Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Falsos profetas e mestres


Às vezes é fácil idealizar a igreja primitiva e pensar nela como um período de
grande paz e harmonia entre os primeiros cristãos.
Isso seria um erro. A igreja enfrentou lutas desde os dias de Jesus, muitas vezes
dentro de suas próprias fileiras, como foi o caso de Judas. Conforme revelam as
epístolas do Novo Testamento, muitos problemas aconteceram devido aos falsos
ensinos entre os cristãos. A igreja primitiva não sofreu apenas perseguição externa,
mas também enfrentou problemas internos. A segunda carta de Pedro trata de
alguns desafios internos. Quais foram eles? “No passado surgiram falsos profetas
no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão
secretamente heresias destruidoras, chegando a negar o Soberano que os
resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. Muitos seguirão os caminhos
vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho
da verdade. Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram.
Há muito tempo a sua condenação paira sobre eles, e a sua destruição não
tarda” (2Pe 2:1-3, NVI). Essa realidade não se parece com um período de grande
paz e harmonia entre os irmãos, não é mesmo?
1. Leia 2 Pedro 2:1-3, 10-22. Sobre o que o apóstolo alertou seus leitores? Quais
erros estavam sendo promovidos nas igrejas? Assinale a alternativa correta:
A. ( ) Das perseguições que estavam por vir. Pedro os exortou a pagar na mesma
moeda a violência sofrida.
B. ( ) Dos falsos profetas e mestres. Heresias destruidoras, falsas doutrinas,
práticas libertinas que levavam à corrupção, etc.
C. ( ) Das disputas por liderança na igreja. A igreja encorajava os homens a tomar
os cargos uns dos outros.
É bem provável que o versículo 1 seja a razão pela qual o Senhor tenha inspirado
Pedro a escrever sua carta. O apóstolo estava advertindo seus leitores de que,
assim como houve falsos profetas no passado, haveria falsos mestres no futuro. Ele
destacou uma série de acusações contra esses falsos mestres, desde suas “heresias
destruidoras” (2Pe 2:1) até o fato de que levavam incautos à escravidão (2Pe 2:19),
bem como muitos outros erros. Pelos escritos de Pedro, vemos que esses ensinamentos
eram, na verdade, muito perigosos, o que explica por que o apóstolo se
opôs a essas coisas com tanta veemência. Ele acreditava que as doutrinas fossem
muito importantes.

Comente