Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

O dia em que a guerra terminar


Apocalipse 17:14: “Pelejarão eles contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com Ele”.

O soldado alemão chamado Hans, que serviu no front ocidental, jamais esquecerá o dia em que a Segunda Guerra Mundial terminou para ele. Foi no dia 6 de junho de 1944. Hans tinha passado por anos de lutas fazendo parte do orgulhoso e aparentemente invencível exército de Hitler. Mas, agora, sentia-se como um velho.

Hans estava escondido no meio de alguns arbustos e tentara voltar até as linhas alemãs quando foi capturado por paraquedistas britânicos e levado até a praia. Quando o sol apareceu na manhã seguinte, Hans viu algo que rapidamente mudou sua perspectiva como prisioneiro de guerra. Espalhada por sobre o mar estava a frota invasora, que ia até o horizonte, navio ao lado de navio, quase sem espaço sobrando. Olhando para a praia, Hans viu soldados, armas, tanques, munição e veículos, tudo sendo descarregado em um fluxo contínuo, que parecia não ter fim!

Quem poderia resistir a tamanho assalto? Hans respirou aliviado e disse para si mesmo que era um homem de sorte. Era muito claro que, no “Dia D”, 1944, havia apenas um lado onde estar, o lado da armada dos Aliados que se lançou sobre a Europa.

Você já teve a sensação de que faz parte de uma guerra, de algum conflito prolongado, em sua vida pessoal? Você já se sentiu desgastado pelo sofrimento aparentemente sem-fim do nosso mundo?

O livro do Apocalipse descreve o dia glorioso quando os exércitos vitoriosos de Deus descerão do Céu e a guerra terminará. Apocalipse 17:14 descreve as forças do inferno guerreando com o Cordeiro, e declara: “O Cordeiro os vencerá.” Apocalipse 19 acrescenta: “Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça” (Ap 19:11).

Nenhum poder na terra ou no inferno pode levantar-se contra os exércitos de Deus. Todas as forças do mal são impotentes em Sua presença. Um dia, muito em breve, a grande guerra terminará. Nosso Senhor reinará para sempre como Rei dos reis e Senhor dos senhores. A Sua justiça, o Seu plano, a Sua verdade vencerão.

Creia nisso no dia de hoje e ore comigo agora:

Pai, na batalha final, eu e meus ouvintes queremos estar ao Teu lado, ao lado dos vitoriosos. Por favor, nos ajude nas lutas do dia a dia. É o que Te pedimos em nome de Jesus, amém!

Comente


Fique conectado

Aplicativo

Loja Virtual

Participe