doe agora TV TV
INÉDITO:
  • TER-QUI22:00
REPRISES:
  • DOM10:30
  • QUA03:30
  • QUI00:30
  • SEX09:30
  • SAB09:00
  • SAB20:00

Documento Oficial da IASD sobre a Guarda do Sábado


2011 – OBSERVÂNCIA DO SÁBADO

A Igreja Adventista do Sétimo Dia reconhece o sábado como sinal distintivo de lealdade a Deus (Êx 20:8-11; 31:13-17; Ez 20:12, 20), cuja observância é pertinente a todos os seres humanos em todas as épocas e lugares (Is 56:1-7; Mc 2:27). Quando Deus “descansou” no sétimo dia da semana da criação, Ele também “santificou” e “abençoou” esse dia (Gn 2:2, 3), separando-o para uso sagrado e transformando-o em um canal de bênçãos para a humanidade. Aceitando o convite para deixar de lado seus “próprios interesses” durante o sábado (Is 58:13), os filhos de Deus observam esse dia como uma importante expressão da justificação pela fé em Cristo (Hb 4:4-11).

A observância do sábado é enunciada em Isaías 58:13, 14 nos seguintes termos: “Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no Meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, então, te deleitarás no Senhor.” Com base nesses princípios, a Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia reafirma neste documento seu compromisso com a fidelidade à observância do sábado.

Vida de santificação. A verdadeira observância do sábado se fundamenta em uma vida santificada pela graça de Cristo (Ez 20:12, 20); pois, “a fim de santificar o sábado, os homens precisam ser santos” (O Desejado de Todas as Nações, p. 283).
A Igreja Adventista do Sétimo Dia reconhece o sábado como sinal distintivo de lealdade a Deus (Êx 20:8-11; 31:13-17; Ez 20:12, 20) Crescimento espiritual. Como “um elo de ouro que nos une a Deus” (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 352), o sábado provê um contato mais próximo de Deus. Como tal, não devemos permitir que outras atividades, por mais nobres que sejam, enfraqueçam nossa comunhão com Deus nesse dia.

Preparação para o sábado. Antes do pôr do sol da sexta-feira (cf. Lv 23:32; Dt 16:6; Ne 13:19), as atividades seculares devem ser interrompidas (cf. Ne 13:13-22); a casa deve estar limpa e arrumada; as roupas, lavadas e passadas; os alimentos, devidamente providenciados (cf. Êx 16:22-30); e os membros da família, já prontos.

Início e término do sábado. O sábado é um dia de especial comunhão com Deus, e deve ser iniciado e terminado com breves e atrativos cultos de pôr do sol, com a participação dos membros da família. Nessas ocasiões, é oportuno cantar alguns hinos, ler uma passagem bíblica, seguida de comentários pertinentes, e expressar gratidão a Deus em oração. (Ver Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 356-359.)

Pessoas sob nossa influência. O quarto mandamento do Decálogo orienta que, no sábado, todas as pessoas sob nossa influência devem ser dispensadas das atividades seculares (Êx 20:10). Isso implica os demais membros da família, bem como os empregados e hóspedes; que também sejam estimulados a observar o sábado.

Espírito de comunhão. Como dia por excelência de comunhão com Deus (Ez 20:12, 20), o sábado deve se caracterizar por um prazeroso e alegre compromisso com as prioridades espirituais, com momentos especiais de leitura da Bíblia, oração e, se possível, de contato com a natureza (cf. At 16:13). Esse compromisso deverá ser mantido na escolha dos assuntos abordados também em nossos diálogos informais com familiares e amigos.

Reuniões da igreja. Somos admoestados a não deixar “de congregar-nos, como é costume de alguns” (Hb 10:25). Portanto, as programações e atividades regulares da igreja aos sábados devem ter precedência sobre outros compromissos pessoais e sociais, mesmo que estes sejam pertinentes para o sábado.

Casamentos e festas. O convite para deixar de lado nossos “próprios interesses” no sábado (Is 58:13) indica que casamentos e festas, incluindo seus devidos preparativos, devem ser realizados fora desse período sagrado. Casamentos e algumas festas mais suntuosas não devem ser planejados para os sábados à noite, pois seus preparativos envolvem expectativas e atividades não condizentes com o espírito de comunhão com Deus.

Mídia secular. A mídia secular, em todas as suas formas, deve ser deixada de lado durante as horas do sábado, para que este, rompendo com a rotina da vida, possa ser um dia “deleitoso e santo” (Is 58:13).

Esportes e lazer. Muitas atividades esportivas e de lazer, aceitáveis durante a semana, não são condizentes com a observância do sábado, pois desviam a mente das questões espirituais (Is 58:13).

Horas de sono. A Bíblia define o sábado como dia de “repouso solene” (Êx 31:15), e não como dia de recuperar o sono atrasado da semana. Ricas bênçãos advirão de levantar cedo no sábado, dedicando esse dia ao serviço do Senhor. (Ver Conselhos Sobre a Escola Sabatina, p. 170.)

Viagens. A realização de viagens por questões de trabalho ou interesses particulares é imprópria para o sábado. Existem, porém, ocasiões excepcionais em que se torna necessário viajar no sábado para atender a algum compromisso religioso ou situações emergenciais. Sempre que possível, os devidos preparativos, incluindo a compra de passagens e o abastecimento de combustível, devem ser feitos com a devida antecedência. (Ver Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 359, 360.)

Excursões e acampamentos. A realização de excursões e acampamentos pode promover a socialização cristã (cf. Sl 42:4). Mas seus organizadores e demais participantes devem chegar ao devido local antes do início do sábado e montar sua estrutura, incluindo suas barracas, de modo que o santo dia possa ser observado segundo o mandamento. Além disso, as atividades durante as horas do sábado devem ser condizentes com o espírito sagrado desse dia.

Restaurantes e alimentação. A recomendação de que o alimento deve ser provido com a devida antecedência (Êx 16:4, 5; 22-30) significa que ele deve ser comprado fora das horas do sábado, e que a frequência a restaurantes comerciais nesse dia deve ser evitada.

Medicamentos. A compra de medicamentos durante o sábado é aceitável em situações emergenciais (cf. Lc 14:5), e imprópria quando a pessoa já os necessitava, e acabou postergando sua compra para esse dia.

Estágios e práticas escolares. O quarto mandamento do Decálogo (Êx 20:8-11) desabona a realização de atividades seculares no sábado, que gerem lucro ou benefício material. Envolvidos em tais atividades estão os programas de planejamento e preparo para a vida profissional, incluindo a frequência às aulas e a participação em estágios, simpósios, seminários e palestras de cunho profissional, concursos públicos e exames seletivos. Em caso de confinamento para a prestação de exames após o término do sábado, as horas desse dia devem ser gastas em atividades espirituais.

Escolha e exercício da profissão. A estrutura da sociedade em geral nem sempre favorece a observância do sábado, e acaba disponibilizando profissões e atividades que, embora sejam dignas, dificultam essa prática. Os adventistas do sétimo dia devem escolher e exercer profissões condizentes com a devida observância do sábado. Somos advertidos de que, se alguém, “por amor ao lucro, consente em que o negócio em que tem interesses seja atendido no sábado pelo sócio incrédulo, esse alguém é tão culpado quanto o incrédulo; e tem o dever de dissolver a sociedade, por mais que perca por assim proceder” (Evangelismo, p. 245).

Instituições de serviços básicos. A orientação de não fazer “nenhum trabalho” durante o sábado (Êx 20:10) indica que os observadores do sábado devem se abster de trabalhar nesse dia, mesmo em instituições seculares de serviços básicos. Instituições denominacionais que não podem fechar aos sábados (cf. Jo 5:17), incluindo os internatos adventistas, devem ser operadas nesse dia por um grupo reduzido e em forma de rodízio.

Atividades médicas e de saúde. Existem situações emergenciais que os profissionais da saúde devem atender, com base no princípio de que “é lícito curar no sábado” (Lc 14:3). Os hospitais adventistas necessitam dos préstimos de uma equipe médica, de enfermagem e de outros serviços básicos para o funcionamento nas horas do sábado. Mas os plantões rotineiros, tanto médicos quanto de enfermagem, em hospitais não adventistas, são impróprios para as horas do sábado. (Ver Ellen G. White Estate, “Conselhos de Ellen G. White Sobre o Trabalho aos Sábados em Instituições Médicas Adventistas e Não Adventistas”, em www.centrowhite.org.br.)

Projetos assistenciais. Cristo disse que “é licito, nos sábados, fazer o bem” (Mt 12:12). Isso significa que “toda atividade secular deve ser suspensa, mas as obras de misericórdia e beneficência estão em harmonia com o propósito do Senhor. Elas não devem ser limitadas a tempo ou lugar. Aliviar os aflitos, confortar os tristes, é um trabalho de amor que faz honra ao dia de Deus” (Beneficência Social, p. 77). Portanto, é lícito nas horas sagradas do sábado visitar enfermos, viúvas e órfãos, encarcerados e compartilhar uma refeição. Ações sociais que podem ser realizadas em outro dia não devem tomar as sagradas horas do sábado.

Atividades missionárias. O apóstolo Paulo usava o sábado para persuadir “tanto judeus como gregos” acerca do evangelho (At 18:4, 11; cf. 17:2), demonstrando a importância de se reservar um tempo especial nesse dia para atividades missionárias. Sempre que possível, os membros da família devem participar juntos dessas atividades, para desfrutar a socialização cristã e desenvolver o gosto pelo cumprimento da missão evangelística.

Como adventistas do sétimo dia, somos convidados a seguir o exemplo de Deus ao descansar no sétimo dia da semana da criação (Gn 2:2-3; Êx 20:8-11; 31:13-17; Hb 4:4-11), de modo que o sábado seja, para cada um de nós, um sinal exterior da graça de Deus e um canal de Suas incontáveis bênçãos.


Você está em : Artigos
Compartilhe:


Comente



  • Ricardo em 8 de fevereiro de 2016 14:22

    Oi , gostaria de saber eu faço para guardar o sábado quando estou hospedado em um hotel?



    • Ailto Santana em 8 de fevereiro de 2016 19:52

      Olá Ricardo! Grato por seu contato conosco. Bem, quando se fizer necessário uma hospedagem no dia de Sábado, você pode dispensar o serviço de quarto, o ideal é comprar antecipadamente alimentos práticos que dispensem a ida a restaurante: Pão integral, patês, frutas, sucos, saladas já previamente lavadas…e assim você pode lanchar na hora do Jantar de sexta, fazer o desejum no sábado pela manhã e horário de almoço tudo no quarto do hotel.O ideal é não fazer o check in e muito menos o Check out nas horas sagradas do santo sábado. Ah se você estiver no Brasil, entre no http://www.encontreumaigreja.com.br e procure uma igreja Adventista do Sétimo Dia perto do Hotel. Em ultimo caso se for ficar no hotel e tiver internet você pode assistir o culto transmitido de alguma igreja segue alguns links: IASD Central de Curitiba http://iasdcentral.org.br/ – Igreja do Unasp Campus 2 http://igrejaunasp.org.br/aovivo.php -IASD São Caetano do Sul http://iasdsaocaetano.com.br/culto-on-line



  • Adão em 29 de setembro de 2015 16:59

    Ola boa tarde,
    Gostaria de alguns esclarecimentos:
    Por exemplo Paulo refere-se ao fim da Lei :
    Romanos 10:4.
    Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.
    E em alguns pontos ele fala que o amor a Deus e ao próximo seria os dois mandamentos.
    Além do que Paulo enfatiza muito a questão da não observância da lei, outro ponto e sobre a divisão da lei entre cerimonial e lei moral, pois a lei ao todo foi dada por Deus.



    • Ailto Santana em 2 de outubro de 2015 11:22

      Olá Paulo! Com relação a Romanos 10:4 que Lei foi abolida e pregada na Cruz? Veja as diferenças entre as Leis Moral e a Lei Cerimonial.
      Lei Moral – 10 Mandamentos Lei Cerimonial
      Escrita por Deus (Ex 31:18) Escrita por Moisés (Deut. 31:9)
      Escrita em Tábuas de Pedra (Ex 31:18) Escrita em livros (Deut. 31:26)
      Eterna (Exodo 31:17) Só até a Cruz (Colossenses 2:16)
      Para todos os homens (Isaías 56:06) Só para os judeus (Levítico 23)
      Sábado Semanal (Ex 31:17) Sábados Anuais (Levítico 23)
      Dentro da Arca da Aliança (Deut 31:26) Fora da Arca (Deut 31:26)

      Quanto ao Resumo da Lei Moral (10 Mandamentos) Cristo E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem TODA LEI e os profetas.” Mateus 22:37-40 – Jesus apenas citou dois versos do Antigo Testamento “Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.” Deuteronômio 6:5 e “Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor.” Levítico 19:18



  • André em 21 de setembro de 2015 14:50

    Boa tarde, Graça e Paz a todos!
    Mesmo com esse claro estudo sobre a observância do sábado ainda me resta uma dúvida. Tenho acompanhado diariamente os programas da Novo Tempo e tenho sentido no meu coração uma grande vontade de visitar uma Igreja Adventista, porém, trabalho na área da saúde e faço plantões aos sábados. Como posso ser um Adventista se não poderei guardar os sábados? Obrigado.



    • Ailto Santana em 22 de setembro de 2015 18:35

      Olá ANDRÉ! Aconselho você a começar a frequentar a igreja adventista, se familiarizar-se com a doutrina do Sábado. Temos vários hospitais adventistas:
      Hospital Adventista de Belém – Pará
      Hospital Adventista de Manaus – Amazonas
      Hospital Adventista do Pênfigo – Mato Grosso do Sul
      Hospital Adventista de São Paulo
      Hospital Adventista Silvestre – Rio de Janeiro

      E no mundo: A Rede Adventista de Saúde é uma rede mundial formada por instituições médicas ligadas a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Atualmente, a rede é composta por mais de 700 instituições de saúde adventistas no mundo. Com mais de 100 anos de atuação, a rede possui mais de 35.000 colaboradores, médicos e enfermeiros, 32 cursos superiores de saúde, mais de 500 projetos de assistência humanitária e atuação em mais de 200 países, tornando-se uma referência mundial em promoção de saúde, qualidade de vida e responsabilidade social.

      Atenciosamente;

      Ailto Santana



  • amelia de oliveira em 31 de maio de 2015 5:54

    Achei linda a esplicacao estava a proucura dessa pra poder esplicar aos outros sobre o sabado



  • jernimo Juvencio Chivale em 16 de maio de 2015 2:29

    Deus que abencoe os adventistas que se preocupa com a messagem de salvacao, principalemente aos ministros escolhidos do Senhor. seja aencoado Pastor tenho sempre asssistido o esta escrito de mocambique no distrito de Massinga provincia de Inhambane. feliz sabado



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 22 de maio de 2015 20:10

      Que alegria querido amigo e irmão JERNIMO, saber que acompanha nosso programa. Somos muito gratos à Deus por isso.
      Que as bênçãos do Céu repousem sobre sua vida hoje e sempre, Deus tem planos especiais para sua vida, conte sempre conosco, um grande abraço com muita alegria, seus amigos do Está Escrito.



  • vitor em 3 de abril de 2015 18:26

    Gostaria de saber que guardam o sábado porque está escrito na bíblia, mas também lá está escrito que trabalharás seis dias, porém, não vejo os adventistas trabalharem no sábado, mas também não trabalham nos feriados e nem nos domingos. Então não estão trabalhando seis dias. E também guardam os sábados, mas usufruem de serviço dos pecadores, porque para funcionar tv, internet, facebook, instagram, energia eletrica, agua, polícia, hospitais, e por aí vai, necessita de alguém de serviço para manter esse serviço funcionando e se eles não tivessem lá nos afetariam diretamente. E aí, se forem assaltados no sábado, vão deixar pra dar queixa no domingo? Se ficarem doentes e não ter hospital adventista por perto, irão aguentar até chegar em alguma cidade ou até chegar no domingo para serem atendidos?



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 10 de abril de 2015 6:38

      Olá! Querido amigo VITOR, que alegria receber seu comentário em nosso blog, respeitamos muito a sua opinião. Veja, durante a semana nos envolvemos com a luta pela sobrevivência, com a busca da realização pessoal e tantas outras coisas e temos dificuldade em separar tempo de qualidade para passar com Deus. Pensando nesta necessidade, Ele instituiu o Sábado – um dia para restauração física, comunhão social e maior companheirismo com o Criador.

      Vivemos num mundo aquém do ideal. Na Nova Terra não teremos acidentes, incêndios e nem assaltos. Enquanto ainda estivermos cercados pela presença e pelas consequências do pecado, devemos pedir a Deus sabedoria para decidir quê trabalhos realizar e não realizar no dia do Senhor. Isto é algo muito pessoal e precisa ser levado a sério.
      Em termos do uso de nosso tempo, Deus não aceita menos do que dedicarmos o Sábado a Ele. Deus é o nosso Criador, Mantenedor e Salvador pessoal. Ele merece nosso amor, lealdade e obediência.
      Tornar o Sábado o dia mais feliz e abençoado de cada semana faz parte do mandamento mais amplo de amar ao Senhor com todas as nossas forças e com todo nosso entendimento (Deuteronômio 6:5; 10:12; 30:6; Marcos 12:28-30). As pessoas que separam o Sábado como um dia sagrado estão tendo um dos maiores privilégios concedidos aos homens: entrar na presença de Deus semanalmente, gratuitamente, pela fé.

      “O Sábado foi feito por causa do homem”, para benefício da humanidade, diz Jesus em Marcos 2:27. Se um familiar adoece no sétimo dia, todas as providências para atender essa pessoa estão em harmonia com o propósito do Sábado. Portanto, se for necessário contratar um taxi, comprar remédios, pagar por honorários médicos ou hospitalares, nada disso deve ser deixado de fazer.

      Vamos aguardar o que pensa a respeito, caminhe sempre com Jesus, Ele é a sua proteção, não há o que temer quando temos Deus ao nosso lado, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • marcelo vinicius em 26 de fevereiro de 2015 20:25

    muito booo,!! me ajudou bos desbravadores



  • Ricardo Barros em 16 de janeiro de 2015 17:30

    Boa tarde amigos, eu Ricardo Barros, de Olinda-PE, não sou cristão e estou muito confuso, com respeito em guarda o sábado, tendo em vista aos ensinamentos de ELLEN WHITE e as declarações dos instrutores da Bíblia e conselheiros. Então, a Senhora IDELY, respondeu, no dia 12/nov/2014, da seguinte forma: os Hospitais não adventistas, são impróprios para as horas do sábado. (Ver Ellen G. White Estate, “Conselhos de Ellen G. White Sobre o Trabalho aos Sábados em Instituições Médicas Adventistas e Não Adventistas”, em http://www.centrowhite.org.br.), porém, no penúltimo parágrafo, a mesma afirmou que: “Existem situações emergenciais que os profissionais da saúde devem atender, com base no princípio de que “é lícito curar no sábado” (Lc 14:3). Isso cabe a todos os hospitais e não somente ao Hospital Adventista.”
    Ademais, no dia 24/mar/2104, às 16:38 Hs, outro Instrutor Bíblico respondeu assim: “O Sábado foi feito por causa do homem”, para benefício da humanidade, diz Jesus em Marcos 2:27. Se um familiar adoece no sétimo dia, todas as providências para atender essa pessoa estão em harmonia com o propósito do Sábado. Portanto, se for necessário contratar um taxi, comprar remédios, pagar por honorários médicos ou hospitalares, nada disso deve ser deixado de fazer.
    Vivemos num mundo aquém do ideal. Na Nova Terra não teremos acidentes, incêndios e nem assaltos. Enquanto ainda estivermos cercados pela presença e pelas consequências do pecado, devemos pedir a Deus sabedoria para decidir quê trabalhos realizar e não realizar no dia do Senhor. Isto é algo muito pessoal e precisa ser levado a sério.” É notório que, as declarações pessoas dos Instrutores são contrárias as recomendações de ELLEN WHITE, por causa disso, peço melhor explicação aos senhores, haja vista que sou policial e concorro a escala de plantão.
    Por favor, se possível, tire outra dúvida. Se porventura, eu permutar o serviço com outro policial, para o mesmo trabalhar no meu lugar, eu estou fazendo ele peca? sim ou não.
    Por fim, gostaria de esclarecer que Não quero em hipótese alguma desmerecer alguém, apenas esclarecer as ideias no campo espiritual. Obrigado pela atenção e desde já agradeço aos senhores.



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 20 de janeiro de 2015 8:33

      Claro querido irmão RICARDO, compreendemos que deseja se aproximar cada vez mais da Palavra de Deus, e ficamos muito felizes por isso. Com relação aos hospitais, o que deve ser deixado de ser atendido no sábado são casos que poderiam ser marcados em outros dias, como exames e consultas, que não sejam de emergência, estas são atendidas normalmente.

      Não há problema de você pegar um táxi para ir ao hospital, comprar remédios de urgência, o que devemos deixar de lado são hábitos que podem ser feitos em outros dias.
      Numa condição ideal onde todos guardássemos o Sábado numa população, estes serviços seriam mantidos numa escala de voluntariado, visando o bem-estar, disse Jesus em Mateus 12:12: ‘é permitido fazer o bem no sábado’. Sendo assim, mantendo o propósito original, o voluntariado não quebraria o mandamento, uma vez que ele provém de uma necessidade essencial e que precisa ser atendida naquele período. Deus é sábio demais para errar e pensou em todas as circunstâncias.
      Você não estará fazendo alguém pecar trocando de escala por dois motivos, primeiro porque esta pessoa ainda não conhece sobre o sábado e Deus não leva em conta os tempos de ignorância Atos 17:30, e também porque este tipo de trabalho é louvável aos olhos de Deus.
      Aguardaremos sua opinião a respeito deste assunto, Deus tem planos muito maiores e melhores para sua vida do que você possa imaginar, siga firme ouvindo a voz do Senhor através da Bíblia e orando a Ele diariamente, conte sempre conosco, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Martinho António em 18 de dezembro de 2014 13:28

    Eu quero uma opinião eu só como frutos, pão,etc. comidas leves. Mas Eu não cozinho no sábado porque não se deve acender o fogo no sábado(Êxodo35:3). Então porque que alguns adventistas cozinham ou aquecem comidas no sábado.



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 20 de dezembro de 2014 9:55

      Ótima questão querido irmão MARTINHO, a orientação dada por Deus ao povo de Israel foi dada quando eles estavam no deserto. Fazer fogo naquelas condições exigia um grande trabalho e dispendia muito tempo. Para encontrar lenha no deserto era peciso caminhar grandes percursos e não existiam tecnologias para fazer fogo, tais como temos hoje.

      O princípio nesta ordenança era que o povo pudesse dedicar as horas do sábado para a comunhão com Deus, evitando as tarefas que iriam tomar tempo excessivo e sobrecarregá-los – observe a proibição ao “trabalho” no mandamento. Além disso, devemos considerar que o clima quente do deserto durante o dia dispensava a necessidade de aquecer o alimento.

      Por outro lado, Ellen White viveu em climas frios e em sua época já existiam fogões – modernizados e disseminados durante a Revolução Industrial – e recursos para se obter a lenha ou carvão e também para fazer fogo – os isqueiros datam do século XVI e os fósforos começaram a ser comercializados em 1836, nos EUA. Portanto, aquecer os alimentos do sábado, que foram preparados na véspera, tornou-se acessível.

      O consumo dos alimentos aquecidos foram aconselhados por Ellen White por serem mais saudáveis para o organismo: “não aprovo o comer muito alimento frio, porque então a vitalidade do organismo será chamada para aquecer o alimento até que ele se torne da mesma temperatura do estômago antes do trabalho de digestão começar.” (Conselhos Sobre Regime Alimentar, 86)

      As refeições aos sábados, na casa de Ellen White foram descritas por sua nora, numa declaração datada de 16 de outubro de 1949: “Toda a preparação possível era efetuada na sexta feira, o dia da preparação, para as refeições aos sábados. No sábado, o alimento, tanto para o desjejum como para o almoço, era servido quente, tendo sido esquentado imediatamente antes da refeição. Todo serviço desnecessário era evitado no sábado, mas em nenhuma ocasião Ellen White considerou uma violação da devida observância do sábado prover os confortos ordinários da vida, como fazer fogo para o aquecimento da casa ou para esquentar o alimento a ser ingerido nas refeições.” (Mensagens Escolhidas, vol. 3, 263)

      Portanto, não é pecado aquecer o alimento no sábado. Devemos preparar a comida na sexta-feira e no sábado aquecê-lo, tornando-o mais apetitoso e saudável.
      Aguardaremos seu retorno, Deus tem o melhor para sua vida, Ele apaga seu passado, restaura teu presente para abençoar o seu futuro, Ele tem planos maravilhosos para sua vida, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • marco rohde em 8 de novembro de 2014 17:29

    quero saber porque que no hospital adventista pode realizar atividades medicas e da area da saúde e quem trabalha em outros hospitais que não sejam adventista não podem trabalhar?



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 12 de novembro de 2014 17:29

      Olá querido amigo Marco, em nosso Documento Oficial você pode ler:

      Atividades médicas e de saúde. Existem situações emergenciais que os profissionais da saúde devem atender, com base no princípio de que “é lícito curar no sábado” (Lc 14:3). Os hospitais adventistas necessitam dos préstimos de uma equipe médica, de enfermagem e de outros serviços básicos para o funcionamento nas horas do sábado. Mas os plantões rotineiros, tanto médicos quanto de enfermagem, em hospitais não adventistas, são impróprios para as horas do sábado. (Ver Ellen G. White Estate, “Conselhos de Ellen G. White Sobre o Trabalho aos Sábados em Instituições Médicas Adventistas e Não Adventistas”, em http://www.centrowhite.org.br.)

      Projetos assistenciais. Cristo disse que “é licito, nos sábados, fazer o bem” (Mt 12:12). Isso significa que “toda atividade secular deve ser suspensa, mas as obras de misericórdia e beneficência estão em harmonia com o propósito do Senhor. Elas não devem ser limitadas a tempo ou lugar. Aliviar os aflitos, confortar os tristes, é um trabalho de amor que faz honra ao dia de Deus” (Beneficência Social, p. 77). Portanto, é lícito nas horas sagradas do sábado visitar enfermos, viúvas e órfãos, encarcerados e compartilhar uma refeição. Ações sociais que podem ser realizadas em outro dia não devem tomar as sagradas horas do sábado.

      Existem situações emergenciais que os profissionais da saúde devem atender, com base no princípio de que “é lícito curar no sábado” (Lc 14:3). Isso cabe a todos os hospitais e não somente ao Hospital Adventista.

      Estaremos sempre a sua disposição, nos diga a sua opinião a respeito, saiba que tem novos amigos com quem poderá contar, que Deus guie cada passo que der, um grande abraço dos amigos do Está Escrito.



  • Luiz em 26 de outubro de 2014 20:14

    Boa noite
    No caso de uma viagem de férias a outro país, o fato de eu precisar me alimentar em algum restaurante no dia de sábado estaria em desacordo com o quarto mandamento ?



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 30 de outubro de 2014 15:47

      Veja querido irmão LUIZ, no caso de uma viagem você terá que se alimentar em algum lugar, onde quer que seja, o recomendado é que não se pague a refeição no sábado ok?

      Vamos aguardar seu retorno, Deus é justo e amor em todas as Suas ações, Ele quer te fazer feliz neste mundo e principalmente te preparar para a vida eterna, que você siga sempre as verdades do Senhor em sua vida, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Anonimo em 25 de outubro de 2014 19:58

    Sou adventista do 7° dia e trabalho no refeitório do Unasp.
    Cerca de 3 anos trabalho nessa instituição, e como de costume trabalho em forma de rodizio um sábado por mês.
    A grande questão é, smp era passado para os funcionários que o sábado trabalhado era considerado de forma “Voluntária” no qual trabalhamos para suprir a necessidade dos internos para se alimentar.
    Nessa semana descobrimos que o Sábado não é Voluntario coisa nenhuma, que samos realmente obrigado a trabalhar, pois ele é composto para forma as 44h semanais de trabalho. Conclusão o trabalho ao Sabado considerado por todos funcionários pela falta de conhecimento como Voluntario, ele é obrigatório e é pago!
    Alguns funcionários por te ciência desse fato, e para não transgredir o 4° mandamento, decidirão a optar a não trabalhar no sábado e acabarão sendo mandado embora da instituição. Gostaria de saber o que fazer nesse caso? continua trabalhando e transgredir o 4° mandamento dentro de uma instituição adventista, Ou não concordar com isso, e acabando sendo demitido e junto com ele indo embora sonho de concluir um faculdade?



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 29 de outubro de 2014 20:13

      Olá querido irmão, seria muito importante você conversar com o seu Pr sobre isso para que possa esclarecer sobre o assunto, com certeza é um mal entendido pois em nenhuma instituição adventista se procede desta forma.

      De qualquer modo, nos diga como foi a conversa e nos dê o retorno sobre isso ok?

      Que você sinta as bênçãos do Senhor poderosamente em sua vida, Ele te ama muito e quer te abençoar cada dia mais, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Helane Suelem Silva da Silva em 30 de setembro de 2014 23:21

    oi boa noite! Sou Adventista do Sétimo Dia e achei ótimo o artigo porém ainda estou com dúvidas em relação a viagens aos sábados. Por exemplo: eu farei uma viajem para Bahia e vai ser em um sábado mas não resolverei nesse dia nenhum assunto de trabalho ou estudos, enfim, estarei mesmo assim transgredindo os mandamentos do Senhor se eu viajar?



    • Ailto Santana em 1 de outubro de 2014 16:57

      Olá HELANE! Vamos deixar que Jesus responda? Mateus 24:20 – “Orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado.” Agora: Você estará viajando no sábado, para quê?



  • RODRIGO FERNANDES em 18 de setembro de 2014 16:07

    Dia 23/09 vai completar um mês de batismo, e ganhei da empresa um curso com tudo pago e as sala serão ministradas nos sábados, estarei desobedecendo a Lei do Senhor ao aceitar?



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 23 de setembro de 2014 16:43

      Exatamente querido irmão RODRIGO, perceba como satanás tenta de todas as formas fazer com que pequemos contra nosso Deus?

      Aguardaremos sua opinião a respeito, Deus tem planos grandiosos para sua vida, Ele te ama muito, conte sempre conosco, um grande abraço dos amigos do EE.



  • Belmira Jacques em 5 de setembro de 2014 18:31

    por que os adventista não unge com óleo, si na bíblia diz, se teu filho tiver doente leva na igreja, e o presbítero unge com óleo e ele sera curado.



    • Roberto- Instrutor Bíblico e Conselheiro em 12 de setembro de 2014 16:18

      Importante pergunta querida irmã BELMIRA, a unção é praticada por muitas denominações, mas nem sempre entendemos o verdadeiro significado da unção. Alguns podem até imaginar que não seja correto ungir. Vamos ver o que é unção, e o que a Bíblia ensina sobre esta palavra, que tem um grande significado.

      No dicionário Michaelis, encontramos alguns significados da palavra ungir. Vem do latim ungere, e significa aplicar óleo ou substâncias gordurosas a algum lugar, ou a alguém. Em termos litúrgicos, ungir é administrar o sacramento da unção dos enfermos a alguma pessoa. Também pode significar repassar unção, embalsamar, purificar, conferir dignidade, enfim, só neste dicionário são encontrados onze significados para a palavra unção.

      A primeira referência bíblica para a palavra ungir se encontra em Êxodo 25:6, que nos fala da necessidade de óleo(do grego elaion = óleo de oliva, azeite) para unção, no tabernáculo que seria construído. Vemos assim que a primeira referência bíblica trata de consagração, já que o óleo seria utilizado para consagrar os sacerdotes, para os serviços do templo (Ex 29:21).

      Depois de algum tempo, quando Israel pediu para si um rei, Deus disse a Samuel que ungisse a Saul, conferindo lhe, portanto, autoridade sobre o povo. Este ato simbolizava a consagração daquela pessoa para desempenhar o trabalho que lhe foi designado.

      No novo Testamento, encontramos unção como sendo principalmente o ato de consagrar a Deus uma pessoa enferma, para que dessa forma ela possa ser curada (Mc 6:13). Este é atualmente um dos usos mais comuns de unção.

      A unção é um princípio Bíblico, conforme lemos na Bíblia:

      “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.” (Tiago 5:14 RA)

      Apesar de não ser muito utilizado por certas denominações hoje, a unção de pessoas doentes, que é o ato de submeter e entregar a vida desta nas mãos de Deus, pode ser utilizado, sempre que for necessário.

      Acima de tudo, que nós possamos ser ungidos pelo Espírito Santo, a fim de que possamos viver uma vida de forma correta, consagrando todo o nosso ser ao Senhor, que o Espírito Santo esteja no seu coração, na sua vida, conduzindo seus passos e as suas decisões, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • Cristina Correia em 22 de agosto de 2014 7:38

    Olá! Sou Adventista e fui convidada para o casamento católico na sexta de uma amiga no qual crescemos juntas e temos muita consideração uma pela outra…..ela quer muito que eu esteja presente pelo menos na cerimônia na igreja. É aconselhável ir pelo menos para a cerimônia?..Aguardo resposta.



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 28 de agosto de 2014 12:46

      Olá querida amiga e irmã CRISTINA, é uma grande alegria poder conversar contigo. Louvado seja Deus.
      Veja irmã como próprio documento oficial da IASD diz: Casamentos e festas. O convite para deixar de lado nossos “próprios interesses” no sábado (Is 58:13) indica que casamentos e festas, incluindo seus devidos preparativos, devem ser realizados fora desse período sagrado. Casamentos e algumas festas mais suntuosas não devem ser planejados para os sábados à noite, pois seus preparativos envolvem expectativas e atividades não condizentes com o espírito de comunhão com Deus.
      Creio que sua amiga irá entender, pois se ela realmente gosta de você irá respeitar sua religião e através da sua vida saberá como é importante respeitar um mandamento de Deus, não é mesmo? É através da nossa comunhão com Deus e pelo cumprimento das vontades de Deus que poderemos levar o amor e a Palavra de Deus, para que Ele volte logo.
      Conte sempre conosco, que a paz de Cristo Jesus esteja sempre contigo.
      Um grande abraço, seus amigos do Está Escrito.



  • isac em 11 de agosto de 2014 13:02

    Por que vcs ficam mentindo sobre o sabado, fala que e por causa da visao da profetiza que vcs guardam o sabado, JESUS E o senhor do sabado, guardando o sabado vcs desprezam o sacrificio de jesus, so atraves dele pode ser salvo, so por ele veremos a Deus, parem de enganar as pessoas, aceitem Jesus, ajuda a pregar a verdade, que Deus possa iluminar as mentes de vcs



    • Idely - Instrutora Bíblica e Conselheira em 13 de agosto de 2014 16:19

      Olá querido amigo e irmão Isac, acreditamos no que a Palavra de Deus nos diz : Êxodo 20:8 “lembra-te do dia de sábado para o santificar” assim como em todos os mandamentos que foram escritos pelo dedo de Deus conforme está escrito em Êxodo 31:18. A guarda do sábado é uma demonstração de amor a Deus e fruto da experiência pessoal com Ele. E é um mandamento que não podemos ignorar Tiago 2:10-12; 1João 2;4.
      Afinal, Jesus foi muito claro quando afirmou: “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” Mateus 15:9
      A Palavra de Deus diz em vários textos que o verdadeiro “dia do Senhor” é o Sábado veja (Êx 16:23; Is 58:13; Ne 10:31; Mt12:8; Mc2:28;Lc6:5)
      Estaremos sempre a sua disposição, nos diga a sua opinião a respeito, saiba que tem novos amigos com quem poderá contar, que Deus guie cada passo que der, um grande abraço dos amigos do EE.



  • Augusto Pedro em 27 de abril de 2014 14:49

    como e porque a igreja adventista aderiu a doutrina da trindade,se no principio era uma doutrina rejeitada por nós? Sou AUGUSTO



    • Instrutor e Conselheiro em 28 de abril de 2014 16:27

      Que ótimo querido irmão AUGUSTO, ficamos muito alegres em podermos conversar sobre este assunto que gera muitas dúvidas. Gostaríamos de indicar um excelente estudo sobre este assunto, acesse http://www.iasdemfoco.net/2008/100_Respostas_Sobre_a_Trindade.pdf

      Depois nos diga a sua opinião sobre o estudo e se tem alguma dúvida, que as bênçãos de Deus repousem sobre sua vida, Ele te ama muito, um forte abraço dos amigos do EE.



  • Nayson Riley em 21 de março de 2014 12:11

    Olá irmãos. Tenho uma grande dúvida.
    Estou estudando a biblia com alguns irmãos adventistas. No sábados vou à igreja com eles. Entretanto, nenhum de nós temos transporte próprio. Então, vamos de táxi ou ônibus.
    Desse modo estamos profanando o Sábado? Afinal, nós estamos pagando pelo serviço do taxista. E além disso, estamos incentivando o trabalho. Eu posso não estar trabalhando, mas, de certa forma, estou obrigando àquele homem à trabalhar. Sendo assim, estamos nos “edificando” à Deus em cima daquele pecador taxista?

    Abraços,



    • Instrutor e Conselheiro em 24 de março de 2014 16:38

      Olá querido irmão NAYSON, que ótimo podermos conversar contigo sobre este assunto. Esta é uma pergunta importante. Leva-nos a refletir sobre o verdadeiro propósito do Sábado e no que se constitui transgressão do mandamento (Êxodo 20:8-11).
      Como sabemos, os Dez Mandamentos constituem a norma eterna do que é correto. Jesus não veio nos libertar da obediência à Lei (Mateus 5:17-17; Efésios 2:10), mas da condenação dela – a morte eterna (Romanos 6:23; Romanos 8:1). Todo aquele que ama a Jesus, em gratidão por seus pecados perdoados, procurará obedecer aos mandamentos de Deus (João 14:15) com a ajuda e a força que vem do próprio Criador! (Filipenses 2:13).
      Entender a razão para alguns mandamentos é mais fácil. Sabemos que não devemos matar, mentir ou roubar. Para entendermos a razão da observância do Sábado temos que refletir mais detidamente no caráter de Deus e seu propósito ao criar a raça humana. Deus nos criou não porque precisasse de nós. Criou-nos, entre outras razões, para ter a alegria do companheirismo conosco e também para nos dar a alegria do companheirismo com Ele. Daí a importância do Sábado – um dia para especial comunhão com Deus, nosso Criador (Gênesis 2:1-3; Êxodo 20:8-11).
      Durante a semana nos envolvemos com a luta pela sobrevivência, com a busca da realização pessoal e tantas outras coisas e temos dificuldade em separar tempo de qualidade para passar com Deus. Pensando nesta necessidade, Ele instituiu o Sábado – um dia para restauração física, comunhão social e maior companheirismo com o Criador.
      O Sábado é o dia ideal para ir à igreja (Lucas 4:16), orar, meditar, e cantar louvores. Outras atividades muito indicadas para este dia são as obras de caridade (Mateus 12:12) e o convívio social. Todos temos a necessidade de dar e receber amor, de saber que há pessoas que se preocupam conosco e que com elas nos sentimos bem. Ninguém duvida – especialmente os cientistas – dos benefícios físicos de um dia de repouso a cada semana.
      Diz o mandamento: “Seis dias trabalharás” Êxodo 20:8. Deus promete estar conosco para que em seis dias sejamos capazes de realizar tudo que realmente importa e é necessário. Então, descansamos no Sábado como uma celebração por termos “acabado” nossos afazeres e para passarmos mais tempo com nosso Deus Triúno que nos criou e nos salvou.
      O que a Bíblia aponta como impróprio para o dia de Sábado não é aliviar o sofrimento humano, realizar obras caritativas ou atender certas emergências, mas sim o trabalho para ganhar a vida.
      Quando um médico cristão atende alguém num dia de Sábado, não está transgredindo o quarto mandamento. Jesus disse: “É lícito fazer o bem aos Sábados” (Mateus 12:12). Certamente, os médicos não devem trabalhar neste dia como nos demais. Cumpre a cada um deles determinar o que constitui emergência médica e que tipos de atendimentos podem ser deixados para o dia seguinte.
      “O Sábado foi feito por causa do homem”, para benefício da humanidade, diz Jesus em Marcos 2:27. Se um familiar adoece no sétimo dia, todas as providências para atender essa pessoa estão em harmonia com o propósito do Sábado. Portanto, se for necessário contratar um taxi, comprar remédios, pagar por honorários médicos ou hospitalares, nada disso deve ser deixado de fazer.
      Vivemos num mundo aquém do ideal. Na Nova Terra não teremos acidentes, incêndios e nem assaltos. Enquanto ainda estivermos cercados pela presença e pelas consequências do pecado, devemos pedir a Deus sabedoria para decidir quê trabalhos realizar e não realizar no dia do Senhor. Isto é algo muito pessoal e precisa ser levado a sério.
      Em termos do uso de nosso tempo, Deus não aceita menos do que dedicarmos o Sábado a Ele. Deus é o nosso Criador, Mantenedor e Salvador pessoal. Ele merece nosso amor, lealdade e obediência.
      Tornar o Sábado o dia mais feliz e abençoado de cada semana faz parte do mandamento mais amplo de amar ao Senhor com todas as nossas forças e com todo nosso entendimento (Deuteronômio 6:5; 10:12; 30:6; Marcos 12:28-30). As pessoas que separam o Sábado como um dia sagrado estão tendo um dos maiores privilégios concedidos aos homens: entrar na presença de Deus semanalmente, gratuitamente, pela fé.
      Não devemos fazer algo, tipo compras, ou alguma coisa que faça alguém trabalhar, só que não podemos ser legalistas ao ponto de não tomar banho ou deixar de ir a igreja, assistir televisão, que podemos assistir a TV Novo Tempo, por imaginar que outras pessoas estão trabalhando, porque não estão trabalhando diretamente para você, diferente de quando você vai a uma padaria e pede algo para comprar.

      Aguardaremos sua opinião sobre o assunto, saiba que pode contar sempre conosco, Deus te ama muito e tem lindos planos para você, um grande abraço dos seus amigos do EE.



      • Nayson Riley em 26 de março de 2014 8:14

        Muito obrigado pela sua resposta, irmão. Esclarecedora. Só mais um ponto que gostaria de certificar: Então, o mais correto seria se conseguíssemos outras maneiras de chegarmos até a congregação? Evitar ao máximo usar o dinheiro. De alguma forma, conseguir uma carona, ir caminhando até a igreja? Essa é a forma mais correta, não? Apenas em casos extremos devo me utilizar desses meios.

        Deus o abençoe.



        • Instrutor e Conselheiro em 29 de março de 2014 18:10

          Que ótimo saber que suas dúvidas foram esclarecidas querido irmão e amigo NAYSON, veja, se existir alguma possibilidade de você ir a igreja tudo bem, mas se isso for complicado, tenha certeza absoluta que Deus prefere te ver em Sua casa do que deixando de ir não é mesmo?

          Que o Espírito Santo de Deus traga muita paz e refrigério para sua vida, conte sempre conosco, um grande abraço dos seus amigos do Está Escrito.



  • francielle em 13 de março de 2014 22:05

    por favor me Ajude sou adventista e estou fazendo curso de enfermagem tenho uma falta em campo de estagio por motivos de saúde, então neste caso não tenho como repor minha falta a unica alternativa é participar de eventos sociais que visa ajudar pessoas e no caso seria no sábado como devo proceder estou angustiada pois a unica alternativa é esta? me respondam o mais rápido possível por favor



    • Instrutor e Conselheiro em 16 de março de 2014 9:21

      Olá querida irmã FRANCIELE, será uma alegria enorme poder te ajudar nesta questão. Nos diga melhor como são estes eventos que terá de participar no sábado, que as bênçãos de Deus repousem sobre sua vida, Ele te ama muito, um forte abraço dos amigos do EE.



  • JUNIOR em 14 de fevereiro de 2014 8:17

    naum comento mais, pois tanto vcs como o na mira da verdade, oqal fiz uns comentarios naum me respodem, pelo contrario deletaram o meu cometario, rsrsrs, acho q fiz umas perguntas contudentes d mais, c eu soubece faria perguntas duvidosas, pra vcs esclarecerem, fico triste com isso, fazer oq? axo q naum souberam responder por isso deletaram.



    • Instrutor e Conselheiro em 17 de fevereiro de 2014 8:35

      Olá querido irmão JÚNIOR, não vimos nenhum de seus comentários aqui, você poderia nos enviar novamente?

      Aguardaremos seu retorno, conte sempre conosco, que Deus ilumine muito a sua vida, um grande abraço dos seus amigos do EE.



  • karine gomes vieira em 25 de janeiro de 2014 16:48

    Quero guardar o sabado com minha familia,sou casada tenho uma filha de 4 meses.mas o meu esposo trabalha todosvos dias da semana,ele trabalha em mercado mas,ele não quer mais trabalhar lá porque é obrigado a vender suinos e sabemos que isso nao é correto! Ele ja pediu pra fazer um acordo e sair do emprego mas o patrao esta relutante pois ele é um bom funcionário Eu não trabalho estou tentando não profanar o sábado mas preciso da compania do meu esposo.por favor,preciso de ajuda pois na igreja em que congregamos não nos ensinam a biblia,fala-se muito em missoes,prosperidade e vitória… A pouco tempo eu ainda acreditava que o arrebatamento era secreto.me ajudem



    • Instrutor e Conselheiro em 27 de janeiro de 2014 7:55

      Claro querida irmã KARINE, será uma alegria muito grande podermos ajudar você e seu marido a se aproximarem de Deus, vemos que Ele tem planos grandiosos para vocês, nos deixou muito felizes saber que desejam guardar o sábado e seguir as vontades do Senhor para suas vidas.

      Vocês aceitariam estudar a Bíblia conosco por e-mail, o que acham?

      Já chegaram a visitar alguma Igreja Adventista?

      Estarenmos entrando em contato contigo por e-mail para podermos conversar mais, Deus tem muitas bênçãos reservadas para vocês, confiem sempre nEle, pois a poderosa mão do Senhor está sobre suas vidas, contem sempre conosco, um grande abraço dos amigos do EE.



  • Claudinei em 25 de novembro de 2013 17:42

    Irmãos, A Graça e a Paz do Senhor!
    Sou Batista, e tenho muito amor pela Igreja Adventista do Sétimo dia, também estudo a cerca da guarda do Sábado do Senhor. Porém fico um pouco confuso em como entender a situação dos irmãos que trabalham em atividades que necessariamente tem de ser executadas aos Sábados, como por exemplo: caminhoneiros, operadores de centros de operação do sistema elétrico, etc.



    • Instrutor e Conselheiro em 29 de novembro de 2013 5:59

      Ótima questão querido irmão CLAUDINEI, é uma pergunta importante. Leva-nos a refletir sobre o verdadeiro propósito do Sábado e no que se constitui transgressão do mandamento (Êxodo 20:8-11).
      Como sabemos, os Dez Mandamentos constituem a norma eterna do que é correto. Jesus não veio nos libertar da obediência à Lei (Mateus 5:17-17; Efésios 2:10), mas da condenação dela – a morte eterna (Romanos 6:23; Romanos 8:1). Todo aquele que ama a Jesus, em gratidão por seus pecados perdoados, procurará obedecer aos mandamentos de Deus (João 14:15) com a ajuda e a força que vem do próprio Criador! (Filipenses 2:13).
      Entender a razão para alguns mandamentos é mais fácil. Sabemos que não devemos matar, mentir ou roubar. Para entendermos a razão da observância do Sábado temos que refletir mais detidamente no caráter de Deus e seu propósito ao criar a raça humana. Deus nos criou não porque precisasse de nós. Criou-nos, entre outras razões, para ter a alegria do companheirismo conosco e também para nos dar a alegria do companheirismo com Ele. Daí a importância do Sábado – um dia para especial comunhão com Deus, nosso Criador (Gênesis 2:1-3; Êxodo 20:8-11).
      Durante a semana nos envolvemos com a luta pela sobrevivência, com a busca da realização pessoal e tantas outras coisas e temos dificuldade em separar tempo de qualidade para passar com Deus. Pensando nesta necessidade, Ele instituiu o Sábado – um dia para restauração física, comunhão social e maior companheirismo com o Criador.
      O Sábado é o dia ideal para ir à igreja (Lucas 4:16), orar, meditar, e cantar louvores. Outras atividades muito indicadas para este dia são as obras de caridade (Mateus 12:12) e o convívio social. Todos temos a necessidade de dar e receber amor, de saber que há pessoas que se preocupam conosco e que com elas nos sentimos bem. Ninguém duvida – especialmente os cientistas – dos benefícios físicos de um dia de repouso a cada semana.
      Diz o mandamento: “Seis dias trabalharás” Êxodo 20:8. Deus promete estar conosco para que em seis dias sejamos capazes de realizar tudo que realmente importa e é necessário. Então, descansamos no Sábado como uma celebração por termos “acabado” nossos afazeres e para passarmos mais tempo com nosso Deus Triúno que nos criou e nos salvou.
      O que a Bíblia aponta como impróprio para o dia de Sábado não é aliviar o sofrimento humano, realizar obras caritativas ou atender certas emergências, mas sim o trabalho para ganhar a vida.
      Quando um médico cristão atende alguém num dia de Sábado, não está transgredindo o quarto mandamento. Jesus disse: “É lícito fazer o bem aos Sábados” (Mateus 12:12). Certamente, os médicos não devem trabalhar neste dia como nos demais. Cumpre a cada um deles determinar o que constitui emergência médica e que tipos de atendimentos podem ser deixados para o dia seguinte.
      “O Sábado foi feito por causa do homem”, para benefício da humanidade, diz Jesus em Marcos 2:27. Se um familiar adoece no sétimo dia, todas as providências para atender essa pessoa estão em harmonia com o propósito do Sábado. Portanto, se for necessário contratar um taxi, comprar remédios, pagar por honorários médicos ou hospitalares, nada disso deve ser deixado de fazer.
      Vivemos num mundo aquém do ideal. Na Nova Terra não teremos acidentes, incêndios e nem assaltos. Enquanto ainda estivermos cercados pela presença e pelas consequências do pecado, devemos pedir a Deus sabedoria para decidir quê trabalhos realizar e não realizar no dia do Senhor. Isto é algo muito pessoal e precisa ser levado a sério.
      Em termos do uso de nosso tempo, Deus não aceita menos do que dedicarmos o Sábado a Ele. Deus é o nosso Criador, Mantenedor e Salvador pessoal. Ele merece nosso amor, lealdade e obediência.
      Tornar o Sábado o dia mais feliz e abençoado de cada semana faz parte do mandamento mais amplo de amar ao Senhor com todas as nossas forças e com todo nosso entendimento (Deuteronômio 6:5; 10:12; 30:6; Marcos 12:28-30). As pessoas que separam o Sábado como um dia sagrado estão tendo um dos maiores privilégios concedidos aos homens: entrar na presença de Deus semanalmente, gratuitamente, pela fé.
      Estaremos aguardando sua opinião, saiba que tem novos amigos com quem poderá contar sempre, que Deus te abençoe muito, um grande abraço da equipe do EE.



  • Rafael em 2 de julho de 2013 10:36

    Ótimo



  • Gabriel em 8 de junho de 2013 13:13

    Eu vou começar a guarda o sábado,tenho 16 anos,mais sou da assembleia de DEUS…e vai ser muito difícil para mim,minha família não guarda o sábado,e também não guarda o domingo e nem ensina que precisa guarda algum dia,nem meu pasto fala que precisa guarda o sábado.mais acima de tudo quero obedecer a DEUS e não ao homem,e sinto que se o pecado e a transgressão da lei e a lei e os dez mandamentos porque vou obedecer só nove.mais eu aprendi que nos estamos no novo testamento e não no velho,e se conseguimos obedecer a lei jesus não teria vindo para cumprir a lei,e agora somos salvos não por obedecer a lei mais sim pela graça de jesus.mais mesmo assim vou guarda o sábado. OBS:eu já nasci no evangelho e nunca vi na minha igreja mandando guarda o domingo,nos temos escola dominical no domingo porque e o dia que ninguém trabalha, e não porque guardamos o domingo,nos não guardamos o sábado,mais não concordamos que ninguém guarde outro dia além do sábado.



    • Instrutor e Conselheiro em 8 de junho de 2013 17:14

      Louvado seja o nome do Senhor querido irmão, expressar a nossa alegria em saber que estará guardando o sábado realmente seria impossível, estamos muito felizes por esta maravilhosa e importante decisão que está tomando em sua vida, pois o sábado é um dia muito especial onde dedicamos somente a Deus. Se estamos felizes por isso, imagine a alegria de Deus vendo um filho que Ele tanto ama guardando um dia que Deus criou especialmente para nós não é mesmo?
      Conte sempre conosco, que Deus abençoe e ilumine muito a sua vida, um grande abraço da equipe do EE.



  • Marco Aurélio em 12 de abril de 2013 23:33

    Meu nome é Marco Aurélio, sou da cidade de Botucatu SP e cristão de outra denominação.
    Quero parabenizar o Canal Novo Tempo, que é um instrumento na mão de Deus.
    Todos os programas são de excelente qualidade e seus apresentadores ungidos pelo Senhor. Estou ligado diariamente na programação.

    Assistindo o programa Bíblia Fácil com o Pastor Arilton Oliveira, excepcional pregador por sinal, ele comenta sobre as normas impostas pelos judeus, onde tudo era pecado fazer no dia de sábado.

    Entendi que os adventistas guardam o sábado de uma maneira mais prazerosa, buscando a comunhão com Deus, a atenção com a família e o descanso, podendo até passear.

    Minha dúvida é a seguinte…
    Se não podemos trabalhar nem realizar negócios nesse dia, como é que a TV Novo Tempo e as rádios adventistas trabalham nesse dia?
    A programação existe para levar a palavra de Deus, mas são muitos funcionários trabalhando nessas empresas no dia de sábado para fazê-las funcionar.

    E os cantores adventistas que viajam nos finais de semana para cantar nas igrejas ou outros locais? Entendo que eles estão levando o evangelho com suas músicas, então não poderemos dizer que não guardam o sábado, porém os profissionais que trabalham no dia, que por vezes, não são poucos, não estariam profanando o sábado?

    Afinal… O que podemos e o que não podemos fazer aos sábados?



    • Administrador em 13 de abril de 2013 19:14

      Querido irmão, você não imagina a nossa alegria de podermos comentar com você sobre o sábado que é um dia muito especial em nossas vidas. Você mencionou muito bem, com relação aos profissionais da Novo Tempo todos estão levado a Palavra do Senhor no sábado para que milhares de pessoas assistam e ouçam a programação, as outras atividades do dia a dia não são feitas.
      Com respeito à guarda do sétimo dia (Gênesis 2:1-3; Êxodo 20:8-11), existem algumas coisas básicas a serem observadas:
      a) Não comprar, vender ou se envolver em qualquer tipo de negócio;
      b) Não exercer nenhum trabalho secular ou algo que possa ser feito em qualquer outro dia da semana;
      c) Preparar as atividades caseiras na sexta-feira;
      d) Nunca se esquecer que o maior objetivo do sábado é ter mais tempo para estar com Cristo, num relacionamento mais íntimo, através do estudo da Bíblia e da oração;
      e) É um dia para louvar e adorar a Deus na sua igreja;
      f) É um dia para apreciar o convívio dos irmãos em Cristo;
      g) É um dia dedicado à família;
      h) É um dia propício para apreciar a criação de Deus através da natureza;
      i) É um dia para fazer o bem a si e aos outros;
      j) Especialmente, é um dia de fé e de lembrança. Na luta pela sobrevivência, na agitação da vida, somos tentados a querer dirigir nossos caminhos por nós mesmos e nos esquece¬mos de que tudo que mais precisamos é confiar em Deus, descansar na Sua sabedoria e no plano que Ele tem delineado para nossa vida. O sábado é para nos lembrar de tudo isso, a fim de descan¬sarmos, pela fé, na segurança dos braços de Jesus e na certeza da Sua graça.
      Concluindo essa primeira parte, podemos dizer que o sábado e os demais mandamentos divinos são eternos. Nunca houve um tempo na existência do homem em que Deus não tivesse dado de maneira tão clara e tão explícita aquilo que deve ser obedecido para o próprio bem e felicidade do ser humano (Salmo 111:7 e 8). Se O amamos, iremos guardar Seus mandamentos (João 14:15), que “não são pesados” (1 João 5:3). A obediência é o resultado natural e espontâneo da fé que opera por amor a Deus, e não uma mera demonstração exterior de religiosidade. Jamais a obediência a qualquer mandamento poderá nos salvar (Efésios 2:8, 9). As obras não salvam, apenas Cristo. Só Ele, por meio da Pessoa do Espírito Santo, pode colocar no coração do homem o impulso para obedecer (Atos 4:12; Efésios 2:10). A obediência é a expressão externa de nossa transformação interna (2 Coríntios 5:17; Tito 3:7, 8) e uma expressão de gratidão e amor para com Deus (Hebreus 10:16 e 17).
      Deixe apenas que a luz divina, que emana da cruz de Cristo, ilumine seus caminhos e os motivos do seu coração. Nunca esqueça que o sábado não é uma invenção humana, mas um presente de Deus para o benefício do homem (Marcos 2:27, 28). E Deus não erra.

      Dicas para guardar o sábado de maneira agradável

      O que fazer no Sábado
      a) Levítico 23:32 – celebrar a chegada do dia do Senhor com um bonito culto de adoração, ao pôr-do-sol de sexta-feira;
      b) Levítico 23:3; Lucas 4:16 – ir à igreja. Participar de programações espirituais nos coloca em íntima ligação com Deus;
      c) Atos 16:13 – ir a retiros espirituais;
      d) Atos 16:13 – passear em meio à natureza. É um ótimo dia para fazer piqueniques com a família. Já pensou em fazer isso na beira de um lago? Isso é marcante, especialmente para as crianças. Ir a zoológicos, parques… Esse contato com a natureza traz saúde mental e mostra aos filhos o quanto o sábado é um dia especial. As crianças aprender a respeitar a Deus e aos pais;
      e) Mateus 12:12 – fazer o bem em favor do próximo. Visitar os necessitados é uma atividade própria para o sábado. Fazer algo por alguém que precisa é um remédio para a baixa auto-estima;
      f) Isaías 58:13-14 – direcionar as atenções para os assuntos espirituais. Falar sobre Deus, o Céu, a vida eterna, o amor de Jesus Cristo, o Seu perdão sem igual… Esse tipo de diálogo, diferente das conversas que temos durante a semana, é bom para melhorar o convívio com a família e agradável para as rodas de amigos;
      g) Atos 16:13; 13:42-44 – orar e estudar mais a Bíblia. É ótimo separar momentos para a devoção pessoal e também para estudar a Bíblia com um amigo.
      Como você pôde ver, o sábado pode ser desfrutado de várias maneiras. Deve-se usar a imaginação e a criatividade, não esquecendo que o sábado não será sábado se não for um dia de serviço dedicado ao próximo.

      O que não fazer no sábado
      a) Êxodo 20:10; João 5:17 – não realizar nenhum trabalho cotidiano (para não desviar a atenção do Criador), mas apenas obras em benefício do próximo;
      b) Neemias 10:31; 13:15-20 – não comprar, vender ou realizar qualquer atividade comercial. Não devemos contribuir para que outras pessoas desrespeitem o sábado.
      Importante: Só se deve assistir televisão se o programa estiver em harmonia com a espiritualidade do dia.

      O que Jesus mais gostava de fazer no Sábado?
      a) Lucas 4:16 – ir à igreja;
      b) Lucas 4:16 – ler;
      c) Lucas 4:31; 6:6; 13:10 – ensinar as pessoas sobre a Bíblia;
      d) João 5:17 – trabalhar em favor do próximo (Jesus não trabalhava na carpintaria no dia de sábado!)
      e) Mateus 12:1-8; Marcos 2:23-28; Lucas 6:1-5 – sair com os discípulos para evangelizar. Nessa ocasião, os discípulos de Cristo aproveitaram o convívio com a natureza e colheram alguns cereais para irem comendo pelo caminho.
      f) Mateus 12:9-13; Marcos 3:1-6; Lucas 6:6-11; 13:10-17; 14:1-5; João 5:1-15; 9:1-16 – curar as pessoas doentes fisicamente e/ou espiritualmente. Essas coisas boas que Jesus fazia no sábado eram consideradas pecado pelos judeus daquela época(ver João 5:18). Entretanto, Jesus mostrou e ensinou a maneira correta de se guardar o sábado! Em Seus debates com os fariseus, Jesus cumpriu a profecia de Isaías 42:21.

      O sábado é um sinal do quê? Êxodo 31:13; Ezequiel 20:12 e 20
      Resposta: É um sinal de santificação, de lealdade a Deus.

      Qual é um dos últimos convites de Deus à humanidade antes da volta de Jesus? Apocalipse 14:7 – compare com Êxodo 20:11
      Resposta: Adorem a Deus observando o sábado, o memorial do Amoroso Criador do Universo!

      O que pensa sobre estas questões querido irmão, tenha certeza que Deus tem lindos planos para sua vida, Ele te ama muito e está muito feliz por você estar se aproximando de Suas vontades, conte sempre conosco, que Deus abençoe muito a sua vida, um grande abraço da equipe do EE.



      • Marco Ghio em 6 de maio de 2013 10:34

        Apenas uma correção, a passagem de joão 14-15 ” Se me amais guardareis os meus mandamentos”, o próprio João explica quais são: 1joao 3. 22-23 ” Aquilo que pedimos dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos diante dele o que é agradável, ora o seu mandamento é este: que creiamos em o nome de seu filho, Jesus cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que nos ordenou”, ou se preferirem tem a resposta do próprio Jesus sobre os seus mandamentos, Mateus 19.17-21 ” Respondeu-lhe Jesus: porque me perguntas acerca do que é bom? bom só existe um. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. E ele lhe perguntou: quais? respondeu Jesus: não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho; honra a teu pai e a tua mãe e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Repicou-lhe o jovem: tudo isto tenho observado; que me falta ainda? disse-lhe jesus: se queres ser perfeito, vai vende os teus bens e dá aos pobres e terás um tesouro nos céus, depois vem e segue-me”. Vejam que a versão de João é exatamente a mesma de Jesus Cristo, são estes os mandamentos que são mencionados em Apocalipse 14.12 ” Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de deus e a fé em Jesus”, ou se preferirem podem utilizar a analogia reversa, ou seja, quais são os que não serão salvos, novamente em apocalipse 21-8 temos: “quanto porém aos covardes. aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras, e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde como fogo e enxofre, a saber a segunda morte”, exatamente a antítese dos mandamentos dados por Jesus e João, não tem absolutamente nada a ver com a guarda do sábado, e nem poderia, porque se assim fosse a bíblia se contradiria com as curas de Jesus no sábado, e o texto de colossenses 2.16-17 ” Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados, porque tudo isto tem sido sombra das coisas que haviam por vir, porém o corpo é de cristo”, por isso não existe qualquer ordem para se guardar o sábado no novo testamento, assim como houve com os outros mandamentos. Novamente irmãos, não é errado guardar o sábado, errado é afirmar que quem não guarda está em erro, todas as igrejas fazem parte do corpo de Cristo, a Adventista, a Católica, e todas as outras, nenhuma melhor nem pior, apenas cooperam para o corpo do qual Jesus Cristo é o cabeça.



        • Administrador em 6 de maio de 2013 21:07

          Querido irmão, ficamos muito felizes em poder conversar contigo sobre estes assuntos, primeiramente, queremos lhe dizer que respeitamos a todos e jamais condenaremos alguém por não guardar o sábado, de forma alguma, faríamos uma coisa dessa,até porque somos salvos pela graça de Deus e não pela guarda dos mandamentos, obedecemos a Deus e seguimos aos mandamentos por amor a Ele.
          Vamos analisar alguns textos que comentou, em I João 3:23, João define agora em parte “seus mandamentos” (vers. 22), e usa o número, singular porque sua definição se refere à lei que todo o abrange: a lei de acreditar e amar (ver com. Mat. 22: 36-40).

          Sobre Mateus 19:17-21 veja os mandamentos são os mesmos de Êxodo 20, perceba que são os 6 últimos referentes a atitude que devemos ter com o próximo e os 4 primeiros que representam amor a Deus não aparecem, mas será que não é mais necessário então? Com certeza que não, a Lei de Deus permanece eterna e Jesus apenas não disse os 10 mandamentos porque os 4 primeiros todos cumpriam, o que faltava mesmo era com relação ao próximo.
          Nos relatos evangélicos se registram sete curas realizadas por Cristo no sábado: Lucas 4:33, 38-39; 6:6-10; 13:10-17, 14:2-4; João 5:5-10; 9:1-14. Alguns pontos são evidentes ao examinarmos tais relatos. Vejamos:
          (a) Sempre que Jesus cura alguém no dia de sábado, Ele é acusado de ser um transgressor do quarto mandamento (Êxodo 20:8-11);
          (b) A defesa de Jesus é realizada de maneira enfática. Ele se defende das acusações;
          (c) Jesus não se considera um transgressor do Sábado. Muito pelo contrário: Ele coloca a guarda do Sábado em um nível superior ao dos judeus. Ele se declara Senhor do Sábado (Marcos 2:27 e 28), diz que o sábado foi feito para o homem e que é lícito (de acordo com a lei) realizar atos de bondade no dia do Sábado (Mateus 12:12).
          Cristo chama os judeus de hipócritas quanto à guarda do sábado (Lucas 13:15). Por quê? Porque eles pretendiam guardá-lo, mas haviam colocado tradições, regras, mandamentos sobre o sábado que o próprio Deus jamais colocara. Quem quer que examine, hoje, os livros de ensino e tradição dos judeus (Mishnáh, Talmud e outros) perceberá as incríveis distorções do mandamento sabático.
          Por que os judeus questionavam as curas no dia do sábado? Porque para eles – não para Deus – curar era uma espécie de trabalho. Curar = trabalhar, e o mandamento diz: “Não farás nenhum trabalho” (Lucas 13:14). Incrível, não?
          Como pode? A maneira como eles guardavam o mandamento demonstrava o quanto eram mesquinhos, desumanos e desprovidos de qualquer misericórdia. É até irônico! Eles eram capazes de tirar uma ovelha que caísse num precipício (para evitar prejuízo material) mas não queriam que Jesus estendesse a mão para curar doentes e pecadores – não é terrível?!
          E o mandamento que fora dado pelo próprio Cristo no monte Sinai (Atos 7:30-52) para ser um dia deleitoso, prazeroso (Isaías 58:13,14) tornou-se um fardo insuportável que o judeus hipócritas, impunham sobre os infelizes membros da nação judia. Por isso Jesus disse que queria misericórdia e não sacrifício.
          Jesus é o Senhor do Sábado! Ele criou o sábado (Gênesis 2:2,3); deu-o como mandamento no Sinai (Êxodo 20) e o ratificou com sua vida aqui neste mundo. O Sábado não foi dado apenas para os Judeus, foi dado para toda a humanidade como um incentivo à gratidão e à união entre a criatura e o Criador.

          Jesus jamais transgrediu aquilo que Ele mesmo estabelecera. E quando Ele foi julgado pelo Sinédrio e por Pilatos, buscaram argumentos para condená-lo. Se Cristo tivesse de fato transgredido o sábado os judeus achariam facilmente tal motivo, pois para eles esse era um dos principais mandamentos – mas nada acharam nEle!
          Pelas leis do Antigo Testamento o sacerdote não tinha permissão para dar pão sagrado, mesmo ao israelita mais consagrado. Apenas os sacerdotes podiam comê-lo. Entretanto, houve uma circunstância peculiar, incomum. Davi e seus homens precisavam desesperadamente de pão para sua subsistência, tendo em vista a maldade do rei Saul em persegui-lo (e dificultar a alimentação deles) e o fato de não haver outro alimento à mão.
          Da mesma forma, nos dias de Jesus, em situação ordinária, não seria permitido entrar na seara e colher espigas num dia de sábado (para os judeus e não na concepção do Deus Criador). Mas aquela era também uma circunstância especial pelas seguintes razões:
          1) Jesus e seus discípulos estavam longe de casa, pois eram pregadores itinerantes. Estavam retornando de uma reunião na sinagoga, a qual funcionava no sábado até, aproximadamente, a hora do almoço (a fome nesse horário é grande);
          2) Tendo em vista que nenhum daqueles religiosos ofereceu alimento – e os alunos de Cristo necessitavam comer – não seria transgressão do quarto mandamento colher espigas para saciar a fome. Seria o mesmo que hoje colhermos uma fruta no sábado, ou seja, nada de mais.
          É fácil percebermos que na Bíblia o dia de guarda sempre foi – e sempre será – o Sábado (Mateus 5:17-19; Apocalipse 14:6, 7; Isaías 66:22, 23 – até nos dias da eternidade!). E, quando lemos os relatos em que Jesus discutia com os fariseus sobre o assunto, o tema em questão nunca foi: “o dia deve ser guardado ou não?”, mas sim: “o dia pode ser guardado desse jeito?”.
          Meditemos nisso com sinceridade e oração para que não tenhamos uma vida de pecado ao transgredirmos conscientemente o Sábado! (ler Tiago 2:10).
          Se as leis morais pudessem ser abolidas, então Cristo não precisaria vir para morrer pelos pecadores, bastaria apenas abolir ou destruir a lei, pois onde não há lei, não existe pecado, porque o pecado é a transgressão da lei (Romanos 4:15; 1João 3:4). Caso a lei moral tivesse sido abolida, isso me “libertaria” para adorar imagens, tomar o nome de Deus em vão, desonrar os pais etc. Qual é o cumprimento da lei? Não é amar a Deus e ao próximo (Mateus 22:36-40; Deuteronômio 6:5; Levítico 19:18)? A primeira parte da lei está relacionada com nosso amor a Deus, e a segunda com nosso amor ao próximo. Se você acha que não deve guardar o sábado, também não deve guardar qualquer outro mandamento.
          O sábado foi instituído no Éden, antes que a nação israelita existisse (Gênesis 2:2-3), o que foi confirmado por Cristo quando disse que o sábado foi feito por causa da humanidade como um todo, e não para um povo específico apenas (Marcos 2:27). Em Isaías 58:13-14; Ezequiel 20:12 e 20; e Apocalipse 14:12, o sábado é tido como um sinal entre Deus e Seu povo. Isso não quer dizer que só vai se salvar quem guarda ou guardou o sábado, mas Deus sempre teve um povo, em todas as épocas, com uma mensagem específica para dar ao mundo.
          A grande pergunta que eu tenho a quem diz que a lei foi abolida é de como será o juízo final.
          Em todo julgamento há um réu, que está sendo julgado por infringir uma lei, é assim hoje, agora imagine, qual será a lei, como será este julgamento se não existir uma lei, sendo que se não existe lei não existe pecado, a grande estratégia do inimigo é afastar as pessoas da Palavra de Deus.
          Deus não diz para irmos nessa ou naquela igreja , Ele nos pede para seguirmos a Ele, independente de igreja, olha a linda promessa que tem em João 14:21:
          “Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado por Meu Pai, e Eu também o amarei e Me manifestarei a ele. “
          Em nenhum local da Bíblia tem escrito que somente o sábado foi abolido, como vimos, até na Nova Jerusalém guardaremos o sábado, a grande questão está em Oséias 4:6:
          “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.”
          Aguardaremos seu retorno e opinião, respeitamos muito a sua opinião, mesmo discordando de alguns pontos saiba que estamos muito felizes em poder conversar contigo, conte sempre conosco, que Deus ilumine muito a sua vida, um grande abraço da equipe do EE.



          • Marco Ghio em 7 de maio de 2013 11:01

            Prezados irmãos, seguem comentários sobre o tema: Jesus ao ser indagado quais mandamentos deveriam ser seguidos foi muito claro em sua resposta conforme Matheus 19.16-22 e a mesma colabora com o que João escreveu em 1joão 3.22-24, nestas passagens não existe menção a guarda do sábado, se fosse algo extremamente importante Jesus e seus apóstolos o teriam mencionado. Desculpem mas não concordo com a idéia de que Jesus colocou o sábado em nível superior aos demais citando a passagem de Marcos 2.23-28, muito pelo contrário, ele permitiu que o mesmo mandamento fosse desobedecido porque os discípulos estavam com fome, e isto já havia acontecido antes no templo, dos dez mandamentos é o único que pode ser violado, não vemos esta exceção no caso dos outros nove, se assim acontecesse poderíamos roubar no caso de termos problemas financeiros. Jesus é senhor do sábado, ou seja, seus seguidores estão acima deste mandamento, e jesus ainda exclama nesta mesma passagem em Mateus ” 12.7-8 ” Mas, se vós soubésseis o que significa: misericórdia quero e não holocaustos, não teríeis condenado inocentes”, é muito claro que Jesus não se importa com o holocausto e/ou cerimonial do sábado. A própria Lei dada por Jesus no monte Sinai, foi alterada pela Lei do monte sião que é o evangelho, e olha que isto já havia sido profetizado por Isaías – Isaías 2.3 ” irão muitas nações e dirão: vinde e subamos ao monte do senhor e a casa do Deus de jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas, porque de Sião sairá a lei, e a palavra do senhor, de Jerusalem”, Lucas também enfatizou o evangelho (Lei de sião) como sendo o caminho que devemos seguir Lucas 16.16 ” A lei e os profetas vigoraram até joão, desde este tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de deus, e todo o homem se esforça por entrar nele”. Os judeus encontraram sim em Jesus motivo de tropeço por não guardar o sábado cfe João 5.18 ” Por isso, pois, os Judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio pai, fazendo-se igual a Deus”. A bíblia não faz qualquer distinção entre lei moral e cerimonial, tudo faz parte da lei mosaica, a diferença é que algumas ordenanças continuaram e outras não. No novo testamento o sinal de aliança com Deus não é a guarda do sábado e sim a crença no evangelho cfe efésios 1.13 ” Em quem também vós, depois que ouvistes, a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o espírito santo da promessa”, e como sabemos, no evangelho o sábado não tem qualquer eficácia cfe colossenses 2.16 – O cerimonialismo sombra de coisas futuras, ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados, porque tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam por vir”. Existirá, sim é claro, o julgamento e isto é bíblico, por isso devemos obedecer aos mandamentos de jesus e a confirmação deles pelos apóstolos, o que não é bíblico é a obrigatoriedade da guarda do sábado, domingo, ou qualquer outro dia ou cerimonial.



          • Administrador em 7 de maio de 2013 21:50

            Veja querido irmão e amigo, Jesus não somente mencionou sobre o sábado como também o guardou, se desejamos ser cristãos devemos seguir o exemplo de Cristo não é mesmo?
            O sábado não é para que passemos fome ou que não façamos nada, muito pelo contrário, é um dia que dedicamos somente a Deus, respeitamos a sua opinião, mas discordamos, tanto o sábado quanto toda a Palavra de Deus é uma questão de aceitar ou não, poderemos ficar conversando durante meses aqui e cada um ficar com a sua opinião não é verdade?
            O mais importante querido irmão e amigo é continuarmos nos aproximando de Deus, estudando a Bíblia e orando, este é o caminho que temos a seguir, desta forma, Ele nos mostrará as Suas vontades, você concorda com isso?
            Você estuda a Bíblia e ora diariamente?
            Conte sempre conosco, que Deus abençoe muito você, um grande abraço da equipe do EE.



  • Giovanna em 5 de abril de 2013 22:07

    Olá, me batizei na igreja adventista há quatro meses e estou certa da guarda do Sábado, porém, como tenho 16 anos e sou a única adventista em minha casa, é complicado conciliar a guarda do Sábado com os pensamentos dos meus pais. Tenho estudado mas gostaria de esclarecer uma dúvida: muitas vezes surgem programas na sexta-feira a noite, como casamento de um familiar, e meu pai faz questão que eu vá, ele diz que o casamento é uma aliança com Deus e que não é transgressão estar presente em um evento desses, desde que você presencie e cerimônia e vá para casa, se acontecer alguma festa nesse dia devo ir embora, participar apenas da cerimônia. Será que devo? Me pergunto se é certo ou errado e muitas vezes fico confusa com o que o meu pai me diz.
    Procuro estudar para ter argumentos em relação as leis que sigo, muitas vezes faltam-me palavras. O que devo dizer e fazer? Desobedecer meus pais para horar a Deus é pecado?



    • Administrador em 5 de abril de 2013 23:29

      Veja querida irmã, o sábado é um dia para aproximarmos de Deus, de nossos familiares e também falarmos do amor dEle por cada um de nós não é mesmo?
      Sendo assim, você ir a uma cerimônia com seus familiares não há problema algum, até porque, muitas pessoas se casam no sábado sem saber realmente sobre este dia.
      O que não se deve fazer é permanecer na festa, o que você acha?
      Conte sempre conosco, que Deus abençoe muito você, aguardaremos seu retorno, um grande abraço da equipe do EE.



  • Tadeu em 30 de março de 2013 3:05

    Caros irmãos, concordo com o irmão que escreveu que não é errado guardar o sábado, o que é errado é dizer que quem não guarda comete erro. Para isso, sito Paulo em romanos 14:5-6 que diz:
    “Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz”. Por outras palavras: Um faz diferença entre sábado e domingo, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente. Aquele que faz caso do sábado, para o Senhor o faz, e aquele que faz caso do domingo, para o Senhor o faz.
    Relativamente a Colocenses 2:16-17, muitos defensores da abolição do sábado defendem que Paulo diz que ninguém deve julgar-nos “pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados, que são sombras das coisas vindouras; mas o corpo é de Cristo.”
    Muitos defensores do domingo apontam este texto dizendo que isto quer dizer que as leis alimentares e o sábado foram abolidos.
    Eu penso justamente o contrário,: o que Paulo quer dizer é que ninguém deve julgar os outros por causa dos sábados ou seja, tanto por guardá-los como por não guardá-los, desde que cada um esteja convicto em sua própria mente.
    O sábado foi e é o dia do Senhor e não foi abolido. O que foi abolida foi a obrigatoriedade de o guardar.
    Entretanto é muito grave verificar que algumas organizações guardadoras do domingo venham dizer que Deus separou o domingo para sua adoração e usarem a Bíblia em apocalipse 1:10 para corroborar tal afirmação.

    Por fim gostaria de deixar uma questão: que provas existem de que os patriarcas alguma vez guardaram o sábado?



    • Administrador em 30 de março de 2013 9:38

      Ficamos muito felizes em poder conversar contigo sobre a Palavra de Deus querido irmão, em Romanos 14:5 Paulo não está sendo contra a observância do sábado. Alguns cristãos pensam que ele insinuou que cada pessoa deve “escolher o dia de guarda”, mas, isso está longe de ser verdade. Se cada um “faz a própria sua verdade”, a lei de Deus viraria uma bagunça e poderíamos justificar até mesmo o dia sagrado dos muçulmanos: a sexta-feira.

      Até mesmo o observador do domingo Russel N. Champlin reconhece que não é possível provar que a guarda do sábado esteja sendo questionada aqui: “Não dispomos de meios para julgar, com base neste texto, nem com toda a certeza, se Paulo queria incluir ou não o sábado na lista dos vários dias especiais que os irmãos ‘débeis na fé’ insistiam em observar”. (O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo, vol. 3, p. 839)

      Entendemos Romanos 14:5 lendo o verso 6:

      “Quem distingue entre dia e dia para o Senhor o faz; e quem come para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e quem não come para o Senhor não come e dá graças a Deus.”

      Perceba que a distinção entre “dias” está relacionada ao “comer”! Desse modo, a questão aqui é os “dias de jejuns” e não a santificação do sábado. Havia uma discordância entre eles quanto ao dia correto de se jejuar.

      O Didaquê – escrito judaico do primeiro século (alguns creem que foi escrito antes) nos mostra que havia mesmo essa controvérsia no meio cristão. Veja:

      “Os seus jejuns não devem coincidir com os dos hipócritas. Eles jejuam no segundo e no quinto dia da semana. Porém, você deve jejuar no quarto dia e no dia da preparação [sexta-feira]” – Didaquê 8:1.

      Por isso, Paulo estaria dizendo em Romanos 14:5 o seguinte: “Um faz diferença entre dia e dia para jejuar; outro julga iguais [“iguais” não se encontra no original grego] todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente e jejue nos dias que achar melhor.”

      Perceba que o verso 6 interpreta o verso 5 de Romanos 14, de modo que não precisamos colocar no texto ideias alheias a ele. Além disso, o Didaquê (mesmo não sendo regra de fé) nos ajuda a entendermos alguns problemas que os cristãos enfrentaram durante sua história. Nesse caso, quanto aos dias corretos para se jejuar.

      Outra evidência de que em Romanos 14:5 Paulo não estava tratando dos dias de guarda vemos em sua atitude de guardar o sábado mesmo longe dos judeus (At 16:13). Naquele território romano ele tinha a oportunidade de dizer que o dia de guarda foi abolido, mas, não o fez. Pelo contrário: santificou o sétimo dia em meio à natureza – como todo o cristão deveria fazer:

      “No sábado [não no domingo], saímos da cidade para junto do rio, onde nos pareceu haver um lugar de oração [adoração a Deus em meio à natureza]; e, assentando-nos, falamos às mulheres [dia para falarmos do amor de Deus] que para ali tinham concorrido.” (At 16:13)

      Que lindo exemplo de adoração o apóstolo nos deixou! Que dica ele nos deixou para guardarmos o sábado de maneira agradável e não legalista!
      Aguardaremos seu retorno e opinião sobre isso, conte sempre conosco, Deus te ama muito , que Ele te abençoe cada dia mais, um grande abraço da equipe do EE.



  • Claudiane em 14 de março de 2013 8:11

    Olá, sou Adventista há 10 anos, tenho 3 filhos pequenos, e gostaria de saber se estou pecando com relação ao sábado, pq recentemente nos mudamos p uma casa q tem piscina, e como tem feito dias de mto calor, eles entram na piscina as vezes no sábado. Eu sinceramente tenho limites e me sinto mto cansada algumas vez, eles brigam, agitam a casa, coisas de crianças mesmo, mas a piscina da uma acalmada. Eles entram um pouco refrescam e depois acabam saindo. Mas tenho dificuldade em passar um sábado em tranqüilidade, visto q com as crianças pequenas sempre agitando, chorando, brigando, eu até tento mas não tenho conseguido. Obgda!



    • Administrador em 18 de março de 2013 21:15

      Olá querida irmã, é uma alegria enorme conversarmos contigo, o fato de ir a piscina não representa que esteja pecando, é muito importante que tanto você quanto toda sua família tenha um relacionamento muito próximo com Deus diariamente e, claro, principalmente no sábado, vocês estão fazendo algo neste sentido?
      Façam atividades bíblicas, orem juntos, isso fará uma enorme diferença na vida deles, o que você acha?
      Conte sempre conosco, que Deus oriente sempre você, um grande abraço da equipe do EE.



  • Marco Ghio em 10 de março de 2013 11:36

    Prezados irmãos, a guarda do sábado não é errado, errado é afirmar que quem não guarda está cometendo erro. Nossa salvação se dará pelo evangelho e não pela Lei ou pelo que disseram os profetas, Lucas 16.16 ” A lei e os Profetas vigoraram até João; desde esse tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem se esforça por entrar nele”. Jesus cristo não guardava o sábado e pediu para um seguidor fazer o mesmo, João 5.9-11 ” Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar. E aquele dia era sábado. Por isso, disseram os judeus ao que fora curado: Hoje é Sábado, e não te é lícito carregar o leito. Ao que ele lhes respondeu: O mesmo que me curou me disse: toma o teu leito e anda”, João 5.18 “Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava o Sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus”, os discípulos também não guardavam o sábado:, Marcos 2.24 ” Advertiram-no os Fariseus: Vê! Por que fazem o que não é lícito aos sábados?”, Colossenses 2.16-17 ” O cerimonialismo sombra de coisas futuras – Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados, porque tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam de vir; porém o corpo é de Cristo”, por isso não existe na nova aliança qualquer ordem para se guardar o sábado, se existisse, a bíblia se contradiria. A igreja Adventista faz parte do corpo de Cristo, assim como a Católica e todas as outras não sabatistas, nenhuma melhor e nem pior, todas iguais, das quais Jesus Cristo nosso salvador é o cabeça.



  • eliseu geraldo dos santos em 11 de fevereiro de 2013 20:27

    Meu nome é eliseu ,eu frequentei varias vezes as igrejas adventista desde criança, eu aprendi muitas coisas nesta igreja, mas só as palavras nao alcançam o coraçao. quando eu falava de deus para as pessoas minhas mensagens eram vazias nem eu mesmo sentia, e gostava de falar porque eu achava ter muito conhecimento da biblia porque eu ouvia os pastores dizendo igreja nenhuma tem esse conhecimento mas vcs tem: eles diziam. mas tudo mudou, quando eu conheci um pastor de outra igreja. e ele me falando do amor de jesus,e eu lhe disse: se nao guardar o sabado nao faz a vontade de deus! ele olhou pra min e me disse: filho aquele que diz que amar a deus e nao ama o proximo, se torna mentiroso como pode amar a deus que nao vê, se nao ama o proximo que pode ver.ai compreedi que o maior legado de jesus foi ensinar o amor. desde entao percebi. aquele que nao ama o proximo o amor de deus nao está nele.jesus disse: ame uns aos outros ,como eu vos amei. amados jesus nao morreu pelo dia de sábado, ele morreu por amor, ponha esse mandamento, em primeiro lugar na s suas vidas faça como jesus nos ensinou. Nicodemos era mestre da lei em israel, mas nao era vazio da essencia do amor de deus, e-lhe disse:necessário é nascer de novo. amados que o espírito santode deus fale ao seu coraçao. o pai nao é glorificado no sábado mas no amor que seu filho jesus nos ensinou. a paz de jesus amém!



    • Administrador em 25 de março de 2013 18:30

      Com certeza querido irmão, o que devemos é demonstrarmos amor a Deus e ao próximo, de nada adianta fazermos um ou outro somente não é mesmo?
      Perceba que se guardamos os mandamentos de Deus demonstramos amor a Deus, da mesma forma que se fizermos algo ao próximo fazemos diretamente a Deus. Sabemos que o pecado é a transgressão da Lei, sendo assim, sem lei não haveria pecado.
      Muitas pessoas criticam os adventistas por falar muito no sábado, mas veja, que falamos sobre este dia exatamente porque nenhuma outra igreja comenta sobre isso, porém, é claro que não devemos ser legalistas sobre isso, pois somos salvos unicamente pela graça, mas seremos julgados pela Lei de Deus.
      Uma pergunta interessante que fica é, como sabemos que estamos pecando se não houver Lei? E isso se refere aos 10 mandamentos, o que você acha sobre isso irmão?
      Estamos muito felizes em poder conversar contigo, sua opinião é muito importante para nós, conte sempre conosco, que Deus abençoe muito a sua vida, um grande abraço da equipe do EE.



  • Stênio Antônio dos Santos Nascimento em 19 de janeiro de 2013 13:32

    A paz de Deus par todos. Estava eu pesquisando no site do novo tempo, e descobrí que o sábado é do dia sagrado por Deus para o descanço, e nao o Domingo como mostra a igreja católica a qual fui induzido a frequentar pela minha mãe. E lendo e vendo video sobre esse assunto no site que sitei antes, agora fui esclarecido que eu estava praricando errado literal.e te. Além de ter o Domingo nao ser o dia sagrado, eu nao sabia como tinha que ser feito para honrar as escrituras e ser correto perante a Deus. E sabendo disso agora, aprofundar mais sobre o conhencimento da palavra das escrituras e ser fiel a Deus sob todas as coisas. E para isso, gostaria muito e ficaria honrado se eu podesse contar com a ajuda de vocês. Gostari de ter a primeira ajuda de vocês, me tirando uma dulvida sobre guardar o sàbado. “EU TRABALHO COMO VIGILANTE, E MINHA ESCALA TRABALHISTICA É DE 12/36, OU SEJA, TRABALHO DIA E FOLGO OUTRO NOS HORARIOS DAS 06:00 AS 18:00Hs. COMO EU DEVO FAZER QUANDO NA MINHA ESCALA O MEU DIA CAÍ NO SÁBADO? POIS A EMPRESA SÓ ACEITA TROCA DE PLANTAO DUAS VEZES POR MES, E NEM SEMPRE OS COLEGAS DE TRABALHO ESTÃO DESPONIVÉS. DEVO ABANDONAR O MEU EMPREGO PARA HONRAR A DEUS COMO PEDEM AS ESCRITURAS? O que vocês anjos de Deus me aconcelhariam? me ajudem, pois estou com medo de nao ter o conhecimento da palavra e seguir a tempo da vinda de Jesus e nao ser salvo. Me ajudem pelo amor de Deus. Preciso muito de ajuda espiritual. Sim! e sobre a alimentaçao? No sábado podemos nos alimentar normalmente ou é nossa obrigação nos alimentar apenas da palavra? Obrigado pela atenção e me perdoa pelos erros de português. Que Deus a ençoe a nós todos. AMÉM!



  • Renato em 14 de dezembro de 2012 18:49

    A respeito do por do sol, quando começa? quando chega a noite da sexta ou na tarde da sexta?
    vejo muitos adventista ainda nas compras quando ainda e claro ( 5:30 RN) no sábado a tarde.



    • Ailto Santana em 20 de dezembro de 2012 15:47

      Olá RENATO! Bem todo CRISTÃO ADVENTISTA SABE quando começa o Sábado e quando termina. Apenas tome cuidado Irmão Renato, porque o nosso papel deve ser de orarmos uns pelos outros e não de sermos acusadores e nossos irmãos conforme está em Apocalipse 12:10 esse papel não é nosso.



  • CAIQUE em 6 de novembro de 2012 14:25

    EU SÓ VEJO A GUARDA DO SÁBADO PARA ISRAEL COMO VOCÊS MESMO MOSTRARAM NESSE ESTUDO “Dize aos israelitas: observareis os meus sábados, porque este é um sinal perpétuo entre mim e vós, para que saibais que eu sou o Senhor, que vos santifico. (Êxodo 31,13) É CLARO!!! AOS ISRAELITAS. AÍ VÃO ME DIZER QUE NO NOVO TESTAMENTO TEM ISSO E AQUILO OUTRO. ENTÃO ME MOSTREM QUAL É A REGRA PRA GUARDAR O SÁBADO? TEM NA VELHA ALIANÇA E NA NOVA? QUEM ME RESPONDE? QUERO RESPOSTA OBJETIVA, A REGRA É ESSA… DO CONTRÁRIO VOU ENTENDER QUE VOCÊS DEFENDEM O QUE NÃO CONHECE. EU MOSTREI QUE A LEI FALA PRA ISRAEL. AGORA É COM VOCÊS. PAZ A TODOS.



    • Ailto Santana em 6 de novembro de 2012 17:16

      Olá CAIQUE, obrigado pelo seu contato. Então amado irmão em CRISTO, quantos tipos de salvação existem? Uma para Judeus e outra para não Judeus? Quantos Salvadores existem? Será que no céu encontraremos pessoas salvas pela graça e outras salvas pela lei? A Salvação oferecida a Adão, depois a Noé, a Abraão e a Moisés, Davi, Daniel será diferente a anunciada a Paulo, que é o apóstolo dos não Judeus? É claro que não amado!!!
      Você diz que o Sábado é apenas para os judeus, será? Veja o que em Êxodo 20:10 “o ESTRANGEIRO” também está incluído na observância do sábado. Em Isaías 56:6 e 7 está escrito “Aos ESTRAGEIROS que chegam ao SENHOR, todos os que GUARDAM O SÁBADO não o profanando e que GUARDAM A MINHA ALIANÇA, os levarei ao meu Santo Monte, porque a minha casa será chamada CASA DE ORAÇÃO PARA TODOS OS POVOS.”
      CAIQUE, encontramos só no Novo Testamento 72 passagens mencionando o sábado, mas vou citar apenas 3 que creio serem suficientes. 1) Jesus em Mateus 24:20 disse: “E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no SÁBADO” – Jesus deixa bem claro que o Sábado era para ser guardado mesmo após a sua morte, 2) Atos 16:12 e 13 “E dali a FILIPOS cidade da Macedônia (Não era em Jerusalém) e no SÁBADO SAÍMOS DA CIDADE para junto de um rio onde nos pareceu haver lugar de oração;” 3) Atos 17:2 e 4 ” Paulo segundo o seu costume foi procurá-los e por três SÁBADOS, discutiu com eles sobre as Escrituras. Alguns deles foram persuadidos e unidos a Paulo e Silas, bem como numerosa multidão de GREGOS PIEDOSOS e distintas mulheres” – e concluo com a citação de Hebreus 4:4, 9 E 10 “Porque, em certo Lugar, assim disse, no tocante ao sétimo dia: E DESCANSOU DEUS, NO SÉTIMO DIA, DE TODAS AS OBRAS QUE FIZERA (ver Gênesis 2:1 a 3 – O SÁBADO VEIO ANTES DOS JUDEUS, MOISÉS E A LEI ESCRITA NAS TÁBUAS DE PEDRA) PORTANTO RESTA UM REPOUSO PARA O POVO DE DEUS. PORQUE AQUELE QUE ENTROU NO DESCANSO DE DEUS, TAMBÉM ELE MESMO DESCANSOU DE SUAS OBRAS COMO DEUS DAS SUAS”. DEUS não muda (Tiago 1:17 e Malaquias 3:6) DEUS não é um DEUS para Judeus e outro DEUS para nós. Atenciosamente;



  • Wildney em 5 de novembro de 2012 20:07

    Era católico, hj frequento a igreja adventista 2 meses, mas ja havia deixado a fé católica qdo a questão do sábado me incomodou. Devo me batizar até o fim de ano, pois estou convicto.
    Trabalho em serviço publico terceirizado de segunda a sexta limpeza publica, tenho facilidade para guardar o sábado como deve. Quinta feira véspera de feriado o motorista (dono) do serviço recebeu a noticia do serviço publico que o próprio prefeito disse q até o fim do ano deveríamos trabalhar aos sábados. Ele ficou desesperado pq sabia que eu nao poderia ir. Disse que se arrumasse outro ele deixaria eu não ir. Na sexta me ligou se eu poderia ir pelo menos aquele primeiro sábado senão ele não saberia o que fazer tendo que cumprir a missão. Eu fui e disse a ele que não queria nada pelo trabalho, pois não era certo eu trabalhar por dinheiro, mas para ajuda-lo sim, para ele não perder o contrato. Por fim ele já arrumou jeito, eu trabalho de segunda a sexta. Se eu fosse batizado já na IASD, como enquadraria minha atitude?



    • Instrutor e Conselheiro em 21 de setembro de 2013 7:14

      Que maravilha querido irmão WILDNEY, primeiramente ficamos muito felizes em saber que estará tomando a maior e melhor decisão de sua vida, o batismo é algo muito emocionante.

      Sobre o que aconteceu você agiu corretamente, fique tranquilo e a grande resposta de Deus para sua atitude é que acabou resolvendo a situação não é mesmo?
      Deus seja louvado por isso, depois nos diga o que pensa sobre isso, que as bênçãos de Deus repousem sobre sua vida, Ele te ama muito, um forte abraço dos amigos do EE.



  • Sabrina Nunes Silva em 8 de outubro de 2012 15:08

    oi! compreendi tudo o que fala sobre casamentos dia de sábado,mas meu primo vai se casar e eles são de outra denominação então quando foram entregar o convite descobri que seria sexta-feira a noite.
    Então estou em dúvida do que fazer porque somos bem próximos e se eu não for ele é do tipo que nem mais conversa com a gente o que fazer para não o magoar? será que pode ir apenas no casamento e nem ir a festa? será que quando a cerimônia terminar podemos ir na porta da igreja e dar os comprimento e depois ir para casa?
    preciso de uma resposta completa e com urgência.



    • Ailto Santana em 10 de outubro de 2012 13:12

      Olá SABRINA! Conforme você pode ver no documento Oficial da IASD sobre a Guarda do Sábado, a questão não é apenas o culto espiritual em si, mas a cerimônia e todos os preparativos que um casamento em si acarreta. Envolve as vezes, viagem, ir ao salão de beleza, as pessoas que são contratadas: como fotógrafos, músicos, buffet… mas, analise só uma coisa: Se podemos ir a um casamento, quer seja apenas para assistir, porque não podemos também casarmos no dia de sábado? Creio que este é o xis da questão. Sei que você espera uma resposta de nossa parte, então: Aconselho, antes do dia do casamento, faça uma visita aos noivos, leve uma lembrança, ore com ele. E diga pra ele, que não veja como na sua atitude como uma falta de consideração. Então mesmo que o seu primo fique chateado, o motivo foi a sua fé em Deus. Como está escrito em Atos 5:29 “Antes importa obedecer a Deus do que aos homens”.



  • graça em 18 de setembro de 2012 0:42

    Entendo tudo o que está no documento oficial da IASD sobre o sábado. Minha família é cristã, mas de outra denominação. Não poderia ir ao casamento de um filho na denominação que ele pertence se for em um sábado a noite? Isto no caso se eu fosse da IASD. O que fazer em um caso desses? Não poderia obrigar o filho e a noiva de outra denominação a marcar em um dia escolhido por mim. Seria o caso então de não comparecer? Grata pela atenção.



    • Ailto Santana em 18 de setembro de 2012 15:56

      Olá GRAÇA! Apenas esclarecendo: O SÁBADO A NOITE de acordo com a Bíblia não é mais sábado. O sábado começa no por do sol da sexta feira, por volta de 18h da sexta e termina por volta de 18h do sábado. Veja Gênesis 1:5 , 1:8 , 1:13, 1:19, 1:23, 1:31 – Ver também Levítico 23:32 “de uma tarde a outra celebrareis o vosso sábado” e João 11:9 “Respondeu Jesus: não são 12 horas de claro no dia?…” – Portanto, se o casamento do seu filho for no sábado a noite, não há nenhum impedimento. Um abraço e estamos aqui para esclarecer qualquer outra dúvida. Atenciosamente;



  • Vanderléia em 10 de setembro de 2012 17:34

    O sabado é maravilhoso! nao sei como seria se nao tivessemos um dia assim,Deus é digno de toda nossa adoracao. mas infelismente vejo na IASD, muitos cristaos professos profanando o sabado! È uma pena que o amor pelas coisas do mundo estao tomando conta de nossos irmaos, se continuarem caminhando nesse caminho vao perder a salvaçao.



  • Elcio roberto Kazulle em 29 de abril de 2012 13:00

    Boa tarde muito bom esse material, estava pesquisando sobre a observância do sábado , pois vou participar e ministrar sobre este assuntos em um curso de adolescentes (CCS) conselheiros , capitãos e secretários desbravadores e usarei este material grande abraço e que Deus continue usando sempre vocês .



  • Kelly H Souza em 21 de abril de 2012 23:56

    Assisti o programa NA MIRA DA VERDADE, e daí em diante comecei a entrar no site e perguntar dúvidas e resolvi ir na igreja Adventista. Hoje estou batizada(08/04/2012), vi que a igreja está correta em tudo. Não dá para chamar Jesus de Senhor, se ele não for realmente.



    • filipe borges em 12 de agosto de 2012 18:51

      Deus dá conhecimento para o homem que ama a sua lei.
      e o homem que é abençoado por Deus, salva os perdidos
      de caminhos de morte. É isso q vcs estão fazendo; parabéns.

      Sou da IASD de Feira de Santana BA-KALILÂNDIA.
      Um grande abraço para todos os irmãos
      queridos; e que Deus ilumine a cada manhã nosso caminho. Filipe



  • Fabiana em 21 de março de 2012 23:01

    Boa Noite, eu era católica até 7 meses atrás, quando assisti pela primeira vez o programa esta escrito, a pregação do pastor me chamou tanto a atenção que eu quis ouvir mais e mais, já tinha ouvido a rádio novo tempo mas ainda não havia me convencido que este era o caminho a ser seguido, então o espírito Santo me tocou através do programa, hj. faço estudo da sabatina e tb. estou recebendo a visita de pregadores em minha casa que estão me dando ensinos, e irei me batizar em abril. Hoje sei que devemos seguir somente o que diz na Bíblia e guardar os mandamentos de DEUS, inclusive o sábado.
    Um abraço a todos os funcionários da novo tempo e em especial ao pastor Ivan que serve de caminho para mim receber a palavra de DEUS.Que o Sr. continue sendo iluminado por DEUS e que possa apresentar a verdade a muita gente ainda para que assim JESUS possa voltar logo.



  • osvaldo lopes em 21 de março de 2012 13:00

    Tambem vi na Revista Adventista de fevereiro , muito bom guia ,não so para adventistas ,mas ,que bom seria se todos pudessem ao menos ler tal documento . !!



  • osvaldo lopes em 21 de março de 2012 12:49

    Muito bom , sou batizado novo e ja havia apreendido isso, mas, eh bom saber que o estudo continua sendo atualizado para que não venhamos a ESQUECER !!!!!



  • Edriane J.de S.Santos em 21 de março de 2012 11:54

    ótima a matéria,temos que cuidar do nosso testemunho,somos uma vitrine,por guardar este dia as pessoas as vezes querem nos atacar,com suas palavras,não devemos dar lugar.



    • ana lilia em 22 de março de 2012 8:00

      Isto não é uma matéria. É um documento oficial da igreja mundial sobre nossa crença na guarda do sábado.