Ouça agora:

Clube da Música
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

Jeremias 50


O que o contexto antigo da leitura de hoje tem que ver com a gente, é com respeito às nossas escolhas. Se você observar os capítulos dos dias anteriores e também o de hoje, vai ver que muitos exércitos antigos perderam a batalha da vida, sofreram as consequências das más escolhas e terminaram na desgraça. Não terminaram a vida de forma vitoriosa. Mas, mesmo no meio daquela desolação toda, você vê que ainda tinha esperança para alguns? Quem eram esses alguns que ainda poderiam contar com uma boa notícia? Eram os que escolhiam sair daquele povo apostatado maldito e pertencer, fielmente, ao povo de Deus. Não importava se, de origem de sangue, a pessoa fosse amonita, edomita, de Damasco, de Quedar ou Hazor, de Eláo ou babilônico. Se ele resolvesse se converter e passar paras fileiras do povo fiel de Deus, se ele resolvesse ser um israelita não só de formalidade, de circuncisão, mas um israelita de coração, sendo um filho na fé de Abraão, ele estaria debaixo do guarda-chuva de Deus e Deus poderia protege-lo. Na vida é assim, companheiro. Ou você é um soldado de Jesus e fica protegido por Ele, ou então tenta viver sozinho e leva chumbo das maldades que existem no mundo. Não existe um terceiro exército. Só existem o exército do bem e o exército do mal. E ponto final. Ou seja, ou você é de Deus, ou não é. Leia Jeremias 50!

Comente