Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Dia da Expiação


“Porquanto nesse dia se fará propiciação por vocês, para purifica-los. Então, perante o Senhor, vocês estarão puros de todos os seus pecados” (Levítico 16:30).

O Dia da Expiação, Yom Kippur, era talvez o dia mais importante do ano para os israelitas. Era o dia em que o sumo sacerdote entrava na câmara mais interior do tabernáculo para oferecer sacrifício pelos pecados de toda a nação. O propósito desse sacrifício? A reconciliação de Deus com Seu povo.

O ritual descrito em Levítico 16 incluía o sacrifício de um bom e a aspersão de seu sangue sobre a relíquia mais sagrada de Israel: a arca da aliança. Incluía também a escolha de dois bodes. Um deveria ser sacrificado, simbolizando o pagamento necessário pelo pecado. O outro, o bode expiatório, era libertado, simbolizando os pecados do povo sendo levados para o deserto.

Por causa do sacrifício de Cristo por nossos pecados, todo dia é nosso dia da expiação. Diariamente aceitamos que Sua morte pagou os nossos pecados, que são levados para o deserto, onde nunca teremos de entrar.

À luz dessa verdade, como você se aproxima de Deus em oração? Você se coloca diante do Senhor como alguém que Ele valoriza e ama? Ou abaixa a cabeça como se ainda tivesse de obter a aceitação que já lhe foi concedida? Se você age com hesitação, reivindique hoje seu dia da expiação. Dirija-se a Deus com o coração aberto e agradeça por não haver nenhum obstáculo entre você e Ele.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Obrigado, Jesus, por teres pagado o preço por meus pecados. Por meio daquilo que fizeste, fui reconciliado com Deus e jamais serei separado dEle de novo. Ajuda-me a estender aos outros o amor e o perdão que me deste. Por favor. Em nome de Jesus, amém!

Comente