Clique aqui e Saiba mais
doe agora Jornalismo Jornalismo

Ministério Público denuncia Sérgio Cabral por 184 crimes


O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi denunciado pelo Ministério Público Federal por 184 crimes de lavagem de dinheiro.

As investigações contra Sergio Cabral são resultado das operações Calicute e Eficiência, dentro da força tarefa da operação Lava Jato.

Além de Cabral, a denúncia envolve outras 10 pessoas acusadas de desviar quase R$40 milhões, incluindo Ary Ferreira da Costa Filho, ex-assessor do próprio Cabral.

De acordo com as investigações, os doleiros recebiam dinheiro em espécie, guardavam os valores e depois redistribuíam para pagamentos de despesas dos acusados.

O Ministério Público informou que os integrantes da rede de corrupção liderada por Cabral entregavam uma planilha de controle de gastos. As tabelas apontam que os recursos foram utilizados para pagamentos por um período de quase um ano, no valor de R$ 4 milhões por mês.

Ainda de acordo com o ministério público, as provas reunidas nas operações Calicute e Eficiência “comprovaram que Sérgio Cabral,os outros dez indiciados e colaboradores promoveram a lavagem de ativos no Brasil”.

Agora, caso a denúncia seja aceita, o ex governador será réu pela terceira vez. Ele já se encontra preso em Bangu e responde a dois processos na 7ª vara federal do rio e a um na 13ª vara federal de Curitiba.

 

Você está em: Notícias

Compartilhe:


Comente