Ouça agora:

Música
Rádio Rádio
Categoria: Tempo de Refletir

A raiz de todos os males


“Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé, e a si mesmos se atormentaram com muitas dores” (I Timóteo 6:10).

Diga-me, qual é exatamente a raiz do problema? Paulo deixa claro que a raiz de todos os males não é o dinheiro. Antes, é o amor ao dinheiro. Algumas pessoas farão tudo por dinheiro, mas o problema está no coração e na mente humana, e não no dinheiro em si mesmo. Com esse ensino, estamos de volta ao velho problema do pecado como amor mal direcionado, do pecado como um problema mais do coração e da mente do que um mero problema desse ou daquele comportamento.

 Jesus faz a mesma observação essencial em Mateus 6:19-21. Metemo-nos em problemas quando amamos as coisas erradas. Mas não fique confuso. Jesus não está tão preocupado com nossos tesouros como com a nossa atitude para com eles. O problema não é o que a pessoa possui, mas o que ela pensa sobre a riqueza. O que Jesus tem em vista, antes de tudo, é uma questão de atitude.

 Outro ponto de confusão surge a respeito da ideia de “tesouro”. Não devemos limitar os “tesouros”, sobre os quais Jesus está falando, a dinheiro ou riqueza financeira. Tesouro é um termo bastante amplo que inclui o dinheiro, mas que abrange muito mais. Os tesouros transitórios nos quais Jesus está pensando incluem tudo aquilo que amamos mais do que a Deus e às coisas que pertencem a Seu reino eterno.

 Para alguns de nós, o tesouro pode ser de fato dinheiro, ou uma casa ou um carro. Mas para outros, pode ser o amor por honra, posição, status, realizações e uma porção de outras coisas. Nosso tesouro é aquilo por que vivemos, aquilo que está mais perto do nosso coração, aquilo sobre o que pensamos em nosso tempo livre. Essa é a essência dos comentários de Jesus. Ele quer que nosso tesouro seja de valor eterno. Ele está falando a você, meu amigo. Está falando a mim. Pare um momento para avaliar seus verdadeiros alvos e prioridades. É necessária uma mudança? Qual é?

Comente