Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Orar com a mente


“Orarei com o espírito, mas também orarei com a mente” (I Coríntios 14:15).

Algumas pessoas ficam chocadas com o fato de que algo tão espiritual quanto a oração tenha sistema ou estrutura. Mas esse próprio fato é um dos aspectos mais importantes na Oração do Senhor.

Quando os discípulos pediram que Cristo lhes ensinasse a orar, Ele apresentou uma obra-prima da comunicação humana. A oração segue esse padrão. Isso fica claro a partir das palavras introdutórias de Jesus: “Portanto, vós orareis assim” (Mt. 6:9). A seguir Ele fornece uma oração modelo que apresenta todos os elementos essenciais de uma oração.

Embora não seja errado recitar a Oração do Senhor caso seja feita com significado e reflexão, é melhor considerar a Oração do Senhor como um modelo que nos fornece o esboço contendo os elementos essenciais que devem estar presentes, tanto na oração pública como na particular.

Como tal, a oração esboçada por Jesus é bastante parecida com o roteiro utilizado por muitos pregadores e outros oradores públicos. Cada parte do roteiro fornece um cabeçalho de coisas que precisam ser lembradas na oração. Cada ponto deve ser expandido e preenchido durante a oração propriamente dita.

Talvez a abrangência da Oração do Senhor seja sua característica mais ressaltada. Ela abrange todos os elementos, tanto de nosso relacionamento com Deus e com os outros, como de nossas necessidades pessoais.

Até mesmo a ordem das petições na Oração do Senhor é de importância decisiva para nossas orações. As três primeiras petições têm que ver com Deus e Sua glória, enquanto as três petições secundárias têm que ver com nossas carências e necessidades humanas. A Deus, portanto, deve ser dado o primeiro e supremo lugar; depois, e somente depois, devemos voltar-nos para nós mesmos e para nossas necessidades e desejos. Somente quando Deus recebe o lugar que Lhe é devido, as outras coisas se encaixam.

Agradecemos-Te hoje, ó Senhor, por tomares tempo para nos ensinar a orar, pois levas a sério nossas necessidades. Queremos aprender de Ti, até mesmo em nossa vida de oração.

Comente