Ouça agora:

Reavivados por sua Palavra
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Praticando a iniquidade nas coisas boas


Filipenses 3:8: “Por amor do qual [Cristo] perdi todas as coisas e as considero como refugo, para conseguir Cristo”.

Certo dia William Wilberforce, o cristão que liderou a batalha contra a escravidão no Império Britânico, foi interpelado por uma mulher, que lhe perguntou: “Senhor, como vai sua alma?” Ele virou-se para a mulher e respondeu: “Madame, eu quase esqueci que tinha uma.”

Como muitos guerreiros cristãos no calor da batalha, o ardente filantropo havia começado a perder a perspectiva a respeito de contra quem estava lutando. É fácil demais perder o caminho quando estamos envolvidos com “boas” causas. Os “que praticam a iniquidade”, de Mateus 7:23, não estavam fazendo coisas más. Pelo contrário, estavam fazendo coisas “boas”.

Quais são algumas dessas coisas que podem nos desencaminhar em termos de salvação? Uma pode ser a frequência à igreja. Ora, ir à igreja parece bastante inofensivo. Algumas pessoas adoram ir à igreja. As portas nunca se abrem sem que elas já estejam postadas ali. Mas essa mania de ir à igreja nunca parece fazer algo em favor delas. Nunca serve de inspiração para ajudarem os outros, nem para compartilharem seus talentos. Apenas se sentam ali e captam tudo. Ir à igreja acaba se tornando um fim em si mesmo.

O mesmo pode ser dito com respeito aos que se comprazem em estudar a Bíblia. Para algumas pessoas, o estudo da Bíblia é tão fascinante como assistir a um programa de TV. Absorve-lhes o tempo, mas não inspira mudanças reais em sua vida.

Outros são desencaminhados pela defesa das doutrinas denominacionais. Adoram defender doutrinas poderosas e maravilhosas da Palavra. Vivem falando sobre esses temas, e têm um mundo de coisas a dizer. Mas pergunte-lhes o que Jesus significa para eles, e ficam mudos.

Todas essas são coisas boas que podem ser mal empregadas. Precisamos seguir o exemplo de Paulo, cujo alvo principal era conhecer Jesus e ser achado por Ele. Precisamos fazer essas boas coisas, mas com a apropriada perspectiva cristã.

Faça isso no dia de hoje e ore comigo

Meu Deus e meu Pai: Me ajude a colocar as coisas dentro da perspectiva correta. Dentro da Tua perspectiva. Primeiro, Te amar. E por amor fazer a tua vontade; por amor cumprir os Teus mandamentos; por amor estudar a Tua Palavra; por amor, ajudar aqueles que precisam. Por favor, Pai. Em nome de Jesus, amém!

Comente