Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Reavivados pela Palavra

Daniel 03


O rei Nabucodonosor tinha criado um deus tamanho único. Para promover unidade no reino, esperava que todos, mesmo os israelitas, cujo exército ele havia capturado, o reverenciassem. Infelizmente, o rei e seus associados julgaram mal o comprometimento dos três jovens homens: Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Esses companheiros de Daniel enfrentaram a indescritível pressão da cultura pagã que os rodeava. E quanto aos nossos filhos e filhas? Temos falado com eles sobre que decisões tomar na hora de permanecer firmes em relação aos valores que honram a Cristo, confiando em nosso Deus, não importando o quê? Temos discutido sobre os ídolos que procuram nos tirar da retidão que Deus manda? O enfurecido rei Nabucodonosor sentenciou esses bravos homens a morrer e atirou os três israelitas dentro da fornalha. Mas Deus providenciou seu anjo – literalmente sua própria presença, o anjo do Senhor – a juntar-se a eles no meio do fogo, e suas vidas foram poupadas. O que quer que desafie a experiência de jovens cristãos, eles precisam ouvir de nós que o próprio Jesus estará com eles também. Ele pode misericordiosamente livrá-los, como esses homens foram libertos, ou não. Com certeza, vai esquentar um pouco para todos nós quando enfrentarmos provas de fogo, mas temos a promessa de que nada nos separará do amor de Cristo (Rm 8.38-39). Em nossas provações, Deus é glorificado quando nos apegamos a ele com firme convicção, confiando nele, não importando o resultado. Leia hoje, Daniel 3.

Comente