Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

II Crônicas 24


A leitura de hoje fala um pouco sobre Damasco. Alguns arqueólogos consideram Damasco como sendo a mais antiga cidade do mundo. Há controvérsias, mas há também o que se considerar sobre esse pensamento, porque afinal de Contas Damasco não foi uma cidade antiga que deixou de existir. Damasco na realidade existe até hoje. E é interessante porque  Damasco sempre foi “a cidade mais importante da Síria” e a metrópole dos povos do deserto.

 

A cidade e a planície circundante devem sua vida e prosperidade aos famosos rios Farfar e Abana, de reputação bíblica. Nessa cidade, ainda existem ruínas de muros e portas muito antigos, alguns da época romana. E tem ali a Grande Mesquita. No lado sul da mesquita, na viga superior de uma pouco usada mas esplêndida porta, há uma inscrição em grego: “Teu reino, ó Cristo, é um reino eterno”. E é esse pensamento que eu quero deixar pra você aqui hoje. Assim como Damasco é uma cidade que nunca acaba.

 

Assim como a sua leitura bíblica é algo que deve ser pra sempre. É nessa leitura que você vai encontrar um reino que é eterno, que é o reino de Jesus Cristo. Então, meu amigo, por favor, não deixe de ler hoje sobre o rei Joás, em 2 Crônicas 24, que, assim como Damasco, perdeu a oportunidade de pertencer totalmente a Jeová, pra você aprender a não cair no mesmo erro, mas pelo contrário, ser integralmente de Jesus.

Comente