Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

Juízes 04


A Salvadora da Pátria. Ela trabalhava embaixo de uma palmeira, em algum lugar da estrada entre Rama e Betel, no antigo Israel. Ali, ao ar livre, funcionava seu escritório. Praticamente todas as pessoas da cidade vinham até ela a fim de pedir conselho para resolver pequenos e grandes problemas. Você já sabe sobre quem estou lendo, amigo ouvinte? Isso mesmo! Eu estou lendo sobre Débora, a famosa profetisa do Israel antigo.

 

Na realidade, naquela época bíblica, a mulher não tinha muito espaço na sociedade, principalmente pra exercer alguma liderança, né. Mas temos aí a profetiza Débora. A história dela, está nas leituras de hoje e de amanhã, em Juízes capítulo quatro e capítulo cinco. É uma história bem cheia de aventuras curiosas, e até um tanto assim, nada comuns, a começar pelo nome dessa mulher, né ouvinte? Na língua deles, no hebraico, a palavra Débora é Abelha. Sério.

 

Pra conviver com aquela mulher, teria que chama-la assim, ó: “Oh, dona Abelha, tudo bem?”. “Dona Abelha, seguinte”. Engraçado, né? Você conhece alguma senhora chamada dona Abelha? Eu também não. Mas a nossa dona Abelha aí, isto é, a Débora, né, ela era mesmo parecida com uma abelha sabia? É sério. A Débora, ao mesmo tempo que poderia dar uma ferroada doída pra valer, com as repreensões proféticas, com os ataques de guerra, também era um doce de pessoa, ao trabalhar pro povo de Deus, por amor. Seja firme, mas seja amoroso.

Comente


Fique conectado

Aplicativo

Loja Virtual

Participe