A importância do arrependimento

Ouça agora:

24-arrependida-bTEMPO DE REFLETIR 540 – 24 de junho de 2015

“Mas reconheça o seu pecado; você se rebelou contra o Senhor, o seu Deus, e ofereceu os seus favores a deuses estranhos, debaixo de toda árvore verdejante, e não me obedeceu”, declara o Senhor (Jeremias 3:13).

Não há nada mais pesado que o pecado. Só percebemos isso quando sentimos seu peso esmagar nossa alma. Só entendemos quanto ele é destrutivo quando nos despedaçamos contra a parede que ele ergueu entre Deus e nós. Por isso, é sempre melhor confessar o pecado assim que nos damos conta dele e purificar nosso coração de imediato. A Bíblia nos alerta: “Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração” (Tg 4:8).

A confissão tem por objetivo apresentar o pecado diante de Deus. Ao confessá-lo, você não está dizendo nada que Deus não saiba. Ele conhece todas as coisas, mas deseja que você se conscientize de que errou o alvo. Confessar, porém, não é apenas desculpar-se. O pedido de desculpa nem sempre é acompanhado de um coração arrependido, e muitas vezes não passa de formalidade. A verdadeira confissão acontece quando alguém admite o erro cometido e arrepende-se de tê-lo feito.

Em suas orações, fale de suas fraquezas para Deus e peça que Ele o ajude a realizar mudanças onde elas são necessárias. Deseje purificar seu coração conforme Ele ordenou em Sua Palavra. Peça-lhe que abra seus olhos para o que você precisa ver a fim de admitir seus pecados, confessá-los e deles se arrepender.

Ore comigo: “Senhor, mostra-me as áreas de minha vida nas quais tenho inadvertidamente abrigado o pecado, seja em pensamentos, seja em palavras, seja em ações. Mostra-me a verdade para que eu a reconheça com clareza. Examina minha alma e revela minhas motivações, de modo que aquilo que preciso entender se torne evidente. Em nome de Jesus, amém”.


Ficha Técnica:

-> Texto: Stormie Omartian
-> Música: Melissa Barcelos, “Perdão, Senhor”
-> Locução e edição: Amilton Menezes
-> Finalização: Isa Vasconcelos

Você está em: Textos

Compartilhe:


Resposta



  • celi em 19 de novembro de 2016 1:52

    Gratidao pela reflexao



  • Aparecida em 24 de junho de 2015 7:49

    OH PAI TUAS MISÉRICORDIAS SÃO INFINITAS! QUE VENHAMOS ATI, COMO DAVI NO PROFUNDO ALMA, OBRIGADO A TODOS.



  • GUILHERMINA CORREIA em 24 de junho de 2015 7:45

    SIM. PERDOA-NOS SENHOR. TEM MISERICÓRDIA DE NÓS. AMÉN.
    DEUS O ABENÇOE.