Revista Adventista terá mais de 1 milhão de exemplares gratuitos em 2018

A partir de janeiro do próximo ano, a Revista Adventista (RA), órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil, terá 100 mil exemplares distribuídos mensalmente, de forma gratuita, em todo o País. O anúncio foi feito na manhã deste domingo, 5, durante o Concílio Anual da denominação realizado em Salvador, na Bahia.

Outra novidade será a inclusão de 24 páginas da revista Adventist World, que traz informações da Igreja a nível mundial, artigos e outros conteúdos relacionados com a missão adventista ao redor do globo. Os detalhes foram apresentados pelo editor-associado da publicação em inglês, Gerald Klimbeil, e pelo diretor-geral da Casa Publicadora Brasileira (CPB), pastor José Carlos de Lima.

Para receber a edição completa da Adventist World era necessário fazer uma assinatura separada da RA. Com a unificação, o leitor terá os principais conteúdos da publicação global disponíveis mensalmente nas páginas da versão brasileira. “Nós somos uma Igreja mundial”, reforça Lima ao lembrar que, a despeito das diferenças culturais, a denominação é a mesma nos mais de 210 países onde está presente. Por isso a necessidade de que os brasileiros conheçam como a Igreja vem cumprindo seu papel em outros continentes.

A cada mês, os exemplares serão distribuídos entre os 52 territórios administrativos da denominação no Brasil. No entanto, além dos 100 mil exemplares, outras sedes regionais têm encomendado mais cópias. “Com isso, deve-se chegar a aproximadamente 150 mil revistas mensais”, projeta Lima.

O material será patrocinado pela Adventist World, a sede sul-americana adventista e a Casa Publicadora Brasileira. Mesmo assim, o programa de assinaturas continuará ativo para atender quem optar por recebê-lo em casa, que, ao todo, contará com 52 páginas.

Crescimento

Outro assunto aprovado no terceiro dia de reuniões administrativas foi a reorganização do território da Igreja Adventista no Estado do Rio Grande do Sul. Lá estão localizadas três sedes responsáveis pelos templos, escolas e demais entidades: duas Associações e uma Missão.

Na estrutura eclesiástica da Igreja Adventista, Associação e Missão são formadas por um conjunto de templos locais. Tal estrutura serve para conduzir o trabalho e os rumos da denominação naquele território. No caso da Associação, ela tem uma autonomia financeira para manter o avanço do trabalho evangelístico em uma determinada região. Já a Missão depende de uma instância superior para desenvolver seus projetos e atender a necessidade dos membros e das comunidades que estão sob sua responsabilidade.

“A Missão nasceu há 21 anos e hoje tem cerca de três mil membros a mais do que quando surgiu. Ela não conseguiu se desenvolver. Nós derrubamos as fronteiras e reorganizamos o território para que todas as regiões fossem iguais em quantidade de membros, igrejas, distritos, escolas, entrada de dízimos, ofertas. Hoje elas são muito parecidas”, esclarece o pastor Charles Rampaneli, secretário executivo da Igreja para os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Com a nova configuração, a Missão poderá crescer e, futuramente, chegar ao status de Associação. Sua sede também terá um novo endereço: de Ijuí, passará a funcionar em Novo Hamburgo. Um dos pontos positivos apontados por Rampaneli é o desenvolvimento da Igreja que será alavancado em todo o Estado.

Fonte: Adventista.org

Comente