Ouça agora:

Lições da Bíblia
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Estudo adicional


Textos de Ellen G. White: Atos dos Apóstolos, p. 309-322 (“Chamado a Mais Elevada Norma”); O Grande Conflito, p. 653-661 (“Será Desolada a Terra”). “Quando a voz de Deus põe fim ao cativeiro de Seu povo, há um terrível despertar daqueles que tudo perderam no grande conflito da vida. Enquanto perdurou o tempo da graça, estiveram cegos pelos enganos de Satanás e desculpavam sua conduta de pecado. Os ricos se orgulhavam de sua superioridade sobre aqueles que eram menos favorecidos; mas obtiveram suas riquezas transgredindo a lei de Deus. Negligenciaram alimentar o faminto, vestir o nu, tratar com justiça e amar a misericórdia. […] Venderam-se em troca das riquezas e gozos terrestres e não procuraram enriquecer para com Deus. O resultado é que sua vida foi um fracasso; seus prazeres se transformaram em amargura, seus tesouros em corrupção” (Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 654).

 

“O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. Daquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor” (O Grande Conflito, p. 678).

 

Perguntas para discussão

1. Precisamos nos preocupar com esta vida e com este mundo se tudo vai ser destruído e reconstruído por Deus? Como evitar o uso da promessa da nova vida para negligenciar os necessitados ou para explorar outras pessoas?

2. Como adventistas, compreendemos que o mal, as dificuldades e o sofrimento aumentarão à medida que nos aproximarmos do retorno de Jesus. Quando essas coisas ocorrem, muitas vezes nos referimos a Mateus 24. Como devemos ver essas tragédias à luz de Mateus 25?

 

Resumo: Deus não permitirá que o mal perdure para sempre. A grande esperança bíblica é a vinda de Jesus, para acabar com o mal, curar a injustiça e criar um novo mundo (como ele foi planejado para ser). Com base na ressurreição de Jesus, essa esperança transforma o presente e encoraja nosso serviço a Deus e aos outros, enquanto aguardamos Sua vinda.

Comente