Ouça agora:

NT Ecologia
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Desfrute seus privilégios


DeusDisponível
“Aquele que não poupou o Seu próprio Filho, antes, por todos nós O entregou, porventura, não nos dará graciosamente com Ele todas as coisas?” (Romanos 8:32).

Muitos anos atrás, um operário economizou bastante para fazer um cruzeiro em um luxuoso navio. Por haver usado todo seu dinheiro na compra da passagem, ele pensou que não poderia comer no salão de jantar do navio. Então, levou um pouco de queijo e bolachas.

Nos primeiros dias, ele desfrutou paisagem do oceano, encantou-se com os fulgurantes pores-do-sol e relaxou na piscina do navio. Porém, cansou de comer queijo e bolachas e resolveu perguntar ao comissário-chefe o preço da refeição. “Posso ver o seu bilhete?”, o comissário perguntou. Ao examinar o bilhete, o comissário disse: “Ninguém lhe disse que as refeições fazem parte do pacote? Elas estão incluídas no preço do bilhete!”

Assim como aquele homem, muitos cristãos estão vivendo abaixo dos privilégios a que têm direito, sentindo-se culpados, inseguros e temerosos. Paulo descreve esses privilégios:

  1. Absolvição. “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.” (Rm 8:1). Em Jesus, toda condenação desaparece. Vozes acusadoras silenciam. Somos perdoados e libertados da culpa do pecado. Se Cristo a levou sobre Si, não precisamos carregá-la na consciência.
  2. Liberdade. “Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados.” (Rm 8:15). Em nossa humanidade, até podemos falhar, mas já não somos escravos do pecado; temos um novo Senhor. Cristo acabou com nossa escravidão.
  3. Confiança. “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.” (Rm 8:28). Não estamos à mercê do maligno. Não somos como folhas sopradas sem direção. Deus está no controle e fará tudo para o nosso bem.
  4. Segurança. “Quem nos separará do amor de Cristo?” (Rm 8:35). O apóstolo cita tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada. Em Cristo, a culpa desaparece e a escravidão se acaba, todas as coisas contribuem para o bem. Nada poderá nos separar do Seu amor.

Comente