço Ana Flávia / MG Montes Claros



  • André Roberto Titonelli em 22 de junho de 2011 16:48

    não cuides que vim destruir a lei ou os profetas:não vim ab-rogar,mas cumprir.
    não são minhas palavras mas do nosso senhor Jesus Cristo(MAT:5:17)
    Seria algum homem mais importante Deus ou Jesus para mudar alguma coisa?
    Assim disse o Senhor (Porque eu,o Senhor não mudo;) MALAQUIAS: 3:6.
    E assim a lei é santa,o mandamento santo,justo e bom.(Aos Romanos7:12)
    Porque qualquer que guardar toda a lei,e tropeçar em um só ponto,tornou-se ulpado de todos
    (TIAGO:2:10)
    teria muitos outro,mas acho que esta bem claro,que alguns homens querem abolir coisas que nem Deus nem Jesus aboliu. A Biblia é muito clara.



  • Lucas em 22 de junho de 2011 19:27

    Olá amigos, sou Lucas tenho 12 anos e vim responder a pergunta pela novo tempo também
    Está em Mateus 5:17. Cristo diz que ele veio para dar o sentido completo e não para tirar as leia do novo testamento.
    Um abraço!.



  • Carlos Pereira Gomes em 22 de junho de 2011 20:30

    DEUS tem usado vcs como verdadeiros Profetas, tenho frequentado igrejas evangelicas, mais nunca vi alguem pregar tao bem quanto vcs da NOVO TEMPO, o entrevistador TITO e o enviado de DEUS, LEANDROS QUADROS e uma verdadeira bença, todos os dias eu e minha Familia estamos ligado na Mira da Verdade, aproveite e mande um abraço para Carlos Gomes, Rejane e toda clientela da Churrascaria e Pousada Espetu,s do Nordeste, Praia do Frances Mal-Deodoro Al.



  • Denise Bessa Vasconcellos em 23 de junho de 2011 3:11

    Jesus não aboliu a Lei, como se vê em Mateus 5:17 e, em Romanos 3:31 aprendemos que, se temos a fé de Jesus, “não anulamos” a Lei, antes, “estabelecemos” a Lei.



  • William Amaro em 23 de junho de 2011 13:36

    Para entendermos se “DEUS” aboliu sua lei precisamos primeiramente entendermos o porque / para que serve a Lei:
    Nenhum, Estado ou governo no mundo (eu diria no Universo) vive sem lei, pois, lei é toda regra, escrita ou não; que define condutas para o melhor convívio social, são todas as normas formalmente produzidas pelo Estado.
    Como nas lições do livro de Robson Cruzuer, enquanto ele estava sozinho na ilha não havia necessidade de lei, mas assim que apareceu o personagem “sexta-feira” – outro indivíduo para compartilhar com ele os recursos do ambiente, se fez necessárias REGRAS de conduta.
    Extraindo para a CRIAÇÃO DE “DEUS”, quando o Senhor criou todos os seres inteligentes se fez necessário a normatização de condutas (pautadas sob a égide do AMOR) para melhor convivermos.
    Daí extrai-se a ilação de que a LEI de “DEUS” é tão eterna como o próprio “DEUS”, e a manutenção de seu governo depende dela.
    Depois de compreendermos o que é lei, falta-nos agora descobrirmos que lei é essa. Bom “DEUS” utiliza-se de princípios, pois este é fonte de todas deduções para um determinado caso concreto, se o fato do caso concreto define um roubo, existe um princípio que consubstancia a norma não roubar; E “Jesus” disse que todas as normas de “DEUS” estão consubstanciada sobre o princípio do AMOR.
    Sem entrar no mérito que para os judeus foram dadas normas de ordem moral, dietética, civil, etc..; assim como nós hoje temos normas administrativas, empresarial, penal, CONSTITUCIONAL, e que os judeus enxergavam tais normas como uma coisa só, assim como enxergamos que todas as nossas normas compões um ordenamento jurídico único e harmônico com a carta maior. Temos também uma carta MAIOR (CONSTITUIÇÃO) de nosso “DEUS”
    “Jesus” foi claro em resumir que a lei, Não matarás, Não adulterarás, Não furtarás, Não dirás falso testemunho contra o teu próximo, Não terás outros deuses diante de mim, Lembra-te do dia do sábado, para o santificar, etc… constituía dois grandes princípios: o de amar a “DEUS” e o de amar ao próximo, bom que lei é essa senão a dos 10 mandamentos – Êxodo
    Conclui-se daí que essa lei define o fundamento do governo de “DEUS”, e ela não pode ser abolida, sob pena de concordamos que esse governo (galáctico) esta fundado sobre anomia, ( foi o que lúcifer quis para ele e seus anjos), certamente que com o “DEUS” da ordem, não existiria isso.
    Por todo assunto acima tratado e é claro que as linhas não permitem uma maior defesa da tese, concluo:
    Novo testamento vários personagem citaram a lei :
    “Jesus”: Não pense que vim abolir a lei, … vim cumpri-lá – (MAT:5:17)
    Paulo: sua lei é santa, justa e boa,…. (Romanos7:12)
    Tiago: Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos (Tiago2:10)
    João: Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade (1 joão 2:14)



  • Osmarina das Dores Paula em 23 de junho de 2011 13:49

    Paz amados irmãos, bem no meu entendimento Jesus veio para cumprir e aperfeiçoar a lei, pois se a 1ª tivesse completado tudo não haveria necessidade da 2ª, a graça aboliu “olho por olho dente por dente”,o apedrejamento dos adúlteros, e assim por diante mas de maneira alguma devemos ignorar as ordenanças do V.T,, pois os 10 mandamentos continuam sendo válidos, porém as traduções confundem muito, visto que algumas estão assim:
    Lembra-te do dia do sábado,para o santificar.
    E outra assim:
    Terás um dia, na semana,para descanso e recolhimento.



  • Claudiomiro M Caetano em 23 de junho de 2011 16:55

    A questão é boa, porém o espaço e o tempo é pouco para algo tão complexo, pois não se limita a resposta a sim ou não, temos um sim que tem que ser explicado e um não que também precisa o mesmo, mais vamos la, tentarei em rapidas palavras expor.
    1° Temos que dividir as Leis, Cerimoniais, Civil e Moral. Como não é o assunto vamos nos ater apenas a LEI MORAL, que é o que entendemos pelos 10 Mandamentos. Conforme vemos;
    NOVA ALIANÇA – Hebreus 12:24 – “E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.”
    NOVO MANDAMENTO – João 13:34 – “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.”
    NOVO TESTAMENTO – 2Corintios 3:6 – “O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica.”
    O texto utilizado por varias vezes aqui tem um contexto, também um condicional e uma razão, quando é dito, …”ATÉ…” eis ai, a razão, o motivo e a condição, “…Até que tudo se cumpra…” Quando Jesus diz, …”Esta consumado…” ja demonstra se há algo para se cumprir ainda.
    Temos ainda o fator do Esposo morrer, o que já mostra até onde um contrato tem vigor.
    Por isso e por outras como cab cabalmente expressa em 2 Corintios 3.13 “…porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;”
    E para ajudar do que esta tratando o assunto, é só voltar ao versiculo 7 do mesmo capitulo, esta falando do “…Ministério GRAVADO COM LETRAS EM PEDRAS…” creio que não precisa-se explicar mais nada, o texto é clarissimo, sim foi ABOLIDO, DESTITUIDO, porém…
    Nisto surgem outras perguntas, e quem faz? Quem quiser pode fazer, sem problemas, porém o risco é grande se é feito como algo necessario para salvação, se é feito desta forma, esta errado, porém se quiser fazer, só lembro 2 fotores, no caso do sabado por exemplo, o que muitos esquecem 6 dias trabalharas e 1 descansaras, essa regra ajuda a saber reservar o que é do Senhor, e outro fator que devemos ter cuidade EXTREMO, Galatas 5:4 – “Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído.”
    Se temos a exclusão de Cristo a unica forma de chegar a Deus através desta linha tenue entre fazer e fazer de forma extrema, temos do outro lado o risco do lapso, porém o prórpio texto de Mateus 5 nos da essa recomendação cautelosa, no versiculo 19 “Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.”
    Essa parte só pode ser entendida e compreendida se vista pelos olhos da Graça, jamais pelos olhos Rabinicos, cuidado com os excessos.
    Gosto muito deste programa e sempre quando posso assisto, congrego na Assembléia de Deus, mais me converti na Adventista, foi onde inclusive batizei-me.
    Parabéns pelo programa! Que a Palavra de Deus seja o centro sempre.
    Só pra concluir foi um rapido resumo abordando varios aspectos, porém há ainda varios outros que devemos observar.
    Shalon!



  • Darlan Izaurino em 23 de junho de 2011 17:40

    Se a lei moral do novo testamento fosse abolida malaquias 3:6 nao fazia sentido,a lei moral foi escrito pelo dedo de Deus êxodo 31:18 e para terminarmos queroo citar uma palavra falada pela boca de Jesus(Deus) em Mat 5:17e18.
    então chegamos a conclusão que a lei moral é um Presente de Deus.



  • willians de jaboticabal SP em 23 de junho de 2011 18:39

    ola, na minha opniao a lei nao foi abolida pelos seguintes textos biblicos : Mateus 5:17 e Lucas 16:17, e na minha opniao particular eu acho que todas as outras igrejas evangelicas que dizem que nao aceitam a lei moral de Deus estao aceitando sem saber ou dao uma de que nao sabem, porque eles aceitam 9 mandamentos, ja que eles pensam que a lei foi abolida entao porque aceitam 9 mandamentos e porque só o sabado nao?
    A prova disso que todas as igrejas evangelicas aceitam a lei moral menos os sabados é de que nas igrejas evangelicas voce nao ve nenhuma imagem de escultura eles nao adoram outros deuses ja que a lei foi abolida entao qual seria o problema de adorar imagens ou outros Deuses? agora eu peço permissao ao programa para colocar estas pessoas na mira rsrs fique com Deus.



  • claudiomiro de souza em 23 de junho de 2011 20:33

    a lei de Deus jamais deverá ser abolida,o que seria de nós sem a lei de Deus?é triste mas tem gente que acha que mudou.



  • Bernardo Almeida Vasconcellos de Souza em 24 de junho de 2011 21:10

    Olá,

    eu gostaria de responder a pergunta aqui, pois não tenho Twitter.

    —————————————————————
    1- “Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.”1 João 3:4
    Logo, se não houvesse lei não haveria pecado -> sem pecado, não prescisariamos da graça de Cristo -> sem a nesscecidade da graça ,Jesus não prescisava morre por nós -> e sem a morte de Jesus, não haveria nessecidade de salvação!

    “Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, despertou em mim toda sorte de concupiscência; porque, sem lei, está morto o pecado” Romanos 7:8

    2- “Anulamos, pois, a lei pela fé? Não, de maneira nenhuma! Antes, confirmamos a lei.”

    3- “Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento.” Lucas 23:56
    Depois da morte de Jesus as pessoas continuavam a obedece a lei moral.

    4- “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir.
    Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.”

    Jesus mesmo diz: não vim mudar, vim cumprir.

    Obs.: Os 10 Mandamentos ainda é pra ser obedecido, mas não podemos fazer ele como meio de salvação,”Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.” (Efésios 2:8-10).
    Não devemos obedeçer a lei para sermos salvos, mas devemos obedecer porque somos salvos, pois a obediencia a lei é resultado de um coração transformado.

    —————————————————-

    Parabéns pelo programa!

    Obrigado.



  • Érika da Cunha Mendes em 25 de junho de 2011 16:22

    Jesus aboliu a lei moral?
    Por Érika Mendes
    Jesus foi educado na tradição judaica. Ensinado pela tradição oral, seguia os costumes religiosos – foi apresentado ao templo (cf. Lc 2:22-24), ia a Festa da Páscoa (cf. 2:41), foi batizado (cf. Lc 3:21-22), visitou a sinagoga aos sábados (cf. Mc 1:21), usou roupas com borlas (cf. Nm 15:38; Mt 9:20), apontou os mandamentos de amor a Deus e ao próximo conforme registrado no Pentateuco (cf. Mc 12:28-31).
    Ao mesmo tempo, Jesus revogou a lei escrita dos escribas, pedindo aos seus discípulos que colhessem espigas para saciarem sua fome no dia de sábado (cf. Mc 2:23ss), fez também curas no dia de sábado, questionou a diferença entre alimentos puros e impuros, como também sobre o coração do homem (cf. Mc 7:15). Assim, Jesus amplia a lei moral dos 10 Mandamentos, conforme vemos quando Ele mesmo diz: “Ouvistes o que foi dito aos antigos” ou “Ouvistes o que foi dito”, ampliando a frase para: “Eu, porém, vos digo…” (cf. Mt 5:21,22,27,28,33,34,38,39,43,44).
    “Além disso, evidencia-se que, para a sua compreensão da vontade de Deus, Jesus não recorre a outras palavras das Sagradas Escrituras, nem a qualquer outra tradição, mas com um enfático ‘eu’ ele contrapõe autoritariamente a sua interpretação à compreensão tradicional da vontade de Deus” (KÜMMEL, 2003, p.76). Como também em Lc 16:16a “A Lei e os Profetas vigoraram até João”, explica o teólogo Kümmel (idem, p. 76): “Ao fazer tal afirmação, Jesus reivindica que, com a sua pregação da vontade de Deus, irrompeu um novo e definitivo tempo de revelação da vontade de Deus”.
    Assim, concluo que Jesus não aboliu a lei moral de Deus, mas deu a ela um novo sentido. Visto que, no Antigo Testamento a lei expressava o pacto de Deus com o homem. A entrega das duas tábuas da Lei a Moisés ensinava os deveres que o homem tinha que cumprir para ser abençoado e, conseqüentemente, ser salvo (cf. Dt 28).
    Com a morte de Jesus na cruz, o pacto de obras foi selado. Conforme se lê em Kümmel (idem, p.238): “A lei não foi capaz de conceder vida ao homem, e por obras da lei nenhuma pessoa se tornará justa perante Deus, de modo que o homem posto sob a lei apenas pode chegar ao ponto de exclamar: ‘Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?’ (Rm 7:24). Assim, a lei moral não deve ser encarada como condição do pacto das obras, mas como um meio de graça, porque expressa o caráter e a vontade de Deus (cf. Rm 13:8-10), aponta para o pecado (I Jo 3:4; Rm 3:20), para a justiça de Deus (cf. Rm 3:21-22).

    REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
    KÜMMEL, W.G. Síntese Teológica do Novo Testamento de acordo com as testemunhas principais: Jesus, Paulo, João. São Paulo: Editora Teológica, 2003.

    BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
    BERKHOF, Luiz. Manual de Doutrina Cristã. Campinas: Editora Luz para o caminho; Patrocínio: Ceibel, 1985.
    STROHL, Henri. O Pensamento da Reforma. São Paulo: ASTE, 2004.
    Bíblia de Estudo de Genebra. São Paulo: Editora Cultura Cristã, 2009.



    • leandroquadros em 27 de junho de 2011 19:55

      Muito bem embasada sua resposta, Érika. Parabéns!



  • Damião Bonfim em 25 de junho de 2011 16:31

    Professor Leandro, desculpe-me, relendo o texto, percebi alguns erros de digitação, assim o reenvio corrigido, ao moderá-lo, publique apenas este:
    Professor Leandro Quadros, é comum ouvir entre os adventistas a tese de que a Lei vigora porque Jesus não a revogou. E, como base, costuma-se recorrer a Mt 5,17, onde se diz: “Não penseis que vim abolir a Lei ou os Profetas. Não vim revogar, mas cumprir”. Porém, uma leitura não superficial prova que “cumprir” a Lei e os Profetas, em Mt 5,17, equivale a dizer: cumprir as Escrituras. Para entender isto, é preciso considerar como os judeus parafraseavam o termo “Escrituras”, chamando-a simplesmente de “Lei e Profetas” (esse era o sentido usual desses dois termos, quando aplicados em conjunto). E de fato, Jesus não vem abolir, mas cumpri as Escrituras, pois é Ele, Aquele a respeito de quem ela falava (Jo 1,45)
    A Lei (Escrituras) contém mandamentos, mas, “mandamento” não é sinônimo de “Lei”. Aliás, o texto grego os distingue bem: hó nomos (a Lei) e entolê (mandamento, preceito) e, ocasionalmente, chega-se a usar o termo “nomos”, sem artigo (o que se deve traduzir por “uma lei”, para referir-se a um preceito (mandamento) isolado.
    Em Mt 5,17, Jesus está afirmando ser ele o CUMPRIMENTO DAS ESCRITURAS. Pois, “Escrituras”, para os judeus, são a LEI, os PROFETAS e os chamados “outros ESCRITOS” (aqueles que não eram classificados como “LEI ou PROFETAS”). Assim, os judeus diziam que a ESCRITURA é composta por Torah (Lei), Nabim (Profetas) e Ketubim (Escritos [históricos]).
    O discípulo Natanael testifica que Jesus “CUMPRI A LEI E OS PROFETAS”, no sentido de ser aquele a respeito de quem a Escrituras falavam: “Encontramos aquele de quem escreveram Moisés, na LEI, e os PROFETAS” (Jo 1,45). Jesus diz que: “todos os PROFETAS e a LEI profetizaram até João” (Mt 11,13). Pois, a partir de Jesus, aquilo que era profetizado cumpria-se. Desse modo, a Lei (os Livros escritos por Moisés) e os Profetas, certificam que toda a vida, paixão e morte de Jesus é o cumprimento das Escrituras. Mas os discípulos, a princípio, não entenderam assim, daí Jesus ressurreto “…começando por MOISÉS (referência aos livros da Lei) e passando pelos PROFETAS, interpretou-lhes em todas as Escrituras o que a ele dizia respeito” (Lc 24, 27).
    Considere-se também que a divisão tripartite da Escritura – Lei, Profetas e Escritos [históricos] – era meramente didática e flexível, de modo que, os salmos, ou outros escritos, podiam ser chamados genericamente de “Lei”, mesmo não pertencendo aos cinco primeiros livros da Bíblia (a Torah). Jesus, inclusive chamou os salmos de “Lei”, quando diz em Jo 10,34: “Não está escrito na vossa Lei: Eu disse: sois deuses?” – referindo-se ao Salmo 82,6. Outra vez, quando em Jo 15,25, explica o ódio de qual foi vitima, referindo-se também aos Salmos, diz: “para que se cumpra a palavra escrita na sua Lei: “odiaram-me sem motivo” (referência ao Sl 35,19). Assim, reforçava a tese de que, com a sua vinda “nenhum iota ou um til” se omitiria da Lei sem que tudo fosse cumprido” (Mt 5, 18). E, se ele é o cumprimento dessas Escrituras – o Messias que vindo – , explicaria tudo (Jo 4,25), tem autoridade para apresentar normas de conduta que devem ser seguidas. É por isso que sobre o que passa a ensinar diz que deve ser cumprido (Mt 5,18). Tanto é que fala de mandamentos que devem ser observados, mas ele mesmo revoga mandamentoa, com a formula “ouvistes o que foi dito, mas eu vos digo”. Portanto, isto nada tem a ver com manter mandamentos.
    “Cumprir a Lei” não equivale a “observar a leis”, mas é maneira de dizer Deus realizaria, em nele (Jesus), o que a Lei dizia, aconteceria com o enviado, não só a Lei, mas também nos profetas. Para isso Jesus veio, para cumprir a Lei e os Profetas.
    Essa consciência de Jesus – a de que veio cumprir a Lei e os PROFETAS – observa-se também em Lc 4,21, quando após ler a passagem Is 61,1-2 diz que a partir dali cumpria-se aquela passagem que lera.
    O que Jesus não revoga é a Lei e os Profetas (ESCRITURAS), enquanto expressão da promessa; isto, porém, NÃO SIGNIFICA dizer que ele ratifica todos os mandamentos. Pois também o termo “mandamentos” não é sinônimo de “decálogo”. Afinal, o próprio Cristo, quando questionado sobre o mais importante mandamento da Lei não cita LITERALMENTE nenhum dos contidos no Decálogo. E ao afirmar que o “amor a Deus” e “ao próximo” são os maiores, dizendo que deles dependerem a LEI e os PROFETAS, está simplesmente declarando que é desses dois mandamentos que dependem as Escrituras, não o decálogo ou as profecias, como pode parecer, pois o foco de Jesus é mais abrangente do que preceitos isolados.
    “Amaras ao Senhor Teu Deus” (mandamento ratificado por Jesus, em Mt 22,34-40) era um mandamento que não estava no Decálogo (e foi ratificado por Jesus); “amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo” (ao ser corrigido, juridicamente, é revogado,); “não perjurarás”, embora sendo referência a Dt 23, 22 e Nm 30,3, tem implicação em Ex 20,7, onde se proíbe tomar falsamente o nome do Senhor (perjúrio). Assim, Jesus, proibindo que se jure de qualquer forma, acaba por revogar o mandamento de Ex 20,7 que diz: “…não pronunciar em falso o nome do Senhor” (Ex 20,7). Pois o próprio Jesus orienta: “de maneira nenhuma Jureis” (Mt 5,34).
    Assim, não revogar a Lei e os Profetas equivale a dizer: não revogar a Escritura. E mais ainda, não anulá-la. O que aliás disse Jesus: “ a Escritura não pode ser anulada” (Jo 10,35).
    Como se vê, a Escritura não pode ser anulada, porém, mandamentos sim, tome-se como exemplo, Jesus revogando mandamentos em Mt 5,38-42 (contido em Ex 21,24ss); Mt 5,33-37 (contido em Ex 20,7, Dt 23,22 e Nm 30,33); Mt 5,31-32 (contido em Dt 23,22); Mt 5, 43 ( contido em Lv 18,9).
    Somente uma leitura descontextualizada e superficial permite interpretar Mt 5,17 como reforço à tese de que Jesus exige observância de todos os mandamentos da Lei, visto que “mandamentos”, na perspectiva bíblia, não são simplesmente aqueles contidos no decálogo; do contrário, Jesus não poderia chamar de mandamentos, em Mt 22, 34-40, preceitos que não constam no decálogo. Jesus não aboliu a Lei e os Profetas (Escrituras), o que não implica dizer que não revogou diversos mandamentos.
    Gostaria de comentar Rm 7,12 e outros textos, visto em seus respectivos contextos, mas para evitar estender este comentário, o farei ampliando a visão de Mt 5,17, em outra postagem, para que assim colabore com a discussão. Não o faço como desafio, mas como uma forma de que juntos possamos aprofundar o conteúdo da fé. Afinal, também tenho aprendido coisas valiosas com o professor Leandro, pelas quais sou grato e admirador dessa atividade bonita de exaltação da palavra de Deus.
    Abraços.



    • Olá queridos irmãos,
      SERÁ QUE A LEI FOI ABOLIDA??
      “Antes de mais nada, saibam que nenhuma profecia da ESCRITURA provém de interpretação pessoal”2Pe 1:20
      Procuremos as respostas nela mesma(na bíblia), como um todo, não nos prendendo a um texto isolado,
      observando o conjunto regras interpretativas que ela própria nos ensina como essa outra “Pois o que se diz é: ‘Ordem sobre ordem, ordem sobre ordem, regra e mais regra, um pouco aqui, um pouco ali”Is 28:10
      Para sabermos se a lei fora abolida vamos analisar um pouco o que a bíblia fala sobre ela do Gênesis ao Apocalipse, a primeira parte que nos lembra a lei relativa ao decálogo é:”No sétimo dia Deus já havia concluído a obra que realizara, e nesse dia DESCANSOU. ABENÇOOU DEUS O SÉTIMO DIA e o SANTIFICOU, porque nele DESCANSOU de toda obra que realizara na criação”Gn2:2-3. Podemos ver claramente que Deus abençoou e santificou o sétimo dia, e mais para frente na bíblia o profeta moisés declara em seu cântico “O senhor é a minha força e a minha canção; ele é a MINHA SALVAÇÃO”Ex 15:2. Agora vamos o que Moisés ensinou sobre o sábado, mesmo antes do decálogo ser escrito, “que lhes explicou: “Foi isto o que o Senhor ordenou: ‘Amanhã será DIA DE DESCANSO, SÁBADO consagradoa o Senhor…”Ex16:23, depois de tantos anos o sábado permaneceu como dia de DESCANSO e SANTO,sim… as leis de Deus já existiam antes do decálogo pq “a tua justiça é eterna e a tua lei é a verdade”Sl 119:142 e “Há muito aprendi dos teus testemunhos que tu os estabelecestes para sempre”Sl119:152, bem Moisés reconheceu que a salvação dele vem so Senhor e que o Sábado é dia de descanso harmozando graça e lei como mais adiante visto lá em romanos quando paulo inspirado diz:”Anulamos então a lei pela fé? De maneira nenhuma, ao contrário confirmamos a Lei”Rm 3:31 e o mesmo tema em: “Pois vocês são salvos pela GRAÇA, por meio da FÉ, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguem se glorie.Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para FAZERMOS BOAS OBRAS”Ef 2:8-10, e o que são boas obras? inclúi a lei pois:”De fato a LEI É SANTA, e o MANDAMENTO É SANTO JUSTO E BOM”Rm 7:12 então a LEI e o MANDAMENTOS, são “SANTO” e o “MANDAMENTO É SANTO JUSTO E BOM”. ênfases minhas, e obrigado pela leitura.

      “AquiI ESTÁ A PERSEVERANÇA DOS SANTOS OS QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E A FÉ EM JESUS” Ap 14:12



  • horacio Kumba em 25 de junho de 2011 21:06

    Sou um inssensante visssualizante do vosso programa sou admirador e vivo em Angola



  • Marcelo de Seixas Cavalcante em 25 de junho de 2011 22:04

    Mateus 5 :17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas.Não vim para abolir mais para cumprir.



  • Cesar W. em 25 de junho de 2011 23:33

    Olá caros amigos do na mira da verdade, eu sou César e tenho 11 anos. Jesus é Deus nao podemos esquer, logos podemos ver isso em João capitulo 1. Mas Jesus veio para nos ”sauvar” do tempo da lei, mas ele tambem veio cumpri.



  • reginaldo lopes gomes em 26 de junho de 2011 13:30

    OI EU SOU REGINALDO E MORO EM SÃO GABRIEL DA PALHA ES , E A MINHA RESPOSTA Á PERGUNTA DO PROGRAMA É … NÃO DEUS NÃO ABOLIU A LEI MORAL DO NOVO TESTAMENTO PORQUE A LEI MORAL É A ESÊNCIA DO CARÁTER DE UM DEUS TRIUNO,E DEUS NÃO MUDA NEM VARIA DE POSISSÃO E AMÉM POR ISSO … ,



  • Jâmesson Pereira da Silva em 26 de junho de 2011 14:05

    Jesus falou que não era nem para pensar que veio descompri a lei e sim compri, ou melhor confirmar a lei. A lei que foi abolida, foi a lei de Moises, ou ver-mos hoje em dia mulheres sendo apredejadas quando cometem adúlterio.



  • Edson Galdino Soares Silva em 26 de junho de 2011 15:27

    O Senhor veio cumprir e não abolir, Mateus 5:17 – 20. Se me amais guadareis os meus mansdamentos. Joãso 14:15. aquele que diz que ama a Deus e não guarda os seus mandamentos é mentiroso. I João 2:4. A lei que foi cravada na cruz foi a cerimonial quando Cristo disse está consumado então o veu rasgou-se de altoa abaixo. Mateus 27:50 e 51.
    Sou Edson Galdino, faço parte da Igreja Adventista do Sétimo do Loteamento Delmário Braga el Lajedo – Pernambuco.
    hashtag#namiradaverdade



  • lucia ferraz mukaibata em 26 de junho de 2011 23:48

    jesus diz não vim mudar a lei mas sim cumprir, entre o velho testamento e o novo,jesus teve mais missericordia do povo pecador,as mulher que prostituiam éra apedrejada,jesus não deixou apedrejar madalena,no sabado apanharam milho e comeram e jesus não condenou,esta na biblia



  • ALÉCIO EPIFÂNIO SOARES em 27 de junho de 2011 0:38

    Caríssimos
    Leandro e Tito

    A Lei Moral o seja os 10 Mandamentos foram escritos pelo dedo de Deus(Êx 31:18) e consta no Livro de Êxodo 20: 3 – 17.

    A referida Lei Moral(10 Mandamentos) jamais foi abolido ou mudado por Deus, pois, Deus não muda(Malaquias 3: 6) diz: Eu sou o Senhor e não mudo.
    Portanto, fica patente que a Lei Moral não foi abolida por Deus

    Pergunta-se: E Jesus Cristo aboliu a Lei Moral?
    Resposta de Jesus: Não pensem que eu vim para abolir a Lei ou os ensinamentos dos Profetas, não vim abolir, mas vim para dar o sentido completo da Lei Moral(Mateus 5:17)

    Portanto, a Lei Moral ou seja os 10 Mandamentos escritos por Deus em duas(2) tábuas de pedra não foi abolida por Deus e nem tampouco por Jesus Cristo.

    A Lei Moral continua em pleno vigor e nós seres humanos precisamos cumprir a Lei Moral integralmente, pois, como disse Tiago 2:10:
    “Quem tropeçar em um só mandamento da Lei Moral será culpado de quebrar todos os mandamentos”.



    • leandroquadros em 27 de junho de 2011 19:39

      Caro Alécio,

      Suprimi a parte final de seu comentário por julgar ser algo particular. Escrevi a seu e-mail agora mesmo, ok?

      Obrigado por participar do “Desafio” do Na Mira. Aguardo teu retorno.



  • Marx Diego em 27 de junho de 2011 20:13

    Não sei se vale resposta aqui, mas aí vai…
    Se lermos João 8:55 percebemos que Cristo diz conhecer a Deus. Ora, pra Cristo afirmar isso Ele teria que estar de acordo com 1 João 2:4. Se assim não fosse, Jesus seria um mentiroso e pecador e não poderia ser nosso Salvador. Tambem Daniel profetisou sobre um rei que mudaria a Lei (Daniel 7:24 e 25). O Messias era aguardado como um Rei, porem esse Rei afirmou que não veio mudar a Lei (Mateus 5:17). Apesar de dizermos que vivemos pela fé em Cristo e pela Graça, Paulo afirma que a Lei é confirmada pela fé e não anulada (Romanos 3:31). Paulo não precisaria dizer uma coisa dessas se Jesus tivesse anulado a Lei na sua morte, seria uma parte inútil da Bíblia e em 2 Timóteo 3:16 é dito que toda a Escritura é Divinamente inspirada e útil.



  • Lucas em 27 de junho de 2011 22:41

    .Olá Leandro, tenho 12 anos e me chamo Lucas. Espero estar certo rs. Em Mateus 5:17 e 18, Cristo fala exatamente assim:(17) “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas;não vim para revogar,vim para cumprir”.(18)”Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem,nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra. Espero ter entrado na mira! Um abraço



    • alex em 19 de julho de 2011 23:19

      olá prof leandro admiro muito o seu dom pois vc o usa para o reino de Deus, quero lhe fazer uma pergunta a “senhora aparecida” que alguns cristãos dizem fazer milagres e que ela esta no ceu, eu acredito naqueles milagres, mas será que é DEUS que faz aqueles milagres? comente!



  • Humberto de alencar Pereira junior em 27 de junho de 2011 23:06

    Primeiramente agradeço a Deus pela oportunidade e liberdade de dividir meus pensamentos junto aos meus irmão na fé,
    A lei moral não só não foi abolida, como ela esta sendo reafirmada, poderia citar varios textos mas, o mais marcante é Apocalipse 12:17, neste vemos claramente a mulher representando a igreja, e o dragão (não vou nem comentar que é esse) e vemos que a gerra foi contra a descendencia da mulher, e eles tem duas caracteristicas, guardam os mandamentos e tem o testemunho de Jesus.
    Alem disso, nos basta seguir as palavras de Jesus ” Não vim abolir” vim para “Cumprir”, notem que as intençoes de Jesus era de fazer uma antitese com as palavra, ora esse Cumprir é o contrario de Abolir, logo, Jesus esta reafirmando que a lei continua valida.
    Caros irmãos, como previsto em Daniel 7 vemos que cuidariam de mudar os tempos e a lei, não caiamos no mesmo erro de Caim, Vamos oferecer o que nos é pedido e não o que achamos temos que dar.



  • Camila Pimentel em 28 de junho de 2011 15:19

    A Lei Moral não foi abolida apenas foi explicada e práticada por Jesus e longo depois por seus discipulos; De forma que agrada a Deus. Em Romanos13:8-10 nos fala que “Quem ama cumpriu a Lei”. “De sorte que o cumprimento da Lei é o amor. Galatas 3:15-21 nos fala da promessa de Deus para com Abraão e logo depois do surgimento da Lei nos tempos de Moisés, a Lei não veio para abolir a promessa, mas para nos alertar do Pecado.
    E logo em Galatas 4:21-31 nos traz mais uma luz do que o capitulo acima citado quer dizer.
    I Timóteo 1: 8-11 fala para que e quem serve a Lei Moral. Ou seja, estes textos foram todos tirados do NT e nos da a clareza do Porque? Pra quê? da Lei Moral de Deus Éxodo 20.



  • EZEQUIAS DOS SANTOS GEMAQUE em 28 de junho de 2011 16:48

    A LEI NO NOVO TESTAMENTO, NÃO FOI ABOLIDA.PORQUE JESUS NÃO VEIO REVOGAR, E SIM CUMPRIR: MATEUS;5:17-19
    QUEM DIZ QUE JESUS ABOLIO A LEI,PORQUE ELE CURAVA NOS SABÁDOS, É AMESMA COISA Q DIZER QUE JESUS PECOU. POS SE O PECADO É A TRANSGRESSÃO DA LEI..1JOÃO.3:4.
    DIZER QUI A LEI FOI ABOLIDA, E UM ATENTADO, CONTRA A SANTIDADE DE JESUS CRISTO.E COM CARÁTER DE DEUS.



  • adolfo mena em 10 de julho de 2011 13:34

    Saldo a todo com a graça de Cristo!
    Tenho prazer de estar na mira da verdade.
    Pergunta; A tantas religião,cada um confessando a sua fé.
    A Biblia fala que a uma só fé verdadeira. Efésios 4:5.
    Como podemos indentificar a igreja com a Fe verdadeira?
    Abraço a todos que esta na mira da verdade.
    Tenho grade adimirasção por este programa.
    Vejo muita luz nesta programa.



  • ADEILSON CERCHI DA COSTA em 12 de julho de 2011 16:13

    JESUS DEUS FILHO NUNCA MUDOU NADA

    O UNICO QUE MUDOU AS LEIS DE DEUS FOI O PAPA

    LEMBRE-SE DO DI ADE SABADO PARA SANTIFICAR

    LEMBRE PORQUE ELE PODERIA SER ESQUECIDO;



  • adolfo mena em 14 de julho de 2011 1:43

    Mais que a de errado com a lei? porque tem muita gente que não gosta da lei.
    Quando fala em mandamento ficam furiosos.
    Noto que são poucos as religião que prega a lei.
    Acho muito estranho ter que aceitar abolição da lei,pelo fato de a inda existir o pecado.
    vejo que esses irmão. Da um show quando se trata de ensinar sobre mandamento.
    Vale apena ler estes comentário. Vejo muita razão bíblica.
    To vendo aí que é besteira falar mau da lei.
    Vejo muita luz quando vejo vocês da novo tempo ensinar.
    Este programa esta sendo uma bênção PA ensinar a bíblia.
    Um abraso PA todos que esta na mira da verdade.



  • Arlete em 14 de julho de 2011 17:36

    Como posso acreditar na volta de Jesus, só através de sinais de guerra, violência como vimos na propria bíblia que desde o começo do mundo já existe isso.



    • laisep em 17 de julho de 2011 14:38

      Amiga Arlete, segundo estes acontecimentos apenas realmente não podemos acreditar que a volta de Jesus esteja próxima, mas graças a Deus não são apenas estes acontecimentos que mostram que a vinda de Jesus está próxima. Segundo Mateus 24,, Mateus 7, II Tim 3, além de guerra, terremotos, vemos muitos falsos profetas curando, fazendo sinais e prodígios, usando o nome de Deus para expulsar demônios, vemos também que nos últimos dias as pesoas iam estar mais amigas dos prazeres mundo do que de Deus, pessoas obstinadas, presunçosas, caluniadoras blasfemas … pessoas sem amor, filho contra pai, pai contra filho,… a ciência se multiplicando… e por aí vai. É um conjunto de coisas, perceba que nada disso está isolado e se formos analisar bem, o mundo de uns 10 anos para cá mudou e muuuuuito. Eu percebo como a nossa vida há uns 20 anos era mais simples, as pessoas eram mais confiáveis, os filhos eram mais obedientes, casos de crimes odiondos eram raros, não havia essa busca pelo consumismo, a ciência não nos dava tantas opções, os políticos corruptos eram alguns, as Igrejas eram poucas, há uns 20 anos atrás não havia essa quantidade absurda de milagres e maravilhas acontecendo, os pastores não ganhavam tanto dinheiro com teologias absurdas, a econimia de países grandes como os EUA, em decadência, a vida a cada dia tão difícil de ser ganhar… o mundo mudou tanto que só confirma o que a Bïblia predisse.
      A Bíblia também diz que no finalzinho as pessoas iam começar a se movimentar quanto as questões de paz e religiosas, observamos que poucos ou quase ninguém tem alguma noção de que o mundo está acabando, há mais de 20 anos atrás apenas os adventistas falavam em Volta de Jesus, hoje, quase todas as Igrejas falam nesse tema, existem filmes, cruzadas evangelísticas, movimentos nas Igrejas que nunca existiram, inclusive dentro da nossa Igreja adventista. Hoje estamos mais centrados, procuramos usar a mídia e todos os meios para a pregação do evangelho, pessoas estão sendo movidas ao trabalho, o mundo está se mudando para receber esse desfecho. Noto também que a necessidade de Deus e de uma religião, se tornou uma preocupação e uma necessidade atual, o que antigamente não se pensava. Cara amiga, o mundo está tão ruim, tão pior que há 20 anos atrás, que as pessoas procuram algo mais, se acham mais vazias. Você não concorda comigo de que a sociedade está completamente mudada? Temas que eram proibidos antigamente e que hoje sào abertamente falados e debatidos com a maior naturalidade, onde hoje, atos, comportamentos errados e desaprováveis são vistos como normais… ? minha mãe dizia como era a vida na época dela e ela conta como o mundo era diferente, mas a preocupação dela era na nossa geração, pois ela percebia como o mundo estava mudando pra pior. Hoje, eu com 2 filhos, temo a vida dos meus filhos no mundo da maneira como está, sai de uma cidade grande como o Rio de Janeiro há 4 anos e escolhi morar, por opção, numa cidade menor, com menos atrativos e distrações mundanas, com pessoas menos maldosas e etc, mas infelizmente percebo que a dificuldade que eu sentia no Rio está chegando aqui, e outros tipos de problemas como depressão e até a busca pelo dinheiro é a mesma, isso tudo é resultado de como o mundo se degradou, tudo isso foi profetizado, tudo isso foi predito, falta muito pouco para o mundo ter o seu desfecho, acho que esse advento da ciência está propiciando isso, com a globalização o mundo está pouco a pouco recebendo a mensagem de que Jesus vai voltar e não somos apenas nós adventistas que falamos isso, hoje os evangélicos de modo geral, os noticiários, a mídia já está falando isso, eu só tenho que me alegrar e cumprir a minha missão. Cara amiga, se alegre, pois essa dificuldade vai ter fim em breve, VENHA LOGO SENHOR JESUS!



  • Laise em 14 de julho de 2011 20:01

    Desafio: Toda a religião pode conduzir a Deus?
    As religiões podem até nos apontar para Deus, mas nem todas contém a verdade ensinada na Bíblia, porque a verdade da Bíblia é uma só, Deus é 1 só. Alguns afirmam que todas as religiões salvam, mas seria o mesmo que afirmar que se fizermos qualquer coisa pra Deus, Ele aceita. Deus tem um povo especial que Ele define como: “aqueles que fazem a Minha vontade”. Deus pediu a Caim e a Abel um sacrifício, Abel ofereceu o que Deus pediu, mas Caim resolveu dar a Deus o melhor de seu trabalho, os melhores frutos, o resultado de seu esforço, o que ele queria, mas não deu o que Deus pediu, portanto, a oferta de Caim não foi aceita. A Bíblia nos diz em Mateus 7:21-23 que muitos que dizem Senhor, Senhor, muitos que operaram milagres, muitos que usaram o nome de Deus para expulsar demônios, muitos que fizeram estes prodígios, não serão aceitos por Deus, Jesus vai lhes dizer que NUNCA OS CONHECEU. Deus é específico, Ele nos pede que façamos a Sua vontade, não a nossa. Não podemos adaptar a Bíblia a nossa realidade, devemos nos adaptar a Bíblia porque nela está escrita qual a verdadeira vontade de Deus pra nós. Deus tem um povo em cada Igreja, mas esse povo é diferente, pois esse povo procura andar segundo a palavra de Deus. Deus é um só, assim como a verdade é uma só, não existem 2 ou mais verdades, apenas 1 e para todos aqueles que seguem a Palavra de Deus e oram buscando a Sua compreensão segundo o Espírito Santo, encontram a verdade, como está escrito na Bíblia em João 16:13.
    Abraços, Laise IASD Central de Passo Fundo



  • João batista em 17 de julho de 2011 5:34

    ORO para que Deus tenha piedade dos hereges e anti-cristos, daqueles que ensinam doutrinas aditivando palavras e termos à Biblia Sagrada, cobrando valores indevidos a suas denominações e segmentos, constrangendo seus fiéis a obediências desnecessárias e contrárias aos ensinamentos de Cristo desdenhando da piedade Divina e creditando sabedoria e profecias à pessoas que na verdade nada acrescentaram, mas apenas reproduziram, indevidamente, pensamentos alheios.
    ORO para que os pusilânimes tenham coragem de mostrar os pensamentos contrários e debater seus ensimentos com outras denominações, abertamente, para que se descubra a Verdade na Igreja de Deus a qual é prática saudável e digna de louvor, preconizada nas epístolas de Paulo. A base dos enganos se faz de forma sutíl em pequenas, leves e quase imperceptíveis mudanças de palavras, termos ou interpretações (castelos na areia onde abrigam-se milhares de incautos). Mas Ele terá a conta a cobrar destes que escravizam pela má interpretação. Coisa terrivel é cair nas mãos do Deus Vivo



  • Raquel Miranda Rocha em 20 de julho de 2011 20:29

    Eu acho que nem todas as religiões levam a deus, por que algumas dessas religiões naõ aceitam a biblia como um livro que foi inspirado por deus, e tem todas as respostas para as nossas perguntas,muitas religiões inventam coisas erradas para ensinar as pessoas coisas que não existem na biblia, e muitos por não conhecer a verdade, caim na cilada do inimigo sendo enganadas por ensinos falsos, como a imortalidade da alma e que ensinam a doutrina da prosperidade , e a existencia do inferno . Raquel



  • malu em 21 de julho de 2011 22:05

    olá abençoados!sou cristã e a cada dia faço renúncias para agradar ao meu Deus,pois ele é o único digno de toda honra e toda glória.A novo tempo tem me ajudado muito a crescer espiritualmente.Jesus em momento nenhum disse que estava riscando algunha lei .Pois ele mesmo veio para cumpri-lasQuem tem o discernimento do espirito santo sabe muito bem como Deus agrada daquele que é um servo fiel e adorador somente dele.porque religião não salva mas os 10 maqndamentos sim.O nosso Deus não mudou e nem seus ensinamentos.pena que alguns cantores gospel estão induzundo o povo a idolatria,dando autógrafos.Desvia a atençao de Jesus para eles.Nas minhas orações sempre peço a Deus para abençoar a todos voçes pois são muito verdadeiros e fazem de tudo para mostrar a verdade que muitos tem medo de falar.obediencia a Deus! um abraçoa a todos.Jesus ama vcs e eu tb amo a Jesus e vcs tb!.



  • MANUELISON FAGUNDES em 22 de julho de 2011 18:22

    QUE DEUS ABEÇOE O SENHORES PELO MARAVILHOSO TRABALHO QUE E FEITO NA TV NOVO TEMPO… É BOM VER QUE O SENHO JESUS TEM CAPACITADO O SEU POVO… FICO FELIS EM VER QUE DE FORMA DINAMICA ECHAMATIVA A MENSAGEM TEM SIDO LEVADA A MUITOS CRENTES… TENHO ORADO PELO PRAGAMA NAMIRA, PARA QUE O NOSSO DEUS CONTINUI CAPACITANDO O SENHO LEANDRO QUEDOS E DERRAMANDO SOBRE ELE SABEDORIA ASSIM COMO FES COM O SABIO SALOMÃO… ABRAÇO A TODOS… E AI VAI UMA DUVIDA MINHA… PASTO SEI QUE ESITE DEUS PAI, FILHO E ESPIRITO. DEVEMOS ORAR ADEUS EM NOME DE JESUS PARA QUE O ESPIRITO COM GEMIDIS INESPRIMIVEI APRESENTE NOSSAS ORAÇOES AO PAI… EU ESTARIA AGINDO ERRADO SE APRESENTACE UMA ORAÇÃO DIRETA A CRISTO OU AO ESPORITO SANTO. SERIA UMA OFENÇA A DEUS…
    ABRAÇOS…



  • leila aparecida vieira em 17 de novembro de 2011 23:23

    sou católica praticante,amo minha religião,mas gosto muito de ouvir seus programas,principalmente na Mira da Verdade eas aulas biblica,aprendo falo de voçes em rodas de amigos,procuro colocar na minha vida muitas palavras que ouço de voçes.Muito obrigada e que nosso Deus continue abençoando a todos.



  • paulo em 28 de dezembro de 2011 9:26

    para que Jesus veio se vcs ainda vivem nos rudimentos da lei, sendo que a lei nada aperfeiçoou, de tal modo que foi introduzada uma melhor esperança na qual nos achegamos a Deus
    poreque o precedente mandamento foi ab-rogado pela sua fraqueza e inutilidade (o homem continuou a pecar , a matar , a roubar etc)
    Porque mudando o sacerdocio, é necessario tb que se mude a lei
    Essas palavras foi Paulo que escreveu, não fui eu



  • valdecy-artes@hotmail.com em 13 de janeiro de 2012 11:34

    Até agora não vi em vocês motivos para serem desafiados… Seu trabalho é 10 !!!



  • joel dias em 25 de agosto de 2012 15:50

    o quer dizer vigor? e o sabado e os outros dias sao do mesmo tamanho alem disso esse mandameto nao tem sentido mesmo porque o dia de sabado o senhor jesus esteve sepultado e ressucitou no domingo e que hoje e tido como dia de descanso e louvor a deus nao concorda?obrigado companheiros.



  • Carlos Gomes em 26 de dezembro de 2012 21:27

    ESSE É UM VERDADEIRO TESTIMUNO! MAIS UM, DIA 7 DE DEZEMBRO EU COMPLETEI 61 ANOS, NO DIA DO MEU ANIVESSÁRIO MEU MEDICO PASSOU UNS EXAMES DE SANGUE PARA SABER COMO ESTAVA MINHAS TAXAS DE TUDO, 7, HORAS E 15 MINUTOS FUI CHAMADO PELA ENFERMEIRA DA DIAGNOSE PONTA VERDE, MACEIÓ AL, QUANDO A ENFERMEIRA ENFIOU A AGULHA NA MINHA VEIA MIM SENTÍ MAL! OLHEI PRA ELA E PEDÍ QUE CHAMASSE UM MEDICO COM URGENCIA, POIS MINHA PRESSÃO ESTAVA INDO EMBORA, NÃO ELA FOI EMBORA! DESMAEI MAIS FIQUEI CONCIENTE OUVINDO TUDO QUE DISIAM, MINHA ESPOSA MUITO NERVOSA, E EU QUESTIONEI COM DEUS, SR. É ESSE O PRESENTE QUE ESTAIS MIM DANDO? ESTAIS PERMITINDO QUE EU VÁ EMBORA, MINHA ESPOSA ESTÁ AÍ! TENHA MISERICORDIA SR! HOJE EU ESTOU COMPLETANDO ANO, É ESSE O PRESAENTE? E ELE SUSSUROU NO MEU OUVIDO, NÃO O SEU PRESENTE É SEU RETORNO, PODE VOLTÁ, GLÓRIA A DEUS!!! 2 HORAS DEPOIS EU ESTAVA A CAMINHO DE CASA DIRIGINDO E GLÓRIFICANDO A DEUS, QUANDO MINHA ESPOSA MIM CONTOU TUDO QUE ACONTECEU FOI QUANDO MIM LEMBREI DA CONVERSSA QUE TIVE COM DEUS, OBRIGADO SR! POIS AGORA RENASCÍ E QUERO TE SERVÍ POR TODA MINHA VIDA, OBRIGADO!!!



    • J.Washington em 1 de abril de 2013 15:35

      Carlos, obrigado por compartilhar sua linda experiência. Sirva e se dedique a esse maravilhoso Deus!

      Deus seja louvado!

      Equipe Na Mira da Verdade



  • Renata lima em 22 de junho de 2015 23:11

    Gosto muito da forma como o pastor nos fala !!