INÉDITO:
  • QUA09:00
REPRISES:
  • DOM04:00
  • TER07:30
  • QUA21:00
  • QUI06:00
  • SEX10:00
  • SAB17:00

Chegou! “Na Mira da Verdade”, vol. 2


Queridos amigos:

Graças ao Bom Deus, meu segundo livro ficou pronto! Estou muito feliz e agradecido ao nosso Criador pela oportunidade. Sou grato também por tê-lo impresso na gráfica da Casa Publicadora Brasileira (CPB). Realmente, o trabalho do pessoal desta Editora é incrível!

Se quiserem conhecer o “Sumário” para saber mais sobre o conteúdo, acessem www.leandroquadros.com.br

Destaco que no primeiro capítulo abordo três tópicos:

– Como costumo estudar as Escrituras (muitos me perguntam isso e quero mostrar que não há mistério algum para aprendermos sobre a Bíblia);

– O perigo de a Bíblia ser apenas um instrumento de trabalho;

– O perigo de deixar de estudar a Bíblia por causa do pecado.

No capítulo 2 explico, dentro do contexto bíblico, textos de difícil interpretação. Já no capítulo três, respondo a perguntas gerais.

Obrigado por ser esse incentivo para a elaboração de materiais de estudo da Bíblia. Orem por mais esse projeto, para que seja uma bênção na vida das pessoas.

Deus os abençoe e guarde!

www.leandroquadros.com.br


Você está em : Novidades, Recados
Compartilhe:


Comente



  • Enoque A. O. Junior em 8 de janeiro de 2013 8:08

    Que Maravilha Prof. Leandro!!
    Mais uma benção de literatura saindo do forno, tenho o 1º volume e não deixarei de ter o 2º em minha biblioteca. Deus o abençoe Prof. Leandro, abençoe esse lindo ministério que você realiza e abençoe a todos da TV Novo Tempo.

    Grande abraço



  • João Batista Esteves em 8 de janeiro de 2013 22:27

    omo adquiro o dvd na mira da verdade 1 e 2 ???



    • Maiara Costa - Equipe em 15 de janeiro de 2013 17:11

      Olá amigo João!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Para adquirir o DVD do Na Mira da Verdade você pode entrar em contato com a gravadora Novo Tempo pelo telefone: 0300-789-11-11 ou pelo site: novotempo.com/loja.
      Para adquirir os dois volumes do livro, acesse: leandroquandros.com.br
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • paulo cesar martins em 8 de janeiro de 2013 22:46

    adoro seu programa tira muitas duvidas mas eu não concigo entender comer carne vermelha e pecado a onde esta escrito na Bibria sagrada não foi liberado comer de tudo menos o sangue por-que e a alma do animal e uma curiosidade a igreja adventista e racista falo assim porque voces tem uma profetiza racista que achava que o casamento misto entre negros e brancos seriam uma vergonha imperdoavel para os filhos e que jamais os filhos deles o perdoaria



    • Maiara Costa - Equipe em 15 de janeiro de 2013 17:09

      Etimado amigo e irmão em Cristo Paulo Cesar!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por suas participação e por fazer parte da familia Na Mira da Verdade.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Primeiramente nós Adventistas do Sétimo Dia não pregamos que o comer carne vermelha seja pecado, pois dentro da lista de animais autorizados por Deus naquela ocasião (Levítico 11 e Deuteronômio 14) o consumir as carnes limpas não era pecado. Contudo nós cremos que uma alimentação saudável (vegetariana) como parte de um estilo de vida saudável é mais recomendável para podermos ter uma melhor comunhão com Deus (Gênesis 1:29,30; 1 Tessalonicenses 5:23), pois o tipo de alimentos que comemos pode interferir em nossa comunhão.
      Segundo: Lendo o que Ellen White escreveu em Mensagens Escolhidas – vol. 2 nas páginas 343 e 344 tem-se a impressão de que foi expresso ali um preconceito racial.
      Vejamos o texto:

      “Mas há uma objeção ao casamento da raça branca com a negra. Todos devem considerar que não têm o direito de trazer à sua prole aquilo que a coloca em desvantagem; não têm o direito de lhe dar como patrimônio hereditário uma condição que os sujeitariam a uma vida de humilhação. Os filhos desses casamentos mistos têm um sentimento de amargura para com os pais que lhes deram essa herança para toda a vida”.

      A compreensão de que ela foi racista está longe da verdade!
      Por exemplo: Em vários lugares ela menciona que para Deus todas as raças têm igual valor.

      “O Senhor considera com compaixão as criaturas por Ele criadas, não importa a que raça pertençam. Deus ‘de um só fez toda raça humana para habitar sobre toda a face da Terra’”. Falando a Seus discípulos, disse o Salvador: “Vós todos sois irmãos. Deus é nosso Pai comum, e cada um de nós é guarda de seu irmão”. Review and Herald, 21 de janeiro de 1896.

      “O nome do negro está escrito no livro da vida, junto do nome do branco. Todos são um em Cristo. O nascimento, a posição, nacionalidade ou cor não pode elevar nem degradar os homens. O caráter é que faz o homem. Se um pele-vermelha, um chinês ou africano rende o coração a Deus em obediência e fé, Jesus não o ama menos por causa de sua cor. Chama-lhe Seu irmão muito amado”. The Southern Work, pág. 8, escrito em 20 de março de 1891.

      O conselho que ela deu no sentido de não haver casamento entre brancos e negros, precisa ser entendido à luz da sociedade e da cultura do século passado, particularmente nos EUA.
      Naquele país a segregação racial era enorme. Haja visto que homens como Martin Luther King e outros tiveram que lutar bravamente para desfazer o preconceito racial.
      Entendendo a cultura da sociedade de sua época, Ellen White, expressou algo incontestável: “que os filhos de uniões mistas sofreriam muito”. Devido a isso ela mencionou que recebeu no início de seu ministério orientação do Senhor de que os pais não tinham o direito de dar aos filhos esta herança de humilhações!
      Felizmente a sociedade mudou para melhor neste aspecto de segregação racial. Hoje os filhos de casamentos mistos não são mais objeto de tanta discriminação.
      Precisamos lembrar que os escritos de qualquer pessoa, sejam dos escritores bíblicos, seja de Ellen White, precisam ser estudados no contexto em que eles foram produzidos. Se não fizermos isto estaremos sendo injustos com a pessoa que não está presente para defender-se.
      Não necessitamos nos preocupar com pessoas que não entendem estas declarações, ou até mesmo com aqueles que “torcem” e complicam o que não está muito claro. A base da compreensão doutrinária Adventista não está em Ellen White. Nossa base é totalmente bíblica. Apenas a reconhecemos como alguém escolhida pelo Senhor como uma profetiza para benefício da geração presente.

      Há suficientes evidências nos 70 anos de ministério de Ellen White, e nas milhares de páginas por ela escritas, de que ela foi uma fiel mensageira do Senhor. Ela sempre exalta a Jesus como o líder da igreja e como um Salvador amoroso, compassivo e misericordioso, capaz de salvar todo aquele que se aproxima dele. Nós não podemos nos desviar do centro de nossa mensagem. O centro é Cristo.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • niedja carla gualberto em 9 de janeiro de 2013 23:11

    tenho a primeira edição e amei realmente É DEUSque estar no comando deste programa e livro.vou compra o segundo tb ,da pai sabedoria pra compreendelo.felicidades professor.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de janeiro de 2013 9:16

      Olá Niedja!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por seu carinho e confiança nesse ministério.
      Que a cada dia você possa crescer mais na graça e conhecimento de nosso Senhor (2 Pedro 3:18).
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • alexandre em 10 de janeiro de 2013 15:08

    Que seja mais um sucesso abençoado por Deus e com certeza fará diferença na vida de muitos que adquirirem este segundo volume.
    Abraços a equipe toda.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de janeiro de 2013 8:53

      Olá amigo e irmão em Cristo Alexandre!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por seu carinho e confiança nesse ministério.
      Que a paz do Senhor esteja hoje e sempre em seu coração.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Halef Narciso em 11 de janeiro de 2013 11:14

    Mais uma benção na vida de todos nós, professor.
    “Na Mira da Verdade” quão somente tem sido uma escola onde tiramos nossas dúvidas bíblicas crescendo espiritualmente.



  • ALIPIO BITENCOURT OLIVEIRA em 11 de janeiro de 2013 20:38

    Gostaria de receber a revista Principios, no meu endereço, Rua 2 Julho, 498, Banco Vitória, Ilhéus, Bahia..
    Sou presbiteriano e gostaria de receber a revista para esclarecer algumas duvidas.

    Att,

    Dária Cristina.



    • Maiara Costa - Equipe em 15 de janeiro de 2013 15:38

      Olá Dária!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigado por seu carinho e participação.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Para adquirir a revista Verdades para o Tempo do Fim você poderá acessar o blog e ao lado direito da tela, poderá solicitar a revista gratuitamente.
      Ou também pode enviar todos os seus dados como:
      Nome Completo (sem abreviações):

      Data Nascimento:

      Nome Completo da Mãe:

      CPF:

      E-mail:

      Endereço Completo: (rua, nº da residência, bairro, cidade, estado e CEP)

      Telefone Residencial: (Com DDD)

      Celular: (Com DDD)

      Estado Civil:

      Religião ou igreja que frequenta?

      Nome do curso desejado:

      Como conheceu a Novo Tempo (Internet, Radio ou TV) e através de qual programa?

      Se foi através da TV, em qual canal você nos assiste? (Canal 14 – SKY ou canal aberto)?

      Envie esses dados para o e-mail: namiradaverdade@novotempo.com

      Será uma grande alegria repartir esse material com você.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • DANIELE ALMEIDA em 12 de janeiro de 2013 4:48

    GRAÇA E PAZ

    VIM PROCURAR ESSE ENDEREÇO PORQUE MEU PAPAI É EXIMIO FÃ DO PROGRAMA NA MIRA DA VERDADE. SE POSSIVEL POR FAVOR MANADA UM ABRAÇO PARA ELE SEU NOME É ENOQUE PEREIRA DE GARANHUNS.
    GOSTO MUITO DE LER, TENHO LIDO A BIBLIA DESDE QUE ME CONVERTI A QUATRO MESES, E FICO FELIZ QUE ALGUÉM UNGIDO POR DEUS REALIZE ESSE TRABALHO DE AJUDAR AS PESSOAS A COMPREENDER A BÍBLIA.
    DEUS CONTINUE ABENÇOANDO VOCÊS E CUIDANDO PARA QUE CADA VEZ MAIS, PESSOAS BUSQUEM A DEUS, POIS COMO JESUS FALOU TODO AQUELE QIE O PROCURA O ENCONTRA-RÁ.
    GOSTARIA DE SABER UM POUCO MAIS SOBRE COMO ESTAR E PERMANECER NA PRESENÇA DO ESPIRITO SANTO POR TODO DIA, MESMO COM TODAS AS RESPONSABILIDADES E PROVAÇOES DO DIA. E COMO É POSSIVEL CADA VEZ MAIS CONTROLAR A LÍNGUA?



    • Maiara Costa - Equipe em 15 de janeiro de 2013 15:11

      Estimada amiga e irmã em Cristo Daniele!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Muito obrigada por sua participação, palavras carinhosas e respeito pelo nosso trabalho.
      Que a cada dia você possa crescer mais na graça e conhecimento de nosso Senhor Jesus (2 Pedro 3:18).
      Pode ser que demore um pouco até esse abraço ser mandado, pois o programa só voltará a ser ao vivo a partir do mês de março.
      Adorar é ter um encontro com Deus, sendo assim o Pai está buscando aqueles que o adorem independente de estar no templo ou não (João 4:21,22,23), ou seja, podemos adorar a Deus em qualquer lugar onde estivermos e uma forma muito eficaz pela qual podemos passar o dia na presença de Deus é estando em oração (Efésios 6:18; 1 Tessalonicenses 5:17). Podemos elevar os nossos pensamentos a Deus a qualquer momento e em qualquer lugar, pois orar é buscar e conversar com Deus como se faz a um amigo.
      Clamar pelo batismo do Espírito Santo que deve ser diário, pois precisamos de salvação todos os dias (1 Coríntios 10:12), e o batismo do Espírito Santo é o que nos capacita a vivermos a vida em conformidade com a vontade de Deus.
      Separar tempo para estar a sós com Deus a cada dia estudando a Sua Palavra (Salmo 119:9,105; João 5:39; 17:17; Atos 17:11; 2 Timóteo 3:15-17).
      Testemunhar aos outros das maravilhas operadas por meio do Espírito em Sua vida (Atos 1:8).
      Querida amiga mansidão e domínio próprio é o fruto que o Espírito Santo desenvolve em nosso caráter (Gálatas 5:22,23). E para ter controle sobre a língua é somente entregando-a a Ele, faça a mesma oração sincera que o profeta Isaías fez no capítulo 6 versos 5,6 e 7 e peça para que os seus lábios,a sua língua seja tocada com a brasa viva tirada do altar.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Delterivaldo Lopes Vieira em 12 de janeiro de 2013 13:01

    O amor de Deus é tão grande para com o homen que é impossível ser compreendido. As vezes as pessoas fazem um simples comentário a seu respeito e você já acha difícil reatar sua amizade, já acha dificil perdoa-la pelo comentário indesejado. Isto é só uma prova de que somos para nós mesmo tão medíocres, pequenos, insignificantes, sofrível, intolerável. Mas mesmo com tudo isso, somos a coisa mais valiosa para Deus neste mundo. Orar e pedir perdão para Deus pelo que somos.



    • Maiara Costa - Equipe em 15 de janeiro de 2013 14:29

      Olá amigo Delterivaldo!
      Muito obrigado por sua participação e por fazer parte da familia Na Mira da Verdade.
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Realmente nós somos seres falíveis, imperfeitos, blasfemos, perseguidores, insolentes e etc, mas graças a Deus que temos Cristo que transborda sobre nós a Sua salvação e nos possibilita a cada dia termos desenvolvidos em nós o Seu caráter (2 Coríntios 3:18; Filipenses 1:6).
      Que Deus seja sempre louvado e glorificado por tamanho amor.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Joel Cardoso em 15 de janeiro de 2013 15:04

    Não há limites para uma seita espalhar heresias.Aos que tem duvidas leiam “A profetisa que falhou” do Pr.Natanael Rinaldi,o pior cego é o que não quer ver.(Se tiverem conciência e forem honestos com vocês mesmos,publiquem o meu comentário.Ou só postem comentários “aguá com açúcar” como as perguntas do na mira da mentira.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de janeiro de 2013 8:21

      Olá amigo Joel!
      Que a paz do Senhor esteja sempre em seu coração.
      Se você tiver interesse em conhecer melhor o ministério de Ellen White, acesse: http://novotempo.com/namiradaverdade/2009/12/19/resposta-ao-pastor-natanael-rinaldi-do-instituto-cristao-de-pesquisas-parte-1/
      E vá a fonte primária como o livro: Mensageira do Senhor de Herbert Dougllas da editora CPB.
      Contato: 0800-979-06-06 ou cpb.com.br
      Que as nossas opiniões sejam sempre firmadas em estudos feitos em fontes primárias e em conhecer o trabalho de alguém por si mesmo e não apenas baseado na opinião dos outros. Essa é a atitude de um genuíno pesquisador.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Marcos Vinícius em 15 de janeiro de 2013 17:17

    Maiara Costa, Leandro Quadros e todos da equipe Na Mira da Verdade, Parabéns pelo maravilhoso trabalho de transmitir o verdadeiro evangelho de nosso querido amigo e Senhor Jesus Cristo. CLAMOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, PEÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, INSISTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO POR FAVORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR RESPONDAMMMMM MEU EMAIL QUE MANDO PARA A ESCOLA BÍBLICA E NA MIRA DA VERDADE, NINGUÉM TEM ME RESPONDIDO JÁ A MESESSSSSSSSSSSSSS POR FAVOR. SAIBAM QUE A FÉ TEM DESFALECIDO POR ISSO, POR FAVOR!!!!!!!! RESPONDAM, Maiara confio em vc confira pra mim os emails que eu mandei e por favor respondam minhas duvidas! Obrigado tenho duvidas, perguntas, mas adianta mandar pro programa?



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de janeiro de 2013 8:17

      Olá amigo e irmão em Cristo Marcos Vinícius!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a paz do Senhor esteja hoje e sempre em seu coração.
      Pedimos desculpas por não termos esclarecido as suas dúvidas ainda. Isso ocorre não por descaso, de maneira nenhuma, mas sim porque temos muitos comentários para moderar e nem sempre conseguimos atender a todos ao mesmo tempo e também estava de férias e voltei a semana passada.
      Seria muito incomodo pedir à você que reenvie as suas dúvidas? Pois se isso for possível conseguiria respondê-lo com mais rapidez.
      Agradecemos muito o seu carinho e confiança em nosso ministério.
      Saiba que estamos aqui para serví-lo.
      Que Deus continue te abençoando grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



      • Marcos Vinícius em 17 de janeiro de 2013 13:02

        Maiara Costa, lá vai a questão: Em 1Corintios 10:25-26 é dito com todas as letras que podemos comer de tudo que se vende no mercado! eu estudei todo o contexto, e é claro, vi que o assunto ali não é carne pura ou imunda, mas alimentos oferecidos a ídolos. Mesmo assim no verso 26 Paulo usa de argumento que podemos comer todo tipo de carne que vende no mercado porque tudo foi criado por Deus! Já ouvi a explicação “que no mercado Judeu de
        Corinto só se vendia alimentos puros por isso Paulo disse isso”, mas mesmo assim como harmonizar o versículo 26 com Levítico 11 e Deuteronômio 14? Como harmonizar I Corintios 10:25-26 com Levitico 11 e Deuteronimio 14? Afinal, A Santa Escritura tanto, no novo, como, no antigo testamento, diz que é pecado comer alimentos imundos? Existe alimentos imundos no novo testamento? entendeu Maiara o problema é o versículo 26 Paulo usa o argumento que tudo foi criado por Deus e por tanto tudo deve ser comido, está claríssimo no texto isso, como então harmonizar levítico 11 e deuteronômio 14?

        Por Favor, me respondam <3

        ……………….Obrigado e Parabéns pelo maravilhoso trabalho de vocês…………………….

        Digno é o Cordeiro de receber toda gloria, honra e louvor! Amém.



        • Maiara Costa - Equipe em 18 de janeiro de 2013 10:13

          Olá Marcos!
          É uma grande satisfação poder manter contato com você.
          Muito obrigado por seu carinho e confinça nesse ministério.
          Que a graça e a paz do Senhor esteja sempre com você.
          O versículo 26 em minha Bíblia que é a versão Revista e Atualizada 2° edição, diz o seguinte:”Porque do Senhor é a terra e a sua plenitude”.
          Levando em considerção esse versículo em isolado será que Paulo está querendo dizer que não havia mais distinção de alimentos?
          Bom precisamos lembrar quem era Paulo, vejamos o texto de Filipenses 3:5,6 que diz:”Circuncidado no oitavo dia de vida, pertencente ao povo de Israel, à tribo de Benjamim, verdadeiro hebreu; quanto à Lei, fariseu; quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na Lei, irrepreensível.
          Ou seja, isso significa que Paulo jamais se alimentaria de alimentos impuros, pois conhecia muito bem as leis dietéticas deixadas por Deus em Levítico 11 e Deuteronômio 14 (2 Timóteo 3:16- quando Paulo escreveu esse texto se referia ao Antigo Testamento, pois o Novo não existia ainda).
          O verso 26 tem que ser entendido à luz do contexto do capítulo 10 que começa no capítulo 8, a questão ali era os alimentos sacrificados a ídolos. E quando o texto está dizendo comei de tudo porque do Senhor é a terra e a sua plenitude, devemos compreender que esse tudo está dentro do contexto dos animais limpos separados pelo próprio Deus (Gênesis 7:1-3).
          O que era impuro no Antigo Testamento continue sendo impuro no Novo Testamento, pois as leis dietéticas de saúde não eram questões culturais, mas sim universais.
          Os alimentos devem ser santificados pela palavra de Deus e oração (1 Timóteo 4:5), será que a Bíblia santifica, por exemplo, a carne de porco?
          “Esse povo que sem cessar me provoca abertamente, oferecendo sacrifícios em jardins e queimando incenso em altares de tijolos; povo que vive nos túmulos e à noite se oculta nas covas, que come carne de porco, e em suas panelas tem sopa de carne impura”. Isaías 65:3-5-NVI (Nova Versão Internacional).

          “Vejam! O Senhor vem num fogo, e os seus carros são como um turbilhão! Transformará em fúria a sua ira e em labaredas de fogo, a sua repreensão. Pois com fogo e com a espada o Senhor executará julgamento sobre todos os homens, e muitos serão os mortos pela mão do Senhor. Os que se santificam e se purificam para entrarem nos jardins após a deusa que está no meio, que comem carne de porco, coisas abomináveis e rato serão consumidos, diz o SENHOR.” Isaías 66:15-17.

          Perceba que a Bíblia, a palavra de Deus não santifica a carne de porco que é uma carne considerada por Deus imunda como algo santificado.
          O verso 26 de 1 Coríntios 10 tem que ser entendido a luz do contexto e de tudo o que a Bíblia tem a dizer sobre o assunto, sendo assim não contradiz Levítico 11 e Deuteronômio 14.
          Que Deus te abençoe grandiosamente.
          Um forte abraço.
          Equipe do Na Mira.



          • Marcos Vinícius em 18 de janeiro de 2013 14:18

            Muito Obrigado, Maiara Costa e toda Equipe do Na Mira que o Criador, Salvador e Mantedor: Jesus Cristo esteja nesse honrado Ministério, QUE COM ABSOLUTA CERTEZA é do Espírito Santo………………………. Louvado Seja Jeová Triuno! Amém………………………



          • Maiara Costa - Equipe em 4 de fevereiro de 2013 15:45

            Estimado amigo e irmão em Cristo Marcos Vinicius!
            É uma grande satisfação poder manter contato com você novamente.
            Que a graça e a paz de Cristo permaneça sempre em seu coração.
            Agradeço palavras tão inspiradores e carinhosas e muito obrigado pelo carinho e confiança nesse ministério.
            Conte conosco para o que precisar.
            Que Deus continue te abençoando grandiosamente.
            Um forte abraço.
            Equipe do Na Mira.



  • Neidian Kock porfirio em 15 de janeiro de 2013 22:32

    Olá amigos do Na Mira da verdade. A paz do Senhor Jesus

    Amo assistir pela tv (sky) esse programa, tem me ajudado muito a tirar duvidas a me tornar uma pessoa melhor em Cristo jesus. Que Deus continue a abencoar voces de maneira grandiosa. Um grande abraço.



    • Maiara Costa - Equipe em 16 de janeiro de 2013 8:11

      Olá Neidian!
      É uma grande satisfação para nós manter contato com você.
      Muito obrigado pelo seu carinho e confiança em nosso ministério.
      Conte conosco para o que precisar.
      Que a cada dia você possa crescer mais na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus (2 Pedro 3:18).
      Que Deus continue te abençoando.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Lucas Farias em 16 de janeiro de 2013 13:04

    minha tia gosta muito do programa e eu quando posso assisto
    Deus seja louvado



    • cristiano leandro queiroz da silva em 19 de fevereiro de 2013 9:46

      graça e paz
      sou novo convertido e tenho buscado apalavra incansavelmente tenho duvidas sobre o setimo dia e que tenho um serviço que trabalha as sabados como devo fazer e outra coisa que não consigo deixar é a pornografia na internet isso me deixa muito desanimado e arrepaendido eu estou a seis meses frequentendo uma igreja vou a todos os cultos mais as vezes eu me sinto envergonhado pelo fato da pornografia mais eu ainda não sou batizado não mais eu creio que depois do batismo nascerei nova criatura e as coisas velhas não existiram mais essa é minha esperança pois os vicios eu estou conseguindo largar menos a pornografia que me deixa muito triste comigo mesmo quando eu vejo pornografia na internet sinto um aarrependimento tão grande que tenho vergonha de ir a igreja adorar o senhor pois acho que não é justo por favor orem por mim sobre este assunto e por favor tirem minhas duvidas .
      desde ja agradeço a todos obrigado



      • Maiara Costa - Equipe em 1 de outubro de 2013 10:50

        Olá estimado amigo Cristiano!
        Muito obrigado por seu contato com o Na Mira da Verdade.
        Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
        A seguir farei algumas considerações em relação aos seus dois principais questionamentos. Vamos às respostas:

        1) Quero guardar o sábado, mas tenho que trabalhar o que devo fazer?

        Compreendo exatamente a luta que você está enfrentando, visto que muitos filhinhos sinceros de Deus estão tendo contato com a palavra da verdade e estão por meio dela se confrontando com verdades que nunca tiveram oportunidade de conhecer antes e assim, sendo postos em grandes dilemas e pontos de decisões. Estão conhecendo doutrinas bíblicas que não são pregadas pela maioria das igrejas dentre elas o sábado e naturalmente surge a pergunta: “Como posso me manter fiel ao quarto mandamento, sustentar a minha família e manter um emprego? A grande dificuldade para muitos hoje não está em aceitar o princípio bíblico da guarda do sábado, mas sim praticar o mandamento.

        Faça o que estiver ao seu alcance para permanecer fiel a Deus, mas como?
        Se preciso for tente entrar em um acordo com a sua empresa, oferecendo-se para trabalhar horas a mais durante a semana ou até meso domingos e feriados de acordo com a disponibilidade da mesma, mostre à eles que a sua intenção não é prejudicar a empresa por causa de sua fé, mas sim beneficiar, ou se for o caso procure outro emprego, se desfaça de coisas que possam trazer dívidas e confie em Deus, pois Ele tem planos para sua vida e deixe que no limite das impossibilidades O Senhor atue, pois é especialista nisso, não havendo para Ele impossíveis (Mateus 19:26).

        Fazendo a sua parte e permanecendo fiel ao Senhor, com certeza poderá confiar nas promessas que Ele deixou:
        “Honrarei aqueles que Me Honrarem”. (1 Samuel 2:30).

        “Abençoarei o homem que tomar uma decisão firme de não trabalhar nos sábados para não profaná-lo, e de vigiar a sua mão para não fazer o mal”. Isaías 56:2.

        “Já fui moço, agora sou velho, mas nunca vi o justo ser abandonado pelo Senhor, nem seus filhos mendigarem o pão”. Salmos 37:28.

        “E o meu Deus suprirá todas as suas necessidades, por meio das suas gloriosas riquezas em Jesus Cristo”. Filipenses 4:19.

        “Pois é capaz de fazer muito mais do que jamais ousaríamos pedir ou mesmo imaginar, infinitamente além de nossas mais altas orações, anseios, pensamentos ou esperanças”. Efésios 3:20.
        Esse é o Deus ao qual escolhemos servir e Ele é fiel, creia nisso.

        2) Tenho vergonha de estar na igreja por ser viciado em pornografia.

        Eu tenho uma boa nova para você amigo a igreja não é lugar para pessoas sem pecado, mas sim para pecadores desesperadamente necessitados de salvação (Lucas 19:10). Veja o que a Palavra de Deus tem a dizer à você hoje:

        “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores”. Marcos 2:17

        Sendo assim amigo, não deixe de congregar, pois aquele que vai à Jesus de maneira nenhuma Ele o lança fora (João 6:37).

        Em relação ao seu problema com pornografia há decisões que você com a ajuda do Espírito Santo pode tomar hoje:

        Viver uma vida pura, afastando-se da promiscuidade sexual. (1 Ts 4:1- Biblia Mensagem).

        Não colocar seus olhos em coisas impuras (Sl 101:3).

        Tirar as maldições de dentro de casa (Dt 7:26).

        Cortar o mal pela raiz (Mateus 5:29)

        Essas são pequenas ações que você pode fazer hoje mesmo com a ajuda de Deus, em outras palavras, fugir da tentação, sair do caminho da tentação. Se considerar que a situação está completamente fora de controle, busque ajuda profissional com um bom terapeuta cristão, isso também poderá ajudá-lo a vencer esse vício.

        Despeço-me com dois textos bíblicos para reflexão:

        “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos”. Provérbios 4:23 –NTLH.

        “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas”. Filipenses 4:8

        E pode ter certeza que o Espírito Santo operará em você tanto o querer como já está fazendo e também o realizar.

        Que Deus te abençoe grandiosamente.
        Estaremos orando por você.
        Um forte abraço.
        Equipe do Na Mira



  • José Garção em 16 de janeiro de 2013 14:20

    José garção disse:

    Elias e o Sinal de Deus
    “Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;
    E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição. Mal. 4:5,6”
    O Profeta Elias tornou-se numa figura do Remanescente, que tem como missão preparar o povo de Deus para a Segunda Vinda de Jesus. Veremos ao longo deste estudo essa verdade e a semelhança que houve entre o seu tempo e o tempo presente.
    O Povo de Israel estava numa condição espiritual deplorável, encontrando-se em oposição ao Senhor seu Deus, quando pensavam que o estavam servindo. “…Até quando coxeareis entre dois senhores?” Este desafio de Elias ao povo revela o engano de seu coração, cuja condição era ainda mais probante, porque em seu conhecimento, este povo julgava que ao adorar Baal, estava adorando o próprio Criador. O culto a este falso deus tinha começado no seio do povo que Deus tirara do Egipto, logo após a morte de Josué.
    “E deixaram ao SENHOR Deus de seus pais, que os tirara da terra do Egito, e foram-se após outros deuses, dentre os deuses dos povos, que havia ao redor deles, e adoraram a eles; e provocaram o SENHOR à ira.
    Porquanto deixaram ao SENHOR, e serviram a Baal e a Astarote. Juízes 2:11-13“
    A adoração a esta divindade pagã em Israel atingiu seu clímax no tempo de Elias, com a chegada ao trono de Acabe, que casara com Jezabel, filha do rei de Sídon e que tinha entre suas divindades este deus. Por sua vez a rainha, chegada ao reino, influenciou uma tal reforma na religião do povo, que seu principal esforço foi substituir o Deus de Israel, O Único e verdadeiro Deus, por Baal, o falso deus. Para atingir seus propósitos valeu tudo, começando por matar os profetas do Senhor, substituindo-os, por outros de sua escolha e que cumprissem seu desígnio. Estes eram destituídos de princípios, pois eram dos “ mais baixos do povo”, pessoas sem qualquer compromisso com os valores que orientam a vida. Mentir, enganar, matar, expulsar e eliminar a verdade e os verdadeiros adoradores do Senhor, eram armas entre outras usadas para a implantação total da idolatria. Seu sustento era garantido pela rainha, à custa dos impostos cobrados à nação.
    “E sucedeu que (como se fora pouco andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate) ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidónios; e foi e serviu a Baal, e o adorou. 1 Reis 16:31”
    A crise de fé era de tal ordem, que Elias chegou a pensar estar só, na adoração e na verdade, tal a decadência e a confusão. Deus mostrou para o Profeta, que além dele havia mais sete mil, que não adoravam o falso deus. A crença dentro o povo se dividia entre os que acreditavam no falso, (muitos) ou no verdadeiro. (poucos)
    Aquando da segunda vinda do Salvador, as condições espirituais do povo de Deus serão tão semelhantes, que haverá necessidade de uma reforma tal qual nos tempos deste profeta e ela de acordo com as promessas Divinas, será protagonizada por um “remanescente”, que personificará o mesmo.
    “Declara o profeta Malaquias: “Eis que Eu vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrível do Senhor; e converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais.” Mal. 4:5 e 6. Aqui o profeta descreve o caráter da obra. Os que devem preparar o caminho para a segunda vinda de Cristo, são representados pelo fiel Elias, assim como João veio no espírito de Elias para preparar o caminho para o primeiro advento de Cristo. O grande assunto da reforma deve ser agitado, e despertado a mente do público. A temperança em tudo deve ser associada com a mensagem, para converter o povo de Deus de sua idolatria, de sua glutonaria e de sua extravagância no vestir-se e em outras coisas. A negação própria, a humildade e a temperança requeridas dos justos, aos quais Deus guia e abençoa de modo especial, devem ser apresentadas ao povo em contraste com os hábitos extravagantes e destruidores da saúde daqueles que vivem nesta era degenerada. C.S.S. Página 72”
    Para melhor compreendermos a verdade presente acerca de tudo isto, teremos primeiro de entender a questão do assinalamento de Deus na testa e na mão dos fiéis, em contraste com o assinalamento do falso deus, porque a mensagem de Elias a esse povo, preconiza o tempo do assinalamento como veremos.
    Analisaremos algumas passagens bíblicas reveladoras da temática, como objeto de confirmação da veracidade quanto ao que se diz.
    Existem dois sinais, que são os elementos usados por Deus, na separação dos fiéis dos infiéis. Um nas mãos e outro nas testas. A Bíblia mostra de que não são o mesmo e que não sendo visíveis como marcas no corpo, são visíveis enquanto verdades aceitas na nossa relação com Aquele que fez os Céus e a Terra, provocando uma separação entre uns e outros, os que adoram “ aquele que fez os Céus e a Terra”, por um lado ou o “dragão que deu à besta o seu poder”, por outro. “E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? Apocalipse 13:4”.
    A questão principal tem a ver com adoração a quem, aliás a causa de todo o grande conflito que se iniciou no Céu por essa razão e assim terminará.
    O dragão também tem seus sinais para assinalar seus súbditos e que se opõem aos de Deus.
    Vamos ver quais os sinais aqui referenciados e que estão em conflito.
    Deus no Seu relacionamento com Seu Povo, em muitas ocasiões deu sinais que o diferenciavam dos outros deuses, ou também como o reforçar de Suas promessas entre o povo, com a certeza de Sua Presença e orientação. Mas aqui a questão é bem diferente, porque o problema colocado é um conflito entre duas grandes questões, O Verdadeiro Deus e a obediência aos seus preceitos e o falso deus e a servidão a suas exigências.
    Vejamos apenas alguns outros sinais, para comparação e diferenciação.
    “E isto te será da parte do SENHOR como sinal de que o SENHOR cumprirá esta palavra que falou.
    Eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado. Isaías 38:7-8”
    “E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura. Lucas 2:12”
    Para que isto seja por sinal entre vós; e quando vossos filhos no futuro perguntarem, dizendo: Que significam estas pedras? Josué 4:6
    E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. Gênesis 17:11
    E disse Deus: Este é o sinal da aliança que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas. Gênesis 9:12”
    Não é nenhum destes sinais que está em causa, pois a maioria deles tiveram seu cumprimento no tempo determinado e já passou e outros nem sequer são pontos de controvérsia, nem põem em causa a lealdade ao Criador de quem quer que seja, estando portanto excluídos como os que se encontram em conflito.
    Vejamos então quais os sinais em conflito:
    Primeiro sinal em análise:
    “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.
    Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.
    E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;
    E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.
    Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
    E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas. Deuteronómio 6:1-9
    Que diz o Senhor para seus filhos fazerem numa relação com Ele? É claro que não andavam com o nome de Deus escrito em suas testas, sendo claro que o texto quer dizer que quem o aceita em seu conhecimento (testeira) é na verdade um sinal. Vejamos mais versos bíblicos que dão também luz sobre a verdade deste sinal, que não é visível ao homem mas a Deus que conhece o coração.
    Podemos confirmar que o assinalamento sempre aconteceu da parte da Divindade e que não é uma verdade que se cumpre apenas no tempo do fim. No tempo de Moisés, o Nome do Único Senhor também era colocado na fronte de seus filhos. Comparemos com o que está predito para o final.
    “A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome. Apocalipse 3:12”
    Dizendo: Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos assinalado nas suas testas os servos do nosso Deus. Apocalipse 7:3
    E foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o sinal de Deus. Apocalipse 9:4
    Vemos por estes versos que há um sinal na testa dos escolhidos. Será a santificação do Sábado? Vejamos o que as Escrituras dizem que sinal é esse.
    E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com Ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome de seu Pai.
    O que vai estar escrito nas testas dos servos de Deus? O nome do Pai de Jesus! Qual o sinal então que está escrito na testa de cada fiel? Quem é o pai de Jesus?
    “Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. João 20:17”
    Jesus respondeu: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é meu Pai, o qual dizeis que é vosso Deus. João 8:54”
    “E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.
    E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre. Apocalipse 22:4-5
    Como está revelado o nome que está gravado na frente de cada seguidor do Verdadeiro Deus, é o nome do Deus dos Judeus. Eles enganaram-se em relação ao Filho de Deus, rejeitando-o como tal, mas não se enganaram quem era Deus, pois Jesus lhes disse que Aquele a quem eles aceitavam como Deus, é que era seu Pai e Seu Deus. Alguma dúvida em relação qual o sinal na testa dos que obedecem ao Deus Criador? Então será o nome do Deus dos Judeus, que mais não é do que “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.”
    Vimos que não é só no tempo do fim que Deus assinala os seus, mas em todas as épocas.
    Já no tempo de Elias havia os assinalados, cujo número entre o povo era de sete mil, além do profeta. Eram estes os obedientes, os que não adoraram o falso deus. Tinham em seu coração o Verdadeiro, Aquele que é o único, o Deus de Israel.
    Em relação ao outro sinal, é bem claro que é a guarda do Sábado. Se o nome de Deus revela qual o Deus que adoramos em nosso conhecimento, assim a santificação do sábado do Senhor, mostra que aceitamos obedecer aos seus preceitos.
    “E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o SENHOR vosso Deus. Ezequiel 20:20”
    “… O sábado será a pedra de toque da lealdade; pois é o ponto da verdade especialmente controvertido. Quando sobrevier aos homens a prova final, traçar-se-á a linha divisória entre os que servem a Deus e os que não O servem. Ao passo que a observância do sábado espúrio em conformidade com a lei do Estado, contrária ao quarto mandamento, será uma declaração de fidelidade ao poder que se acha em oposição a Deus, é a guarda do verdadeiro sábado, em obediência à lei divina, uma prova de lealdade para com o Criador. Ao passo que uma classe, aceitando o sinal de submissão aos poderes terrestres, recebe o sinal da besta, a outra, preferindo o sinal da obediência à autoridade divina, recebe o selo de Deus. G. C. Página 605 “
    Não é preciso grande explanação em relação a este sinal, pois se tornou bandeira nos tempos de hoje entre os adventistas do sétimo dia. Todos sabemos que haverá um tempo muito difícil pela tentativa de impor por parte do falso deus, um dia espúrio como dia santificado, o domingo.
    Este sinal está escrito na mão, pois tem a ver com trabalho e define dessa forma de que lado está ao aceitar um dos dois dias de guarda em conflito, o que vem da criação, ou aquele que se originou no seio de um sistema religioso que se opõe a Deus, igreja católica.
    “Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
    O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. 2 Tessalonicenses 2:3-4”
    Esta igreja apóstata tem dado a beber suas doutrinas de demónios a todas as igrejas da cristandade, numa luta feroz para as congregar do seu lado, no último grande conflito a ser travado entre Cristo e satanás, seu líder. Aqui está a razão de querer colocar um sinal na testa (adoração) ou na mão (obediência).
    Vamos ver como aquele povo que Deus chamou como depositário para as verdades eternas, se deixou enganar por estes mesmos enganos. É esta a razão pela qual no tempo do fim terá que vir “Elias” numa situação em todo semelhante à do profeta em seu tempo.
    Vejamos primeiro qual o nome que é o sinal que a besta faz que seja colocado na fronte dos seus aliados, que é também um nome.
    “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,
    Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Apocalipse 13:16-17”,
    Leia-se com toda atenção que a revelação diz, que o nome da besta é um número! Este falso deus consiste num nome que é um número! Quem é a besta? Ninguém dúvida de que é a igreja católica, a igreja prostituta, e que está embriagada com o sangue das fiéis testemunhas de Jesus. Qual é o nome do deus desta prostituta? Trindade! Este nome além disso é um número, “três “trino” “tríuno”, é ou não um número? É ou não um deus em três? Há dúvida de qual é então o nome da besta que é posto na fronte de todos os que a aceitam?
    Estamos então diante deste desafio, que não é mais de quem adorar e qual o nome nas nossas testas, o do Deus dos Judeus, ou o do deus dos católicos? Este é um deus de feitura humana, foi inventado por homens instigados pelo pai da mentira. Podem argumentar o que quiserem, mas a grande verdade é que ele foi entronizado como deus nesta igreja (católica) por volta do terceiro século da nossa era. Quem tiver dúvidas é só pesquisar em enciclopédias e catecismos católicos qual a sua origem, à semelhança da guarda do domingo e terá a resposta.
    Pena é que a igreja da verdade se tenha também rendido a seu encantamento e tenha colocado no trono de nossa igreja, este falso deus, em detrimento do Verdadeiro Deus, que nunca muda, como não muda a verdade. Será que esta apostasia foi profetizada? Vejamos:
    “ A igreja está na condição laodiceana. A presença de Deus não está no meio dela. Notebook Leaflets, vol. 1, pág. 99. E. F. Página 49”
    Quem é a igreja de Laodiceia? É o verdadeiro Deus que a está conduzindo? Se Deus não está no meio dela, então qual o deus que lá está? Haverá dúvidas de que a igreja referenciada é a I.A.S.D.?
    A pena inspirada diz que Deus não está mais nesta igreja, porquê? Será que O Senhor a abandonou? “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” Apocalipse 3:20
    O verso diz que Jesus não está dentro mas fora! Mas mesmo assim pedindo para entrar! Será que o vão deixar entrar? Que acontecerá se continuarem a impedir que entre? “Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Apocalipse 3:16”
    O convite se mantém a esta igreja, que “expulsou Deus do seu meio”. “Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. Apocalipse 3:19” Esta é a condição atual da igreja! E tudo porque tiraram Deus do trono e colocaram outro deus.
    “Haverá, mesmo entre nós, mercenários e lobos disfarçados em ovelhas que persuadirão [alguns do] rebanho de Deus a sacrificar a outros deuses diante do Senhor. … Jovens que não se acham estabelecidos, arraigados e firmados na verdade serão corrompidos e desencaminhados pelos condutores cegos dos cegos; e os ímpios, os desdenhadores que duvidam e perecem, que desprezam a soberania do Ancião de Dias e colocam um falso deus sobre o trono, um ser de sua própria invenção, um ser completamente tal qual eles mesmos – estes instrumentos estarão nas mãos de Satanás para corromper a fé dos incautos. Mensagens Escolhidas – Volume 3 Página 398 “
    Sabe-se que os pioneiros não tinham no trono o deus católico, mas o Deus de Israel. Começaram num processo de substituição a partir de 1919 e que terminou oficialmente em 1980. Começaram a conjeturar de que os pioneiros estavam enganados, com o argumento de que não tinham toda a luz e eis aí o resultado, tiraram o Ancião de Dias, O Pai de Jesus e colocaram este deus!
    “O inimigo das almas tem procurado introduzir a suposição de que uma grande reforma devia efetuar-se entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que se erguem como pilares de nossa fé, e empenhar-se num processo de reorganização. Se tal reforma se efetuasse, qual seria o resultado? Seriam rejeitados os princípios da verdade, que Deus em Sua sabedoria concedeu à igreja remanescente. Nossa religião seria alterada. Os princípios fundamentais que têm sustido a obra neste últimos cinquenta anos, seriam tidos na conta de erros. Estabelecer-se-ia uma nova organização. Escrever-se-iam livros de ordem diferente. Introduzir-se-ia um sistema de filosofia intelectual. Os fundadores deste sistema iriam às cidades, realizando uma obra maravilhosa. O sábado seria, naturalmente, menosprezado, como também o Deus que o criou. Coisa alguma se permitiria opor-se ao novo movimento. Ensinariam os líderes ser a virtude melhor do que o vício, mas, removido Deus, colocariam sua confiança no poder humano, o qual, sem Deus, nada vale. Seus alicerces se fundariam na areia, e os vendavais e tempestades derribariam a estrutura. Mens. Esc. – Vol.1 Pág.204”
    Foi assim que nossa religião foi mudada e a igreja já não se identifica mais com a dos pioneiros, a exceção de uns tantos que continuam a defender a verdade em relação ao Deus de Israel e recebendo o sinal em suas testas, pagando como se sabe sua obediência à verdade, com exclusão, difamação, marginalização, etc. Os próprios líderes atuais confirmam esta verdade, senão veja-se como o autor das meditações matinais de 2012, no mês de Dezembro, afirma a igreja hoje “irreconhecível em relação aos crentes da década de 1940”, tal a mudança operada nos” últimos sessenta anos”, e que ainda irá “mudar mais no futuro”. Palavras e comentários para quê? Que se tire a devida conclusão!
    Será que O Senhor passa por alto esta grosseria? Ou virá a igreja a arrepender-se? Vejamos:
    “… Temos a esperança de ver a igreja reavivada? Tal nunca há-de vir. … Precisamos entrar na obra individualmente. Precisamos orar mais e falar menos. … Temos muito mais a temer dentro do que fora. Os obstáculos à força e ao êxito são muito maiores da parte da própria igreja do que do mundo Mensagens Escolhidas, vol.1, pg. 122.”
    “Quando ensinadores fiéis expõem a Palavra de Deus, levantam-se homens de saber, pastores que professam compreender as Escrituras, e denunciam a doutrina sã como heresia, desviando assim os inquiridores da verdade. Não fosse o caso de se achar o mundo fatalmente embriagado com o vinho de Babilônia, e multidões seriam convencidas e convertidas pelas verdades claras e penetrantes da Palavra de Deus. Mas, a fé religiosa parece tão confusa e discordante que o povo não sabe o que crer como verdade. O pecado da impenitência do mundo jaz à porta da igreja. G.C. Página 313” Esta é a reação! Em vez de arrependimento, eis a atitude!
    Que consequência para a igreja?
    “Vemos aí que a igreja – o santuário do Senhor – foi a primeira a sentir o golpe da ira do Senhor. Os anciãos, aqueles a quem Deus dera grande luz, e que haviam ocupado o lugar de depositários dos interesses espirituais do povo, haviam traído o seu depósito.”- Ms. 65e 66 (1882) Eventos Finais, pg. 214-“
    “Eventos Finais, pg.213 -“Membros da igreja que viram a luz e se convenceram, mas confiaram a salvação de sua alma ao pastor, no dia de Deus ficarão sabendo que outra pessoa não pode pagar o resgate por suas transgressões. Haverá um terrível clamor: <> Homens ficarão com vontade de despedaçar os pastores que pregaram falsidades e condenaram a verdade.” -4BC, 1. 157(1900)
    Portanto a questão do assinalamento está de igual forma relacionado com o “juízo investigativo” pois antes dos anjos assinalarem os fiéis, e rejeitar os infiéis, houve da parte do “Juiz” uma sentença para determinar a condição de cada ser humano. Aqui se cumpre a promessa da parábola do trigo e do joio, de que Jesus enviará seus anjos a separar uns dos outros, como? Pelo sinal, para que quando vier o destruidor não toque nos assinalados, em tudo semelhante à libertação do povo de Israel do Egito, aquando da matança dos primogénitos, aos quais o destruidor não tinha poder sobre aqueles que estavam sinalizados.
    “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? 1 Pedro 4:17”
    Vemos que tudo começa primeiro pela igreja e que só depois se estenderá de maneira geral a todo o mundo. Analisemos então alguns pormenores desta afirmação do apóstolo, que confirma algumas passagens do espirito de profecia, entre elas, algumas das citadas em cima. Tudo se resume à questão dos assinalados. Vejamos mais uma vez uns versos em apocalipse e analisemo-los.
    “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,
    Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Apocalipse 13:16-17”
    O poder do mal vai usar de represálias aos que não se identificam com seus desejos, sendo impedidos de exercerem livremente sua escolha. Este é um poder intolerante e cruel. O que é preocupante é que este comportamento de intolerância para os que aceitam o Deus de Israel, começou precisamente entre o próprio povo de Deus, à boa maneira do tempo de Elias. Porquê? Porque tão-somente o julgamento começa pela casa de Deus! Está sendo feita a separação entre fiéis e infiéis. O direito de liberdade de consciência é um dom outorgado por Deus a todos os seres humanos e ninguém tem o dever de contrariar aquilo que nem o próprio Senhor impede, livre escolha a quem servir. Vemos em ação o plano da besta em perseguir os que não têm seu nome ou seu sinal e tudo começou pelo povo detentor da verdade uma vez dada aos santos.
    Há no entanto promessas Divinas para os fiéis, animando-os a serem fiéis até à morte.
    “Nada temas das coisas que hás-de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Apocalipse 2:10”
    O senhor tem um remanescente para revelar toda a verdade, convidando a todos para não adorarem a besta nem receber seu sinal. Esse remanescente ao contrário do que se pensa não é a igreja exclusivamente, como veremos a seguir.
    Qual o papel do povo Judeu na batalha final, quanto à questão do assinalamento? Já vimos que sempre entre este povo Deus assinalou seus fiéis. De que lados do conflito vão eles posicionar-se? Graças a Deus que há revelação que não nos deixa sem luz e muito bom seria levar a sério os conselhos dados em relação a este povo. Bem sabemos que não serão todos, mas há um remanescente.
    “Muito embora a tremenda sentença pronunciada sobre os judeus como nação ao tempo da rejeição de Jesus de Nazaré, por parte deles, tem havido de século em século muitos judeus nobres, homens e mulheres, tementes a Deus, os quais têm sofrido em silêncio. Deus tem confortado seus corações em aflição, e tem contemplado com piedade sua terrível situação. Tem ouvido as agonizantes orações dos que de todo o coração O têm buscado para uma justa compreensão de Sua Palavra. Alguns têm aprendido a ver no humilde Nazareno a quem seus antepassados rejeitaram e crucificaram, o verdadeiro Messias de Israel. Ao alcançar sua mente o significado das familiares profecias há muito obscurecidas pela tradição e errada interpretação, seu coração se tem enchido de gratidão a Deus pelo dom inaudito que Ele outorga a todo ser humano que decide aceitar a Cristo como um Salvador pessoal.
    É a esta classe que Isaías se refere em sua profecia: “O remanescente é que será salvo.” Isa. 10:22 e 23. Desde os dias de Paulo até o presente, Deus pelo Seu Espírito Santo tem estado a chamar tanto a judeus como a gentios. “Deus não faz aceção de pessoas” (Rom. 2:11), declarou Paulo. O apóstolo considerava-se a si mesmo devedor “tanto a gregos como a bárbaros”, bem como a judeus; mas jamais perdeu ele de vista as decididas vantagens que os judeus haviam possuído sobre outros, “primeiramente”, porque “as palavras de Deus lhe foram confiadas”. Rom. 3:2. “O evangelho”, declarou, “é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.” Rom. 1:16 e 17. É deste evangelho de Cristo, igualmente eficaz a judeus e gentios, que Paulo em sua epístola aos romanos declara não se envergonhar.
    Quando este evangelho for apresentado em sua plenitude aos judeus, muitos aceitarão a Cristo como o Messias. Entre os ministros cristãos há poucos que se sentem chamados a trabalhar pelo povo judeu; mas aos que têm sido passados por alto, bem como a todos os outros, deve chegar a mensagem de misericórdia e esperança em Cristo. Atos dos ApóstolosPág.380, 381
    Há entre os judeus alguns que, como Saulo de Tarso, são poderosos nas Escrituras, e esses proclamarão com maravilhoso poder a imutabilidade da lei de Deus. O Deus de Israel fará que isto suceda em nossos dias. Seu braço não está encolhido para que não possa salvar. Ao trabalharem Seus servos em fé pelos que de muito têm sido negligenciados e desprezados, Sua salvação será revelada. A.A. Página 381”
    Estes textos inspirados, entre muitos mais estão em conformidade com outros das Sagradas Escrituras. Vejamos:
    “Hoje tomo por testemunhas contra vós o céu e a terra, que certamente logo perecerão da terra, a qual passais o Jordão para a possuir; não prolongareis os vossos dias nela, antes sereis de todo destruídos.
    E o SENHOR vos espalhará entre os povos, e ficareis poucos em número entre as nações às quais o SENHOR vos conduzirá.
    E ali servireis a deuses que são obra de mãos de homens, madeira e pedra, que não vêem, nem ouvem, nem comem, nem cheiram.
    Então dali buscarás ao SENHOR teu Deus, e o acharás, quando o buscares de todo o teu coração e de toda a tua alma.
    Quando estiverdes em angústia, e todas estas coisas te alcançarem, então nos últimos dias voltarás para o SENHOR teu Deus, e ouvirás a sua voz.
    Porquanto o SENHOR teu Deus é Deus misericordioso, e não te desamparará, nem te destruirá, nem se esquecerá da aliança que jurou a teus pais. Deuteronómio 4:26-31”
    Sabemos o porquê de seu desterro entre todas as nações. Porque adoraram a outros deuses e porque rejeitaram o Filho de Deus. No entanto Deus não esqueceu nem os rejeitou como alguns pensam. Deus cumpre Suas promessas e o que havia prometido aos pais, vai cumprir. Comparemos mais uma passagem no Velho Testamento.
    “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. Daniel 12:1”
    Quem é o povo de Daniel? O povo de Israel! Não fala aqui do Israel espiritual, mas da nação dos Judeus. O texto está em conformidade com o anterior e também com outros do Novo testamento, assim como com muitas passagens do espirito de profecia, algumas das quais estão mencionadas em cima.
    Meditemos sobre o que Paulo disse sobre esta mesma questão em Romanos 11. Fica o convite para que se leia todo este capítulo, para melhor entender a missão que ainda está determinada para este povo. Neste estudo incluiremos apenas alguns versos do dito capítulo, aqueles que creio serem os mais esclarecedores.
    “Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.
    Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo:
    Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma?
    Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal.
    Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça. Romanos 11:1-5”
    A revelação diz que O Senhor não rejeitou este povo. Eu acredito que assim é.
    “Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação.
    E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude! Romanos 11:11-12
    “Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.
    Existe “um segredo” quanto ao papel determinante deste remanescente que sairá do povo Judeu. A seu tempo Deus o revelará.
    E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. Romanos 11:25-26”
    “Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia. Romanos 11:32”
    Qual a história escrita acerca de um qualquer povo, que depois de quase dois mil anos, espalhado por entre as nações, debaixo de perseguição, morte, sofrimento e tão odiados por todos, conseguiu se manter fiel a um Deus que amavam, sem que seus princípios de identidade se tivessem diluído entre as culturas entre as quais estavam misturados? É isso possível humanamente? Impossível! Bem sabemos que muitos se desviaram, aliás como Moisés profetizou, mas sempre ouve aquele “Remanescente” que se manteve fiel aos mandamentos de Seu Deus e Senhor! Não rejeitaram nem mudaram de Deus! Quantas tentativas para os silenciar! Quer pela persuasão quer pela força e morte! Um povo sempre odiado por todos, mas ei-los aí com a bandeira de sua fidelidade falando a todas as gerações, de que o Senhor seu Deus é eternamente Deus! Como tem sido maravilhoso seu cuidado, por este punhado de homens, mulheres e crianças, vítimas de sua própria sentença, quando de maneira irrefletida, seus pais pronunciaram sua escolha quanto a seu percurso, ao rejeitarem Jesus como Filho de Deus, clamando que “Seu sangue caísse sobre eles e seus filhos.” Seu Exemplo deve ser tido em conta, de como O Senhor é misericordioso, mas não tem por inocente aos que rejeitam seus preceitos.
    Vezes houve em que seu extermínio parecia certo! Quando da destruição violenta de Jerusalém e que banidos sem misericórdia de sua pátria amada, foram dispersos pelos quatro cantos da terra. Quando as fogueiras da inquisição se acenderam pelas mãos daquele igreja que os odiava com ódio mortal, porque se não sujeitavam a seu deus, (trindade), preferindo morrer do que dobrar os joelhos a “Baal”! Que dizer da Segunda Guerra Mundial, onde as hostes de Hitler tudo fizeram para riscar da face da Terra sua presença! Parecia que o inevitável aconteceria, mas há um Deus nos Céus que tudo controla e que apesar de muitos pagarem com sua vida e miséria a sua nobre origem, o “Remanescente” foi preservado, contra tudo e contra todos. Porquê? Quão importantes ainda são para as batalhas que se têm que travar entre o bem e o mal!
    O ódio mortal de que têm sido alvo, nada mais é do que investidas de satanás usando os instrumentos humanos, que com ele fazem aliança, para se ver livre deles para melhor aplicar seu plano diabólico do engano. Foi a este povo que o Senhor entregou as verdades eternas que uma vez aceites faz os seres humanos sábios para a salvação.
    Se existem dúvidas quanto há verdade em causa, então que se consultem seus oráculos. Eles com os fiéis do tempo do fim serão assinalados com o mesmo nome em suas testas, isto é o do Deus verdadeiro. Têm dúvidas qual é o verdadeiro, então lhe perguntem qual o seu Deus, se a trindade se o Deus dos Pais. Já vimos que não estão sem luz acerca disso, porque se seu deus fosse a trindade, jamais teriam sido perseguidos pelo sistema religioso que criou tal filosofia de crença. Esse foi seu crime diante de clérigos, não se dobrarem a deus estranho, nem rejeitar sua identidade. Haja coragem e lhe perguntem qual o nome de seu Deus e quem Ele é, a não ser que ao longo de sua história, se tenham enganado quanto à personalidade Divina, tendo adorado por engano um Deus que não é Deus. Estariam enganados os Patriarcas, os Profetas e aqueles que comungaram com Cristo? É evidente pela revelação que não.
    Vemos então a importância que este amado povo do Senhor tem para o términus de Sua obra em favor da salvação de todos os que o aceitam como Salvador e Senhor.
    Comparemos em resumo a semelhança entre o “Israel” do tempo de Elias e o “Israel” do tempo do fim.
    – Tempo de Elias: Quantos Deuses no seio do povo? Dois! O Deus de Abraão e o deus Baal, um falso deus, feito pela imaginação dos homens.
    – Quantos Deuses hoje no seio do povo de Deus? Dois! O Deus do povo Judeu, (Único Senhor) e o deus dos católicos, (trindade, três senhores) de feitura humana.
    Esta é a verdade e a situação presente, da qual não podemos negar. Se há um só Deus verdadeiro, então Qual?
    Qual o convite do profeta? “Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo não lhe respondeu. 1 Reis 18:21”
    Qual o convite hoje? Se o Deus de Israel é o Verdadeiro segui-o; Se o deus dos católicos é o verdadeiro, então segui-o.
    – Verdade em ambas as épocas, o povo “coxeia” entre estes dois Senhores.
    – Que tipos de liderança havia no tempo de Elias? Homens sem princípios.
    – Que tipo de liderança hoje? Líderes que mentem, que maltratam as ovelhas do Senhor, expulsando-as de suas igrejas, adúlteros, presunçosos, arrogantes, maldizentes, valorizando aquilo que Deus rejeita. Reunindo-se em casa dos inimigos de Jesus e de Suas testemunhas, com aquele que está referenciado como o representante de satanás, em tentativas de aliança, honrando-o com medalhas e elogios! É claro que se excetuam os pastores fiéis e que ainda os há, que se entregaram a esta obra porque ouviram o chamado do Senhor, se dando pelo rebanho e dando o sustento a seu tempo. Mas quão poucos são! Ovelhas doentes e feridas pelas marcas dos tempos que vivemos, se encontram verdadeiramente sem uma palavra de conforto da parte daqueles que se ufanam de ser os “sábios de Israel!” Longe vão os tempos do cuidado paternal desses homens de Deus, (embora sempre tenha havido os que falharam) com uma filosofia diferente da que presenciamos hoje, pois estavam mais para servir e menos para ser servidos. Parecem duras estas considerações? Perguntem aos nossos pais qual a diferença e terão a resposta, se é que nós mesmos não nos apercebemos desta realidade. Visitem aqueles em vossas igrejas que desamparados esperem a chegada desses “representantes?” de Deus para os confortarem e em vão. Mas Aquele que tudo vê sabe que não minto. Já não se pode confiar nestes líderes, porque alguns mentem facilmente.
    “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.”
    Assim disse o Senhor pela boca de Seu Servo Moisés
    Não está ali escrito, (o Senhor nosso Deus são três senhores) como se tenta fazer crer.
    Há uma fação do povo do Senhor que está em idolatria adorando um falso deus, como diz a pena inspirada no texto que vimos acima. “…para converter o povo de Deus de sua idolatria, de sua glutonaria e de sua extravagância no vestir-se e em outras coisas… C.S.S.”
    Há idolatria porque se adora um deus falso, que não é Deus. Sendo portanto convidada pelo “Profeta Elias”, a escolher a quem adorar.
    “Eis que Eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor”. Mal. 4:5.
    A fim de preparar um povo para estar em pé no dia de Deus, deveria realizar-se uma grande obra de reforma. Deus viu que muitos dentre Seu povo professo não estavam edificando para a eternidade, e em Sua misericórdia estava prestes a enviar uma mensagem de advertência a fim de despertá-los de seu torpor e levá-los a preparar-se para a vinda de Jesus.
    Esta advertência, temo-la em Apocalipse 14. Apresenta-se- nos ali uma tríplice mensagem como sendo proclamada por seres celestiais, e imediatamente seguida pela vinda do Filho do homem para recolher a messe da Terra. – GC, 310.
    Os anjos são representados como voando no meio do céu, proclamando ao mundo uma mensagem de advertência e tendo direta aplicação às pessoas que vivem nos últimos dias da história da Terra. Ninguém ouve a voz destes anjos, pois eles são um símbolo para representar o povo de Deus que trabalha em harmonia com o Universo celestial. Life Sket- ches, p. 429.
    As mensagens dos três anjos devem ser juntadas, dando ao mundo sua tríplice luz. No Apocalipse, João declara: “Vi descer do Céu outro anjo, que tinha grande autoridade, e a Terra se iluminou com a sua glória”…. Isto representa a transmissão da última e tríplice mensagem de advertência ao mundo. – 7BC, 985.
    O capítulo 18 do Apocalipse indica o tempo em que, como resultado da rejeição da tríplice mensagem do capítulo 14, verso 6-12, a igreja terá atingido completamente a condição predita pelo segundo anjo, e o povo de Deus, ainda em Babilônia, será chamado a separar-se de sua comunhão. Esta mensagem é a última que será dada ao mundo, e cumprirá a sua obra. Quando os que “não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade” (II Tess.2:12), forem abandonados para que recebam a operação do erro e creiam a mentira, a luz da verdade brilhará então sobre todos os corações que se acham abertos para recebê-la, e os filhos do Senhor que permanecem em Babilônia atenderão ao chamado: “Sai dela, povo Meu”. Apoc. 18:4. GC, 389. Maranata! – Meditação Matinal Página 171
    Que Deus abençoe todo o que de coração aceita o verdadeiro Deus e rejeita o falso e tenha misericórdia e desperte o coração dos que estão em erro, convertendo-os à verdade.



  • jorge em 19 de janeiro de 2013 7:19

    Caro, irmão tb estou no mesmo dilema sou farmacêutico a quatro anos e nunca trabalhei aos sábados. Sei que existe a necessidade da farmácia que fique aberta. Já fui compra medicamento em caso de necessidade no sábado. A dúvida que me vem a mente é, será que não devo ir trabalha? Pois é uma questão de necessidade pública. Já ocorreu que uma pessoas morreu pq não consegui comprar um medicamento pq a pessoa não tinha dinheiro e o vendendo não quis vender. Agora vamos imaginar que está mesmo pessoa fosse compra um medicamento no sábado e a farmácia estivesse fechada? Agora vem a pergunta as pessoa que estão trabalhando estão pecando? Será Que elas vão perecer para que os guardadores do sábado possam fazer o que são licito? Espero que todos que vão ler este comentário fique sábado que o dia do senhor é santo e deve ser guardado. Em mateus 12:9 a 21 jesus deixou um comentário sobre situação de emergência. Favor responder as questões a cima.



    • Maiara Costa - Equipe em 6 de fevereiro de 2013 16:06

      Olá estimado amigo e irmão emn Cristo Jorge!
      É uma grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      O sábado é um dia de cura, libertação, salvação para todas as pessoas e faz parte do espírito sabático fazer o bem ao próximo, independente de ser da área da saúde ou não.
      Agora a questão que fica é: Alguém que está precisando de atendimento emergencial se dirige à uma farmácia ou ao hospital para ser socorrido o mais rápido possível?
      Segundo o código de ética médico um atendimento emergencial não pode esperar já um atendimento considerado como urgente pode esperar até 48 horas para ser atendido, pois não há risco de morte.
      O guardador do sábado deve ter todo o cuidado de não fazer algo incondizente nas horas sagradas do sábado, coisas que poderiam ser antecipadas ou postergadas. Como exemplo, imagine uma pessoa que tenha que comprar um medicamento. Saiu da consulta médica em uma quinta-feira à noite e não se programou para comprar o medicamento antes do sábado. Penso que realizar esta compra pode ser necessário para a saúde e cura, mas por que não antecipou a compra? Entendemos que situações de emergência devem ter cuidados emergenciais, e que o dia de sábado não deveria jamais ser uma restrição para curar e salvar, o que pode envolver serviços médicos, hospitalares, etc.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • Marcos Vinicius em 30 de janeiro de 2013 21:59

    Graca e Paz, Prof. Leandro! Muitos me diziam que o Adventismo se trata de uma seita, tenho ate livros que e um verdadeiro “bombardeio” contra voces. Mas decidi ir ate a fonte. Minha opiniao, os apologeticos deveriam com mais atencao sobre a origem ADVENTISTA. Tratado teologico, as 28 doutrinas, o grande conflito, o desejado de todas as nacoes, paixao de Cristo, sao uns dos livros que tenho. Pretendo comprar o na mira da verdade vol. 1 e 2.

    Certa vez, em seu programa, foi dito que Calvino e outros comentaristas tem o mesmo entendimento de que o arcanjo Miguel e Jesus sao a mesma pessoa. Gostaria de pedir ao irmao, se assim for possivel, me fornecer a fonte em que Joao Calvino confirma a respeito, e quais os outros comentaristas que pensam igualmente. Graca e Paz, meus irmaos



    • J.Washington em 9 de abril de 2013 16:25

      Marcos, o nome Miguel quer dizer: “Quem é semelhante a Deus?”. É apresentado na Bíblia por inspiração divina. Sempre que Miguel é mencionado, se refere à pessoa de Jesus como comandante dos exércitos celestiais e em disputa com Satanás. Para nossa felicidade eterna, Miguel sempre sai vitorioso. Leia: Judas 9; Daniel 10:13, 21;12:1; Apocalipse 12:7. Quando falamos que Miguel significa, semelhante a Deus”, no original e na cultura Hebraica, “semelhante” significa “igual” (cf. João 5:18). Este seria um dos nomes de Jesus.

      Sendo Jesus chamado de arcanjo (e até de anjo algumas vezes, como veremos a seguir) nas Escrituras, isto não o torna anjo, assim como o fato dEle ser chamado de cordeiro (João 1:29) e leão (Apocalipse 5:5) não o torna animal. Da mesma forma estes nomes simbólicos se referem a determinadas funções de Jesus, os nomes Arcanjo e Anjo também. Anjo significa “mensageiro” e Jesus é o “mensageiro de Deus Pai” à humanidade, que comunica as boas novas de salvação!

      Jesus é Deus no mais alto sentido; a Bíblia não deixa dúvidas disto: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez”. (João 1:1-3) “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”. (João 1:14) “Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste”. (Colossenses 1:15-17) “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”. (Filipenses 2:5-11)

      E o texto de Judas 9? Se aplicarmos a Jesus não estaríamos rebaixando sua autoridade perante Satanás?
      “Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!” (Judas 1:9).

      Este texto não rebaixa a autoridade de Jesus; o mesmo contém uma preciosa lição para nós cristãos. Cristo, mesmo sendo Deus, não respondeu a diabo da mesma forma; Cristo não se rebaixou a ponto de proferir palavras infames ao diabo, apesar de falar com autoridade. A natureza perfeita de Cristo não permite que Ele faça uso do mesmo comportamento que o inimigo (proferir palavras malignas).

      E a expressão “o Senhor te repreenda?” Lendo o verso paralelo de Zacarias 3:2, tudo se torna claro: “Mas o SENHOR disse a Satanás: O SENHOR te repreende, ó Satanás; sim, o SENHOR, que escolheu a Jerusalém, te repreende; não é este um tição tirado do fogo?” (Zacarias 3:2).
      No Antigo Testamento Deus usou esta expressão a fim de repreender a satanás; por que Cristo não o poderia fazer? Na realidade, em Judas 9 Jesus está “repreendendo” o diabo.

      Se Jesus é Deus, como pode ser chamado de Arcanjo?

      Ao compreendermos o sentido etimológico da palavra “arcanjo”, os problemas são resolvidos. Do grego arjággelos, arcanjo significa “Chefe dos Anjos”; este nome não precisa necessariamente referir-se apenas a um ser criado, assim como ocorre com o termo “anjo” (mensageiro). É aceito entre os comentaristas (inclusive não-adventistas) de que Jesus Cristo é o “Anjo do Senhor” mencionado no Antigo Testamento (ver Gênesis 16:7; 18:1, 2, 13 e 19; Êxodo 3:2-5; 23:20-33; 32:34; Juízes 6:11-24; 13:21-22. Eis uma nota de explicativa da Bíblia de Estudo Almeida: “O Anjo do Senhor (lit. mensageiro ou enviado) não é aqui (comentando a respeito de Êxodo 3:2) um ser distinto do próprio Deus (cf. v. 4), mas Deus mesmo, enquanto se faz presente para comunicar uma mensagem”.

      Do mesmo modo que Cristo não se torna uma criatura a ser chamado de “Anjo do Senhor” (na verdade Ele é o “mensageiro”, de Deus Pai à humanidade), o mesmo ocorre quando é designado de arcanjo. Sendo que Ele é o Criador, automaticamente é o “Chefe” Supremo de todos os anjos.
      Outro aspecto a ser ressaltado é o fato de que a expressão “arcanjo” aparece apenas em passagens Apocalípticas, onde Cristo está em direto confronto com satanás. Não temos base bíblica suficiente para crer que este termo aplique-se a um anjo (se o for, não temos indicação de que não possa ser aplicado a Cristo com sendo o Chefe Supremo dos Anjos). É difícil de provarmos pela Bíblia a idéia de que arcanjo seria uma classe de anjo, mesmo que um dos significados da palavra possa ser “anjo chefe”. Como sabemos, não devemos basear um ensino apenas no significado das palavras; um conjunto de textos bíblico que esclareçam sobre o ponto deve ser considerado.

      Com isto, podemos ver que nossa posição a respeito do “Arcanjo Miguel”, levando em conta não apenas o sentido do termo, mas também outros textos paralelos, em nada ferem a Suprema e Absoluta Divindade do Senhor Jesus Cristo.

      Seja feliz!
      Equipe Na Mira da Verdade



  • cristiano leandro queiroz da silva em 7 de fevereiro de 2013 18:31

    adoro o programa na mira da verdade tira muitas duvidas mais gostaria de ter mais acesso aos estudos da palavra inclusivel estou passando por uma situação financeira delicada por causa de um acidente gostaria de receber de vcs livros que eu possa estar me aproximando mais de Deus atraveis da palavra e tb minha biblia esta rasgada adoraria ganhar uma biblia na linguagem de hoje fico grato e que vcs continuem com esse trabalho lindo que fazem a paz do senhor esteja com vcs amém.



    • Maiara Costa - Equipe em 29 de abril de 2013 14:47

      Olá estimado amigo e irmão em Cristo Cristiano!
      Satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Se puder amigo escreva para escolabiblica@novotempo.com e faça o pedido dos nossos materiais.
      Será uma imensa alegria compartilhá-los com você.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • rosenilda em 24 de fevereiro de 2013 2:42

    oi eu e meu esposo somos fã do programa e gostaria de tirar uma duvida, carne de pato é imunda se sim existe embasamento biblico.desde já agradeço



    • Maiara Costa - Equipe em 5 de agosto de 2013 17:01

      Olá Rosenilda!
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      Disponibilizarei à você um estudo feito pelo pastor Orlando Ritter.
      É claro que cada um decide o que come, mesmo entre os alimentos lícitos.

      A Bíblia diz em I Coríntios 6:12 – “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm e eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”.

      Eis a pergunta:

      É LÍCITO COMER PATO, GANSO e MARRECO?

      O versículo Levítico 11:18, no texto original, em hebraico, é o seguinte:

      Veet hatineshemet veet haqaat veet haracham.

      O referido versículo é traduzido, nas diversas traduções, da seguinte maneira:

      Na tradução de João Ferreira de Almeida revista e corrigida consta assim:

      E a gralha, e o cisne, e o pelicano.

      Na tradução de João Ferreira de Almeida revista e atualizada consta assim:

      A gralha, o pelicano, o abutre.

      Na tradução de João Ferreira de Almeida Edição Contemporânea consta assim:

      A gralha, o pelicano, o abutre.

      Na tradução Nova Versão Internacional consta assim:

      A coruja branca, a coruja do deserto, o abutre.

      Na Nova Tradução na Linguagem de Hoje consta assim:

      Gralhas, pelicanos, abutres.

      Na tradução do Rabino Meir Matzliah Melamed consta assim:

      O vampiro, o pelicano e o porfirão.

      Na tradução da Alfalit Brasil consta assim:

      A coruja, o pelicano, o abutre.

      Na Bíblia de Jerusalém consta assim:

      O grão-duque, o pelicano, o abutre branco.

      Na Bíblia Sagrada Edição Pastoral, da Editora Paulus, consta assim:

      O grão-duque, o pelicano, o abutre branco.

      Na Tradução Brasileira, da American Bible Society, consta assim:

      O porphyrião, o pelicano e o abutre.

      Na Septuaginta (uma versão grega antiga) consta assim:

      Kai porphyriona kai pelekana kai kyknon.

      Traduzindo da Septuaginta para o Português, fica assim:

      E o porfirião, e o pelicano e o cisne.

      Na Vulgata (uma versão latina antiga) consta assim:

      cycnum et onocrotalum et porphirionem.

      Traduzindo da Vulgata para o Português fica assim:

      O cisne e o pelicano e o porfirião.

      Portanto, vemos que somente na versão de João Ferreira de Almeida revista e corrigida e na Septuaginta e na Vulgata é que consta que o Cisne seria uma das aves que Deus mandou que não comamos.

      Assim sendo, por via das dúvidas, não comamos o Cisne.

      Mas o pato e o ganso e o marreco não constam entre as aves que Deus mandou que não comamos, em nenhuma das traduções da Bíblia.

      Portanto, é lícito comer pato, ganso e marreco.

      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • tais em 29 de abril de 2013 14:47

    ola boa tarde eu gostatia de saber porque eu nao entento a palavas dabiblia. jesus so abençoe quem orferta ou dismo. vc pode falar palavas de deus para mim de hoje que deus abençoe vc eu assisto todos os dia fica com jesus.sou de caraguatatuba.



    • Maiara Costa - Equipe em 29 de abril de 2013 16:27

      Olá Tais!
      A Bíblia é um livro de origem divina (2 Timóteo 3:16; 2 Pedro 1:19-21) e só podemos compreender esse livro com a ajuda do Espírito Santo (João 16:13), sendo assim, é de extrema importância que antes de se abrir a Bíblia oremos ao Espírito Santo pedindo que nos ajude a compreender a Palavra, ou seja, devemos pedir iluminação.
      Uma dica importante é sempre estudar a Bíblia numa linguagem que seja mais fácil e talvez por temas que lhe chamem atenção.
      Leia os evangelhos que contam a vida de Jesus ou os livros históricos que contam a nossa origem. Ou estude a Bíblia por temas com um de nossos guias de estudo.
      Jesus abençoa a todos que o amam e o aceitam como Seu Salvador. Jesus já escolheu você para ser uma bênção (Gênesis 12:2).
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • tais em 29 de abril de 2013 14:56

    ola meu nome e tais sou evangelica porque quando eu vou para ijreja os profeta fala comigo isto e verdade porque eles falaram para mim eu nao a vim resutado vc pode me responder para mim fica com deus que deus ilumina vc



    • Maiara Costa - Equipe em 29 de abril de 2013 16:21

      Olá estimada amiga e irmã em Cristo Tais!
      Grande satisfação poder manter contato com você.
      Que a graça e a paz de nosso Senhor esteja sempre em seu coração.
      O chamado “dom de revelação” que muitos dizem possuir não é o mesmo dom de profecia manifesto nas Escrituras.
      A forma como o chamado “dom de revelação” é manifesta em algumas igrejas leva a crer que tais “revelações” não são proféticas, por vários motivos. Vou destacar alguns:
      1) Muitas destas “revelações” contradizem a Revelação Escrita – a Bíblia;
      2) Quando Deus revelava algo ao profeta, não era com o intuito de envergonhar o indivíduo publicamente, mas, antes, de exortá-lo para o arrependimento. Caso o indivíduo continuasse negando as instruções de Deus, aí sim ele poderia ser repreendido pelo profeta em público. Mas isto, em último caso, se acontecesse de a pessoa rejeitar a voz de Deus por certo tempo;
      3) O dom de profecia bíblico não era usado para ganhar dinheiro;
      4) O dom de profecia é dado a um profeta, de acordo com a vontade suprema do Espírito Santo (1Co 12:11). Nas igrejas atuais, o indivíduo quer escolher os dons que quer ter…
      Uma pergunta pode surgir na mente de alguns: Por que acontece de alguns pregadores adivinharem o que acontece na vida de uma pessoa? Muitas vezes, através de um membro da igreja que seja parente do visitante, o “revelador” pesquisa sobre a vida da pessoa, descobrindo sobre suas indagações e problemas. Ao relatar tal “revelação” na igreja, a pessoa que não sabe do procedimento acredita, achando que é algo de origem divina.
      Também não podemos negar que há forças sobrenaturais envolvidas em alguns desses casos. Mesmo assim, há pessoas que “revelam” que são sinceras. Com o tempo irão ter suas oportunidades de conhecerem a verdade.
      Que Deus te abençoe grandiosamente.
      Conte conosco para o que precisar.
      Um forte abraço.
      Equipe do Na Mira.



  • ana paula em 20 de setembro de 2013 21:00

    E o dvd quando sai professor? gosto muito pois minhas crianças assistem junto comigo.

    um grande abraço a vc e ao tito



  • Roberto Longhini em 13 de dezembro de 2013 20:28

    Boa noite e Feliz Sábado, obrigado amigo e irmão em Cristo Jesus, assisto sempre na mira da verdade, agora quero comprar o volume 2 e o 1, porque sou novo adventista, tenho aprendido bastante com esse programa abençoado por Deus, sabe caro amigo eu vim da Igreja Universal e me batizei em Julho, quero dizer uma coisa muito importante para vocês, Jesus já está recolhendo seu povo, pois digo tudo isso porque foi o espírito Santo que me fez sair da iurd no qual eu estava á 14 anos, mas como eu tinha alguns conflitos em relaçao a palavra de Deus, rompi com a igreja, se um dia puder irei até a novo tempo dar um testemunho, um grande abraço para você e para o amigo Tito!



    • Maiara Costa - Equipe em 1 de setembro de 2014 17:31

      Olá Roberto!
      Muito obrigado por compartilhar aqui o seu entusiasmos e testemunho.
      Que você possa continuar crescendo na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (2 Pedro 3:18).
      Sinta-se a vontade para nos visitar aqui quando quiser.

      Que Deus o abençoe grandiosamente.
      Um forte abraço.



  • Adeilson Silva em 28 de junho de 2015 10:04

    Tenho tentado comprar pelo seu site professor,mas não tenho conseguido finalizar a compra

    meu e-mail é adeison_jpa@hotmail.com