Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Um novo tipo de comunidade


Depois da ascensão de Jesus e da vinda do Espírito Santo no Pentecostes, o grupo de cristãos cresceu rapidamente e criou a igreja primitiva, um novo tipo de comunidade entre os seguidores de Jesus, inicialmente liderada por Seus primeiros discípulos. No entanto, essa nova comunidade não foi somente algo que eles criaram entre si; em vez disso, foi fundada sobre os ensinamentos e ministério de Jesus e fundamentada na longa história das Escrituras hebraicas e de seus profetas.

 

1. Leia Atos 2:42-47 e 4:32-37. Quais são os elementos essenciais nessas descrições da comunidade da igreja primitiva? ___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

 

Embora pareça que os israelitas não conseguiram viver o projeto de uma sociedade justa e generosa, a comunidade da igreja primitiva levou a sério a ordem de que não deveria haver pobres entre eles (Dt 15:4). Uma das expressões práticas de sua fé foi compartilhar seus recursos materiais, até mesmo vendendo terras e doando o valor recebido (veja At 4:34–5:2) a fim de atender às necessidades de seus irmãos na fé, bem como ser uma bênção aos que não faziam parte daquela nova comunidade, especialmente mediante o ministério da cura (veja At 3:1-11; 5:12-16). No entanto, essa comunidade não era uma sociedade utópica.

 

À medida que aumentava o número de cristãos, cresciam as tensões sobre a administração desses recursos, especialmente em relação à distribuição diária de alimentos às viúvas (veja At 6:1). Os discípulos, que eram os líderes naturais do grupo, desejavam se concentrar na pregação do evangelho. Para lidar com a situação, eles precisaram se reorganizar. Sete homens foram nomeados para se concentrar nos assuntos práticos da comunidade da igreja. Esse foi talvez o primeiro reconhecimento dos diferentes ministérios e habilidades a ser exercidos na igreja.

 

Ao mesmo tempo, ficou demonstrada a importância do ministério prático para a vida e testemunho dos cristãos. “Os mesmos princípios de piedade e justiça que deviam orientar os líderes entre o povo de Deus nos dias de Moisés e de Davi, deviam ser igualmente seguidos por aqueles a quem foi entregue o cuidado da recém-organizada igreja de Deus na dispensação cristã” (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 95).

 

Tente imaginar como deve ter sido aquela comunidade primitiva. Como podemos refletir os princípios que a igreja manifestou nesse período?

Comente