Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

A utilidade da tentação


“E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal [pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém]” (Mateus 6:13).

Um dia Roberto recebeu instruções definidas de sua mãe para não ir nadar no lago próximo. Pouco tempo depois ele teria que passar pelo lago a caminho do armazém. Resolveu levar consigo a roupa de banho para o caso de ser tentado.

Não é isso o que acontece muitas vezes com a maioria de nós? Não apenas temos que contender com nossas fraquezas pessoais, mas ainda por cima a Bíblia diz que Satanás está trabalhando ativamente para criar situações que nos façam cair. Nunca devemos esquecer que vivemos diariamente no meio de um grande conflito entre o bem e o mal, entre Cristo e Satanás.

Deus, diz-nos a Bíblia, a ninguém tenta (Tg. 1:13). Por outro lado, Ele usa a tentação para desenvolver nosso caráter. Assim, lemos em Tiago 1:2 e 3 que devemos ter “por motivo de toda alegria o [passarmos] por várias provações, sabendo que a provação da [nossa] fé… produz perseverança”.

Há algo maravilhoso sobre nosso Deus, sobre o Ser que pode essencialmente transformar experiências más em bons resultados. Não há nada que Deus não possa usar para fazer o bem.

Embora seja verdade que Deus usa as provações da vida para desenvolver nosso caráter e fé, também é verdade que Ele utiliza nosso esforço durante o processo. Precisamos ser como o garoto da fazenda que disse: “Quando passo por um canteiro de melancias, não posso deixar de encher a boca de água, mas posso correr”.

Precisamos muitas vezes “correr” dos lugares vulneráveis de nossa vida. Precisamos orar cada dia para que Deus não apenas nos ajude a reconhecer nossas fraquezas específicas, mas também para que nos dê determinação para vencê-las pelo poder do Espírito. A Deus não falta poder. Mas muitas vezes nos falta determinação e persistência em pedir esse poder.

Comente