Fique livre dos pesticidas


Com a chegada do verão, cresce o consumo de frutras, folhas e alimentos crus. Geralmente, esses alimentos possuem grandes concentrações de pesticidas que, além de poluírem o ambiente, podem prejudicar sua saúde.

De acordo com especialistas, lavar legumes e frutas pode ser inútil para retirar agrotóxicos. Alimentos como o tomate, a berinjela e o morango podem se tornar perigosos quando existe a penetração de substâncias tóxicas. Os elementos químicos circulam através da seiva por todos os tecidos das frutas e vegetais. Em alguns casos, a fervura pode resolver o problema, porém existe agrotóxicos a base de metais como o zinco e o estanho que não se tornam inativos com o aquecimento.

Quando ingeridos, alguns ingredientes dos pesticidas podem prejudicar a saúde humana causando problemas neurológicos, reprodutivos, de desequilíbrio hormonal e até câncer.

A solução para o problema, segundo especialistas, seria a utilização de alimentos orgânicos, pois a melhor dieta desintoxicante é a baseada em alimentos crus, frescos e idealmente cultivados. Além disso, a cultura orgânica cuida do solo, valoriza a qualidade nutricional dos alimentos e protege a vida dos agricultores.

Veja alguns cuidados que você deve tomar com as verduras e frutas:

– Evite o consumo diário de tomate, berinjela e pepino: Na hora de comprar escolha os mais franzinos e mais maduros, pois com o passar do tempo os venenos vão se dissipando.

– Prefira frutas como banana, mamão e laranja: Evite o mamão papaia e frutas muito bonitas. Geralmente eles possuem maiores concentrações de pesticidas.

– Livre-se das cascas das frutas, após lavá-las muito bem, lembre-se que os agrotóxicos estão na superfície. Para tirar proveito das cascas e sementes é importante usar somente frutas de cultura orgânica.

– Compre frutas e verduras da época. Fora da estação adequada é quase certo que uma fruta, verdura ou legume tenha recebido cargas maiores de agrotóxicos.

– Dê preferência aos produtos nacionais e de sua região. Alimentos que percorrem longas distâncias, como os importados, normalmente são pulverizados pós-colheita e podem possuir um alto nível de contaminação por agrotóxicos.


Você está em : Plantas
Compartilhe:


Comente



  • celita em 6 de janeiro de 2011 1:10

    Comentário



  • Nai em 6 de janeiro de 2011 19:51

    Olá,

    Apartir de agora vou ficar mais atenta pois, tendemos á comprar os alimentos sempre mais bonitas e importadas.Não damos o valor necessário para os produtos nacionais entretanto, há pessoas que valorizam e defendem uma alimentação mais saudável.
    Agradesço pela informação e espero que todos possam seguir também a dica.
    Que Deus abencoe a todos.



  • DEUZIMAR RAFAEL em 8 de janeiro de 2011 20:24

    Está cada vez mais difícil ter uma alimentação saudável, principalmente com pouco dinheiro, afinal os orgânicos são mais caros, pra onde fugir?
    Pizza sem tomate e morango nem pensar.



  • denny de lima em 19 de janeiro de 2011 4:29

    Além das recomendações temos que seguir a seguite receita: Bíblia na mão, joelho no chão, jejum e oração. Pois só Deus é que pode nos protejer de nós mesmos.



  • luiz paulo em 3 de fevereiro de 2011 23:46

    Comentário



  • Branca Englender em 23 de setembro de 2011 3:17

    Gostaria de saber como você lava as verduras, legumes e frutas. Compro algumas coisas orgânicas e outas não porque ainda estão muito cara. Sei que é melhor para nossa saúde,pos sou bibliotecária,ando fazendo pesquisa de tudo que como,por exemplo tomate e morango não compro de jeito nenhum. Desde´, já agradeço muito.