Ouça agora:

Estúdio NT
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Perdão e oração


Salmo 66:18: “Se eu não tivesse confessado o pecado em meu coração, o Senhor não teria ouvido”.

A menos que pratiquemos o perdão, Deus não ouvirá nossas orações. Não é que Ele não possa ouvir nossa oração, mas Ele escolhe não ouvi-la. Às vezes, quando pensamos que já perdoamos determinada pessoa ou ofensa, nosso coração sorrateiramente volta a abrigar o ressentimento. Isso acontece porque a mágoa pode ter raízes bastante profundas, principalmente se a ofensa foi grave ou se ela se prolongou por muito tempo.

Se você está com dificuldade de perdoar alguém, peça auxílio a Deus e Ele o ajudará. Ao perdoar, você se torna livre da tortura geral gerada pelo rancor, usada pelo inimigo para enfraquece-lo.

Você não quer que suas orações deixem de ser respondidas nem que as bênçãos que Deus lhe reservou sejam interrompidas. Quer agir com base no poder concedido pelo Deus Todo-Poderoso a quem você serve. Portanto, peça ao Senhor que lhe revele qualquer rancor em seu coração, a fim de que você se livre dele.

Jesus nos oferece completo perdão por nossos pecados, por isso devemos confessar diante de Deus todas as nossas transgressões e, assim, receber o perdão. Uma vez que o Senhor nos perdoou, devemos perdoar uns aos outros.

Faça isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Senhor, sonda meu coração e mostra-me se há algum rancor ou ressentimento do qual preciso abrir mão. Perdoa-me por nutrir esse sentimento e ajuda-me a perdoar essa pessoa. Não quero que nada seja empecilho em meu relacionamento contigo. Por favor. Em nome de Jesus, amém!

Comente