Ouça agora:

Bíblia Fácil
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

Coração quebrantado


“O centurião e os que com ele guardavam a Jesus… ficaram possuídos de grande temor e disseram: Verdadeiramente este era Filho de Deus” (Mateus 27:54).

Era uma época violenta, uma terra violenta, uma gente violenta – e ele era um homem violento. O centurião romano era um guerreiro de coração empedernido, calejado e rude, um soldado de sorte, sempre em guarda contra armadilhas inesperadas. Ele era verdadeiramente um candidato improvável para o reino de Deus. Sendo o superintendente de execuções, seu coração encontrava-se endurecido.

Na manhã de sexta-feira, ele recebeu ordens de conduzir a execução. Seu único pensamento era: Vamos fazer o que temos que fazer, e logo! As Escrituras chamam-no de centurião, um comandante de 100 soldados. Ele ficou admirado por Jesus não oferecer resistência.

O centurião era um militar endurecido. Ele fora treinado para vencer. Existe um pouco do centurião em todos nós. Por vezes, lutamos defensivamente para proteger nossos pequenos reinados. Opiniões conflitantes tornam-se campos de batalha entre indivíduos. Mas existia algo diferente acerca de Jesus, que atraía sua atenção. O olhar de dor de Jesus trouxe-lhe serena confiança. Diante de todo aquele sofrimento, nenhuma palavra dura saiu de Seus lábios.

O centurião ouviu o Salvador orar: “Pai, perdoa-lhes.” Luc. 23:34. Ao contemplar o drama que se desenrolava diante dele, algo o deixava como que fora de si. Ele estava sendo atraído para aquele Homem.

O centurião pode ter lembrado do julgamento feito por Pilatos. Jesus era poderoso na fraqueza. Sua cruz era o Seu trono. Sua coroa de espinhos, Seu diadema de glória. Ali na cruz, o centurião exclamou: “Verdadeiramente este era Filho de Deus.”

Até mesmo o centurião foi transformado pelo poder de Deus. Jesus tomou aquele oficial romano sem sentimento, cruel e empedernido, e transformou-o em outro homem. Jesus ainda Se dedica a transformar corações calejados. Seu amor ainda vence nosso orgulho. Por que não permitir que Ele faça isto por você, hoje?

Comente