O dia da preparação


TEMPO DE REFLETIR 1473 – 12 de janeiro de 2018

“Era o Dia da Preparação, e estava para começar o sábado” (Lucas 23:54).

O primeiro pôr do sol na vida de Adão foi o de uma sexta-feira à tarde. Majestoso. Colorido. Relaxante. Era também seu primeiro dia de vida. Deus disse para ele: “Adão, não se preocupe, tudo já está pronto. Tudo está no lugar. Plantas, animais, coisas animadas e inanimadas já foram criadas. Vamos passar este primeiro pôr do sol juntos, como modelo de sua vida daqui para frente”.

Uma vez por semana, Deus ordena que paremos de trabalhar, coloquemos de lado nossas ocupações a fim de nos encontrarmos com Ele. Deixamos, então, de nos preocupar com o dinheiro, com o chefe, com as notas do colégio, com as coisas que precisam ser consertadas ou que não foram terminadas, para dirigir nosso pensamento a Deus. É como permitir que Ele coloque diante de nós um imã gigantesco e faça desaparecer da nossa mente as preocupações, deixando-nos “leves” para nos concentrarmos nas coisas espirituais. Trata-se, portanto, de um descanso físico, emocional e espiritual. O período é igual ao de qualquer outro dia – 24 horas –, mas intrinsecamente bem diferente.

Temo que, para alguns, o sábado signifique uma interrupção inconveniente, atrapalhando compromissos, como se tivesse quebrado o calendário da semana. Sinto também que estamos deixando de receber as bênçãos do sábado em sua inteireza, porque estamos nos esquecendo do dia que o antecede, chamado “dia de preparação”. Corremos, trabalhamos e queremos espichar as horas da sexta-feira para conter mais coisas do que normalmente caberiam noutro dia, e vamos até o último minuto possível.

Se não nos prepararmos, vamos tornar o sábado igual a qualquer outro dia. Quando falamos de preparação, devemos pensar em “detalhes” como a arrumação da casa, dos brinquedos, colocar tudo de volta em seu devido lugar. Sobre a mesa devem ser colocados a melhor toalha e os melhores pratos, além de se dar aquele toque especial na alimentação, para receber amigos ou membros ausentes da família.

Será que poderíamos voltar a sentir o “encanto” do sábado para que o vejamos como o grande acontecimento da semana, sendo aguardado, e todos preparados para recepcioná-lo? Será que poderíamos renovar nossa decisão de fazer da sexta-feira o dia de preparação e saudar o sábado e seu Senhor com alegre expectativa?

Que a graça de Deus nos ajude para isso!


-> Música: Quarteto Está Escrito, “Descanso para o coração”
-> Locução: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.


Você está em : Textos
Compartilhe:


Comente