Ouça agora:

Pensando Bem
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Segredos para perdoar


 

“Qual destes três você acha que foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?” “Aquele que teve misericórdia dele”, respondeu o perito na lei. Jesus lhe disse: “Vá e faça da mesma forma” (Lucas 10:36 e 37, NVI).

“Jamais perdoarei aquela mulher pelo que ela me fez”. “Jamais esquecerei aquela atitude cruel do meu pastor”.

Você já abrigou algum dia esses pensamentos? Já nutriu esses fortes sentimentos para com outra pessoa que verdadeiramente foi injusta com você ou com alguém que lhe é caro?

A maioria de nós sim. A maioria de nós luta para perdoar e esquecer. A maioria de nós se esforça para compreender o fato de que devemos ser como Jesus, que podia orar: “Perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem”, enquanto eles O pregavam na cruz.

Contudo, Deus diz que devemos ser como Ele. Devemos ter espírito perdoador assim como Deus.

Mas como, podemos perguntar? Isso nos leva às chaves do perdão. Há certas coisas que nos ajudarão a aprender a perdoar.

A primeira é a compreensão. Existem razões muito boas por que as pessoas fazem as coisas. Quando dedicamos tempo para descobrir as razões delas, muitas vezes fica mais fácil perdoá-las.

A segunda é o esquecimento. Precisamos aprender a esquecer. Muita gente continua nutrindo sentimentos de ira e ressentimento. A maioria de nós precisa do poder purificador de Jesus para afastar essas coisas da nossa lembrança. Temos uma escolha. Podemos permanecer no negativo, ou podemos deixar que Ele nos encha de pensamentos novos e limpos.

A terceira é o amor. Temos visto repetidas vezes em nosso estudo do Sermão do Monte que o amor (agape) de Deus é essa boa vontade para com os outros, que quer apenas o melhor para eles, não importa como nos tratem.

A quarta é a visão da cruz. Os verdadeiros perdoadores precisam de uma imagem diária da cruz. Precisamos reconhecer que Jesus morreu em nosso lugar. Em consequência disso, reconhecemos a necessidade de ser misericordiosos e perdoadores, assim como nosso Salvador.

 

Comente