Prazer na misericórdia


TEMPO DE REFLETIR 1977 – 31 de maio de 2019

Miqueias 7:18: “Quem, ó Deus, é semelhante a Ti, que perdoas a iniquidade e Te esqueces da transgressão do restante da Tua herança? O Senhor não retém a Sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia”.

Uma jovem costumava cruzar um parque ao sair do trabalho. Certa tarde, ela resolveu parar em um estúdio para tirar uma fotografia. Na época, ainda não havia celular e selfie, e ela estava empolgada com a ideia de ver sua imagem em Polaroid. Ao caminhar pelo parque, começou a contemplar a foto, entusiasmada. De repente, virou-se e voltou na direção do fotógrafo, reclamando: “Não é justo! Não é justo! Você não me fez justiça!” O fotógrafo olhou para a foto, então olhou para a moça e disse: “Senhorita, você não precisa de justiça; precisa é de misericórdia”.

Na verdade, todos nós precisamos de misericórdia, talvez mais pelas atitudes do que pela aparência. Imagine quão terrível seria o mundo e a nossa vida se não houvesse nenhum ato de misericórdia! Felizmente, o tipo de misericórdia que mais necessitamos está sempre disponível. Os deuses pagãos eram considerados grandes, poderosos e até bons, mas não misericordiosos. Já o Deus da Bíblia é apresentado como essencialmente misericordioso. A glória de Deus está em Seu amor, que não tem fim.

A palavra “misericórdia”, no Antigo Testamento, é a tradução de um termo hebraico muito importante: hesed. Essa palavra, que tem vários significados, como “bondade”, “compaixão”, e “amor”, expressa a capacidade de se simpatizar com a outra pessoa e ser movido a fazer algo por ela. É pensar com a metade do outro, ver com os olhos do outro e sentir com o coração do outro.

Misericórdia é um pouco diferente de graça. Graça é a maneira de Deus lidar com nosso pecado. Misericórdia é a maneira dEle lidar com nossa necessidade. A graça possibilita o perdão; a misericórdia leva à ação. É também diferente de justiça. Justiça é dar o que merecemos; misericórdia é oferecer o que não merecemos.

Expressar misericórdia é algo que dá prazer a Deus, que o deixa feliz. Ele é mais inclinado a mostrar misericórdia do que ira. Por isso não encontramos nenhum verso que diz que Ele tem prazer em julgar e punir. A natureza de Deus não é castigar, mas amar.

Hoje, amanhã e eternamente, você pode contar com a misericórdia divina, que não tem fim. Se algum dia Deus deixasse de ter misericórdia, então não seria Deus.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Obrigado, Pai, pelo Teu amor. Obrigado por Tua misericórdia. Obrigado porque conheces a minha necessidade e me abençoas, mesmo sem eu merecer. Te louvo! Em nome de Jesus, amém.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH(Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056e mande um recadinho pedindo os áudios.


Você está em : Textos
Compartilhe:


Comente