Ouça agora:

Anjos da Esperança
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Trono da graça


“Aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade” (Hebreus 4:16).

Todos os muitos textos bíblicos sobre graça transmitem alegria, mas nenhum mais do que o texto escolhido de hoje. Aqui encontramos a graça mencionada duas vezes: o trono da graça e graça para ajuda no momento de necessidade. Podemos dizer: “Do centro da graça do Universo vem ao nosso encontro quando mais precisamos”. O profeta Miquéias exclamou: “Com que eu poderia comparecer diante do Senhor e curvar-me perante o Deus exaltado?” (Mq 6:6).

Essa tem sido a súplica do coração de homens e mulheres espirituais ao longo das eras. Eles se torturam fisicamente, jejuam, recusam-se a dormir. Fazem peregrinações e penitências, seguem, assim como o monge Martinho Lutero, todo o curso de ação prescrito na estrutura da igreja. E, ainda assim, como Lutero, são deixados com um sentimento de vazio e incerteza.

Apenas em e através de Jesus Cristo todas as nossas aspirações religiosas encontram o lar. Apenas ao abrirmos os olhos, pelo Espírito, para a maravilhosa história da Sua vinda à Terra e da Sua morte, que era nossa por direito, encontramos a paz e a segurança que nosso coração tanto almeja. Agora, por causa dEle, podemos saber que o Céu é um lugar bem-vindo. Pertencemos a esse lugar, assim como cada filho e filha pertence ao lar. A presença de Deus, santa como é, não mais lança temor ao nosso coração. O trono da graça se encontra no centro do Universo.

Por ser o trono da graça, o Senhor, por assim dizer, segura o cetro de entrada. Achegamo-nos a Ele com toda a confiança, não com lisonja servil, mas como uma criança que corre em direção aos braços abertos do amoroso pai. O trono da graça nos oferece misericórdia e graça para nos ajudar.  O pensamento é semelhante a um texto que aparece um pouco antes em Hebreus: “Porque, tendo em vista o que Ele mesmo sofreu quando tentado, Ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados” (Hb 2:18). Nesse contexto, a graça que Ele nos oferece é a graça que supera, a graça ideal para as nossas necessidades, concedida no momento certo.

“De todo vento tempestuoso que se levanta, de toda onda de aflição que se agiganta, há um retiro sereno e gracioso, encontrado junto ao trono do Deus Todo-Poderoso” (Hugh Stowell).

Comente