Ouça agora:

A Voz da Profecia
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

Doação como forma de compartilhar


Após sua conversão, Paulo assumiu a missão de levar o evangelho ao mundo gentílico. O sucesso que Deus lhe deu levantou questões importantes sobre a relação entre as raízes judaicas da emergente fé cristã e os novos seguidores de Jesus. Um concílio de líderes cristãos judeus e gentios se reuniu em Jerusalém para discutir o assunto e buscar a orientação divina sobre essas questões complicadas. A reunião e suas resoluções estão registradas em Atos 15.

 

No entanto, no relatório de Paulo acerca dessa reunião, encontrado em Gálatas 2, ele acrescentou outro elemento importante às ordens que havia recebido do concílio de Jerusalém para o seu contínuo ministério entre os gentios: “Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também me esforcei por fazer” (Gl 2:10). E Paulo continuou a perseguir esse objetivo pessoalmente (veja, por exemplo, Atos 20:35) durante todo o seu ministério. Como ocorreu com a igreja primitiva em Jerusalém, Paulo expandiu a visão da comunidade cristã a fim de aceitar todos os crentes.

 

3. Leia 2 Coríntios 8:7-15. Como Paulo relacionou o evangelho e a doação generosa?

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

 

Paulo utilizou duas referências do Antigo Testamento para exortar os cristãos a cuidar de seus irmãos em circunstâncias difíceis. Ele citou a história da generosa provisão de maná aos israelitas no deserto como um modelo de doação e do ato de compartilhar entre a comunidade mais ampla da igreja (2 Co 8:15). Ele também citou o Salmo 112:9: “Distribuiu, deu aos pobres, a sua justiça permanece para sempre” (2 Co 9:9).

 

Paulo recomendou que seus leitores fossem intencionais nas doações, que separassem regularmente uma parte de sua renda para que ele ou Tito recolhessem essas ofertas e as entregassem aos necessitados em Jerusalém. Ele usou o exemplo de uma igreja para encorajar outras a ter generosidade semelhante. Ele escreveu: “Por meio dessa prova de serviço ministerial, outros louvarão a Deus pela obediência que acompanha a confissão que vocês fazem do evangelho de Cristo e pela generosidade de vocês em compartilhar seus bens com eles e com todos os outros” (2 Co 9:13, NVI).

 

Como devemos priorizar nossas doações quando não podemos doar a todas as causas nem a todas as necessidades apresentadas?

Comente