Ouça agora:

Flash Back
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Estudo adicional


Texto de Ellen G. White: Profetas e Reis, p. 661-668 (“Instruídos na Lei de Deus”). “Agora eles deviam manifestar fé em Suas promessas. Deus havia aceitado o seu arrependimento; deviam agora alegrar-se na certeza do perdão dos pecados e na sua restauração ao favor divino […].

 

“Toda conversão verdadeira ao Senhor produz permanente alegria na vida. Quando um pecador se rende à influência do Espírito Santo, ele vê sua própria culpa e mácula em contraste com a santidade do grande Examinador dos corações. Ele se vê a si mesmo condenado como transgressor. Mas não deve por causa disso se entregar ao desespero; pois o seu perdão já está assegurado. Ele pode se alegrar na certeza do perdão dos pecados, no amor de um Pai celestial perdoador. É a glória de Deus envolver os seres humanos pecadores arrependidos nos braços do Seu amor, ligar suas feridas, purificá-los do pecado e vesti-los com as vestes da salvação” (Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 668).

 

Perguntas para discussão

1. Em quais condições você pode sentir “a alegria do Senhor” (Ne 8:10) como sua força? Precisamos fazer algo para experimentar o poder de Deus e Seu perdão? O quê?

2. Como encontrar o equilíbrio entre o lamento pelos nossos pecados e a alegria no Senhor? Essas atitudes não são contraditórias entre si? Como a Lei e o evangelho apresentam a resposta? (Veja Rm 3:19-24).

3. Em Neemias 8:10 foi dito ao povo: “Ide, comei carnes gordas, tomai bebidas doces e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senho r; portanto, não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força”. Como podemos nos alegrar em Deus? O que o fato de ser “consagrado” significa nesse contexto?

Comente