Assista no ar:
Na Mira Da Verdade
TV TV
INÉDITO:
  • DOM22:30
REPRISES:
  • TER23:30
  • QUI17:00
  • SEX22:00
  • SAB09:30
Compartilhe:

Vídeo – História dos Judeus (parte 1), 2013


judeusNo programa de hoje vamos falar de um grupo que tem ligação direta com o livro base de nossas apresentações que é a Bíblia Sagrada e esse povo não poderia ser outro senão os judeus.

Eles não são numericamente grandes: no mundo existem cerca de 14 milhões de judeus, o que dá 0.2 por cento da população mundial. E destes apenas 6 milhões residem no Estado de Israel, os demais se espalham em diversas partes do mundo, especialmente nos Estados Unidos, Rússia, França e Alemanha.

Mas é interessante notar que apesar de tão poucos em termos demográficos, os judeus sempre exerceram uma influência sem precedentes em toda a história mundial.

Você está em: Vídeos


Comente


Current month ye@r day *


  • Leonardo Nerys em 10 de junho de 2013 11:11

    Irmão Rodrigo. Tenho passado por uma situação meio difícil em minha vida. Conheço um homem, nas redes sociais, que sendo ateu, tem postado um material sobre contradições na Bíblia. E o mais incrível é que todas essas “supostas” contradições paracem realmente ter sentido. vou deixar algumas aqui: “Aquele que não ama não conhece a Deus; porque deus é amor.” – 1 João 4:8

    Depois de amaldiçoar toda a humanidade pelo erro de apenas duas pessoas (Gênesis 3:14-19, Romanos 5:12);

    Depois de afogar quase toda a vida inutilmente, pois o mal continuou (Gênesis 6-7, Gênesis 8:21);

    Depois de criar leis cruéis, intolerantes, absurdas, supersticiosas e preconceituosas (Levítico 15:19, Êxodo 21:20-21, Deuteronômio 22:21, Levitico 21.18-20, Deuteronômio 25:11,12, etc);

    Depois de matar pessoas e animais inocentes que nada tinham a ver com as decisões do faraó (Êxodo 12:29, Êxodo 9:3-6);

    Depois de matar muitos do seu próprio povo escolhido apenas por estarem insatisfeitos (Números 14:27-29);

    Depois de ordenar a invasão de terras e o genocídio de vários povos (Deuteronômio 7:1);

    Depois de matar um homem apenas por não querer engravidar a viúva do irmão (Gênesis, 38:8-10);

    Depois de ordenar a morte de um homem apenas por ter catado lenha no sábado (Números 15 32-36);

    Depois de matar duas pessoas apenas por terem mentido sobre a venda de um terreno (Atos 5:1-10);

    Depois de ameaçar com castigos eternos os que não crerem (João 3:18, Lucas 10:10-16, Apocalipse 21:8);

    Depois de matar uma mulher apenas por ter olhado para trás (Gênesis 19:26);

    Depois de matar quarenta e dois meninos (crianças?) apenas por terem zombado de um profeta (2Reis 2:24);

    Depois de amaldiçoar para sempre toda a descendência de um homem com lepra (2 Reis 5:25-27);

    Depois de matar a mulher de um dos seus profetas e ordenar que ele não ficasse de luto (Ezequiel 24:16-24);

    Depois de dizer que ele mesmo criou o mal, o surdo, o mudo e o cego (Isaías 45:7, Êxodo 4:11);

    Depois de dizer que no seu julgamento final haverá os piores horrores (Lucas 21:23, Apocalipse 6:8, Apocalipse 9:6);

    Depois de queimar muitas pessoas vivas (2 Reis 10-13, Números 11:1);

    Depois de exigir que matassem as mulheres casadas e guardassem as virgens (Números 31:17-18);

    Depois de afogar cerca de dois mil porcos que possuiam dono (Marcos 5:11-13);

    Depois de humilhar uma mulher que buscava a cura para a filha (Mateus 15:22-27);

    Depois de assegurar que não veio trazer a paz, mas a espada e a desavença (Mateus 10:34,37);

    Depois de matar uma criança inocente pelo pecado de Davi (2 Samuel 12:14,15);

    Depois de matar setenta mil homens pelo erro do rei que ele mesmo escolheu (1 Crônicas 21:8-14);

    Depois de castigar com pragas terríveis seus desafetos (Números 16:41-50, Números 25:9, 2 Samuel 5:6, 2 Samuel 24:15, etc)

    Depois de sadicamente enganar seu povo escolhido (Números 11:18-20 e Números 18:31,32);

    Depois de ordenar o massacre de crianças, idosos e mulheres grávidas (Deuteronômio 32:25, Ezequiel 9:6, Deuteronômio 2:33,34).

    Gostaria apenas que o senhor e o Senhor me ajudassem a entender isso tudo. Quero também agradecer por tudo o que o senhor tem feito para mime para muitas pessoas, através desses vídeos maravilhosos. Que Deus te abençoe e que o Amor dEle esteja sempre presente em sua vida!!



    • Vivianne Cristina em 18 de junho de 2013 23:18

      Olá, Leonardo. Eu me chamo Vivianne. Prazer em conhece- lo. Eu participo de um grupo de filosofia teísta, aonde temos nos dedicado a revisar as provas da existência de Deus. E, recentemente, decidimos que o próximo passo do grupo será estudar o Antigo Testamento. A questão das aparentes contradições receberá especial atenção. Podemos manter contato? Diante do que você escreveu em seu comentário quero dizer que terei o imenso prazer em lhe ajudar no que for possível.



    • Vivianne Cristina em 18 de junho de 2013 23:19

      Olá, Leonardo. Eu me chamo Vivianne. Prazer em conhece- lo. Eu participo de um grupo de filosofia teísta, aonde temos nos dedicado a revisar as provas da existência de Deus. E, recentemente, decidimos que o próximo passo do grupo será estudar o Antigo Testamento. A questão das aparentes contradições receberá especial atenção. Podemos manter contato? Diante do que você escreveu em seu comentário quero dizer que terei o imenso prazer em lhe ajudar no que for possível. Meu email: vivicrys_@hotmail.com



    • Rinaldo Ribeiro em 25 de junho de 2013 13:44

      Amado Irmão, quando compreendemos o conflito entre o bem e o mal, encontramos o caráter inerente a cada um. De um lado o espírito de rebelião que reclama liberdade incondicional e um viver segundo seus próprios desejos sendo assim contra a LEI DE DEUS. Por outro lado um Pai que nos criou e que para nos proteger de nós mesmos nos mostra por sua Palavra (Lei) o limite para a liberdade humana que nos afasta da posição de filhos por não buscar refletir em se o caráter do Criador. Importa lembrar que O SENHOR não só é o autor mas também mantenedor da vida e que assim sendo é reservado a ele o direito de tirar de todos os que DECIDEM se posicionar contrário a Ele. Porém antes promoveu a todos um meio para estarmos dentro do sonho de Deus que é ter um povo seu por decisão deste povo (Jo.3:16). Em breve aquele que na prática revelou o caráter do Pai, Jesus Cristo, voltará e aquele que permanecer nesta Fé prosperará, fará parte do povo do SENHOR. Te convido a estudar os capítulos 13 e 14 do Livro de Apocalipse. O SENHOR te abençoe e te dê a paz !!



    • Thulio Lopes em 30 de junho de 2013 18:38

      Bem, você não está obtendo uma resposta do Rodrigo Silva. Porém, digo a você que Deus é amor, mas Ele é justo. Existem dois caminhos à nossa frente, o certo e o errado. O certo, óbvio, é o caminho do SENHOR; o errado é o caminho da morte e da destruição. Entenda que Deus sempre foi um Deus de regras. Toda regra que Ele criara tinha uma consequência boa, àqueles que as obedeciam, e ruim, àqueles que as desobedeciam. E infelizmente muitas pessoas obtiveram a consequência ruim, sendo amaldiçoados e muitas vezes mortos. Deus age conforme a necessidade dos tempos. Na época do Antigo Testamento as pessoas não viam justiça sem um tipo de punição como esta. Era a necessidade do povo esse tipo de atuação. Mas com o passar do tempo as coisas foram mudando, como podemos ver hoje em dia. Deus foi amansando o povo. Quero também que entenda que as coisas de Deus são um mistério para nós, homens de mente finita. Amigo, Deus sabe de todas as coisas, e se Ele agiu dessa forma no passado é porque Ele devia agir assim. A inundação da época de Noé não foi em vão. Se Deus não tivesse interrompido a maldade daquela época, Jesus não viria e morreria por nós, pelo fato de que o povo estava muito pior do que vemos hoje em dia. Eles matariam uns aos outros até a humanidade ser anulada da face da terra. Quando a Bíblia diz que Jesus não veio trazer paz, e sim guerra, quer dizer que Jesus, quando viveu aqui na terra, causou muitas discórdias sem querer, por causa de pessoas que tinham inveja dele e queriam o matar. Ele diz que criou o mal pelo fato de ter criado a Lúcifer e este iniciado o mal. O mal sempre existiu, só não era praticado. Deus não enganou seu povo escolhido no deserto. Ele não permitiu que eles não entrassem em Canaã porque foram tremendos pecadores. Moisés não entrou em Canaã porque ele não obedeceu à Deus quando bateu na pedra para retirar água quando Deus pedia somente para ele falar para sair água da pedra. Há coisas que Deus faz que não podemos questionar, afinal, Ele sabe de todas as coisas. Sinceramente, deixe esse ateu pra lá. Ele só vai fazer você duvidar do poder de nosso Criador. Já conversei com um ateu sobre Deus também. Não adiantou. São pessoas enganadas pelo mundo. Não possuem espiritualismo, só acreditam na ciência do homem, que é vazia. Afaste-se desse tipo de pessoa. Ore por ele. Deixe que Deus aja na vida dele. Só o Espírito Santo convence, e se for da vontade de Deus que ele se entregue e veja a Cristo, Deus vai permitir. Ore muito por ele. Para conversar com pessoas assim temos que estuda muito a Bíblia e a História fora da Bíblia que comprova sua veracidade, e principalmente ter imensa comunhão com Deus pra que a gente não seja convencido do erro. Afaste-se para que sua salvação não seja perdida.



  • diogo em 10 de junho de 2013 14:32

    Karl Marx é o pai do comunismo. Um burguês que nunca trabalhou na vida. Inimigo de Deus e da humanidade.



    • Humberto R. Méndez em 10 de junho de 2013 21:10

      Gracias Doctor Silva por esa introducción a la Historia del Pueblo de Israel, sus programas son una guía dirigida a traves de la Historia y de la Biblia.



  • Maria em 10 de junho de 2013 19:39

    Suas explicações são tão fáceis de entender. Ótimo.



  • ailton john em 11 de junho de 2013 0:14

    muito bom dr rodrigo, nao perco um progama seu



  • Abraão Vaz em 11 de junho de 2013 0:22

    ótima matéria … bom para situarmos quando estamos lendo a bíblia … Deus abençoe aos organizadores e que cada vez vocês transmitam mais conhecimentos e sabedoria da parte dos céus para as orientações … o povo precisa muito disso, principalmente nesses últimos dias.



  • Nilzete Cardeal em 11 de junho de 2013 1:07

    Que ótimo, pois eu amo a história desse povo.Gostaria de saber mais se ainda existe descendentes dos filhos de Jacó.



  • Ana Zilá Dornelles Schantz em 11 de junho de 2013 14:52

    Preciso saber como adquirir dvds com os assuntos do programa Evidências ?



  • Ana Maria em 11 de junho de 2013 21:57

    Caro Leonardo,
    Muitas vezes podemos nos pegar questionando a respeito da existência e do caráter de Deus. Isto é normal, acredito.
    Mas relacionar-se sinceramente com Ele, trará à luz todas as suas dúvidas. Tratando de um assunto tão sério que é a nossa espiritualidade, não podemos apenas considerar textos fora do contexto, ok?
    Busque esse Deus a quem deseja acusar e Ele lhe mostrará a verdade, afinal, o que fazem os inimigos, se não acusar aqueles que odeiam?
    Qualquer coisa, estamos aí!
    Grande abraço!



    • Leonardo Nerys em 27 de junho de 2013 1:00

      amém!! obrigado pela resposta e que Deus a abençoe!!



  • eliane em 12 de junho de 2013 9:50

    Bem se este homem é ateu, como ataca um Deus que pra ele não existe??…é muito fácil pegar versículos isolados do contexto e definir um assunto, pra mim é manobra frágil de covardes, que só convence quem não teve experiência íntima com Deus e as escrituras, amigo peça fé e compreensão a Deus, e quanto ao ateu, Jesus viveu, morreu e venceu a morte por ele também e em breve virá, isto também está escrito na palavra.



  • jeckson dieo da silva em 13 de junho de 2013 21:27

    gostaria de saber si era posivel receber os videos frequentemente dos irmaos gosto muito do pastor e de seus ensinamentos



  • fafita albanita em 13 de junho de 2013 22:30

    a verdade sobre o novo e velho testamentto



  • jose carlos de almeida em 14 de junho de 2013 6:45

    muito enteressante vc saber sobre a historia sobre judeus que influenciou a humanidade



  • Clarice Machado Cardoso em 14 de junho de 2013 15:09

    Com certeza muitas pessoas ignoram a influência dos judeus no mundo; um povo dotado de muita inteligência e conhecimento. Eles receberam a promessa de serem uma bênção para as outras nações, pena que não entenderam a forma. Mesmo assim, merecem nosso respeito.
    Quero parabenizar o programa por sua criatividade, alta informação e a certeza da veracidade dos temas abordados. Dá gosto assistir.



  • Evandro Pinheiro em 14 de junho de 2013 20:06

    Leonardo Nerys, é uma boa pergunta. Antes perguntar a alguém especializado no assunto do que perguntar pra quem nunca estudou a bíblia. Este programa é especializado em mostrar que a biblía diz a verdade, e não em explicar motivos de alguns fatos. Se eles lhe responderem, seria muito bom, e eu também gostaria de ver a resposta, pois vale pelo conhecimento. Vou lhe indicar um programa da novo tempo no qual creio que responderá esta questão.
    Aqui esta: http://novotempo.com/namiradaverdade/

    Quanto ao vídeo, parabéns! Estou “louco” para ver a continuação.
    Abraços.



  • gilberto em 15 de junho de 2013 3:23

    programa excelente



  • Joshua Torres em 15 de junho de 2013 11:16

    Querido gostaria de receber sua aulas sobre os judeus,ficarei grato,pois tenho sede de conhecer a história desse povo tão maravilhoso.Mande pra mim por favor,Fique na paz.



    • evidencias em 21 de junho de 2013 12:03

      Olá, Joshua

      Você pode entrar em contato com a escola bíblica da Novo Tempo e receber vários materiais gratuitamente.
      Ligue e peça através do telefone (12) 2127-3121.

      Atenciosamente,
      Produção Evidências



  • Lenilson em 15 de junho de 2013 21:19

    Boa noite meu nome é Lenilson Antonio da Silva, gostaria primeiro de deixar claro que qualquer historia seja ela bíblica ou não tirada fora do contexto se torna apenas pretexto, portanto precisamos compreender que por se tratar de um “livro” com várias historias que se complementam entre si, não podemos apenas usar textos não compreendidos, por estarem fora do contexto da historia, lida corretamente a bíblia se auto explica na compreensão do momento em que aconteceu, e o por que, gostaria de deixar apenas um exemplo simples e básico, quando alerto meu filho em relação a algo e digo que o corrigirei se ele não me ouvir, o mesmo não o faz e eu cumpro o que alertei, me torno intolerante? Cruel?

    Na questão de amaldiçoar a humanidade através de duas pessoas apenas: Podemos ler o restante do capitulo de Romanos 5 a partir do versículo 12 mesmo, compreenderemos que o que Deus está nos dizendo é que: como por meio de um só homem a humanidade herdou a condenação pelo pecado, também por meio do sacrifício de um só homem a humanidade seria novamente beneficiada sem olhar a quem estaria beneficiando.

    Todas as questão citadas abaixa se lermos os capítulos completos da história veremos as indagações aqui apresentadas serem esclarecidas.

    Espero que Deus lê dê sabedoria e discernimento para compreender tais questões.

    Um abraço!



    • evidencias em 21 de junho de 2013 12:04

      Desculpe, não vi qual a ligação de seu texto com o tema do programa. Talvez não tenha compreendido bem sua questão!

      Pr. Rodrigo



  • Fábio Henrique Macedo Mendonça em 17 de junho de 2013 10:59

    Parabéns, Professor Rodrigo, o vídeo foi muito útil. Eu mesmo não sabia que Israel significava “Homem” que “Batalhou” com “DEUS”; eu achava que o significado era “Lutou com Deus”. Também não tinha idéia da colaboração dos judeus no campo da ciência.



  • Carlos Geovani em 18 de junho de 2013 20:06

    Leonardo, boa noite!

    Satanás, que conhece a bíblia mais que você certamente lhe deixará confundido.
    Porém, siga firme olhando somente para Cristo.
    Chega ser uma audácia da sua parte desconfiar da grandeza e do amor de Deus.
    Sugiro, de madrugada, buscar em oração pelo Senhor Deus, e, verás que Ele é muito maior que as supostas verdade postadas por seu amigo.Outra coisa, a bíblia diz que quem não se ajunta se espalha. Se não vier em nome de Deus, repreenda.
    Que Deus perdoe sua dúvida, assim como perdoou a de Pedro ao caminhar sobre as águas.



  • cesar em 20 de junho de 2013 17:36

    a história do povo de deus é maravilhova, acompanharei até o fim



  • clovis junior em 21 de junho de 2013 15:30

    parabens evidencias continue assim



  • Patricia em 21 de junho de 2013 19:42

    Eu tambem conheci alguem com as mesmas perguntas e gostaria de entender melhor como explica-las. Muito obrigada



  • Rubasmate Santos em 22 de junho de 2013 23:21

    Esse programa é maravilhoso, parabéns.



  • Maria Thereza Oliveira em 23 de junho de 2013 11:32

    Muito se tem a pesquisar sobre a história dos judeus, quanto mais leio e estudo mais tenho a sensação de que falta algo, como se fosse uma peça de um grande quebra-cabeças, mas isso só o tempo dirá. Gosto demais dos vídeos e das colocações do professor Rodrigo Silva, e que por muito tempo tenho adquirido aprendizado e os quais suprem as minhas curiosidades. Quanto ao vídeo que acabei de ver somente quando o senhor diz que Jesus Cristo foi o fundador do cristianismo, deixo aqui a minha não aceitação a sua colocação, pois a finalidade do envio dele a esse mundo foi para ampliar o conhecimento acerca do que Deus queria e quer para a humanidade. Quem fundou o cristianismo foi, por infelicidade ou não, homens com intento de se aproveitar de algo especial e sobrenatural que foi deixado por Aquele que não requisitou méritos, apenas veio redirecionar o caminho para aqueles que se perderam em ideologias e falsas histórias. Um grande abraço e que a Deus seja dada toda honra e toda a glória.



  • Jocel em 24 de junho de 2013 22:17

    Caro Leonardo. O amor se completa com a justiça, de forma que é impossível desassociar os dois. Se impera a injustiça, não há como subsistir o amor e vice-versa. Como está escrito em Pv 3.11,12;
    Meu filho, não desprezes a correção do Senhor, nem te espantes de que ele te repreenda, porque o Senhor castiga aquele a quem ama, e pune o filho a quem muito estima.
    Provérbios 3:11-12
    Reflita sobre a relação de um pai e um filho. A dose de justiça e misericórdia tem que ser igualitária para que o amor exista em sua plenitude.
    Bom, mas ainda temos que levar em consideração que Deus é onisciente e age dentro de uma perspectiva que foge ao nosso entendimento, pois somos limitados. Como está escrito em Isaías 55.7-9:
    Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar. Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.
    De forma que, se ao menos pudéssemos contemplar o fim de algo poderíamos ter plena convicção de podermos agir justamente no andamento deste algo.
    Por fim, é bom lembrar que todos somos inescusáveis diante de tanto amor. Como está escrito em Rm 1.20-22:
    Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
    Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
    Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
    Será que há alguma autoridade(em conhecimento ou merecimento) no homem, ou criatura, para que ele/a, segundo o seu próprio ponto de vista, venha a não concordar com a permissão de Deus?
    É importante, neste caso, diferenciar a permissão de Deus, ou vontade permissiva de Deus, com a Sua vontade absoluta. Deus jamais desejaria que nenhum de nós pecássemos, a exemplo de Adão. Porém, Ele, a partir de então, age dentro desta perspectiva que nos descredencia de cobrarmos o mínimo, que diremos pois a vida.



  • Thiago Coutinho de Oliveira em 26 de junho de 2013 18:25

    Oi amigo Leonardo, meu nome é Thiago sou Adventista do setimo dia, estive olhando algumas das perguntas que voce postou, e posso te dizer que elas são perguntas de toda a humanidade, pelo fato de questionarem, o DEUS de amor que nós cristão pregamos e a contradição de nossa realidade.
    Algumas delas só podem ser respondidas se analizar mos o conflito entre o bem eo mal, oque as pessoas não entendem é que DEUS respeita o livre abtrio de todos nós ele sabe o fim de todas as coisas antes do começos delas, o conhecer de todas as coisas não é a mesma coisa de querer que aconteça, pelo fato de nosso SENHOR DEUS conhecer tudo ele não é o causador de seu fim.
    A entrada do pecado no mundo não pegou DEUS de surpresa pelo fato de ele ser uniciente, entretanto não era o que ele queria(Genesis 2:16 e 17).
    A questão do dilúvio é facil de entender se olhar-mos a sociedade humana como estava naquela época(Genesis 6: 5 e 6), a maldade estava reinando e DEUS tinha que fazer alguma coisa para evitar a destruição de Noé e de sua familia, se DEUS não tiver-se intervido naquele momento até a familia de Noé teria se perdido e infelizmente é o que vai acontecer com aqueles que não acreditarem na palavra de JESUS(Mateus 24: 36 a 39).
    A quetão das pragas é claro em mostrar o resultado da rebeldia de Faraó, as pragas também tinha o objetivo de mostrar a o povo do Egito que DEUS É O SENHOR DOS CÉUS E DA TERRA E FORA DELE NÃO TEM OUTRO(Exodo 1: 8 a 14), em resumo nos diz que Faraó fez amargar a vida do povo Hebreu e os Egipcios puseram feitores sobre eles para os afligirem com suas cargas, os egipcios eram um povo idolatra que adoravam varios deuses e para que o povo fosse liberto era necessario que a nação Egipcia reconhece-se a existencia de DEUS e por isso DEUS mandava os seus prodigios na tentativa de todo o povo do Egito a dorar a o único DEUS(Exodo 5: 01 a 05) e (Exodo 7:01 a 13).
    DEUS nunca preconceituoso, para alegarmos que ele é precoceituoso não estamos vendo o certo, na Biblía DEUS ordenou o massacre de algumas naç~~oes que na verdade se olharmos bem o contesto, elas causaram grandes problemas para o povo de DEUS, como no caso dos Amalequitas(1 Samuel 15:01 a 05) e o caso(1 Samuel 11:01 a 11).
    No caso de Genesis 38:8-10: é facil de responder se olhar-mos para a sociedade daquela época, tinha o costume do Levirato onde para a familia do irmão não ter fim era necessario que o outro casar-se com a sua nora e desse herdeiros ao irmão falecido, porém Onã não fez o que era correto diante de DEUS, pois o objetivo era de aumentar o numero de pessoas fieis ao SENHOR.
    O segredo de entender a Biblía é simplismente entender a realidade do tempo em que o relato ocorreu e comparar com as outras partes da Biblía



    • Thiago Coutinho de Oliveira em 26 de junho de 2013 18:34

      O meu E-mail é :coutinho.thiago754@hotmail.com
      terei o maior prazer em responder as perguntas sobre a Biblía, pois assisto varios programas da Novo Tempo, abraços.



  • Vanda Pires em 26 de junho de 2013 20:44

    ótimo tema aprendi muito sobre os judeus.Obrigada .



  • josefa em 29 de junho de 2013 19:59

    Gosto mui desses comentários coerentes.



  • Gregori Maus em 1 de julho de 2013 14:21

    Olá Leonardo, muito interessantes estas suas dúvidas, acredito que tenha como responde-las, se não todas a grande maioria, peço que entre em contato comigo: gregori.maus@gmail.com e juntos vamos analisar estas questões.

    Abração!



    • Vivianne Cristina em 4 de julho de 2013 10:02

      Posso também o adicionar, Gregori Maus? Acredito ser interessante e proveitoso investigarmos essas questões juntos.



  • Adelfio Horbach em 2 de julho de 2013 20:57

    Gostei muito desta matéria dos judeus, e gostaria de adquirir em dvd, ou por escrito mesmo, se possível, grato pela atenção…



  • Rubem Carneiro em 6 de julho de 2013 22:34

    Maravilha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



  • tavares em 7 de julho de 2013 17:02

    e muito bom saber das evidemcis sobre a vidas de todos homens de jesus . so comfio em nosso deus . groria a deus.



  • Josinaldo Costa em 13 de julho de 2013 10:59

    Excelente, dr. Rodrigo! Que o Espírito Santo permaneça abençoando o ministério que Ele mesmo lhe conferiu!



  • MARCELO MAZAFERRO em 23 de julho de 2013 16:20

    assisti novamente e notei que o nome Jacó tem uma tradução não muito propícia pois já ouvi falar que significa: AQUELE QUE AGARRA



  • JOSE JOÃO em 28 de julho de 2013 7:19

    MARAVILHOSO PARA QUEM TEM INTERSSE DE CONHECER A VERACIDADE DO POVO QUE UM DIA FORA O POVO ESCOLHODO DE DEUS



  • Ricardo em 25 de setembro de 2013 2:08

    Das 613 ‘leis’ dos judeus, seguem sa mais absurdas: Incendiar uma cidade que passou a praticar idolatria, Não deixar de odiar o idólatra, Não evitar que ele seja incriminado, Não ter medo de MATAR o falso profeta, Os cachos de uvas com DEFEITO para os pobres, CONDENAR testemunhas por falso testemunho, Destruir todo idólatra, AÇOITAR os transgressores de certos mandamentos, Os transgressores de certos mandamentos devem ser decapitados / enforcados / queimados / apedrejados, Os corpos de certos transgressores devem ser pendurados depois da execução, Não salvar a vida de um enganador, Não ter PIEDADE de um falso profeta, ?Não cortar a barba?, Não aceitar opiniões contrárias daqueles que ensinam a Torah, Não mostrar misericórdia aos idólatras, Não suportar os idólatras habitando em nossa terra, Não casar-se com os heréticos, Não casar-se com mulheres moabitas e amonitas, Um imundo entrar em qualquer parte do santuário, Permitir a um israelita apóstata comer a oferta de Páscoa, Uma pessoa impura comer comida consagrada, Sacerdotes com os cabelos despenteados entrarem no Santuário, Sacerdotes usando roupas alugadas entrarem no Santuário, Possuir fermento durante a Páscoa, Um nazireu beber vinho / comer uvas frescas / comer uvas secas / comer as sementes de uvas / comer as folhas secas de uvas / barbear-se / Não vender as terras abertas dos levitas / Não poupar a vida de um perseguido…



  • Ricardo em 27 de setembro de 2013 18:06

    Das 613 ‘leis’ dos judeus, seguem sa mais absurdas: Incendiar uma cidade que passou a praticar idolatria, Não deixar de odiar o idólatra, Não evitar que ele seja incriminado, Não ter medo de MATAR o falso profeta, Os cachos de uvas com DEFEITO para os pobres, CONDENAR testemunhas por falso testemunho, Destruir todo idólatra, AÇOITAR os transgressores de certos mandamentos, Os transgressores de certos mandamentos devem ser decapitados / enforcados / queimados / apedrejados, Os corpos de certos transgressores devem ser pendurados depois da execução, Não salvar a vida de um enganador, Não ter PIEDADE de um falso profeta, ?Não cortar a barba?, Não aceitar opiniões contrárias daqueles que ensinam a Torah, Não mostrar misericórdia aos idólatras, Não suportar os idólatras habitando em nossa terra, Não casar-se com os heréticos, Não casar-se com mulheres moabitas e amonitas, Um imundo entrar em qualquer parte do santuário, Permitir a um israelita apóstata comer a oferta de Páscoa, Uma pessoa impura comer comida consagrada, Sacerdotes com os cabelos despenteados entrarem no Santuário, Sacerdotes usando roupas alugadas entrarem no Santuário, Possuir fermento durante a Páscoa, Um nazireu beber vinho / comer uvas frescas / comer uvas secas / comer as sementes de uvas / comer as folhas secas de uvas / barbear-se / Não vender as terras abertas dos levitas / Não poupar a vida de um perseguido…



  • Augusto Vellasco em 23 de maio de 2014 17:22

    Gosto muito do saber. E assuntos, abrangentes como o aqui exibido, nos auxiliam a entender um pouco mais sobre os Judeus e sobre a Palavra de Deus.