Ouça agora:

A Voz da Profecia
Rádio Rádio
Categoria: Lições da Bíblia

“Até quando, Senhor?”


Ao longo da história bíblica, há um repetido clamor do povo de Deus, especialmente dos que estavam vivenciando a escravidão, o exílio, a opressão, a pobreza ou outra injustiça ou tragédia, para que Ele interviesse. Os escravos no Egito, os israelitas em Babilônia e muitos outros clamaram a Deus para que Ele visse e ouvisse seu sofrimento e corrigisse esses males. E a Bíblia oferece importantes exemplos das ações de Deus para resgatar e restaurar Seu povo, às vezes até vingando-Se de seus opressores e inimigos.

 

Mas esses resgates eram geralmente efêmeros, e os diversos profetas continuaram a apontar para uma intervenção final, quando Deus colocaria um fim ao mal e ergueria os oprimidos. Ao mesmo tempo, esses profetas continuaram clamando: “Ó Senhor dos Exércitos, até quando?” Por exemplo, o anjo do Senhor perguntou sobre o exílio dos israelitas: “Ó Senhor dos Exércitos, até quando não terás compaixão”? (Zc 1:12).

 

Os salmos estão repletos de lamentos sobre a aparente prosperidade e boa sorte dos ímpios, enquanto os justos são maltratados, explorados e pobres. O salmista repetidamente pediu a Deus que interviesse, crendo que o mundo presente não é ordenado da maneira que Deus o criou, e assumindo o clamor dos profetas e oprimidos. “Até quando, Senhor?” (Veja, por exemplo, Sl 94:3-7).

 

Em certo sentido, a injustiça é mais difícil de ser suportada entre os que acreditam em um Deus justo que deseja justiça para todo o Seu povo. O povo de Deus sempre terá um senso de impaciência para com o mal no mundo – e a aparente inércia de Deus é outra fonte de inquietação. Daí, às vezes, as duras perguntas dos profetas: “Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que Tu ouças? Até quando gritarei a Ti: ‘Violência!’ sem que tragas salvação?” (Hc 1:2, NVI).

 

Um clamor semelhante é erguido no Novo Testamento, em que até mesmo a própria criação é retratada como se estivesse clamando, com gemidos, pelo resgate e recriação divinos (veja Rm 8:19-22). Em Apocalipse 6:10, esse clamor, “Ó Senhor dos Exércitos, até quando?”, é levantado em nome daqueles que foram martirizados por sua fé em Deus. Porém, é o mesmo clamor, pedindo a intervenção de Deus em favor de Seu povo oprimido e perseguido.

 

1. Leia Lucas 18:1-8. O que Jesus disse sobre a resposta de Deus aos repetidos clamores e orações de Seu povo para que Ele agisse em favor deles? Como isso está ligado à necessidade de fé? ___________________________________________________________

__________________________________________________________

 

 

Comente