Ouça agora:

Estúdio NT
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Neemias é enviado


Juntamente com Neemias, o rei enviou cartas a Sambalate, o horonita, e a Tobias, o amonita, oficiais superiores da região dalém do rio, a fim de preparar o caminho para a obra a ser realizada por Neemias. Além disso, o rei ordenou a Asafe, o guardião da floresta do rei, que fornecesse ao servo de Deus toda a madeira necessária para reconstruir a cidade, os muros e os portões do templo.

 

4. Leia Neemias 2:9, 10. O que o texto revela sobre a oposição que Neemias e os judeus em geral enfrentariam? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ _________________________________________________________

 

Neemias chegou a Jerusalém entre os anos 445 a 444 a.C. A oposição parece ter surgido antes mesmo que ele tentasse qualquer ação, pois o pedido entregue aos governadores foi suficiente para suscitar problemas. Embora Tobias fosse um nome judaico e significasse “O Senhor é bom” (bem como o de seu filho Joanã, que significava “o Senhor é misericordioso”), ele servia como governador de Amom.

 

Portanto, Jerusalém estava cercada de inimigos: Sambalate, o governador de Samaria, ao norte; Tobias, o governador de Amom, ao oriente; e Gesém, o árabe (Ne 2:18, 19), que tomou posse de Edom e Moabe, ao sul. Foi lamentável que a liderança daquela região tenha rejeitado Neemias porque ele se preocupava com o bem-estar dos oprimidos. Indivíduos prepotentes não se alegram com a felicidade das pessoas a quem eles intimidam.

 

A chegada de Neemias “a Jerusalém com uma escolta militar, mostrando que ele estava chegando para alguma missão importante, despertou o ciúme das tribos pagãs que viviam próximo da cidade, que muitas vezes tinham manifestado sua inimizade contra os judeus lançando sobre eles descrédito e insulto. Entre os mais ativos nessa ação estavam alguns chefes dessas tribos: Sambalate, o horonita; Tobias, o amonita; e Gesém, o arábio. Desde o princípio, esses líderes observaram com olhos críticos os movimentos de Neemias e procuraram, por todos os meios ao seu alcance, subverter seus planos e dificultar seu trabalho” (Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 635).

 

Quais outras histórias bíblicas mostram a oposição enfrentada por aqueles que foram chamados por Deus para fazer Sua vontade? Compartilhe sua resposta com a classe.

Comente