doe agora TV TV
INÉDITO:
  • TER21:00
REPRISES:
  • DOM07:30
  • TER00:30
  • QUA09:00
  • QUI14:30

Filhos com deficiência


Qual é a melhor forma de inclusão para um deficiente? Alguns tentam protege-lo de tudo, outros querem que ele haja igual aos demais. Mas qual é o ponto de equilíbrio?
Todos temos nossas diferenças e sempre é bom saber como lidar com cada uma delas. As educadoras Ellen Carvalho e Andrea Pereira explicam mais sobre este assunto.

Você está em: Consultório de Família, Vídeos

Compartilhe:


Comente



  • MARA em 13 de novembro de 2013 15:21

    FOI UMA NOITE MARAVILHOSO E MUITA ILUMINADA . SAIBA QUE SEU PROGRAMA E MARAVILHOSO, NOS MAES PRECISA DE PESSOAS ASSIM , QUE LUTA JUNTO PARA NAO EXISTIR PRECONCEITO . PARABENS .



  • Elaine Ribeiro em 13 de novembro de 2013 15:55

    Maravilhoso programa deste dia! Parabéns às mães dedicadas que incluem seus filhos para seu crescimento social e intelectual. Um grande abraço a minha amiga Mara e a apresentadora Darleide!!



  • Kátia Regina Hasse Pinheiro em 13 de novembro de 2013 19:09

    Excelente tema! Sou professora da educação especial aqui em Maringá. Meus alunos especiais enchem a minha vida de alegria. São benção de Deus pra mim!



  • Jordana Santos em 14 de novembro de 2013 15:50

    Tema muito bom! já muito tempo estava desejosa por um tema assim! Tenho um Sobrinho, que tem Autismo, eu nunca tinha convivido com crianças especiais, e por falta de conhecimento muitas vezes talvez também tenha tido algum tipo de preconceito. Mas graças a Deus tive o privilegio de conhecer este meu sobrinho, de conviver com ele, e de poder aceita-lo como ele é,ESPECIAL. Obrigada pelo carinho e já estou a espera do programa sobre o Autismo! Deus vos abençoe!



  • vanessa em 14 de novembro de 2013 23:48

    adorei se tivesse mais pessoas como essas seria bom mas infelizmente a realidade e´outra , teho um filho com autismo leve , muito inteligente, bilíngue, que já sabe ler palavras desde aos 3 anos conhece letras, números , formas……..e as escolas não estão preparadas para receber crianças assim……. eu passo por esse problema pois meu filho foge da sala as escolas quando não querem cobrar taxas extras, dizem não ter estrutura para receber……..mas parabéns para essas moças e se dedicam a informar e educar crianças especiais.



  • Fagna em 15 de novembro de 2013 10:55

    Bom dia muito bom para mim esta assistir este pograma tenho 30 anos minha primeira e tenho a ESTHERYAGNA seis e ela portadora de deficiencia mas amamos.o mas dificil e a pessoa em especial mas sim o publico que ainda tem discriminaçao



  • Dorian em 16 de novembro de 2013 22:15

    Deu s concedeu o meu Conrad para a benção.



  • Dorian em 16 de novembro de 2013 22:17

    Deus concedeu o meu Conrad para a bençao.Ele é muito amoroso carismatico



  • Lucimar de Souza Rodrigues Theodoro em 17 de novembro de 2013 10:56

    Muito bom o programa, estou no ultimo semestre do curso de pedagogia e estou estudando o mudulo de libras e inclusão. A experiência das mães e educadoras esta sendo enriquecedora para meu aprendizado!



  • Evarisro Xavier em 17 de novembro de 2013 11:00

    Muito bom esse tema estou gostando muito de esta assistindo , Deus abencoe a todos
    Evaristo Xavier



  • Tania Franco em 17 de novembro de 2013 14:30

    Eu tenho um filho com quase 18 anos e ele tem lesão celebral,tem convulsão forte se não tomar o remédio..e toda essa luta que precisamos vencer é diaria na escola, na propria igreja e é muito dificil…



  • amelia regina cesar em 17 de novembro de 2013 18:18

    Maravilhoso o tema e o programa. Temos em nossa vida uma criança com baixa visão e sugiro um programa que trate do assunto. Deus os abençoe!!!



  • flavia em 17 de novembro de 2013 19:13

    Programa maravilhoso! Vocês estão de PARABÉNS! Bjs a todos!



  • cris em 19 de novembro de 2013 10:41

    Deus seja louvado por este programa, um grande abraço a todos .



  • Daniela em 2 de dezembro de 2013 20:53

    Oi Darleide , amo esse programa ele realmente é de Deus tenho um filho com autismo leve,
    passei realmente por esse período de luto mas hj graças a Deus tenho muita vitorias com ele. Ele é uma benção muito divertido , inteligente e eu o amo de demais , ele ama cantar , canta as vezes na igreja , quer pregar e contar historias enfim é uma benção, mas infelizmente essa questão da inclusão é muito difícil não temos escolas especializadas e poucos capsis existem , fico triste pq algumas pessoas ainda n tem a devida compreensão para com essa crianças não deficientes mas sim com necessidades especias .



  • Maria Aparecida em 28 de janeiro de 2014 20:05

    Assisti o programa hoje, sou professora e mãe de uma criança com paralisia cerebral, realmente tive esse período do luto, sofria e me culpava por sofrer, mas os momentos ao lado do meu filho me ensinaram muito, e sempre foram de muito amor e alegria. Hoje o Felipe tem dez anos.



  • adriana em 3 de março de 2014 2:27

    AMIGAS……. meu irmão é especial más ele foi provocado na gravidez, ahi por causa de medicamentos ele teve prejuico no cerebro dele,ele naceu aparentemente normal, mais ahi foi crecendo ele teve paralicia infantil até os 7 anos de idade, ahi a mentalidade dele e muito infantil, ele não tem muita noção a sua volta, ele hoje tem 27 anos de idade, já foi dado muita expectativa de vida, más ele ultrapassou todos os pronósticos de vida pra ele, ele é um vencedor já……..más me preocupo muito com a vida social dele minha mãe já morreu ai queria que ele tivesse uma família propiá…que vocês pensam de um menino especial fazer a sua própria família, seu próprio casamento?? é possível no meu caso???…..muitas vesses não sei como tratar em relação a esse assunto …! cual seria seu conselho???



  • Martinho coelho em 5 de março de 2014 13:30

    Gostaria mui d participar n programa na mirra d verdade, ms nao sei como



  • miriam dias araujo em 7 de março de 2014 17:32

    Sou mãe de Bernardo, autista não verbal, com 30anos. Hoje os recursos com intervenção precoce, e todo conhecimento da plasticidade cerebral os resultados e tratamentos são muito diferentes e animadores ! Hoje entendo como é maravilhoso o que Bernardo me ensina



  • Alyne Garcia em 21 de abril de 2014 21:11

    ai meu irmão mais novo é autista, gostaria de saber um pouco mais sobre esse assunto. quero ajudar na educação dele, só não sei como.



  • Cristiane Cordeiro da Silva em 29 de abril de 2014 17:01

    Oi Darleide tudo bem? Que a paz de Jesus esteja com você ,eu sou evangélica e estou passando por um momento muito complicado ,dentro do meu lar .Sou casada tenho dois filhos e só eu sirvo ao Senhor, e o problema é que existe uma rivalidade muito grande entre meus dois filhos devido a diferença de idade,o mais velho tem 15 anos e o mais novo tem 7 anos não ,ais o que fazer ,acho que uma terapia familiar resolveria ,mas quero com alguém do meio cristão ,você teria como indicar por favor ! Um abraço fiquem na paz



  • Anailde em 15 de maio de 2014 14:00

    Eu assisto ao programa pela sky, o novo tempo para mim esta revolucionando com coisas extraordinárias, cada programação tem sido uma benção. Estou cursando psicanálise clinica e gostaria de fazer algumas perguntas para o Pr. que é pedagogo, só que eu esqueci o nome dele, Minha pergunta é; a educação no Brasil esta favorável do desenvolvimento aprendizado e a trabalhar o fracasso escolar? Gostaria de fazer mais algumas perguntas, estou elaborando pois, trata-se de uma pesquisa de campo, se puderem me diga como posso enviar outras perguntas para o Pr. pedagogo, pois gostei de sua mensagem sobre educação, que foi ao ar ontem por volta de 9;00 h ou 10;00 hs da noite. Muito obrigada pela gentileza.



  • Andira Martins Ribeiro em 31 de maio de 2014 6:58

    Eu sou Mãe avó sofro muito com uma neta especial, pois a mãe não cuida pois ela é Professora e o tempo pouco eu quem cuido sou apaixonada por ela ! só que sinto muita dificuldade para educar impor limites ela é muito dificil…sinto dificuldade em encontrar uma Escola pois as que atende são caras demais. me ajude…



  • Juliana Sousa em 7 de junho de 2014 20:55

    Maravilhoso os programas… aprendo cada dia mais. Um abraço Darleide e toda equipe.



  • das dores em 24 de junho de 2014 23:30

    Este é um tema muito maravilhoso, sempre que posso assisto o programa. Sou mãe de um filho com deficiência, ele teve uma paralisia celebral congênita, no início realmente não foi fácil, mas hoje ele está com 19 anos e muitas coisas já aprendi, até os 15 anos ele estudou em escola regular, mas resolvi tirá-lo pois na maioria os educadores não são preparados para trabalhar com crianças com deficiência, sem levar em conta o preconceito que passamos. Aí então resolvemos tirá-lo e coloquei na APAE . Hoje GILSON FILHO está com 19 anos, há 3 anos está na APAE, FORTALEZA- CEARÁ esses 3 anos esta sendo bem proveitoso para ele e para nós. Esse mesmo diagnóstico o médico disse para mim que meu filho não iria andar, não iria falar, seu filho não iria estudar, em fim meu filho não iria conseguir fazer nada. Graças a Deus que o Senhor não permitiu e não deixou que nada do que o médio falou aconteceu. hoje Gilson já consegue muitas coisas dentro das limitações deles. Durante toda essa caminhada encontramos o Senhor JESUS e tudo mudou nas nossas vidas. hoje somos uma família feliz.



  • paula entz em 1 de julho de 2014 18:01

    darleide seu programa é muito bom, mesmo acho que a emissora devia investir mais em programas espirituais e infantis, tenho um filho adotivo com paralisia cerebral mais microcefalia, é o meu problema não é ele e sim eu, porque eu não sei como posso reagir diante das minhas expectativas que frustam. Acho que você deveria ter um programa em cima disso, nós mães ficamos perdidas em meio ao aprendizado em alfabetização como podem eles (as crian;as) nos mostrar como aprendem, e aula de musica tb. gostaria de saber se tem tb., moro em sbc. sp, mas vou morar em campo grande ms.



  • Emanuelle silva da costa em 14 de agosto de 2014 16:50

    Queríamos muito um segundo filho,veio o Raniel,meu marido queria muito uma menina e ficou dois dias sem falar comigo… nossa foi terrível,DEUS me deu um amor tremendo por ele,02 anos se passaram e depois descobrimos que ele era autista,parece que tava acontecendo tudo outra vez,a rejeição do meu marido,pois ele ñ queria aceitar e reclamava muito com Deus,eu chorava muito aos pés do Senhor… um dia meu marido chegou do trabalho e pela primeira vez nosso filho abraçou o pai e olhou bastante nos seus olhos,nossa foi lindo e muito emocionante,meu marido começou a chorar como criança e começou a dizer:- filho perdoa papai,pois mesmo com esse seu jeitinho,papai te ama!. Deus nos mandou um lindo presente e com a vinda do Raniel em nossas vidas meu marido se tornou um novo homem,Deus é tremendo!!!



  • Rosemary Ferreira a bessa em 21 de outubro de 2014 19:36

    Tem sido par mim,uma cura esse consultório.gostaria de aprender mas para levar essa cura para outros



  • paula em 14 de dezembro de 2014 9:33

    gosto muito do teu programa…programa muito abencoado…Darleide o seu programa me ajuda muito…peso obrigada a Deus por voces existirem.. que o senhor vos abencoe muito…parabens…Darleide eu falo directamente de philippinas



  • Divania Miranda em 16 de dezembro de 2014 8:27

    Vocês são um presente de Deus para mim. Beijinhos



  • Lívia Andrade em 5 de janeiro de 2015 0:56

    O meu primo tem essa deficiência,mas ele é o meu primo mais amoroso e carinhoso e amo muito ele.Essas pessoas são especiais e também precisam de amor e carinho.um beijo!



  • DIVINA DIAS em 5 de fevereiro de 2015 18:21

    SERÁ QUE VOCÊS PODERIAM ABORDAR O TEMA DE ADOLESCENTES COM ESQUIZOFRENIA, MEU FILHO TEM ESSA DOENÇA, PRECISO SABER COMO LIDAR E CUIDAR BEM DELE.. OBRIGADA.



  • Marta Barreto de Lima e Silva em 14 de março de 2015 13:02

    Excelente tema. Tenho uma sobrinha com necessidades especiais e o preconceito tem sido a nossa maior dificuldade. A Escola Adventista do Arruda, em Recife, tem uma parcela grande no desenvolvimento de Annie (esse é o nome dela). Minha irmã é psicóloga e sempre encontrou nas professoras dessa escola um apoio importante na educação acadêmica de Annie e da sua inclusão em todas as atividades escolares.



  • cida em 24 de abril de 2015 23:39

    muito emocionante,sou mãe de quatro filhos,minha vida era ser mãe,dona de casa e esposa,agora estou fazendo faculdade de pedagogia e meu primeiro estágio está sendo ser acompanhante de uma criança especial, que benção DEUS preparou pra mim.Obrigado Senhor por ter mi escolhido.



  • Elisangela B soares em 26 de junho de 2015 19:29

    quero reprise desta semana



  • ana Paula peixoto em 24 de novembro de 2015 21:39

    Muito bom q Deus continua abençoando



  • Eliana sousa novaes em 27 de abril de 2016 12:58

    Gostei muito dece programa



  • sonia em 6 de junho de 2016 8:47

    Eu sou de angola,e vejo sempre o consultorio de familha,eu amo a darleide



  • Cidalia em 10 de setembro de 2016 19:17

    Teno uma filha que já está com 27 anos, tem P. cerebral Espástica, ela nasceu aos 6 meses de gestação, quando ela tinha 2 anos o pai dela faleceu e desde então venho cuidando dela com a ajuda do meu pai que já está com 82 anos, é muito triste agente perceber que todos vão se afastando aos poucos e parece que ela não tem família,mas que nem vcs falaram é um Amor sobrenatural ,pois tenho muita fé em Deus e mesmo ela sendo pesada Deus tem me dado forças para continuar a cuidar dela e não me vejo sem ela !!!!



  • Mendonça Jamba em 28 de fevereiro de 2017 3:14

    Acredite que este é um dos meus melhor programa favorito da novo tempo