Assista no ar:
Esta Escrito - Pr. Ivan
TV TV
INÉDITO:
  • SEG21:00
REPRISES:
  • DOM10:00
  • TER09:30
  • SEX10:30
  • SAB04:00

Comente


Current month ye@r day *


  • Olga Fuciji em 27 de setembro de 2011 1:17

    Amo seu programa Darleide e hj chorei de assistir o testemunho da Vanessa, Estou amando o programa hoje.
    beijos moro no Jabaquara-SP



  • Missilene em 28 de setembro de 2011 16:44

    Gosto muito de seu programa!!! Fiquei orgulhosa de ver Vanesinha dando seu testemunho, pois sou de Maceió tambem e fiquei super feliz por ela esta ai, contando suas vitorias para todos os alagoanos ver e tambem todo o Brasil.
    Beijos!!!



  • Deborah de Souza Botelho em 28 de setembro de 2011 21:18

    Estou tentando fazer o cadastro para adquirir a revista FAMILIA FELIZ e nao consigo…a mensagem diz que esse email já existe….e a primeira vez q stou cadastrando ,nao entendo…



  • vanise em 11 de outubro de 2011 0:21

    Oi ! Darlene estou tendo muita dificuldade de relacionamento com minha filha. NÃO SEI MAS O QUE FAZER! Sei que essa situação estar me deixando deprimida e ela extremamente alterada…ela é uma adolecente de 15 anos muito mal humorada e malcriada ñ so com os pais , mas com toda a familia.



    • darleidealves em 5 de dezembro de 2011 19:20

      Vanise, alguma coisa está incomodando esta menina. Há alguma dificuldade que precisa ser investigada. Pode ser ausencia de limites ou falta de diálogo. É preciso ouvi-la. É preciso haver uma avaliação. As vezes, é necessário conversar, pedir perdão pelo que nem percebemos, mas feriu… é preciso dizer: “filha, eu não sei onde errei, mas quero te pedir perdão se estou te magoando… sou sua mãe e amo você… vamo começar novamente… ”
      Sabe, Vanise… o recurso do amor é o mais poderoso. Isso não é sinal de fracasso ou falta de autoridade. É sinal de vantagem e maturidade.
      um abraço,



  • Dilmeire Santana Alves em 13 de outubro de 2011 1:29

    Boa noite, Darleide! Sempre q posso assisto ao seu programa, que tem me edificado muito. N sei se esse é um canal de pedir ajuda, mas tô passando por um momento difícil. Tenho Uma irmã de criação, que tá internada no Case de Salvador (ela tem 14 anos), tá cunprindo medida, por algumas coisas erradas que ela fez. Mas apesar de tudo eu a amo muito e sofro a cada vez q vou visita-la, e si que ela sofre lá muito mais. Eu queria tanto ajudá-la mas n sei como. Ela n é dependente de drogas, mas lá ela tá fumando, e nem se fala as condições sub-humana.Quando chegar o prazo minha família n pode ter. e só de pensar me desespero. Se eu pudesse achar um lugar onde ela se tratasse tanto espiritual como psicologicamente. Eu tô orando e esperando em Deus essa resposta. Um Abraço!



    • darleidealves em 1 de dezembro de 2011 22:28

      Que situação difícil! É preciso clamar ao Senhor por misericórdia. o Impossivel pode acontecer quando Deus se revela a nós.
      Oremos.
      Darleide Alves



  • Lilian Larroca em 15 de outubro de 2011 18:10

    Sobre a criança impulsiva…
    A sociedade não se curva aos nossos desejos e vontades e, portanto, a criança com baixa tolerância à frustração terá dificuldades ao longo de sua vida. Não é surpreendente, portanto, que estudos mostrem que elas apresentam um índice de saúde mental e de sucesso acadêmico inferior aos de crianças capazes de suportar e superar as dificuldades. Ensinar nossos filhos a adiar recompensas e controlar a impulsividade é uma necessidade. É lamentável que muitos pais ainda não tenham compreendido isso e considerem quase um crime permitir que uma criança experimente a frustração. Gostei da abordagem apropriada dos profissionais. É um assunto que, certamente, merece novas considerações.



  • leticia em 14 de novembro de 2011 23:01

    Darleide acho você fantástica gostaria de parabenizá-los pelo tema abordado e pela presença do pr. Antônio Tostes.
    Meu esposo trabalha desde criança para ajudar a sua família, somos casados a muito tempo e temos filhos pequenos sou cristã e ele não ele é um empreendedor porém por vezes gasta sem pensar na situação e me culpa por estara apertado de dinheiro. Pra completar fui assaltada a 4 anos atrás e meu cadastro no banco ficou sujo bloqueando a possíbilidade de empréstimo para ele que é profissional liberal. Como lidar com essa situação emocional e financeiramente. obrigada peo carinho.



    • darleidealves em 1 de dezembro de 2011 20:54

      Amada, muito obrigada pelo carinho.

      Quanto ao seu esposo somente uma decisão dele pode mudar de fato. Ele precisa tomar consciência de que gastar além do que tem é inconsequencia.
      Por que você é culpada? Por que ele joga esse responsabilidade na sua mão?
      É tudo uma situação de total confiança um no outro.A falta dessa confiança e harmonia irá tornar tudo mais dificil. A questão financeira é burocrática e exata… a situação emocional é que é o grande ponto a ser tratado. O relacionamento de vocês não pode ser abalado por isso… aí nem dinheiro e nem casamento. Nem sucesso nos negócios e nem sucesso no amor… com harmonia na vida conjugal vocês serão fortalecidos e será mais fácil encontrar saidas financeiras… Temos que ter cuidado para não se perder nesse processo de angustias e dívidas.
      Muita paciencia e cautela. Muito amor e busca do poder de Deus. Nenhuma prova está perdida quando Deus está no comando.

      um abraço,

      Darleide Alves



  • PETRONILIA em 28 de dezembro de 2011 19:30

    DARLEIDE, SEU PROGRAMA ME AJUDOU NO MOMENTO MAIS DIFICIL DE MINHA VIDA.QUANDO VOCE DISSE QUE NAO PODEMOS RESUCITAR O QUE ESTA MORTO, FEZ ME ACORDAR