Clique aqui e Saiba mais

Ouça agora:

Anjos da Esperança
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

Jeremias 51


Babilônia era uma região do mundo antigo, e também a capital daquela região. Originou-se quando os homens, conscientemente, se afastaram da graça de Deus e procuraram a salvação pelas obras, pouco depois do dilúvio, na construção da torre de Babel, que não foi terminada porque Deus confundiu os idiomas dos construtores, mas que resultou na cidade de Babilônia, às margens do rio Eufrates, onde hoje é o Iraque. Em Apocalipse, Babilônia aparece seis vezes. O número seis era o número de mistério do culto pagão da antiga Babilônia. Significa grande confusão, apostasia, arrogância e tentativa de salvação pelas obras. Babilônia representa o reino espiritual do mal, povo apostado e toda falsa religião. Muitas nações, igrejas e pessoas estão embriagadas com o vinho intoxicante de Babilônia. Do mesmo jeito que os antigos babilônios “enfurecidos pelos seus ídolos”, desafiaram a Deus e foram derrotados, a Babilônia moderna vai dar de cara com a condenação dela. A antiga babilônia podia até ter sido curada, mas, infelizmente, ela recusou a verdade de Deus, como a gente vê em Jeremias 51. E do mesmo jeito, a Babilônia moderna também está rejeitando o conselho divino. Quando Babilônia desprezou a palavra de Deus, tornou-se morada dos demônios. E cada falsa doutrina encontrada na antiga Babilônia com todos seus males, pode ser encontrada na moderna e condenada Babilônia. Deus está chamando o povo que queira pertencer a ele, pra que se separe dessa Babilônia. Venha pro povo de Deus!

Comente