Ouça agora:

Reavivados por sua Palavra
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

II Reis 21


A condenação às pessoas que estavam mesclando os ritos pagãos com o culto a Jeová, assumindo uma atitude santarrona em relação aos seus irmãos, de Isaías 66:17, pode ser vista na leitura de hoje, em 1 Reis 22, servindo na carapuça do rei Manassés. É que Isaías e Manassés foram contemporâneos, entendeu? Aqueles idólatras tipo o Manassés iam para os jardins, e o ato de sacrificar em jardins fazia parte da adoração que era realizada à sombra das árvores, numa prática inspirada na religião cananita, que implicava no desprezo pela adoração no templo.

 

Muitas vezes, aqueles jardins e pequenos bosques eram cenários de ritos de purificações e ministérios pagãos de cerimônias religiosas cruéis, tipo sacrificar o próprio filho, nojentas, tipo comer carnes de rato e de porco, e imorais tipo orgias até homossexuais e públicas. O problema era que, com frequência, os hebreus tendiam a imitar aos costumes pagãos de adorar dessas formas, em tais lugares.

 

No fim das contas, esse povo todo estava buscando uma coisa só, que é a vida eterna. E olha só. Eu não sei exatamente quem estará lá no Céu,mas você já pensou o profeta Isaías, lá no Céu, se encontrando com o rei Manassés? Epa! Espera! Aí não! Manasses não mandou serrar Isaías ao meio? Sim! Mas o profeta morreu sem saber que depois o rei se arrependeu e se converteu. Olha, no Céu nós teremos tantas surpresas. Não perca nada, lendo hoje 2 Reis 21.

Comente