Circuito vai percorrer MS para apresentar resultados da safra de soja

A Fundação MS, uma das principais instituições de pesquisa agropecuária de Mato Grosso do Sul, inicia na próxima segunda-feira (24) um circuito de palestras que vai apresentar em dez municípios do estado os principais resultados da safra de soja do ciclo 2016/2017.

O objetivo é apresentar os resultados dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos localmente e também esclarecer as dúvidas dos produtores rurais de cada região a respeito de cultivares de soja, manejo de pragas e doenças, bem como estratégias para adubação.

Para o presidente da Fundação MS, Luciano Mendes, as apresentações são oportunidades para expansão de conhecimentos e troca de experiências entre produtores, técnicos, acadêmicos e demais profissionais ligados ao agro. “Esperamos levar resultados efetivos e que auxiliem os produtores na tomada de decisão. As ferramentas existem e o nosso objetivo é levar informações atualizadas”, esclarece.

A programação traz, ao todo, três palestras. Uma delas irá explicar estratégias de adubação para o aumento de produtividade na cultura da soja, por meio de explicações do pesquisador Douglas Gitti. Em outro momento, os participantes terão acesso a resultados de materiais de soja da safra 2016/2017, através de explanação do pesquisador André Ricardo Gomes Bezerra. Por fim, dicas importantes sobre manejo de pragas e doenças na cultura da soja serão repassadas pelo pesquisador José Fernando Grigolli.

A primeira apresentação será feita em Naviraí, no auditório da Copasul, no próximo dia 24/04, das 18h às 21h. As demais apresentações serão feitas das 8h às 11h, nas seguintes cidades:

São Gabriel do Oeste (10/05), na Agência Sicredi;

Sidrolândia (11/05), no Sindicato Rural;

Dourados (12/05), no Sindicato Rural;

Maracaju (16/05), na Câmara de Vereadores;

Rio Brilhante (17/05), no Sindicato Rural;

Bonito (18/05), no Sindicato Rural;

Amambai (23/05), no Sindicato Rural;

Deodápolis (25/05), no Sindicato Rural e

Campo Grande (12/06), na Famasul.

Fonte: G1

Comente