Ouça agora:

Anjos da Esperança
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

Números 30


O capítulo 30 está ligado ao anterior, por Números 29:39: “estas coisas oferecereis ao Senhor, além dos vossos votos”. Em geral, votos envolviam sacrifícios (Lv 7:16). Voto tem um significado semelhante ao de juramento, por envolver uma promessa. Contudo, o voto se distingue, pois sempre se faz mediante uma condição. Por exemplo, se o Senhor fosse com Jacó, este O elegeria como seu Deus e Lhe devotaria o dízimo (Gn 28:20-22).

 

Segundo a Bíblia, uma vez feitos os votos, eles devem ser cumpridos, não importando as consequências, a não ser que contrariem a vontade de Deus. O que “sai da boca” deve ser cumprido, literalmente, no hebraico, “conforme tudo o que sair de sua boca, fará” (Nm 30:2). Essa linguagem é notada no diálogo de Jefté com sua filha (embora não justifique sua intenção): “Ah, minha filha! Abri a minha boca a Yahweh e não poderei retornar!” A filha responde: “Meu pai, faze de mim conforme saiu de sua boca” (Jz 11:35-36).

 

Quanto aos votos femininos, os votos feitos por mulheres deveriam ser confirmados pelo pai ou esposo. Isso pode ser entendido pela via cultural, da acomodação da lei divina ao predomínio masculino na sociedade patriarcal, ou pelo princípio da liderança masculina no lar, como um valor bíblico. Nós devemos estudar, orar e refletir sobre o tema, porque por outro lado a cultura atual está apagando o papel masculino como sacerdote e líder do lar (Gn 2:18; 3:9; Cl 3:18-19). (Fonte: Diogo Cavalcanti, Revista Primeiro Deus 2019, p. 52).

Comente


Fique conectado

Aplicativo

Loja Virtual

Participe