Ouça agora:

Informe NT Especial
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Segundo dízimo


Muitos cristãos reconhecem e seguem as instruções da Bíblia quanto à devolução do dízimo. Fundamentados no texto de Malaquias 3:10, devolvem 10% de seu rendimento – ou “lucro” – para sustentar a obra da igreja na disseminação do evangelho. Os dízimos são confiados às igrejas e estas geralmente têm diretrizes rígidas sobre a maneira de usar esses recursos, principalmente aplicando-os para o sustento do ministério direto e do evangelismo.

 

5. Leia Deuteronômio 14:22-29. Nessas instruções, qual é o objetivo primário do dízimo? Assinale a alternativa correta:

A. ( ) Dividir as bênçãos do dízimo com os levitas e sacerdotes nos anos regulares e a cada três anos com os estrangeiros, órfãos, etc.

B. ( ) Usar o dízimo apenas em benefício próprio.

 

A tentação é pensar que nossa doação está completa quando entregamos os 10%. Contudo, estudos sugerem que um israelita que vivia e doava de acordo com as diretrizes das leis levíticas daria regularmente entre 25% a 33% da renda do ano para a obra de Deus a fim de sustentar os sacerdotes e o santuário, bem como ajudar os pobres. Alguns estudiosos descrevem essa doação – especialmente para sustentar os estrangeiros, órfãos e viúvas – como um segundo dízimo. Evidentemente, Deus prometeu abençoá-los, especialmente em sua nova terra, mas eles não deviam tomar essa bênção como garantida nem esquecer os desfavorecidos.

 

Em anos regulares, essa porção da colheita deveria ser levada ao santuário, mas a cada três anos as bênçãos deveriam ser compartilhadas com a comunidade. Nessas celebrações da colheita, os dízimos eram dados “ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que [comessem] dentro das [suas] cidades e se [fartassem]” (Dt 26:12). De acordo com as instruções de Deus, pelo menos uma parte das doações dos israelitas deveria se concentrar em prover assistência financeira e prática aos necessitados. Isso estava fundamentado na lembrança do povo e no reconhecimento de como Deus havia sido misericordioso e jus – to para com eles.

 

Leia Deuteronômio 26:1-11. O que o Senhor estava dizendo ao povo? Como devemos aplicar isso à nossa atitude em relação aos necessitados?

Comente


Fique conectado

Aplicativo

Loja Virtual

Participe