INÉDITO:
  • TER22:00
REPRISES:
  • DOM21:00
  • SEG01:30
  • QUA05:00
  • QUA13:00
  • QUI02:30

Casamento com infiéis


Há cristãos que se arriscam a casar com pessoas que não possuem compromisso de fidelidade com Deus. Este é um dos casos que exige o maior cuidado com estudo e oração. Essa união promove a verdaeira felicidade? A vida cristã será favorecida? Essa união é do agrado de Deus?
Antes de dar a mão em casamento, deveria todo homem e toda mulher indagar se aquele com quem está para unir seu destino, é digno. Qual é seu passado? É pura a sua vida? É o amor que ele ou ela exprime de caráter nobre, elevado, ou é simples inclinação emotiva? Tem os traços de caráter que a tornarão feliz? Poderá ela encontrar verdadeira paz e alegria na afeição dele? Ser-lhe-á permitido, a ela, conservar sua individualidade, ou terá de submeter seu juízo e consciência ao domínio do marido? Como discípula de Cristo, ela não pertence a si mesma, foi comprada por preço. Pode honrar as reivindicações do Salvador como supremas? Serão conservados puros e santos o corpo e a alma, os pensamentos e propósitos? Essas perguntas têm influência vital sobre o bem-estar de toda mulher que se casa.
A religião é necessária no lar. Só ela pode prevenir os ofensivos erros que tantas vezes amarguram a vida conjugal. Unicamente onde Cristo reina, pode haver amor profundo, verdadeiro, altruísta. Então uma pessoa e outra se amalgamarão, e as duas vidas se fundirão em harmonia. Anjos de Deus serão hóspedes do lar, e suas santas vigílias santificarão a câmara matrimonial. Será banida a vil sensualidade. Os pensamentos serão dirigidos para Deus, no alto; a Ele ascenderá a devoção do coração.
O coração anela o amor humano, mas esse amor não é bastante forte, ou bastante puro, ou precioso bastante, para suprir o lugar do amor de Jesus. Unicamente em seu Salvador pode a esposa encontrar sabedoria, força e graça para enfrentar os cuidados, responsabilidades e tristezas da vida. Deve constituí-Lo sua força e guia. Que a mulher se entregue a Cristo antes de se entregar a qualquer homem, e não assuma qualquer relação que entre em atrito com isso. Os que encontram a verdadeira felicidade, precisam da bênção dos Céus sobre tudo que possuem e fazem.
É a desobediência a Deus que enche de miséria a tantos corações e lares. Minha irmã, a menos que desejes ter um lar de onde nunca se levantam as sombras, não te unas com um homem que é inimigo de Deus.
Pergunte-se a si mesma: “Não desviará um marido descrente os meus pensamentos de Jesus? Ele é amante dos prazeres mais do que amante de Deus; não me levará a apreciar as coisas de que gosta?”
As Ordens de Deus
O Senhor ordenou ao Israel antigo que não se permitissem casamentos com pessoas das nações idólatras ao seu redor: “Nem te aparentarás com elas; não darás tuas filhas a seus filhos, e não tomarás suas filhas para teus filhos.” É dada a razão para isso. A Infinita Sabedoria, prevendo o resultado de semelhantes uniões, declara: “Pois fariam desviar teus filhos de Mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do Senhor se acenderia contra vós, e depressa vos consumiria.” “Porque povo santo és ao Senhor teu Deus; o Senhor teu Deus te escolheu, para que Lhe fosses o Seu povo próprio, de todos os povos que sobre a Terra há.” “Saberás pois que o Senhor teu Deus é Deus, o Deus fiel, que
guarda o concerto e a misericórdia até mil gerações aos que O amam e guardam os Seus mandamentos; e dá o pago em sua face a qualquer dos que O aborrecem, fazendo-o perecer; não será remisso para quem O aborrece, em sua face lho pagará.” Deut. 7:3, 4, 6, 9 e 10.
No Novo Testamento existem proibições semelhantes acerca do casamento de cristãos com ímpios. O apóstolo Paulo, em sua primeira carta aos coríntios, declara: “A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas, se falecer o seu marido, fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor.” I Cor. 7:39.
De novo, em sua segunda epístola, escreve: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e Eu serei o seu Deus e eles serão o Meu povo. Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e Eu vos receberei; e Eu serei para vós Pai e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso.” II Cor. 6:14-18.
Quem ousará desrespeitar estas direções claras e positivas?
As ordens que citei não são palavras de homens, mas de Deus. Mesmo que o companheiro de tua escolha fosse em todos os outros aspectos digno, no entanto, ele não aceitou a verdade para este tempo; é um descrente, e és pelo Céu proibida de unir-te a ele. Não podes, sem perigo para tua alma, desrespeitar esta ordem divina.
Desejo advertir-te de teu perigo, antes que seja tarde

Unires-te a um incrédulo é colocares-te no terreno de Satanás. Ofendes o Espírito de Deus e perdes Sua proteção. Podes sujeitar-te a tão terríveis desvantagens na peleja da batalha pela vida eterna?

Lembra-te de que tens um Céu a ganhar, e um caminho aberto para a perdição, a evitar. Quando Deus diz uma coisa, quer dizer isso mesmo. Quando proibiu aos nossos primeiros pais comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal, sua desobediência abriu a todo o mundo as comportas da desgraça. Se andarmos contrariamente a Deus, Ele andará contrariamente a nós. Nosso único procedimento seguro é prestar obediência a todas as Suas ordens, sejam quais forem as custas. Todas as Suas exigências se fundam em infinito amor e sabedoria. Testimonies, vol. 5, págs. 361-365.
Como nos Dias de Noé

“Como aconteceu nos dias de Noé”, disse Cristo, “assim será também nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.” Luc. 17:26 e 27. O povo desta geração casa-se e dá-se em casamento com o mesmo desenfreado desrespeito às ordens de Deus que foi manifesto nos dias de Noé.
Há no mundo cristão uma assombrosa, alarmante indiferença para com os ensinos da Palavra de Deus acerca do casamento de cristãos com descrentes. Muitos que professam amar e temer a Deus preferem seguir a inclinação de seu próprio espírito, em vez de tomarem conselho com a Sabedoria Infinita. Em uma questão que interessa vitalmente a felicidade e bem-estar de ambas as partes, para este mundo e o porvir, a razão, o juízo e o temor de Deus são postos de parte, permitindo-se que domine o cego impulso, a obstinada determinação. Homens e mulheres de outro modo sensatos e conscienciosos, fecham os ouvidos aos conselhos; são surdos aos apelos e rogos de amigos e parentes, e dos servos de Deus. A expressão de um aviso ou advertência é considerada impertinente intromissão, e o amigo que é fiel bastante para pronunciar uma admoestação, é tratado como inimigo.
Tudo isto é como Satanás deseja. Ele tece seu encanto em volta da alma, e esta se torna enfeitiçada, apaixonada. A razão deixa cair as rédeas do domínio próprio sobre o colo da concupiscência, a paixão não santificada toma o domínio até que, demasiado tarde, a vítima desperta para uma vida de miséria e escravidão. Não é este um quadro traçado pela imaginação, mas apresentação de fatos. Deus não dá Sua sanção a uniões que Ele proibiu expressamente. Por anos tenho estado a receber cartas de diferentes pessoas que contraíram casamento infeliz, e as revoltantes histórias que me apresentaram são bastantes para oprimir o coração. Não é coisa fácil decidir que conselho possa ser dado a esses infelizes, ou como sua dura sorte possa ser aliviada; mas sua triste experiência deveria servir de advertência aos outros.
Nesse século do mundo, quando as cenas da história terrestre em breve hão de terminar e estamos prestes a entrar no tempo da angústia tal como nunca houve, quanto menor o número de casamentos realizados tanto melhor para todos, homens e mulheres. Acima de tudo, quando Satanás opera com todos os enganos da injustiça naqueles que perecem, acautelem-se os cristãos para não se unirem com descrentes. Deus falou. Todos os que O temem submeter-se-ão a Suas sábias ordens. Nossos sentimentos, impulsos e afeições têm de dirigir-se rumo ao Céu, não da Terra, não na baixa e vil sarjeta do pensamento e condescendência sensuais. É tempo agora de pôr-se toda alma como à vista do Deus que
Devem os seguidores de Cristo ser co-obreiros de seu Senhor; devem ser “irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio duma geração corrompida e perversa, entre a qual”, diz Paulo, “resplandeceis como astro no mundo”. Filip. 2:15.

Queira Deus ajudar-te a resistir à prova e conservar tua integridade. Apega-te, pela fé, a Jesus. Não decepciones teu Redentor.
Ellen White – Testemunhos Seletos – Volume 2
felizes para sempre


Você está em : Artigos, Consultório de Família
Compartilhe:


Comente



  • Sandra Vieira em 13 de setembro de 2010 13:01

    Quando um homem ou mulher s une a um incredulo a sua vida vira d cabeça p baixo, tudo torna-se muito complicado e dificil, e as pessoas esquecem-se que os futuros filhos é q mais sofrerão. o mais grave não é isso, é a desobediência a DEUS. e quando desobedecemos a DEUS, quem mais sofre somos nós, e infelizmente é q dentro da igreja temos muito julgo desigual, quando olho p dentro do nosso aprisco há muitos lobos, e ponho-me a chorar, e quando choro n quer dizer q sou santa, e que não peco, pelo contrario, eu peco muito, mais é que onde deveriamos buscar conforto, ajuda não há, e temos q ficar sozinhos, e digo isso por esperiencia propria. Estive a norar com um rapaz serca d 2 mêses atrás, o moço é adventista, ele n cria saber d buscar DEUS, as vezes cria estudar a Bíblia com ele, mas ele estava nem ai, quando pedisse p ele orar comigo parcia q ele estava a ser obrigado a fazer algo abominavel, p ele o q mais emporta é ser satisfeito, e as veses m parecia q ele n precisava d uma namorada, mais de uma empregada domestica, e ele brigava comigo porq n fazia os trabalhos domesticos da casa dele. Foi um dos periudos mais difil da minha vida. Eu sei na pel o q é ter um julgo desigal. Obrigada pelos conselhos q vocês têm nos dado, q DEUS abençoe o vosso trabalho e n permita q o vosso trabalho pare. sou angolana e gostaria q oracemos muito pelos nossos irmãos, e q quando estiverem p mandar beijos n s esquecessem d nós. Um beijo e q a PAZ d JESUS recaia em vocês.



  • GILMAR LINO FERREIRA em 21 de setembro de 2010 10:57

    OLA DARLEIDE SOU GILMAR FERREIRA DE BARRA DO BUGRES MATO GROSSO
    TENHO 23 ANOS E AMO VER O SEU PROGRAMA QUE É FEITO COM MUITA SERIEDADE E RESPEITO ASSITO SEMPRE MUITO ATENTO A CADA PALAVRA POIS SOU LOCUTOR DA RADIO ATIVA AM E GOSTARIA DE PEDIR PERMISSAO A VOCE SE EU POSSO LEVAR ESTES ARTIGOS QUE VOCE ESCREVE, AO AR GOSTARIA MUITO DE APROVEITAR ALGUNS COMENTARIOS POIS SOU ADMIRADOR E LEITOR DE VARIOS JA POSTADOS. OBRIGADO QUERIDA QUE DEUS POSSA TE ABENCOAR E QUE TE DE MUITA PAZ E CONTINUE TE DANDO INTELIGENCIA A CADA DIA. SE QUIZER E PUDER MANDE UM ABRAÇO PRA MIM E MINHA FAMILIA NOS JUNTAMOS TODA SEMANA PARA VER SEU PROGRAMA. ORE POR NOS. CARINHOSAMENTE EM CRISTO JESUS : GILMAR FERREIRA



    • darleidealves em 23 de setembro de 2010 2:43

      Gilmar, obrigada por acompanhar o programa.

      claro que podes usar os artigos. Citando a fonte, não tem problema algum.
      Que Deus te abençôe.

      Darleide Alves



  • Silvane em 23 de setembro de 2010 13:28

    Olá Darleide! Quero de inicio dizer que assisto seus programas sempre q posso,vc é uma pessoa abençoada,Q Deus continue a te iluminar…
    BOre por mim.
    Abraço em Cristo.



  • simone cristina da silva jenner em 27 de novembro de 2010 15:44

    Olá, gostaria de fazer uma pergunta,não devemos nos casar com pessoas incrédulas,certo?
    Agora já me casei já me arrependi,pois minha vida com perdão da palavra é um inferno!
    Quando o conheci ele me dizia q estava frequentando uma igreja evangélica e q se sentia muito bem q estava deixando de beber e queria mudar de vida henfim,agora para resumir a hístória ele odeia crente me maltrata ,maltrata minha filha pois ja tinha uma filha quando o conheci (moça com 23 anos e estava gravida, agora tenho uma neta) tenho um filho com ele 1.6 meses ele não liga muito para o filho o unico filho q tem briga por tudo,por tudo mesmo por comida por tv por causa da mãe dele q não fala comigo porq estamos casados há 4 anos e só agora há 4 meses ele começou almoçar em casa ,pois ele almoçava com ela todos os dias, ele e sua familia sempre me ofende dizem q sou vagabunda pois vivo nas custas dele, embora o motivo de não trabalhar é porq tenho o menino peqno e não tnho creche nem codições de pagar uma ,ele fala mal de todo mundo , chama as pessoas de vagabundas chama pessoas negras de macacos fala q toda mãe solteira não presta, olha nem sei dizer o tanto ele é perturbado, ele briga e chega a ficar 4 meses sem dormir comigo, henfim estou ficando até doente de tanta briga e desavença, ha ele ja agrediu visicamente minha filha com meu filho q estava com 4 meses no colo os vozinhos escutam ele bater o potão todos os dias quando chega em casa quando fica nervoso chuta e quebra as coisas etc…
    E agora?minhas amigas evangélicas me aconselham a orar sem sessar confiar e jamais pensar em me separar dele, sei q sou culpada pois desobedeci a Deus e me casei sem seu consentimento, mas a pergunta q faço o q faço? pois estou sofrendo tanto q temo q não vou aguentar, acho q não gosto mais dele e não sei mais oq fazer,por favor Darleide me manda uma resposta urgente! pois ja tentei me comunicar com outros programas mais não recebi nenhuma resposta! obrigada e q Deus continue te abençoando.



  • Marciene Dantas em 1 de dezembro de 2010 18:36

    Que Prazer é estar no meio do Povo de Deus!!!

    Por isso que tenho orgulho e me sinto bem com esse enorme Grupo de nome Adventista! O estilo de Vida, o caráter, a simplicidade , a utilidade e qualidade com que a Obra de Deus é propagada da parte de Homens e Mulheres que dispõem seu dom, reluz , inspira, motiva e traz ventos de Esperança para caminhada em todos os aspectos de Nossa Vida Valer a Pena, mais ainda a do porvir!
    Que Deus abençoe a Ti, a todos que contribuem de alguma forma edificando e trazendo rios de esperança em suas palavras e conselhos!

    O conteúdo acima é de suma necessidade para o tempo de agora! Que perdure tais iniciativas de tornar melhor a Caminhada Cristã!

    Abraços!!!



  • zirlanda novaes santos em 18 de dezembro de 2010 14:34

    Em primeiro gostaria de parabeniza-los pelo programa. Tenho certeza de que são inspirados por Deus. Minha pergunta é a seguinte: Uma vez que Deus bencoou o casamento, será que ele NÀO abencoaria um casal so porque um dos dois não é cristão?
    Gostaria de tirar essa duvida.
    Desde ja agradeco!!



    • darleidealves em 7 de dezembro de 2011 19:28

      Zirlanda, quando Deus nos orienta a fazer ou não fazer algo é por que a razão principal é nos proteger de aflições.
      Ele não abençoa uma união que está em desarmonia com Sua palavra… se o homem ou a mulher faz isso em desafio à Sua ordem.



      • Renata em 4 de julho de 2014 2:17

        Olá Darleide,
        Como interpretar seu conselho à luz de 1 Co 7,12-17 onde lemos que o marido ou esposa descrente é santificado pelo conjuge durante o casamento?
        Neste caso, não poderia Deus estar usando este tipo de união para que o marido ou esposa traga o conjuge para os caminhos do bem?
        Pois “há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”.

        Daleide adoro seu programa !!



  • laurilene alves em 26 de dezembro de 2010 18:55

    meu mariddo tem oltra mulhe pedi devoso n cei q faso
    do uo não dou o divorcio?O que farço?



    • darleidealves em 6 de janeiro de 2011 3:17

      O adultério permite o divórcio sem infringir a lei de Deus. Você não dá o divórcio se estiver disposta a perdoar e ele estiver disposto a deixar a vida de adúltero.
      Esse é um processo doloroso; uma espécie de luto, mas é uma situação que exige uma postura do outro. A sua postura é a de vítima, mas pode ser enfrentada com dignidade e de respeito próprio. Procure alguém de confiança pra conversar, pra te ouvir com qualidade, pra te dar um norte quando você for tentada a se sentir a pior pessoa. Não creia nessa possibilidade. Nenhuma provação nos sobrevém sem que Deus não nos tenha dado força suficiente para resistir. Você vai vencer. Creia na graça poderosa de Jesus para curar tua alma, emoções, sentimentos. Ele é Deus soberano.

      Um abraço,

      Darleide Alves



  • cleyde chagas de Macedo em 30 de dezembro de 2010 14:50

    Querida Darleide, eu glorifico a Deus pelo seu programa e pela TV NOVO TEMPO. Sou de outra denominação e conheci essa programação abençoada passeando pelos canais da SKY, procurando algo proveitoso para assistir e graças a Deus encontrei a família novo tempo. Quero dizer aos queridos irmãos em Cristo, que não se deixem enganar pelas astutas ciladas do inimigo, uma delas é fazê-los acreditar que o casamento com descrente é normal. Queridos o jugo desigual é terrível, infelizmente eu vivo essa experiência há treze anos, me casei com uma pessoa descrente achando que seria fácil essa convivência, ledo engano, apesar da promessa bíblica de que o marido descrente é santificado pela convivência com a esposa crente, as coisas não são tão fáceis assim. Infelizmente desobedeci a Deus e hoje pago um alto preço, na esperança de que meu amado Deus há de transformá-lo, para que realmente a minha alegria e da minha família seja completa. Tenho filhos pequenos dessa união que me acompanham nessa luta diária e sofrem as dores dessa inconsequência. São crianças abençoadas por Deus que me acompanham na fé, mesmo contra a vontade do pai que é católico, e que muitas vezes, quer nos impedir de andarmos com Jesus e aprendermos mais e mais a cada dia. Portanto amados, obedeçam a Deus pois Ele tem o melhor para nós, ainda que vc se relacione com uma pessoa descrente, não se case sem que o bondoso Deus lhe dê permissão, por favor ouçam a voz de Deus e não se deixem enganar pelas paixões desse mundo, mais transformai-vos pela renovação da vossa mente, buscando sempre a Deus em todos os momentos de vossas vidas e tudo que fizeres será bem sucedido. Tenho combatido o bom combate e guardado a minha fé, sei que Deus é fiel e a promessa de que eu e a minha casa o serviremos, irá se cumprir na minha vida. Amados um feliz 2011 para vcs que acompanham essas programações maravilhosas da TV NOVO TEMPO, que a cada dia Deus possa abençoá-los ricamente e que vcs possam anunciar o evangelho de Cristo a todas as criaturas, que essa experiência maravilhosa comece em seu lar, ganhe a sua família para Jesus e seja realmente feliz!!! Darleide que Jesus continue abençoando seu ministério maravilhoso e dessa linda família da NOVO TEMPO.



  • Eliene em 2 de janeiro de 2011 21:26

    Na época que estava para me casar o pastor sabia de toda a situação que eu me batizei e meu noivo ainda não se sentia pronto mas, nunca me orientou dessa forma.Até procurei ele pra conversar mas, ele nunca tinha tempo pra me atender, o casamento se aproximava e eu queria orientação mas, ele não me atendeu. Então, resolvi me casar e orar para o Espírito Santo completar a obra e preparar meu marido para Cristo e respeitar o trabalho do Espírito Santo porque sabia que se eu forçasse meu noivo, a conversão não seria verdadeira para com Deus.Quando me casei o Pr. e sua esposa me chamaram, me trancaram numa sala e me deram um sermão que pensei que ia me bater então eu disse que não conseguir orientação, eles desconversaram e jogaram a culpa toda pra mim. Hoje, estou sofrendo muito, sinto cada vez mais sede de servir a Deus e tenho como missão transformar meu filho de 2 anos e oito meses em um homem de Deus. Meu casamento é solitário, meu marido se mostrou outra pessoa e não quer saber de Deus, são seis anos de casamento e ele só piora, até se negar a me socorrer na duas vezes que engravidei ele se negou, uma a vizinha ajudou, na outra fiquei desmaiada sozinha com meu filho e depois de alguns dias abortei. É tanto sofrimento que não sei o que fazer, se me separo e busco um homem servo de Deus no futuro quando me curar de todas as feridas ou se continuo nesse casamento solitário e ocupo meu tempo educando e ensinando meu filho a servir a Deus comigo. Meu filho parou de falar, estou tomando remédio tarja preta. Meu marido só pensa no trabalho, por isso não me socorreu nas duas vezes que engravidei para não faltar no trabalho, no dinheiro que quer conseguir.Não conheço os amigos dele, vivo e ando sozinha com meu filho, quando saímos, é só nós três, não temos amigos em comum, é um casamento estranho. Não posso separar agora pq seria mais um trauma para meu filho mas, sinto que minha fidelidade à tem que vir em primeiro lugar e tenho que lutar pela salvação de meu filho. Preciso de ajuda, orem por mim.



  • REBECA POLICARPO em 10 de janeiro de 2011 11:23

    NÃO CONCORDO COM O TEXTO ACIMA. HÁ MUITOS ADVENTISTAS DO 7 DIA QUE ESTÃO PIORES DO QUE AS PESSOAS DO “MUNDO”. E PRINCIPALMENTE VEJO MUITAS MULHERES ADVENTISTAS SENDO INFIEIS E NEM SEMPRE CASAR-SE COM UMA PESSOA DE OUTRA DENOMINAÇÃO DÁ ERRADO. ACHO UM GRANDE ENGANO PENSAR DESSA MANEIRA.
    REFLITEM E INTERPRENTEM A BIBLIA DE UM MODO CORRETO.



    • darleidealves em 7 de dezembro de 2011 19:19

      A Biblia não precisa ser interpretada… ela por sí mesmo se explica. Entendo seu argumento, mas não tenho como argumentar com a palavra do Senhor.



  • Egon S. Marques em 23 de janeiro de 2011 14:01

    Parabens!! Realmente, este programa eh muito inspirado, e as fontes citadas são dignas de crédito e merecem atenção, estudo, respeito e divulgação. Porém,devido alguns motivos, após uns anos de casado, me pego pensando que se estivesse casado com uma ex-quase cristã (ela era convertida ao unasp campus II mas não necessariamente a Jesus e a mensagem) eu estaria perto de amigos, familia, e seria mais feliz. Que fazer para afastar essa nostalgia sem retorno? Estou sem condições financeiras de fazer terapia agora. Grato a atenção! GOD bless!



  • Eliene de Deus Souza em 23 de maio de 2011 6:20

    Estou muito desanimada com igrejas, Deus não habita em templos feitos com mãos humanas, não vejo o amor de Cristo em nenhuma igreja, vou desistir e estudar a palavra de Deus sozinha em casa.



    • darleidealves em 7 de dezembro de 2011 18:49

      Amada, a palavra de Deus diz: “não deixem de congregar”
      em todo o tempo e em todas as igrejas houve conflitos, mas a promessa é:
      “sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.”
      um abraço,
      Darleide Alves



  • Cristina em 11 de junho de 2011 15:00

    Olá, Darleide!

    Você não imagina o quanto esse texto mudou a minha vida. Esse seu ministério é maravilhoso, que Deus a abençoe sempre, os seus programas nos trazem respostas, nos mostram caminhos e nos libertam da opressão e depressão.

    Seguir em frente, o alvo, deixar o velho para trás e buscar pessoas cristãs para nos completar, é isso o que Jesus nos fala…

    Abraços.
    Cristina



  • Tania Vilan em 23 de setembro de 2011 20:42

    E quando a gente casa e se converte depois, e o esposo não,e ai como fica?



    • darleidealves em 7 de dezembro de 2011 17:24

      Fica dificil mas é uma oportunidade ainda maior de o Espirito Santo nos usar como luz para a vida do outro.
      E a palavra diz que “até calada a mulher pode ganhar seu marido para Jesus.”
      Ore e mantenha firme o propósito de ser Jesus para o seu marido.
      Darleide Alves



  • kebler Alves em 6 de março de 2013 15:56

    Darleide,no caso de antes de casar, a mulher era ex adventista e casou com um descrente, ela voltou, mais agora o marido não gostou muito da idéia, agora ele fala mal da igreja e não quer que a mulher faça nada na igreja… e agora… qual é o melhor metodo??
    Será, que a passagem de MARCOS 10:28 A 30 podemos introduzir neste caso???



  • viviane em 31 de dezembro de 2013 0:05

    Conheci a tv novo tempo por insistência de minha irmã, bom programa mas que nem tudo vamos concordar, fui adventista assídua agora não mais, mas a igreja tem ensinamento fieis e verdadeiros, e que Deus não muda seus ensinamentos mas conhece o nosso coração e conduz nossas vida de maneiras que não conhecemos (quando permitimos que aja em nossas vida). não concordo com o texto acima, ser frequentador de uma igreja evangélica não te faz ter caráter e compromisso com a outra, isso tem qualquer um que tem temor de Deus independente de sua religião, sendo assim também não devem se casar negros com brancos ricos com pobres pessoas com nível de superior com pessoas sem um mínimo de escolaridade porque vão entrar em conflitos. No entanto vemos muitos casais com suas diferenças vivendo felizes no casamento, Deus não os abençoou? Mesmo com suas diferenças? Fui casada com um adventista e não deu certo, hoje vivo com uma pessoa não evangélica mas que tem respeito pelo que creio e acredita em Deus. Peço sempre a Deus que nos abençoe e abençoe o nosso lar e que se cumpra em nossas vida a vontade de Deus, que nos de sabedoria para estarmos juntos e ao lado de Cristo.



  • luciane em 28 de março de 2014 11:55

    nao sei o que fazer.meu marido esta me traindo a mais de um ano .
    ele nega,diz que me ama.mais nao sei se acredito ele diz que e tudo mentira que a mulher que esta mandando mensagens no cel dele e ate no meu cel.ele nao conhece.mais estou sofrendo demais porque nao sei o que fazer da minha vida.
    tenho dois filhos com ele.
    queria nao gostar dele.pois seria mais facil de se tomar uma decisao.o que devo fazer
    nao sei se vou um dia confiar nele de novo



  • Fabiana em 29 de junho de 2014 12:11

    No meu caso, eu estava ha mais de 10 anos afastada de Cristo. Quando eu retornei aos braços de Deus, eu ja estava casada. Meu esposo nao quis aceitar a Cristo, porem eu decidir seguir, e graças a Deus o meu casamento tem sido muito abençoado, meu marido nao faz problema algum sobre a minha fé. Eu encontro que os adventistas pregam muito sobre mulhres ou homens adventistas que estao na igreja e tem cargos, que vao ao mundo e se casam com nao cristaos..e a igreja iguala essas pessoas com aquelas que nao casaram com nao cristaos mais um aceitou a cristo ou voltou e o outro nao. Porem o melhor de tudo é que Deus abençoa todo o lar que nem queseje um, aceita ele como salvador e sem dizer que muitos que sao casados conforme a palavra de deus.. sao uns maus exemplos.



  • Celme em 10 de fevereiro de 2015 21:25

    Excelente reflexao. Se dessemos ouvido as orientaçoes Divinas,nao teriamos tantos problemas em nossos lares!



  • cheila em 23 de abril de 2015 18:30

    meu deus …eu me casei com um descrente… e agora. como devo agir,por favor me ajude



  • mlle. Cardoso em 31 de outubro de 2015 22:26

    Excelente texto. Concordo plenamente, você só pode ser abençoado no casamento se Deus o abençoar, do contrário será maldito, ou seja, infeliz. Abri mão do rapaz que acreditava amar, era lindo, mas descrente, pensei como poderei ser feliz se meu Pai e Deus não me abençoar, não tenho capacidade de pagar o preço do sofrimento posterior, não suportaria, doeu e ainda dói, mas é melhor sofrer agora do que a vida inteira, porque Satanás jamais deixaria um servo dele (o descrente)ser feliz. Concordo mesmo. Abraços!



  • Elizete em 8 de dezembro de 2015 10:31

    infelizmente sou uma de tantas pessoas que desobedeceram a Deus e casei-me com uma pessoa afastada de Deus, hoje reconheço isso, o que devo fazer, separar?



  • Suu em 19 de janeiro de 2016 15:03

    E quando a pessoa ja era da igreja, continua indo a igreja e é infiel?



  • daniely da silva em 18 de maio de 2016 17:16

    preciso de ajuda não aguento mais ser traída sabendo que isso e uma coisa do inimigo misericórdia



  • Adilton Torres em 27 de maio de 2016 14:04

    Olá Darleide gostaria que me tirasse uma duvida estou namorando uma jovem e queremos nos casar, nos caímos sedemos aos desejos da carne, sou cristão mas ela era e se desviou, tenho orado por ela mas não sei devo me casar com ela assim ou aguardar a resposta de Deus .
    Desde já agradeço que o Espirito Santo continue te iluminando!