Assista no ar:
Jornal Da Novo Tempo
TV TV
INÉDITO:
REPRISES:

Comente



  • .IVA ELAINE em 2 de maio de 2015 4:07

    Muito bom pastor ivan,esses outros que dizem essas mentiras na internet, não deixam sequer um espaço pta gente comentar e desmentir eles,mas vcs dão esse epaço porque cada resposta está na biblia



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 7 de maio de 2015 11:02

      Querida amiga e irmã IVA, que alegria receber seu comentário. A verdade está na Palavra de Deus que é a Bíblia, amém? Deus deseja que a estudemos todos os dias, pois “…a Palavra de Deus é viva e eficaz… é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração” Hebreus 4:12
      Aceitaria estudar conosco a Palavra de Deus? Será uma grande alegria, vamos aguardar seu retorno.
      Que Deus te abençoe sempre, um grande abraço seus amigos do Está Escrito.



  • Deisiane em 7 de abril de 2015 13:54

    Sei que não devo trabalhar no sábado mas eu trabalho quando horei a deus pedi um trabalho que eu não tralhase no sábado mas eu estava precisando ai aceitei esse enprego mas todos os dias mim arependo de trabalho no sábado. Conversei com meu patrão mas ele não mim libera fico triste porque sei que e um dos dez mandamento. Não tive paciência não esperei em DEUS.



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 10 de abril de 2015 6:23

      Olá! Querida amiga DEISIANE, o que acha de mostrar para o seu patrão o quanto é importante esse dia? Como sabemos, os Dez Mandamentos constituem a norma eterna do que é correto. Jesus não veio nos libertar da obediência à Lei (Mateus 5:17-17; Efésios 2:10), mas da condenação dela – a morte eterna (Romanos 6:23; Romanos 8:1). Todo aquele que ama a Jesus, em gratidão por seus pecados perdoados, procurará obedecer aos mandamentos de Deus (João 14:15) com a ajuda e a força que vem do próprio Criador! (Filipenses 2:13).

      Entender a razão para alguns mandamentos é mais fácil. Sabemos que não devemos matar, mentir ou roubar. Para entendermos a razão da observância do Sábado temos que refletir mais detidamente no caráter de Deus e seu propósito ao criar a raça humana. Deus nos criou não porque precisasse de nós. Criou-nos, entre outras razões, para ter a alegria do companheirismo conosco e também para nos dar a alegria do companheirismo com Ele. Daí a importância do Sábado – um dia para especial comunhão com Deus, nosso Criador (Gênesis 2:1-3; Êxodo 20:8-11).

      Ore, converse com Deus e diga que deseja cumprir Seu mandamento, Ele irá lhe ajudar sempre Isaías 41:10, amém?
      Entregue sua vida aos cuidados de Deus e deixe-O realizar os maravilhosos planos que Ele tem para você, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • laraini em 8 de fevereiro de 2015 20:39

    pastor também tenho oura questão que não consigo entender a respeito de como as mulheres devem se apresentar na hora da oração conheço, uma certa denominação de pessoas próximas a mim, que durante orações e culto as mulheres devem usar o véu,certa vez questionei sobre isso e me pediram para ler em CO 11 2-16.mais pastor ainda assim fiquei em duvida por favor me esclareça.muito obrigada DEUS te abençoe.



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 10 de fevereiro de 2015 15:18

      Olá querida LARAINI, a orientação apostólica sobre o uso do véu por mulheres na igreja aparece em I Coríntios 11:3-15.
      Entendemos tratar-se de um problema local e do tempo de Paulo, em vista, inclusive, do que é dito no verso 14: “É desonroso para o homem usar cabelo comprido”. Teria Deus, porventura, requerido do nazireu, nos tempos do Velho Testamento, que assumisse um comportamento desonroso, ao ordenar que sobre a sua cabeça não fosse passada a navalha? (ver Lev. 6:5). É evidente que não, pois Deus não Se contradiz.

      Aplicar literalmente os ensinos de I Coríntios 11 hoje, num contexto totalmente diferente, em que as obrigações e direitos sociais do homem e da mulher, bem oposto ao que ocorriam nos tempos bíblicos, praticamente se igualam, revela falta de bom-senso e adequada compreensão das Escrituras, e exemplifica a condenável prática de “forçar” o sentido da Bíblia. O uso do véu na igreja hoje pelas mulheres é simplesmente irrelevante, por ser inútil e inconseqüente. Igualmente nos parece imprópria a atitude de alguns, talvez movidos por “zelo sem entendimento”, de, como base neste capítulo, condenar sumariamente uma mulher pelo simples fato de cortar um pouco do seu cabelo.

      Que Deus te abençoe sempre, um grande abraço seus amigos do Está Escrito.



  • laraini em 8 de fevereiro de 2015 19:56

    ola pastor gostaria que me explicasse essa passagem na bíblia que fala sobre o sábado que ainda me é confusa mateus capitulo 12.obrigada.



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 10 de fevereiro de 2015 9:48

      Querida amiga LARAINI, agradecemos o seu contato.
      Para os judeus, o templo era mais sagrado que qualquer outra coisa na Terra. Contudo, Cristo afirma que Ele é maior até mesmo que o templo.
      Ele é “maior que o templo”, Ele é “Senhor do sábado”, uma das mais sagradas instituições religiosas Mateus 12:8.
      Cristo indica que tanto o templo quanto o sábado foram ordenados ao serviço do ser humano, não o contrário.
      O ser humano não foi criado para que pudesse haver alguém para adorar no templo e observar o sábado; em vez disso, essas coisas deviam ser para benefício do ser humano Mateus 2:27
      Cristo Jesus te ama muito e deseja que você continue a buscar as verdades em Sua Palavra, Hebreus 3:7:8
      Aceitaria conhecer mais da Palavra de Deus estudando conosco por e-mail? Vamos aguardar sua resposta aqui no BLOG, tudo bem?
      Continue firme com Jesus, não desvie dos planos e propósitos que Deus tem para sua vida, um futuro glorioso está reservado para você, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • douglas silva em 7 de fevereiro de 2015 2:29

    Eu aqui estudando com vocês sobre esse assunto estive com uma duvida.Em Mateus 5:17-18 essa frase” até que tudo se cumpra,”não estaria dizendo “até a morte e ressurreição de cristo”,se não fosse oque poderia ser?ABRAÇOS!!!



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 9 de fevereiro de 2015 13:48

      Olá querido amigo DOUGLAS, é maravilhoso saber que está se dedicando aos estudos da Palavra do Senhor.
      Veja, quando se fala em “cumpra” Deus não modificará ou alterará Sua vontade expressa. Sua “palavra” cumprirá Seu propósito beneficente e “prosperará” Isaías 55:11.
      Os preceitos divinos não serão mudados para se harmonizar à vontade humana.
      A palavra de nosso Deus permanece eternamente Isaías 40:8
      Tudo irá se cumprir conforme está nas Escrituras Sagradas, por isso é importante estar firmes em Cristo e vigiar, amém! Marcos 13:35-37
      O que, porém, vos digo, digo a todos: vigiai!
      Conte sempre conosco, que Deus abençoe sempre você e toda sua família.
      Um grande abraço seus amigos do Está Escrito.



  • Rafael em 6 de fevereiro de 2015 7:37

    nenhum adventista cita essa passagem… acho lamentável.
    Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,
    Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.
    Colossenses 2:16-17



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 6 de fevereiro de 2015 16:03

      Olá querido amigo RAFAEL, que alegria receber seu comentário em nosso blog.
      Veja, Colossenses não trata especificamente de dias, mas de cerimônias. O texto se refere a celebrações temporais nas quais “comida e bebida” eram servidas. Em resumo, Colossenses está tratando aqui de um cerimonialismo que havia perdido de vista a Cristo, que é a verdadeira essência para a qual apontavam as cerimônias do antigo testamento.

      É notável também que nas referências do antigo testamento à trilogia das celebrações trata, invariavelmente, não da observância de dias, mas da forma como esses dias santos estavam relacionados às especificações da “lei cerimonial” 1Cr23:31; 2Cr 2:4; 8:13; 31:3; Is 1:11-14, Ez45:17.

      Vamos aguardar o que pensa a respeito, caminhe sempre com Jesus, Ele é a sua proteção, não há o que temer quando temos Deus ao nosso lado, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • ana em 24 de janeiro de 2015 17:24

    Pastor porque afirmam que Paulo nos manda a não guardar o dia do sábado? Não sou tão conhecedora quanto a bíblia e gostaria de entender…



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 26 de janeiro de 2015 18:44

      Olá querida amiga ANA, Paulo diz em Hebreus 4:9 “Portanto, resta um repouso para o povo de Deus” Ele confirmou a guarda do sábado!

      “Se guardardes os Meus mandamentos, permanecereis no Meu amor; assim como também Eu tenho guardado os mandamentos de Meu Pai e no Seu amor permaneço” João 15:10
      Jesus guardou o sábado e obedeceu aos 10 mandamentos, inclusive o quarto que é o sábado, leia Êxodo 20:8
      “Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens” Atos 5:29

      Vamos aguardar o que pensa a respeito, caminhe sempre com Jesus, Ele é a sua proteção, não há o que temer quando temos Deus ao nosso lado, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Pablo Marques em 17 de dezembro de 2014 9:33

    Ser diferente dos demais…
    Boa dia amigos do Está Escrito. Meu nome é Pablo Marques, sou Adventista do Sétimo Dia, tenho um ano e meio de batizado, antes de ser batizado estava frequentando outra denominação evangélica, e comecei a receber estudos bíblicos com o Pastor daquela Igreja, percebi então que aquela denominação usava o estudos com apenas versículos isolados, e comecei a estudar mais a Bíblia, após me aprofundar mais nos estudos percebi que Deus e Seu Espírito Santos é maior do que qualquer coisa neste Mundo, foi então que conheci a verdade e os propósitos de Deus para a minha vida. Os versículos isolados eram claros que eram apenas para o beneficio próprio daquela Igreja. Ele não aprofundava no contesto, percebi que estamos vivendo um tempo em que a Igreja tem que se adaptar com os Cristãos e não nós com o que Deus realmente quer para nós. Deus é um Deus de amor, ele mesmo disse em 1º João 2;4 Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. A Lei realmente não salva ninguém e nós não escondemos isso de ninguém, pois estamos sobre a graça de Deus. Mas, conforme o versículo de 1º Jo 2;4, se você não guarda os mandamentos de Deus você se torna um mentiroso e não pode amar a Deus, pois você não é obediente a Ele. Todos os pais desejam que seus filhos sejam obedientes aos seus ensinamentos, e não é diferente com Deus, ele é nosso Pai e deseja de nós a obediência, Deus mandou seu filho amado para morrer em nosso lugar, pois nós deveríamos morrer, e Jesus veio e assim aconteceu. Contudo existem pessoas que não conseguem reconhecer esta enorme demonstração de amor, e contudo os temos a coragem de não o Amar, pois não guardamos aos seus mandamentos.
    Se você leu até o final, procure ajuda, tente estudar a Bíblia um pouco mais, pede a Deus ajuda do Espírito Santo, e ele lhe conduzirá no caminho da verdade. Nós amamos um só Deus, mas não obedecemos ao mesmo Deus, por que o Deus verdadeiro guardou todos os mandamentos e mais do que isso nos ordenou também. Deus sabia que a maioria iriam esquecer ou mudar o 4º mandamento, por isso ele começa o 4º pedindo para que nós não esquecesse do dia Santos e Sagrado Êxodo 20; 8-11
    “8 Lembra-te do dia de sábado, para o santificar.
    9 Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra.
    10 Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro;
    11 porque, em seis dias, fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o SENHOR abençoou o dia de sábado e o santificou.



    • Ailto Santana em 17 de dezembro de 2014 10:13

      Olá PABLO! Bem vindo a família Adventista do Sétimo Dia. Você não pode imaginar a alegria que sentimos ao ler o seu testemunho. O nosso objetivo é pregar o evangelho e possibilitar as pessoas a terem contato com a verdade, verdade que liberta. Estamos postando na íntegra o seu comentário para que outros tal como você, também compreendam o que o quarto mandamento da Santa Lei de Deus representa. Que o SENHOR continue fortalecendo a sua fé. Um forte abraço.



  • rafael em 11 de dezembro de 2014 17:19

    oi tudo bem
    qual foi a lei que Jesus veio cumprir NT? e por que ele nos diz que não vivemos pela lei que é a lei de Deus mais sim pela graça, de que serviu o sacrifício de Jesus?

    e tenho plena certeza se eu morresse hoje quando Deus viesse resgatar os seus escolhidos
    eu iria com ele.

    No seu ponto de vista eu cumpro o 4 mandamento eu iria para o inferno?



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 12 de dezembro de 2014 7:29

      Ótima questão querido irmão RAFAEL, para entender melhor sobre este assunto, gostaríamos de indicar este vídeo que aborda exatamente sobre isso, https://www.youtube.com/watch?v=QbR29NkDT_Q

      Que o Espírito Santo esteja no seu coração, na sua vida, conduzindo seus passos e as suas decisões, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Jose joao em 30 de outubro de 2014 17:31

    Jesus diss em mateus 5:17 nao penses que abulir a lei + comprir, portanto o sabado nao foi abolido.



  • Ezequiel em 16 de outubro de 2014 7:31

    Muito bom, adimiro muito vc



  • Alberto em 6 de outubro de 2014 23:45

    Porque adora o sábado e jesus não porque colocar sábado ta certo que sábado não e imagem e um dia



  • Rejany em 27 de setembro de 2014 11:43

    O sábado não é para igreja de CRISTO, e sim para os judeos Dt 5:1
    olha o que Jesus disse em Mt 12:3-8
    Paulo disse: Cl 2:16 Portanto, ninguém vos julgue NEMpelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova ou dos ”sábados…
    Hb 9:15 Cristo fez tudo novo, um novo testamento.
    Jesus nunca sitou que guardasse o sábado, pelo contrario MT 22:37-40 O amor a Deus e ao proximo depende toda a lei ”e os profetas.
    Rm 7: 6 estamos livre da lei
    Gl 3:10-11 os que vivem debaixo da lei estão sobre a maldição , pq pela lei ninguém é justificado.
    Gn 2:2 E havendo Deus acabado sua obra no dia ”SETIMO, Deus trabalhou e descansou tbm, então logo podemos fazer o mesmo.
    aguardo sua resposta!



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 1 de outubro de 2014 17:03

      Olá querida amiga e irmã REJANY, agradecemos o seu contato.
      A Palavra de Deus diz em vários textos que o verdadeiro “dia do Senhor! é o sábado e não o domingo!
      Êx 16:23; Is 58:13; Ne 10:31; Mt 12:8; Mc 2:28; Lc 6:5

      O sétimo dia é um sinal entre Deus e todo o Seu povo Ez 20:12, 20 e não um sinal de identificação (com o Deus Criador) entre Deus e Israel apenas.

      Isso pode ser visto em Ezequiel 20:21, contexto de Ezequiel 20:20, onde Deus pede que o “homem”, ou seja, todo o ser humano, não apenas judeus ou israelitas, obedeçam aos seus “estatutos”, incluindo o sábado.

      Não é por acaso que as três mensagens angélicas de Apocalipse 14:6-12 ou os “últimos três recados de Deus a humanidade” nos convidam a adorarmos a Deus Ap 14:7 com uma atitude de obediência aos Seus mandamentos Ap 14:12, incluindo o quarto preceito do Decálogo Tg 2:10
      “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” Mt 15:9

      Jesus foi bem claro nesta passagem, devemos cumprir o que as Escrituras Sagradas nos diz a respeito de Deus.
      Agradecemos e respeitamos muito a sua opinião, e por isso estamos te convidando a estudar conosco a Palavra do Senhor, o que acha?

      Vamos aguardar sua opinião a respeito, conte sempre conosco.
      Que a paz de Cristo Jesus reine em seu lar sempre.
      Um grande abraço, seus amigos do Está Escrito.



  • José Chilulu em 19 de setembro de 2014 7:25

    Louvado seja DEUS por tudo que tem feito em nossas vidas. Agradeço pela oportunidade que puzeram ali para que podesse-mos enviar comentários, me descupem pelo encomodo mas preciso de um reavivamento espiritual orem por mim porfavor estou fraco na Fé, no Amor, e me errito facilmente em casa, espero da ajuda de DEUS e de irmãos. O devo eu fazer para estar firme nas do SENHOR JESUS?
    que o SENHOR possa vos abençoar abundantemente pelo vosso trabalho de pescadores de homens. Bom trabalhor, Irmãos em CRISTO SENHOR.



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 24 de setembro de 2014 12:39

      Amém querido irmão JOSÉ, estenda sempre suas mãos para Deus, Ele irá te direcionar pelo melhor caminho, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Deane Barreto em 14 de setembro de 2014 14:23

    Sou evangélico da assembleia de Deus, mais o Espirito Santo esta abrindo minha mente e revelando que quem vai contra a palavra de Deus vai contra o próprio Deus, o sábado é lei e tem que ser guardado, pois quem tropeça em um é culpado de todos.



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 19 de setembro de 2014 18:31

      Olá querido amigo e irmão DEANE, é uma alegria para todos nós recebermos o seu comentário. Louvado Seja Deus!
      Deus declara em Ezequiel 20:20 “Santificai os Meus sábados, pois servirão de sinal entre Mim e vós, para que saibais que Eu sou o Senhor vosso Deus”.
      Estamos muito felizes em saber que aceita esse mandamento de Deus. Irmão você aceitaria fazer um estudo aprofundado da Bíblia conosco? O que acha?
      Conte sempre conosco, que a paz de Cristo Jesus reine sempre em seu lar.
      Um grande abraço, seus amigos do Está Escrito.



  • Adriane em 4 de agosto de 2014 16:06

    Olá, tenho uma duvida que me perturba desde que conheci a igreja adventista, minha mãe, meu padrasto e eu não íamos a nenhuma igreja até conhecer a adv. Nos batizamos mas acamos nos afastando da igreja, sempre surgem convites para os cultos em outras igrejas como a assembléia ou a presbiteriana independente, mas meu padrasto me proíbe e me diz que é errado ir a uma outra igreja, uma que nao guarda o sabado, ele diz que o verdadeiro Deus está apenas na igreja adventista e que só os adventistas serão salvos.Eu agradeceria profundamente se pudessem me explicar um pouco mais sobre isso. Abraços.



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 6 de agosto de 2014 19:33

      Muito importante esta questão querida irmã ADRIANE, assista este vídeo https://www.youtube.com/watch?v=pT7X9Os7Q00

      Vamos aguardar seu retorno, Deus é justo e amor em todas as Suas ações, Ele quer te fazer feliz neste mundo e principalmente te preparar para a vida eterna, que você siga sempre as verdades do Senhor em sua vida, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • wiliam em 29 de julho de 2014 14:30

    Quando eu falo sobre o sábado, eles responde que na bíblia diz que Jesus curou no sábado



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 2 de agosto de 2014 23:31

      Ótima questão querido irmão WILLIAM, nos relatos evangélicos se registram sete curas realizadas por Cristo no sábado: Lucas 4:33, 38-39; 6:6-10; 13:10-17, 14:2-4; João 5:5-10; 9:1-14. Alguns pontos são evidentes ao examinarmos tais relatos. Vejamos:
      (a) Sempre que Jesus cura alguém no dia de sábado, Ele é acusado de ser um transgressor do quarto mandamento (Êxodo 20:8-11);
      (b) A defesa de Jesus é realizada de maneira enfática. Ele se defende das acusações;
      (c) Jesus não se considera um transgressor do Sábado. Muito pelo contrário: Ele coloca a guarda do Sábado em um nível superior ao dos judeus. Ele se declara Senhor do Sábado (Marcos 2:27 e 28), diz que o sábado foi feito para o homem e que é lícito (de acordo com a lei) realizar atos de bondade no dia do Sábado (Mateus 12:12).
      Cristo chama os judeus de hipócritas quanto à guarda do sábado (Lucas 13:15). Por quê? Porque eles pretendiam guardá-lo, mas haviam colocado tradições, regras, mandamentos sobre o sábado que o próprio Deus jamais colocara. Quem quer que examine, hoje, os livros de ensino e tradição dos judeus (Mishnáh, Talmud e outros) perceberá as incríveis distorções do mandamento sabático.
      Por que os judeus questionavam as curas no dia do sábado? Porque para eles – não para Deus – curar era uma espécie de trabalho. Curar = trabalhar, e o mandamento diz: “Não farás nenhum trabalho” (Lucas 13:14). Incrível, não?
      Como pode? A maneira como eles guardavam o mandamento demonstrava o quanto eram mesquinhos, desumanos e desprovidos de qualquer misericórdia. É até irônico! Eles eram capazes de tirar uma ovelha que caísse num precipício (para evitar prejuízo material) mas não queriam que Jesus estendesse a mão para curar doentes e pecadores – não é terrível?!
      E o mandamento que fora dado pelo próprio Cristo no monte Sinai (Atos 7:30-52) para ser um dia deleitoso, prazeroso (Isaías 58:13,14) tornou-se um fardo insuportável que o judeus hipócritas, impunham sobre os infelizes membros da nação judia. Por isso Jesus disse que queria misericórdia e não sacrifício.
      Jesus é o Senhor do Sábado! Ele criou o sábado (Gênesis 2:2,3); deu-o como mandamento no Sinai (Êxodo 20) e o ratificou com sua vida aqui neste mundo. O Sábado não foi dado apenas para os Judeus, foi dado para toda a humanidade como um incentivo à gratidão e à união entre a criatura e o Criador.

      Jesus jamais transgrediu aquilo que Ele mesmo estabelecera. E quando Ele foi julgado pelo Sinédrio e por Pilatos, buscaram argumentos para condená-lo. Se Cristo tivesse de fato transgredido o sábado os judeus achariam facilmente tal motivo, pois para eles esse era um dos principais mandamentos – mas nada acharam nEle!
      Pelas leis do Antigo Testamento o sacerdote não tinha permissão para dar pão sagrado, mesmo ao israelita mais consagrado. Apenas os sacerdotes podiam comê-lo. Entretanto, houve uma circunstância peculiar, incomum. Davi e seus homens precisavam desesperadamente de pão para sua subsistência, tendo em vista a maldade do rei Saul em persegui-lo (e dificultar a alimentação deles) e o fato de não haver outro alimento à mão.
      Da mesma forma, nos dias de Jesus, em situação ordinária, não seria permitido entrar na seara e colher espigas num dia de sábado (para os judeus e não na concepção do Deus Criador). Mas aquela era também uma circunstância especial pelas seguintes razões:
      1) Jesus e seus discípulos estavam longe de casa, pois eram pregadores itinerantes. Estavam retornando de uma reunião na sinagoga, a qual funcionava no sábado até, aproximadamente, a hora do almoço (a fome nesse horário é grande);
      2) Tendo em vista que nenhum daqueles religiosos ofereceu alimento – e os alunos de Cristo necessitavam comer – não seria transgressão do quarto mandamento colher espigas para saciar a fome. Seria o mesmo que hoje colhermos uma fruta no sábado, ou seja, nada de mais.
      É fácil percebermos que na Bíblia o dia de guarda sempre foi – e sempre será – o Sábado (Mateus 5:17-19; Apocalipse 14:6, 7; Isaías 66:22, 23 – até nos dias da eternidade!). E, quando lemos os relatos em que Jesus discutia com os fariseus sobre o assunto, o tema em questão nunca foi: “o dia deve ser guardado ou não?”, mas sim: “o dia pode ser guardado desse jeito?”.
      Meditemos nisso com sinceridade e oração para que não tenhamos uma vida de pecado ao transgredirmos conscientemente o Sábado! (ler Tiago 2:10).
      Se as leis morais pudessem ser abolidas, então Cristo não precisaria vir para morrer pelos pecadores, bastaria apenas abolir ou destruir a lei, pois onde não há lei, não existe pecado, porque o pecado é a transgressão da lei (Romanos 4:15; 1João 3:4). Caso a lei moral tivesse sido abolida, isso me “libertaria” para adorar imagens, tomar o nome de Deus em vão, desonrar os pais etc. Qual é o cumprimento da lei? Não é amar a Deus e ao próximo (Mateus 22:36-40; Deuteronômio 6:5; Levítico 19:18)? A primeira parte da lei está relacionada com nosso amor a Deus, e a segunda com nosso amor ao próximo. Se você acha que não deve guardar o sábado, também não deve guardar qualquer outro mandamento. Ou você acha que o único mandamento abolido teria sido o sábado?
      O sábado foi instituído no Éden, antes que a nação israelita existisse (Gênesis 2:2-3), o que foi confirmado por Cristo quando disse que o sábado foi feito por causa da humanidade como um todo, e não para um povo específico apenas (Marcos 2:27). Em Isaías 58:13-14; Ezequiel 20:12 e 20; e Apocalipse 14:12, o sábado é tido como um sinal entre Deus e Seu povo. Isso não quer dizer que só vai se salvar quem guarda ou guardou o sábado, mas Deus sempre teve um povo, em todas as épocas, com uma mensagem específica para dar ao mundo.
      A grande pergunta que eu tenho a quem diz que a lei foi abolida é de como será o juízo final.
      Em todo julgamento há um réu, que está sendo julgado por infringir uma lei, é assim hoje, agora imagine, qual será a lei, como será este julgamento se não existir uma lei, sendo que se não existe lei não existe pecado, a grande estratégia do inimigo é afastar as pessoas da Palavra de Deus.
      Deus não diz para irmos nessa ou naquela igreja , Ele nos pede para seguirmos a Ele, independente de igreja, se você está guardando o sábado, parabéns, não imagina a minha alegria de saber que mais uma pessoa estará salva e olha a linda promessa que tem em João 14:21:
      “Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado por Meu Pai, e Eu também o amarei e Me manifestarei a ele. “
      Em nenhum local da Bíblia tem escrito que somente o sábado foi abolido, como vimos, até na Nova Jerusalém guardaremos o sábado, a grande questão está em Oséias 4:6:
      “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.”
      O que acha de repassar esta mensagem a estas pessoas?
      Ouça sempre a voz do Senhor, Ele fala com você de várias formas e principalmente através da Bíblia, Ele tem vitórias maravilhosas reservadas para você, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



      • Adriane em 25 de outubro de 2014 11:22

        Você citou várias passagens e explicou, então explique-me o que fala em ROMANOS 10; 4 ? Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.

        Romanos 10:4



        • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 27 de outubro de 2014 16:57

          Olá querida amiga e irmã ADRIANE, agradecemos muito o seu contato conosco aqui pelo blog.
          Nesta passagem de Romanos 10:4, Paulo está descrevendo seus compatriotas judeus, que haviam, em grande medida, falhado em alcançar a salvação.

          Eles seguiram a lei de Moisés, mas não pela fé, por isso não conseguiram alcançar a justiça. Na verdade, eles tropeçaram “na pedra de tropeço”. Buscando tornarem-se justos pela lei, não conseguiram ver Cristo como Aquele para quem a lei de Moisés, com suas cerimônias e seus sacrifícios, apontava.

          É preciso lembrar que propósito e resultado, objetivo e alvo são apenas os dois lados da mesma moeda. Em 1Timóteo 1:5, “o intuito da presente admoestação visa o amor”. Ou seja, o amor é o resultado almejado com a pregação.

          Percebe-se, portanto, que o “fim” em Romanos 10:4, se refere a Cristo como o objetivo em direção do qual apontava todo o ritual ou lei judaica.

          Cristo foi o cumprimento das figurasse símbolos do AT, a culminação da Torah, e não Aquele que aboliria a lei e poria um fim à validade das exigências de Deus para os seres humanos.

          Estaremos sempre a sua disposição, nos diga a sua opinião a respeito, saiba que tem novos amigos com quem poderá contar, que Deus guie cada passo que der, um grande abraço dos amigos do Está Escrito.



  • Johnatas em 8 de julho de 2014 10:19

    E uma das atrocidades bíblicas e mentirosas que já ouvi no mundo evagelico



  • Mauricio em 9 de maio de 2014 20:59

    Com muito prazer!! Mando para esse e-mail mesmo ou tem outro específico!!Oque mais quero é que pessoas conhecam a Cristo!!



    • Instrutor e Conselheiro em 12 de maio de 2014 18:07

      Olá querido irmão MAURÍCIO, nos envie para estaescrito@profecias.com.br, estaremos aguardando com muito alegria, um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Maurício em 7 de maio de 2014 21:47

    Posso sim com muito prazer vou ficar muito feliz em poder ajudar pessoas a toar uma decisão através de meu testemunho.. posso mandar por esse mesmo e-mail? ou tem outro especifico?



    • Instrutor e Conselheiro em 10 de maio de 2014 17:44

      Que ótimo querido irmão MAURÍCIO, envie para meu e-mail pessoal, robertiasd@gmail.com, aguardaremos seu retorno, um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Mauricio Dias em 25 de abril de 2014 21:15

    Eu não era Cristão me frequentei varias igrejas muitos falavam da criticavam a Igreja Adventista e fui covidado para fazer uma visita aceitei um estudo biblico e me tornei Adventista pois foi la que me senti bém n desprezando as outras mais ali eu vi que tudo era pregado de acordo com a biblia Deus me tocou ali e gracas a ele capacitou pessoas para me mostrar a verdade !!!! as pessoas distorcem a verdade em relacao ao sabado do senhor e rejeitam os mandamentos de Deus !!! converso com amigos meus que nem cristao é e eles falo de Deus para els eles concordam que o dia de descanso éo sabado e tem cristaos que estudam a biblia e desconhece isso será pq? Que Deus abencoe a todos Feliz Sabado



    • Instrutor e Conselheiro em 26 de abril de 2014 18:56

      Deus seja louvado querido irmão MAURÍCIO, que maravilha saber que tomou este decisão em sua vida, isso nos deixa muito felizes e emocionados. Nos diga uma coisa, você poderia nos enviar seu testemunho para repassarmos ao Anjos da Esperança?

      Com relação a sua pergunta realmente é muito triste vermos tantas pessoas não aceitarem a Lei do Senhor em sua totalidade, mas vamos continuar orando e pregando, por palavras e atitudes a todo o mundo amém?

      Estaremos sempre a disposição, que cumpramos as vontades do Senhor em nossas vidas, este é um desejo de Deus para você pois somente seguindo os passos de Cristo seremos felizes e alcançaremos a vida eterna, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • mailson em 29 de março de 2014 22:39

    Qual a verdadeira igreja, eu queria um debate de voceis com Eli Soriano, seria possivel, pois Paulo debatia nas sinagogas .



    • Instrutor e Conselheiro em 3 de abril de 2014 12:55

      Olá querido irmão MAÍLSON, tudo bem contigo?

      Vamos conversar sim sobre as dúvidas e questionamentos que tenha, aguardaremos seu retorno, saiba que o poder de Deus está a sua disposição para que sua vida se transforme cada dia mais, que Deus te abençoe muito, conte sempre conosco, um grande abraço dos amigos do EE.



  • marilia bispo em 11 de março de 2014 15:54

    muito bom



  • Fernando Pereira da Silva em 14 de fevereiro de 2014 14:51

    Eu acredito de todo o meu coração que Deus é amor, e que ressuscitou Jesus Cristo seu filho da morte, não existe maior verdade do que essa, que pelo poder de Deus trouxe Jesus à vida. Por isso se Jesus guardou o sábado, porque nós não podemos guardá-lo, Jesus disse: é licito nos sábados fazer o bem.



  • Bruno em 10 de fevereiro de 2014 1:49

    Olá,
    gostaria de tirar uma duvida.
    em lucas 6, tem um momento em que cristo deixa os apostolos colherem e ele cura um doente.
    sei que isso nao eh argumento pra nao guardar o sabado, mas qual argumento eu usaria contra quem usa isso?
    grato…



    • Instrutor e Conselheiro em 14 de fevereiro de 2014 22:39

      Ótima pergunta querido irmão BRUNO, o sábado é o dia de adoração, o dia de louvarmos ao nosso maravilhoso Deus, com relação ao que Jesus fez no sábado.
      Nos relatos evangélicos se registram sete curas realizadas por Cristo no sábado: Lucas 4:33, 38-39; 6:6-10; 13:10-17, 14:2-4; João 5:5-10; 9:1-14. Alguns pontos são evidentes ao examinarmos tais relatos. Vejamos:
      (a) Sempre que Jesus cura alguém no dia de sábado, Ele é acusado de ser um transgressor do quarto mandamento (Êxodo 20:8-11);
      (b) A defesa de Jesus é realizada de maneira enfática. Ele se defende das acusações;
      (c) Jesus não se considera um transgressor do Sábado. Muito pelo contrário: Ele coloca a guarda do Sábado em um nível superior ao dos judeus. Ele se declara Senhor do Sábado (Marcos 2:27 e 28), diz que o sábado foi feito para o homem e que é lícito (de acordo com a lei) realizar atos de bondade no dia do Sábado (Mateus 12:12).
      Cristo chama os judeus de hipócritas quanto à guarda do sábado (Lucas 13:15). Por quê? Porque eles pretendiam guardá-lo, mas haviam colocado tradições, regras, mandamentos sobre o sábado que o próprio Deus jamais colocara. Quem quer que examine, hoje, os livros de ensino e tradição dos judeus (Mishnáh, Talmud e outros) perceberá as incríveis distorções do mandamento sabático.
      Por que os judeus questionavam as curas no dia do sábado? Porque para eles – não para Deus – curar era uma espécie de trabalho. Curar = trabalhar, e o mandamento diz: “Não farás nenhum trabalho” (Lucas 13:14). Incrível, não?
      Como pode? A maneira como eles guardavam o mandamento demonstrava o quanto eram mesquinhos, desumanos e desprovidos de qualquer misericórdia. É até irônico! Eles eram capazes de tirar uma ovelha que caísse num precipício (para evitar prejuízo material) mas não queriam que Jesus estendesse a mão para curar doentes e pecadores – não é terrível?!
      E o mandamento que fora dado pelo próprio Cristo no monte Sinai (Atos 7:30-52) para ser um dia deleitoso, prazeroso (Isaías 58:13,14) tornou-se um fardo insuportável que o judeus hipócritas, impunham sobre os infelizes membros da nação judia. Por isso Jesus disse que queria misericórdia e não sacrifício.
      Jesus é o Senhor do Sábado! Ele criou o sábado (Gênesis 2:2,3); deu-o como mandamento no Sinai (Êxodo 20) e o ratificou com sua vida aqui neste mundo. O Sábado não foi dado apenas para os Judeus, foi dado para toda a humanidade como um incentivo à gratidão e à união entre a criatura e o Criador.

      Jesus jamais transgrediu aquilo que Ele mesmo estabelecera. E quando Ele foi julgado pelo Sinédrio e por Pilatos, buscaram argumentos para condená-lo. Se Cristo tivesse de fato transgredido o sábado os judeus achariam facilmente tal motivo, pois para eles esse era um dos principais mandamentos – mas nada acharam nEle!
      Pelas leis do Antigo Testamento o sacerdote não tinha permissão para dar pão sagrado, mesmo ao israelita mais consagrado. Apenas os sacerdotes podiam comê-lo. Entretanto, houve uma circunstância peculiar, incomum. Davi e seus homens precisavam desesperadamente de pão para sua subsistência, tendo em vista a maldade do rei Saul em persegui-lo (e dificultar a alimentação deles) e o fato de não haver outro alimento à mão.
      Da mesma forma, nos dias de Jesus, em situação ordinária, não seria permitido entrar na seara e colher espigas num dia de sábado (para os judeus e não na concepção do Deus Criador). Mas aquela era também uma circunstância especial pelas seguintes razões:
      1) Jesus e seus discípulos estavam longe de casa, pois eram pregadores itinerantes. Estavam retornando de uma reunião na sinagoga, a qual funcionava no sábado até, aproximadamente, a hora do almoço (a fome nesse horário é grande);
      2) Tendo em vista que nenhum daqueles religiosos ofereceu alimento – e os alunos de Cristo necessitavam comer – não seria transgressão do quarto mandamento colher espigas para saciar a fome. Seria o mesmo que hoje colhermos uma fruta no sábado, ou seja, nada de mais.
      É fácil percebermos que na Bíblia o dia de guarda sempre foi – e sempre será – o Sábado (Mateus 5:17-19; Apocalipse 14:6, 7; Isaías 66:22, 23 – até nos dias da eternidade!). E, quando lemos os relatos em que Jesus discutia com os fariseus sobre o assunto, o tema em questão nunca foi: “o dia deve ser guardado ou não?”, mas sim: “o dia pode ser guardado desse jeito?”.
      Meditemos nisso com sinceridade e oração para que não tenhamos uma vida de pecado ao transgredirmos conscientemente o Sábado! (ler Tiago 2:10).
      Se as leis morais pudessem ser abolidas, então Cristo não precisaria vir para morrer pelos pecadores, bastaria apenas abolir ou destruir a lei, pois onde não há lei, não existe pecado, porque o pecado é a transgressão da lei (Romanos 4:15; 1João 3:4). Caso a lei moral tivesse sido abolida, isso me “libertaria” para adorar imagens, tomar o nome de Deus em vão, desonrar os pais etc. Qual é o cumprimento da lei? Não é amar a Deus e ao próximo (Mateus 22:36-40; Deuteronômio 6:5; Levítico 19:18)? A primeira parte da lei está relacionada com nosso amor a Deus, e a segunda com nosso amor ao próximo. Se você acha que não deve guardar o sábado, também não deve guardar qualquer outro mandamento. Ou você acha que o único mandamento abolido teria sido o sábado?
      O sábado foi instituído no Éden, antes que a nação israelita existisse (Gênesis 2:2-3), o que foi confirmado por Cristo quando disse que o sábado foi feito por causa da humanidade como um todo, e não para um povo específico apenas (Marcos 2:27). Em Isaías 58:13-14; Ezequiel 20:12 e 20; e Apocalipse 14:12, o sábado é tido como um sinal entre Deus e Seu povo. Isso não quer dizer que só vai se salvar quem guarda ou guardou o sábado, mas Deus sempre teve um povo, em todas as épocas, com uma mensagem específica para dar ao mundo.
      A grande pergunta que eu tenho a quem diz que a lei foi abolida é de como será o juízo final.
      Em todo julgamento há um réu, que está sendo julgado por infringir uma lei, é assim hoje, agora imagine, qual será a lei, como será este julgamento se não existir uma lei, sendo que se não existe lei não existe pecado, a grande estratégia do inimigo é afastar as pessoas da Palavra de Deus.
      Deus não diz para irmos nessa ou naquela igreja , Ele nos pede para seguirmos a Ele, independente de igreja, olha a linda promessa que tem em João 14:21:
      “Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado por Meu Pai, e Eu também o amarei e Me manifestarei a ele. “
      Em nenhum local da Bíblia tem escrito que somente o sábado foi abolido, como vimos, até na Nova Jerusalém guardaremos o sábado, a grande questão está em Oséias 4:6:
      “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.”
      Aguardaremos seu retorno, conte sempre conosco, que Deus ilumine muito a sua vida, um grande abraço dos seus amigos do EE.



  • angelo de lima em 3 de fevereiro de 2014 22:54

    SIM O SENHOR JESUS NAO ABOLIU O SABADO E DIA NAO VIM REVOGAR A LEI MAS CUMPRIR E JESUS DIZ MAIS: em II joao 2 v 4 Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade;



  • Julio em 1 de fevereiro de 2014 15:48

    Olá amigo ! Sinto muito a presença do Espírito Santo, em suas pregações, no entanto percebo, uma certa parcialidade, que expressa um desejo de de conciliar as coisas tentando unificar o velho junto ao novo testamento, mas entendo que se vivermos na Graça do Filho de Deus, devemos sim, considerar a nova vida embaixo da Graça, tendo em vista que, como falou Paulo, a Lei se mostrara impotente para salvar, todavia aquele que diz que vive na Lei, e tropeça num só ponto torna-se culpado dela toda, Vejo em vc uma sabedoria infinita provinda de Deus, mas tbém percebo, que nem em tudo vc tem razão, porque a criatividade humana faz com que a mesma palavra seja interpretada, e expressa de infinitas formas, mas devemos sempre nos perguntar se oque entendemos, ou expressamos é segundo oentendimento manifesto pelo Espírito Santo, ou pelas nossas próprias conclusões, cfme oque está escritoem I Timóteo, cuidando para para não cauterizar nossa própria consciência, a ponto de não permitir que a palavra de Deus renove nosso entendimento! Que Deus o Abençoe



    • Instrutor e Conselheiro em 4 de fevereiro de 2014 13:54

      Olá querido irmão JULIO, ficamos muito felizes com a possibilidade de conversar contigo, o Pr Ivan sempre menciona que não é para acreditar em tudo que diz, pois como existem vários Pastores, padres e bispos que dizem algo de acordo com a própria opinião as dúvidas acabam surgindo, exatamente como você está tendo, o que é algo normal.

      Devemos confiar plenamente na Bíblia, somos salvos unicamente pela graça de Deus, por ela somos transformados e devido a esta transformação guardamos os mandamentos de Deus que é algo para nosso bem, você gostaria de conversar mais a respeito?

      Depois nos diga o que pensa sobre isso, que as bênçãos de Deus repousem sobre sua vida, Ele te ama muito, um forte abraço dos amigos do EE.