Um dia após denúncia, motoristas são multados por estacionarem em local proibido

No início da noite desta quarta-feira (10), um dia depois do Campo Grande News denunciar a prática frequente de motoristas que estacionam em local proibido na rua Paulo Coelho Machado (antiga Furnas), equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) esteve no local e multou vários condutores.

Na tarde de terça-feira (9), pelo menos 15 veículos, entre carros e motocicletas, estavam estacionados na lateral do Shopping Campo Grande, que cobra R$ 8 a cada três horas no estacionamento. O valor aumentou no fim do ano.

Quem comete a irregularidade para não pagar por uma vaga, tem de estar ciente que barato pode sair caro, se houver flagrante pelos órgãos responsáveis. De acordo com Carlos Guarini, chefe de fiscalização de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), o trabalho ocorre regularmente não somente nessas áreas do entorno de shoppings, mas também em outros pontos críticos da cidade.

“A fiscalização contempla estacionamento irregular e também conversões proibidas. Ambas são faltas graves, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito”, alerta.

Guarini explica que as limitações para estacionar em alguns trechos foram impostas devido ao reordenamento do trânsito e, consequentemente, aumento do fluxo de veículos nas vias. No caso da rua Paulo Coelho Machado, estacionar está proibido desde 2010.

A multa, que pode ser aplicada pela agência municipal, Guarda Municipal e BPTran (Batalhão de Trânsito), é de R$ 195,23, com perda de 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Direto das ruas – A sugestão de matéria chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas. Sugestões de pautas podem ser enviadas pelos canais de interação entre a redação e o leitor. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, fotos, áudios e vídeos, pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Fonte: Campo Grande News

Comente