Temendo a Deus


TEMPO DE REFLETIR 1444 – 14 de dezembro de 2017

“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam. O seu louvor permanece para sempre” (Salmo 111:10).

O que significa dizer que devemos “temer” a Deus?

Lembro-me do primeiro ano em que ensinei na Universidade Andrews, conta George Knight. Eu tinha na classe uma adorável jovem não cristã que acabara de sair de uma prolongada experiência hippie. Uma das exigências para seu certificado de magistério era que frequentasse a cadeira de filosofia da educação. Na Universidade Andrews essa filosofia se funda- menta no contexto da visão bíblica do mundo, e pela primeira vez essa estudante tinha a oportunidade de examinar a Bíblia.

Ela não tinha ido muito longe em sua leitura quando topou com a ideia de temer a Deus. Na manhã seguinte ela estava me pressionando sobre o significado de temer a Deus.

Fiquei feliz em dizer-lhe que temer a Deus não significa ficar com medo dEle, mas ter por Ele temor reverente por causa do que Ele é. Significa profundo respeito por Deus. Essa é a espécie de temor relacionada à santificação do Seu nome. Naturalmente, segundo a Bíblia, os que desprezam a Deus terão finalmente de experimentar o temor do tipo menos desejável.

Podemos aprender aqui algo dos antigos judeus. Eles jamais empregavam o nome de Deus de modo familiar. Na verdade, o nome de Deus era tão sagrado que eles jamais o pronunciavam, para não correrem o risco de tratá-lo de maneira leviana ou irreverente. Eles tinham temor sagrado pelo nome de Deus.

E conquanto reconhecessem a Deus como Pai, nunca em suas orações usavam somente o conceito de “Pai”. Ao contrário, ligavam o conceito de Pai com as ideias de Rei e Senhor. Essa prática é útil para aqueles que têm a tendência exagerada de sentimentalizar a figura de Deus como um Pai amoroso. Ele é isso, mas é também Rei e Senhor de toda a Terra. Como cristãos, precisamos manter o equilíbrio. Nosso sentimentalismo jamais deve superar nossa reverência a Deus. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria”.


-> Música: Novo Tom, “Deus tudo pode”
-> Locução: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.


Você está em : Textos
Compartilhe:


Comente