Entrega total

Ouça agora:

22-03 TDR 812-bTEMPO DE REFLETIR 812 – 22 de março de 2016

“Dá-me, filho Meu, o teu coração, e os teus olhos se agradem dos Meus caminhos” (Provérbios 23:26).

O famoso pregador D.L. Moody estava realizando uma série de conferências evangelísticas na Inglaterra. Certa noite, ao voltar para a casa de um amigo, onde pernoitava regularmente, ouviu a seguinte pergunta: “Quantas pessoas se converteram nesta noite?”

– Duas e meia – respondeu Moody.
– O que o senhor quer dizer com isso? Quer dizer dois adultos e uma criança?
– Não -, respondeu o evangelista. – Foram duas crianças e um adulto. As crianças deram o coração a Jesus na flor da idade, enquanto o adulto se entregou a Ele com a metade de sua vida apenas.

O evangelista queria destacar, por certo, o que Salomão escreveu em Eclesiastes 12:1: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás:  Não tenho neles prazer”. Na verdade, Deus quer o nosso coração desde a nossa infância, mas isso não quer dizer que a entrega de um adulto, mesmo em idade avançada, represente pouca coisa para o Céu.

A palavra “coração”, no verso de hoje, significa vida, mente, o ser todo. Jesus quer tomar posse de nossa vida sem nenhuma reserva de domínio para nós. O diabo disse a um homem: “Você está com o plano de me expulsar de sua casa. Tudo bem, mas gostaria de lhe fazer uma proposta: Vou embora, mas quero que você preserve aquele preguinho que deixei na parede de sua casa, quando vim morar com você”. Aquele homem, achando que um simples preguinho não significava coisa alguma, concordou prontamente. Tudo parecia calmo e pacífico em sua casa. Certo dia, porém, ele foi abordado pelo inimigo. “Estou de volta, não para morar, mas para pendurar uma coisinha naquele prego que me pertence”. Mesmo contrariado, ele aceitou a proposta. Dias depois, o homem não suportava o mau cheiro que provinha do objeto pendurado na parede. Arrependido, pediu ao Céu que o ajudasse a arrancar o preguinho. Daí para a frente, sua casa tornou-se um ninho de paz, alegria e segurança.

Nossa entrega a Jesus deve ser completa. Além disso, deve ser renovada todos os dias. Só assim podemos tornar-nos verdadeiros discípulos.


-> Música: Melissa Barcelos e Ronaldo Fagundes, “Entrega”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo whatsapp, adicione 41 9893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios.

Você está em: Textos

Compartilhe:


Comente



  • GUILHERMINA CORREIA em 22 de março de 2016 8:02

    SIM. DEVEMOS ENTREGAR TUDO A DEUS !!! AMÉN.
    DEUS O ABENÇOE.



  • Aparecida em 22 de março de 2016 6:10

    Oh pai me entrego a ti! E limpa qualquer preguinho que há, minha comunhão contigo seja completa. Belíssima mensagem obrigado.